close

Filipe Crespo

Mídia

É hora da retomada dos investimentos em mídia

Publicidade vende. Publicidade sempre vendeu. Todo mundo sabe disso. Pelo menos tem sido assim, desde que Volney Palmer montou, em 1842, lá na Philadelphia, a primeira agência de publicidade que se tem notícia em todo o mundo.

A marca líder de mercado precisa anunciar para manter a liderança. As marcas concorrentes que vêm logo atrás precisam anunciar para buscar essa liderança. Está lá o McDonalds anunciando o tempo todo; está lá a Coca-Cola anunciando o tempo todo. Estão lá também o BK e a Pepsi anunciando o tempo todo. Todas elas acreditando no poder que tem a publicidade.

Publicidade vende. Publicidade bem-feita e assertiva vende.

Dessa forma, se mais da metade do ano já foi, é hora de acreditar que a publicidade é quem pode fazer a diferença nesse momento. É hora da retomada dos investimentos em mídia.

Somente a mídia bem-feita, bem acompanhada e bem mensurada é que pode salvar o ano para muitas marcas. A mídia digital tem tudo isso. Não podemos achar de maneira alguma, que o ano está perdido, que já foi, que não dá mais.

Baixar a guarda e acusar o golpe dado pela pandemia é deixar o caminho aberto para seus concorrentes que podem ser um pouco mais otimistas. Se você se distancia do seu público quando ele mais precisa de você, ele ‘jogará’ isso na sua cara mais adiante. Pode ter certeza!

Então, penso que agora é hora de focar sim em 2020; ainda existem quatro meses cheios de energia e otimismo para fazer a diferença e trazer bons resultados para o negócio.

E você? Como pretende cuidar da sua marca nessa reta final de 2020?

Por Rodolfo Darakdjian (OPL DIGITAL)

Leia Mais
ConteúdoOpinião

Creatividade

Ciao, parli italiano, conosci l’agenzia pubblicitaria Creativosbr?

Hola, hablas español, conoces la agencia de publicidad Creativosbr?

Muito feliz com este artigo para CREATIVOSBR. Nunca imaginei escrever para uma multinacional, ora pois, os brilhantes rapazes da agência miram longe. “Creativos” é a denominação de criatividade nestes idiomas, a expansão está próxima. Sto già facendo domanda per la filiale di Venezia.

Creativosbr = criatividade, que indica a capacidade de criar, produzir ou inventar coisas novas. Uma obra criativa pode ser uma pintura, um livro, uma escultura, um edifício, um anúncio, um filme, uma campanha publicitaria, por aí vai. Será somente alguns que possuem o dom, ou todos nós?

Em um de seus relatórios sobre o futuro do trabalho, o Fórum Econômico Mundial apontou a criatividade como a habilidade mais importante para o futuro. Já um levantamento do LinkedIn, feito em 2018 (em 2019 deu a mesma coisa), revelou que ela foi a soft skill mais procurada em ofertas de emprego daquele ano.

Antes disto, a Adobe anunciou os resultados da pesquisa “StateofCreate2016”, comprovando que os investimentos em criatividade recompensam e com benefícios tangíveis: do crescimento de renda até uma maior competitividade e produtividade nacional. O relatório, que entrevistou mais de 5 mil adultos em 5 países, revelou que as pessoas que se identificam como criativas têm uma renda 13% maior do que as não-criativas. Globalmente, mais de dois terços (70%) acreditam que ser criativo ajuda a fazer com que as pessoas sejam melhores trabalhadores, líderes, pais e alunos.

Criatividade faz muita diferença e nascemos todos com as mesmas chances de brilhar. Nunca é tarde para desenvolver, libertar essa veia escondida no calabouço! Criativos não são gênios, são apenas pessoas comuns como eu e você. Criativo é um indivíduo que empenha seu coração/cérebro para aprimorar-se como profissional/pessoal, sempre com entusiasmo. Obviamente, é inquestionável o valor do conhecimento, devemos estar abertos, sempre prontos, para: “aprender a conhecer”, “aprender a fazer”, “aprender a conviver” e “aprender a ser”. Neste mundo VUCA que vivemos, com tantas incertezas e desafios complexos, com novas profissões brotando, consumir conteúdo não é mais o suficiente.

Em minha opinião, criatividade também é gerada por quantidade e diversidade (hoje mais do nunca), que permite aprimoramento. No distante ano de 2019 li a biografia de Leonardo da Vinci (Walter Iassacson), a qual mostra que o gênio era um polímata, uma pessoa cujo conhecimento não está restrito a uma única área. Não é somente o autor de obras como os quadros Monalisa ou A Santa Ceia. Era também engenheiro, arquiteto, matemático, escultor, inventor e vegetariano. O livro apresenta o processo mental de Da Vinci ver o mundo, o qual acordava e tinha perguntas que podem parecer até infantis, como: “por que o céu é azul?”, “por que hoje o vento vai para o leste”, “por que a lagarta não voa e a borboleta sim?”. Desta forma pensava o gênio. Entendia que a pergunta é mais importante que a resposta, contrário do que vivemos hoje. As lições de criatividade de Da Vinci são muito validas para hoje, me acompanhem: mantenha-se curioso por toda vida, geralmente abandonamos isso por volta dos cinco anos de idade. Tenha pensamento independente, é sempre importante buscar pontos de vista diferentes do seu e da convenção estabelecida. Apure os sentidos, isso pode ser traduzido como ouvir bem e ser observador. Abrace a incerteza, aceite a dúvida como impulso para uma nova criação e não faça as coisas sempre do mesmo jeito. Equilíbrio entre corpo e mente, Leonardo era um atleta excepcional.

Caminhando para o fim, vendo criatividade por outro ponto de vista, falemos de William Shakespeare, um exemplo de gênio das novas ideias, ninguém duvida do talento do escritor inglês. Li no jornal O Estado de São Paulo, na coluna do mestre Leandro Karnal, um conhecedor profundo do bardo que, das 37 peças que temos acesso hoje, 36 foram baseadas em enredos que já existiam. Pois é, foram transcritos de alguma outra fonte. Tomando o exemplo de William Shakespeare, criatividade não é uma ideia extraordinária, surgida no nada, porém uma capacidade de recriar partes, parcialmente concebida por outra pessoa.

O futuro demanda, mais do que nunca de pessoas ‘creativas’.

“É com o coração que se vê corretamente. O essencial é invisível aos olhos.” (Antoine de Saint-Exupéry).

Obrigado.

Adão Casares, pai da Nathalia e do Bruno.

Leia Mais
Mídia

Retail Media anuncia expansão de sua rede digital OOH

Empresa anunciou a conquista de novos contratos em São Paulo e Nordeste

A Retail Media, empresa de DOOH em ambientes de consumo, anuncia a conquista de novos contratos para expansão de sua rede digital OOH no Nordeste.

Pelo planejamento, a empresa iniciará suas atividades em Salvador no mês de outubro e,em seguida, nas praças de Recife e Fortaleza prosseguindo com as implantações de suas telas digitais. O mobiliário DOOH da Retail Media será expandido nas lojas do Grupo Pão de Açucar, nessas praças. A rede do grupo já contempla telas digitais nos ambientes de consumo das bandeiras Hirota, Petz e na Rede carioca Guanabara.

Segundo Mário Leão, Diretor Nacional de Vendas, “em novembro a empresa já terá completado as instalações do novo parque de mobiliário digital nas três capitais do Nordeste.”

Mário também comemora o recém contrato assinado com o Hiper Center Andorinha, loja referência na zona norte de São Paulo. “Com a concretização de mais essa parceria, a cobertura na região ganhará uma relevância muito importante para a abrangência da atuação dos nossos serviços em São Paulo. Com a instalação dos novos equipamentos, a Retail Media passará a impactar mais de 30 milhões de consumidores por mês.”

“Estamos aumentando a nossa estrutura e cobertura, dessa maneira ultrapassaremos as 500 telas, número que estipulamos como objetivo antes da pandemia. Continuaremos nossa expansão e traremos novidades, ainda este ano”, finaliza Mário.

