close
Mídia

Certificação para profissionais de mídia

No IV Congresso Brasileiro de Publicidade, realizado em Julho do ano passado, uma comissão presidida pelo Ângelo Franzão, discutiu e instituiu uma certificação para profissionais de mídia.

Vejam quais foram as cinco teses aprovadas:

1) A obrigatoriedade da existência de um profissional ou área de mídia nas agências de publicidade; que pelo menos um, dentre os profissionais de mídia que trabalhem nos anunciantes, seja certificado pelo Grupo de Mídia ou outras entidades ligadas ao setor.

2) A aplicação mínima de 1% das receitas das agências de propaganda em pesquisas ou ferramentas de mídia.

3) A certificação formal e oficial do profissional de mídia, a ser feita pelo Grupo de Mídia-São Paulo e pelos Grupos de Mídia de outros estados e demais associações.

4) Unificação dos currículos dos cursos de mídia realizados nas faculdades de todo o país, com a inclusão da matéria Tecnologia e Serviços de Marketing.

5) Maior intercâmbio do Grupo de Mídia de São Paulo com os demais grupos estaduais e internacionais.

Achei bastante interessante as teses. Todas elas, tem a minha aprovação.

Porém, a idéia era de que isso iniciasse agora, em 2009.

Não sei em que pé que a coisa está, mas vou perguntar pro Ângelo.

O post de hoje é uma contribuição de Alexandre Zaghi Lemos, da Editora Meio e Mensagem.

Tags : blog do crespocertificaçãofilipe crespo. tesesgrupo de mídiaiv congresso de publicidademídiaprofissionais de mídiapropaganda
Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook