close

Dani

Digital

Smart Fit vai à mídia com OPL Digital

Para conquistar novos clientes, Smart Fit atua com ações de push notification em smartphones

 

É sabido que frequentadores de academia estão cada vez mais interessados na utilização de apps que os auxiliem em seus treinos, seja em casa ou ao ar livre, tanto para o acompanhamento de resultados quanto para músicas e compartilhamento de performance.

Por conta disso, a Smart Fit, através da OPL Digital, entrou com uma campanha em mídia digital para falar especificamente com atletas do dia a dia de uma maneira eficiente e imediata.

Para esse contato, com um público cada vez mais digital e prático, a empresa adotou formato de push notification, ideal para campanhas que possuem objetivos de alcance e engajamento.

O push notification é uma notificação recebida em um aplicativo de smartphone ou tablet (ou em um navegador) após seu aceite (opt-in) ao baixar o app. Ou seja, uma mensagem de alerta emitida na tela de início, fazendo com que o dono do aparelho veja instantaneamente sua mensagem.

“Nós sugerimos a ação com o push notification porque ele tem inúmeras vantagens, como por exemplo o alto poder de engajamento, a facilidade de uso pelo fácil gerenciamento e, principalmente, a análise de comportamento do consumidor, uma vez que o canal tem um sistema de análise de dados que permite a criação de um perfil de comportamento dos usuários.” – conta Rodolfo, CEO da OPL Digital.

Além do push notification, existem ainda outras formas eficientes de atingir o público desejado com a chegada da mensagem, as quais a própria OPL Digital oferece em seu portfolio de soluções para as marcas.

Entretanto, para esta ação o push notification foi suficiente para trazer bons resultados à Smart Fit, que agora faz parte da carteira de clientes da OPL Digital.

Leia Mais
Digital

Vem aí uma Black Friday diferentona

Todo ano, empresas dos mais variados segmentos passam meses pensando em suas estratégias para uma das principais data do varejo: a Black Friday.

Num ano tão diferente e com tão poucas oportunidades de contato físico com os consumidores, essa data ganha uma dimensão e uma importância ainda maior para marcas de produtos e serviços.

Nascida nos Estados Unidos e adaptada para os moldes brasileiros, a data sofreu bastante no começo em nosso país. Marcas exageraram na dose com promessas e artimanhas milenares de divulgação e, em pouco tempo, expressões como “black fraude” ou “tudo pela metade do dobro” eram ditas em rodas de conversas que tratavam do tema, sempre de maneira pejorativa e usadas contra a data.

Porém, não há como negar que com o passar dos anos (e também com o passar dos erros), as marcas foram aprendendo e a data foi amadurecendo. Empresas adaptaram as suas Black Fridays ao comportamento de compra e consumo do brasileiro e passaram a se preocupar em trazer promoções realmente relevantes ao consumidor. Aquela que não fazia dessa forma, era prontamente julgada e jogada de escanteio pelos consumidores.

Sendo assim, pode-se dizer que a data passou a ser realmente atraente e isso se comprova quando se observa os resultados extremamente satisfatórios para o comércio nas últimas edições.

Neste ano, a perspectiva é ainda melhor que nos anos anteriores. Assistiremos a Black Friday mais digital de todos os tempos e para o e-commerce é uma oportunidade nunca vista antes. Pesquisa recém divulgada pela Méliuz, startup brasileira com atuação na área de tecnologia, 70% dos brasileiros pretendem fazer compras nesta Black Friday.

Empresas começam então a se movimentar. É extremamente importante que o ambiente digital da marca esteja pronto para receber esses compradores aptos e ansiosos por comprar na Black Friday. O site da marca tem que ser leve, rápido, amigável e de navegação intuitiva. O produto tem que estar disponível em todas cores e modelos, a entrega tem que rápida e o frete… que frete???

Porém, tão necessário quanto tudo isso acima é o que as marcas podem criar na cabeça dos consumidores para a Black Friday desde já. É necessário que essas mesmas marcas que irão cuidar de seus sites, também planejem (agora, pra ontem), como se dará a exposição de suas ofertas no ambiente digital antes mesmo da data, para que no dia exato da Black Friday, a marca já esteja posicionada na mente dos consumidores.

Marcas que depositam na Black Friday, a esperança de bons números para fechar o ano no azul, já começaram a se movimentar. Agências de publicidade já produzem planos de mídia digitais em busca de melhores oportunidades para encontrar navegando de um lado para outro, os consumidores afoitos por compras.

E você? Como anda o planejamento de mídia da sua marca para a Black Friday?

Leia Mais
Marketing

4 passos para fortalecer seu marketing pessoal

Se o que você faz é seu produto, e se seu nome é sua marca, você precisa investir em marketing pessoal! E não, isso não é autopromoção.

Fortalecer sua marca pessoal nada tem a ver com maquiar qualidades que você não possui, mas sim fazer com que as pessoas ao seu redor enxerguem a imagem que você deseja passar, de forma efetiva. Para tal, uma imersão no autoconhecimento é necessária!

1°) Pergunte-se “Como eu gostaria de ser visto(a)? Que ideia eu gostaria de passar?” Busque referências de pessoas que admira, que te inspiram, que ocupam posições que você almeja, sejam profissionais da área, algum professor, ou até um colega de classe.

2°) Reconheça seus pontos fortes e trace uma linha de comunicação que possa exaltá-lo. Se você é uma pessoa criativa, por exemplo, e gostaria que os outros soubessem disso, compartilhe conteúdos criativos que sejam relevantes ao seu público, para que eles se interessem e passem a associar você a esta qualidade. Isto sem parecer um robô, sendo real, e compartilhando inclusive vulnerabilidades, reforçando que não se trata de autopromoção, mas sim um esforço para ser sua melhor versão.

3°) Desenvolva seus diferenciais. O mercado como um todo está cada dia mais competitivo e exigente, e na publicidade e marketing não é diferente. Mantenha-se antenado e atualizado, mas principalmente, qualifique-se! A internet possui uma infinidade de materiais excelentes disponíveis. Entre gratuitos e pagos, algo haverá para lhe acrescentar e diferenciar de uma grande parcela do mercado.

4°) Por fim, coloque em prática! O marketing, hoje, é digital, e quem não é visto pode não ser lembrado. Encontre a melhor forma de utilizar suas redes sociais de forma ponderada, sem perder sua essência, mas priorizando compartilhar certo lado seu, determinado lá nos primeiros passos. Use o LinkedIn! A rede social profissional é de extrema importância para quem quer se fazer mais presente nesse universo.

Lembre-se, você não precisa deixar de postar foto daquela festa legal no seu Instagram, ou do seu cachorrinho no seu Facebook. O mundo real precisa de pessoas reais, que saibam equilibrar sua vida pessoal com a profissional sem que uma anule a outra.

Leia Mais