Leia Mais
Entretenimento

CNN define data de estreia de programa de Anthony Bourdain

Vencedora de sete “Emmy Awards”, série produzida pela CNN americana estreia em 6 de setembro no Brasil

No domingo, dia 6 de setembro, às 18h30, a CNN leva ao ar o primeiro episódio do programa “Anthony Bourdain – Lugares Desconhecidos”, uma das atrações de gastronomia e viagem de maior prestígio da televisão mundial. Produzido pela CNN americana e vencedor de sete “Emmy Awards”, o programa ficou no ar na CNN dos EUA até a morte de Bourdain, em junho de 2018, na França.

A versão da CNN Brasil contará com a apresentação do chef e apresentador André Mifano, recém-contatado pela CNN Brasil.

O primeiro episódio mostra a visita que Anthony Bourdain (1956-2018) fez ao berço da Nouvelle Cuisine (maneira de cozinhar e apresentar os pratos usada na cozinha francesa a partir da década de 1970), o lar dos bouchons, para entender como Lyon, na França, é tão importante no cenário gastronômico.

Acompanhado pelo renomado chef Daniel Boulud, Bourdain descobre que é desde cedo, ainda nos primeiros anos de vida, na escola, que as crianças aprendem a apreciar a boa comida. Não à toa a ‘capital da gastronomia’ francesa tem uma constelação de estrelas Michelin.

O programa de estreia exibe, ainda, o primeiro encontro entre Anthony Bourdain e Paul Bocuse, um dos maiores e mais inovadores chefs da história, referência na gastronomia mundial e o primeiro chef francês a priorizar uma cozinha simples, porém refinada.

“Anthony Bourdain – Lugares Desconhecidos” estreia na CNN no dia 6 de setembro, às 18h30. A atração será semanal e exibida sempre aos domingos. 

 

Sobre a CNN Brasil

A CNN Brasil é conduzida pelo grupo brasileiro de mídia NovusMídia, conforme acordo de licenciamento de marca estabelecido com a CNN International Commercial (CNNIC), que abrange o acesso a certas propriedades, incluindo conteúdo da CNN International. O canal de notícias 24 horas está disponível desde o dia 15 de março de 2020 para assinantes da TV paga, no canal 577, e também nas plataformas digitais.

Leia Mais
Marketing

Corinthians estreia Telão de LED para interação com torcedores hoje, em jogo contra Coritiba

Arena Corinthians estreia, nesta quarta-feira (19), projeto de telão de LED com mais de 100m², para exibir as reações de torcedores, em tempo real, durante o jogo contra o Coritiba.

Mesmo de portões fechados, devido à pandemia do Coronavírus, o Alvinegro encontrou uma solução para se unir à energia de sua fiel torcida, dentro do campo e dentro de casa: a tecnologia.

Contando com um produto de alta qualidade em LED – instalado de modo estratégico no centro do campo, no setor Leste inferior – o time apresentará em duelo contra o Coritiba, no Brasileirão, a continuação do projeto “O Timão é sua casa”, de um modo mais dinâmico.

Tendo como patrocinadores a IBM, Anixter, Cisco e Leyard, segundo Caio Campos, Superintendente de Marketing do Corinthians, o clube não teve custos com a novidade e o projeto contou com mais de mil pessoas em salas virtuais para testes, levando em consideração que, para as partidas, são esperados até 5 mil participantes virtuais.

O telão de LED, fabricado pela Leyard, dispõe de módulos personalizados e conta com a tecnologia Inviron para a integração e distribuição dos conteúdos. Por exemplo, em seu centro, serão exibidas as salas virtuais com os torcedores, logo abaixo (no rodapé) e em suas laterais, anúncios publicitários.

Conforme nota publicada pelo site do clube, o propósito é “mostrar aos jogadores que, mesmo à distância, a energia da Fiel entra em campo e faz a diferença”.

Quer saber mais sobre como utilizar a tecnologia ao seu favor? Acesse: inviron.com.br/contato

Leia Mais
Marketing

Méqui venderá edição limitada do molho especial do Big Mac

Méqui venderá edição limitada do molho especial do Big Mac

A partir de 1º de setembro será possível matar a saudade de Méqui com um dos itens mais cobiçados da rede: o icônico molho especial do Big Mac, que passa a ser vendido separadamente em frascos de 190g ou potes de 23g. Além disso, a marca também lança uma edição especial do sanduíche, o Duplo Big Mac, que leva quatro hambúrgueres em sua composição.

Essa é a primeira vez que o molho especial será vendido nos restaurantes do país, anteriormente, um lote especial foi vendido durante uma campanha do McDia Feliz. Para esta ação, apenas uma quantidade limitada de cada opção foi produzida e distribuída pelos restaurantes em todo o território nacional.

“Sabemos que nossos consumidores estão com saudade de frequentar nossos restaurantes e dos bons momentos que estão atrelados ao Méqui. Por isso, decidimos atender um dos principais pedidos que recebemos: oferecer a possibilidade de adquirir o famoso molho especial do número 1. Assim, o público pode apreciar esse ingrediente no restaurante ou em casa, adicionando ainda mais sabor aos sanduíches ou aos seus acompanhamentos preferidos”, destaca João Branco, CMO do McDonald’s Brasil.

Os consumidores poderão adquirir o molho em duas opções de combos do Duplo Big Mac:

●      McOferta Média com Pote 23g: McFritas, bebida, Duplo Big Mac e pote de 23g – R$ 29.90

●      McOferta Média com Frasco 190g: McFritas, 4 unidades de McNuggets, bebida, Duplo Big Mac e frasco 190g – R$ 34.90

Para comunicar a novidade, a marca prepara uma campanha nacional que vai abordar a saudade de Méqui e o amor dos consumidores pelo Número 1, o Big Mac.

Para acompanhar as novidades do Méqui, acesse www.mcdonalds.com.br.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede conta com mais de 2.200 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 30/6/2020). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com.

Leia Mais
Digital

Estudo identifica 5 perfis diferentes diante do cenário pós-pandemia

O estudo, realizado pelo McCann Worldgroup, aponta que 50% das pessoas seguirão as regras impostas conscientemente e 13% seguirão suas próprias regras

À medida que algumas partes do mundo caminham para uma retomada nas atividades, surgem muitas perguntas sobre quais comportamentos pré-pandêmicos retornarão e quais novos permanecerão quando o cenário estiver melhorando. Com base em um universo de mais de 16 mil pessoas, em 18 países de todos os continentes, uma pesquisa[1] da Truth Central – unidade de inteligência global do McCann Worldgroup – identificou 5 perfis de atitudes diante da fase de reabertura das atividades pós-pandemia.

Esses perfis foram definidos com base nas respostas e nos comportamentos das pessoas diante das novas regras que os governos estão estabelecendo para este período de reabertura gradual das atividades. São eles:

• Cautelosos: seguem as regras cuidadosamente – 50%*

• Condicionais: seguem algumas regras, mas não outras – 21%*

• Os não conformistas: ignoram todas as regras – 6%*

• Os criativos: seguem as suas próprias regras – 13%*

• Os sem noção: não sabem quais são as regras – 9%*

*Números globais

CLASS

MEXICO

BRAZIL

COLOMBIA

ARGENTINA

CHILE

THE CAUTIOUS

48%

 

54%

 

51%

 

48%

 

58%

 

THE CONDITIONALS

 

22%

18%

20%

22%

18%

THE (NON) CONFORMIST

 

6%

7%

6%

6%

5%

THE CREATIVES

 

15%

12%

13%

11%

14%

THE CLUELESS

 

9%

9%

10%

6%

6%

Quando comparados à média global, nos mercados latino-americanos os “cautelosos” são maioria no Chile (58%) e no Brasil (54%), e os “condicionais” no México e Argentina, com 22% em ambos os países. O perfil de “não conformista” é maioria no Brasil, mesmo com um índice de apenas 7%. Os perfis de “criativos” lideram no México (15%) e os “sem noção” na Colômbia (10%).

Nesse contexto, também é importante considerar que, globalmente, uma em cada cinco pessoas prefere trabalhar permanentemente em casa. A pesquisa também mostra que 29% dos entrevistados consideram que a sociedade está reabrindo muito rapidamente.

“No caso de um possível cenário próximo ao fim da pandemia, vemos que uma parte significativa da população terá uma atitude cautelosa. Do ponto de vista do marketing, estamos redesenhando nossa visão estratégica para o dia a dia dos consumidores e revisando a oportunidade de uma conexão significativa com as marcas, criando melhores experiências de interação física e digital em novos momentos”, afirma Fernando Fascioli, Presidente do McCann Worldgroup para América Latina e Caribe. O executivo ainda destaca que “neste momento é vital fornecer informações que possam reduzir os graus de incerteza, facilitando também esses processos que são completamente novos para um grande número de pessoas, como o uso  mais frequente de sites de compras e relacionamento online, entre outros. Contar com uma sólida estratégia digital e uma leitura correta dos dados que emergem nestes tempos é crucial para sermos significativos na vida das pessoas. Agora, mais do que nunca, os consumidores estão se adaptando e estão abertos à mudança, e esse é um terreno fértil e desafiador ao mesmo tempo, para o marketing e para as marcas”.

Leia Mais
Marketing

McDia Feliz 2020 será realizado em 21 de novembro

Edição deste ano irá priorizar medidas de proteção, como o distanciamento social, e trará inovações digitais. Venda de vouchers antecipados terá início em breve.

O McDia Feliz, que é uma das maiores campanhas para arrecadação de fundos em prol de crianças e jovens no Brasil, acontecerá no próximo dia 21 de novembro. A edição 2020 do evento será marcada pelo uso de recursos digitais e iniciativas para incentivar o distanciamento social, entre outras medidas de proteção.

Na data, a renda obtida com as vendas de sanduíches Big Mac em todo o país é revertida para o Instituto Ronald McDonald, que promove a saúde e a qualidade de vida de crianças e adolescentes com câncer e suas famílias, e para o Instituto Ayrton Senna, que contribui para ampliar oportunidades para os jovens por meio da educação. Desde 1988, mais de R$ 300 milhões já foram arrecadados.

Pela primeira vez, será possível adquirir vouchers antecipados no formato digital, que estarão disponíveis pelo site ou aplicativo do McDonald’s, e ainda pelo e-commerce dos institutos beneficiados. Além disso, os consumidores terão opções de resgate dos vouchers pelos serviços que buscam minimizar o contato com atendentes. Para marcar a ocasião e garantir a experiência do público, a marca prepara ações para interação e engajamento no ambiente online.

“Crianças e jovens em todo o país contam com a verba do McDia Feliz todos os anos, seja para dar continuidade a seus tratamentos ou atingir seu potencial por meio da educação. Graças à solidariedade e sensibilidade dos brasileiros podemos contribuir com essas duas grandes causas. Acreditamos que com as adaptações que programamos e com o uso da inovação teremos mais uma edição de sucesso”, comenta Paulo Camargo, presidente da divisão Brasil da Arcos Dorados, empresa responsável pela operação do McDonald’s na América Latina e Caribe.

Para o funcionamento de seus restaurantes, a rede criou a campanha McProtegidos e implementou um protocolo especial que inclui o uso de máscaras, luvas e viseiras de proteção pelos funcionários, instalação de barreiras acrílicas nos pontos de atendimento, demarcação de distanciamento social, reforço na higienização e sanitização de equipamentos e superfícies, entre outras medidas.

O valor do voucher antecipado para compra de Big Mac no McDia Feliz será o mesmo do último ano, R$ 17,00. A venda de vouchers físicos diretamente pelos institutos será mantida. Em breve, serão divulgadas mais informações sobre a edição 2020 do evento.

Sobre a Arcos Dorados

A Arcos Dorados é a maior franquia independente do McDonald’s do mundo e a maior rede de serviço rápido de alimentação da América Latina e Caribe. A companhia conta com direitos exclusivos de possuir, operar e conceder franquias locais de restaurantes McDonald’s em 20 países e territórios dessas regiões. Atualmente, a rede possui quase 2.300 restaurantes, entre unidades próprias e de seus subfranqueados, que juntos empregam mais de 100.000 funcionários (dados de 31/12/2019). A empresa também mantém um sólido compromisso com o desenvolvimento das comunidades nas quais está presente e com a geração de primeiro emprego formal para jovens, além de utilizar sua escala para impactar de maneira positiva o meio-ambiente. A Arcos Dorados está listada na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE: ARCO). Para saber mais sobre a Companhia por favor visite o nosso site: www.arcosdorados.com.

Leia Mais
Entretenimento

Por combate à fome, Mastercard promove live

Live será realizada no dia 31 de julho no canal da Mastercard Brasil no YouTube e os donativos serão direcionados à ONG Ação da Cidadania 

No próximo dia 31, sexta-feira, a Mastercard promove mais um grande encontro entre ícones da música brasileira. Desta vez, Liniker e Xenia França se reúnem com Milton Nascimento para cantar sucessos do criador de “Maria, Maria”. A live terá início às 20h30, e será transmitida no canal do YouTube da marca e também nos canais dos artistas, além do Multishow.

A apresentação tem o objetivo de angariar doações de pratos de comida para o movimento “Faça parte: comece o que não tem preço”, iniciativa liderada pela Mastercard que tem como objetivo doar pelo menos 2 milhões de refeições para comunidades carentes em combate à fome e à pobreza.

Durante a live um QR Code ficará disponível na tela, para que o público também possa fazer doações. Cada real doado será revertido em um prato de comida para a ONG Ação da Cidadania, que destinará as refeições para os mais afetados pela pandemia.

Com o mesmo propósito, a Mastercard promoveu, em junho, uma live inédita entre Gilberto Gil e Iza. Assim como na primeira edição, o novo encontro também foi pensado por Zé Ricardo, renomado curador artístico do palco Sunset do Rock in Rio, a pedido da WMcCann, que assina as peças de comunicação.

“Nosso movimento doou, até o momento, 1,5 milhão de refeições, que ajudaram famílias necessitadas neste momento difícil. Foram diversas iniciativas que contribuíram para atingirmos esse número, como nossa última live com Gil e Iza, nossas doações pelas plataformas da RecargaPay e iFood, além da nossa mais recente doação de 1 milhão de pratos de comida para a ONG Visão Mundial. Seguimos com o propósito de atingir nossa meta inicial e esse encontro que promoveremos entre Milton, Xenia e Liniker é mais uma das muitas ações que reforçam o nosso compromisso no combate à fome e aos impactos da pandemia” afirma Sarah Buchwitz, VP de Marketing e Comunicação da Mastercard.

“A segunda live do projeto tem foco na genialidade da obra composta por Milton Nascimento e algumas canções que, como intérprete, ele imortalizou. O resultado é um encontro inédito entre dois grandes nomes da nova geração da nossa música, Liniker e Xenia França, e Milton. A beleza e delicadeza estão desde a concepção de filmagem em linguagem cinematográfica até a escolha do repertório repleto de pérolas da música. Um encontro que, só por sua existência, aborda diversidade e pluralidade humana”, detalha Zé Ricardo.

“É uma honra para nós como agência conduzir esse projeto da Mastercard, que promove encontros inéditos que não têm preço para o público e para os artistas, une gerações de cantores talentosos e contribui com o bem maior que é ajudar a combater a fome no nosso País” afirma Kevin Zung, COO da WMcCann.

Todas as recomendações das autoridades de saúde serão seguidas. Também haverá transmissão em libras.

Faça parte: comece o que não tem preço 

A primeira ação do movimento teve início com a doação via iFood e arrecadou 75 toneladas de alimentos, o equivalente a 300 mil refeições para famílias carentes. Já pela plataforma RecargaPay foram doados 50 mil pratos de comida. Ambos os donativos foram direcionados para a ONG Ação da Cidadania. Na segunda fase, a Mastercard doou 1 milhão de refeições para a ONG Visão Mundial Brasil.

Somente na última live, com Gil e Iza, foram arrecadados 200 mil pratos de comida, o que ajudou a totalizar 1.5 milhão de refeições.

Leia Mais
Marketing

O retorno dos salões de beleza e a organização do setor

Divulgada pelo prefeito Bruno Covas e pelo governador João Dória, na coletiva de imprensa realizada na sexta-feira, 3 de julho, a liberação para reabertura dos salões de beleza em São Paulo, a partir de segunda feira, 06 de julho, gera grande expectativa, porém cautelosa, no mercado da beleza.

Cerca 15 mil salões, instalados no Estado de São Paulo, precisaram encerrar suas atividades nos últimos três meses. Quem conseguiu sobreviver vêm se organizando para retornar, na próxima segunda-feira, seguindo os protocolos de segurança e as melhores práticas para manter o ambiente seguro.

A b.drops, empresa de mídia OOH especializada em salões de beleza e presente em mais de 800 estabelecimentos em todo o Brasil, realizou em junho pesquisa com os proprietários de salões de beleza em regiões que já receberam a autorização para a reabertura. O objetivo foi entender o comportamento do consumidor nas duas primeiras semanas após a flexibilização. “Com isso, conseguimos orientar os proprietários de salões de beleza de São Paulo a se planejar para o retorno”, diz o diretor da b.drops, Felipe Viante.

A pesquisa aponta que, na primeira semana pós flexibilização, mesmo tendo que seguir uma série de normas de distanciamento e horários de atendimento reduzidos, os salões atenderam cerca de 40% do número de clientes que recebiam antes da pandemia; na segunda semana, esse índice chegou a 60%. Segundo os respondentes, o retorno aconteceu de maneira gradual, conforme as clientes iam se sentindo seguras para sair de casa.

O faturamento dos salões de beleza e o ticket médio gasto por cliente também tenderam a aumentar conforme o movimento, uma vez que os consumidores, em horários diferentes, faziam mais de um serviço em apenas uma ida ao salão. Sendo assim, o tempo que passavam no local acabava sendo maior, já que uma das medidas de segurança adotada foi o distanciamento. “Comparado a São Paulo, ficamos pouco tempo em quarentena, foram apenas três semanas, e assim que retornamos, já no primeiro mês, tivemos 40% do nosso faturamento normal, no segundo mês ficamos próximo a 50% e agora em Junho chegamos a 60% comparado ao faturamento que tínhamos antes da paralização. As pessoas, aos poucos vão retomando a sua rotina” conta a sócia-proprietária do Fuzz Cabeleireiros e Estética e da barbearia Adam de Florianópolis, Dani Venâncio.

Os cuidados que os salões de beleza devem ter, com a retomada, são diversos e mostram que o que era considerado normal, antes do coronavírus, não existe mais. No C.Kamura SP, por exemplo, as poltronas estão com 2m de distância uma das outras, os lavatórios tiveram poltronas inutilizadas e toda a decoração foi retirada para evitar a contaminação. Todos os profissionais e colaboradores estão certificados e receberam treinamento adequado para oferecer um atendimento seguro. Higienização dos pés, mãos, aferição de temperatura e uso de máscara é o básico e extremamente obrigatório para todos os clientes e profissionais, pelo menos enquanto estiverem no salão. Também será reforçada a limpeza e higienização de bancadas, espelhos, poltronas, escovas, pentes e tesouras a cada atendimento.

Durante o período em que ficaram fechados, os esforços foram voltados para manter a proximidade com os clientes. “Investimos nossos esforços todo no digital, desde newsletters informativas até websérie para o nosso Instagram, como a ‘Beleza levada a sério’, que traz o próprio Celso Kamura contando sua trajetória profissional”, explica a responsável pela área de marketing do C.Kamura SP, Juliana Vieira. “Também preparamos conteúdos estimulando o home care para auxiliar nossas clientes a se cuidarem nesse período de isolamento. Nosso foco não foi ganhar milhões de seguidores em nossas redes, mas sim conhecer cada vez mais aqueles que já são nossos clientes, melhorando o engajamento com a marca”, acrescenta.

Leia Mais
1 2 3 4 239
Page 2 of 239