close
Mídia

Com apenas seis meses, CNN é indicada ao Prêmio Caboré 2020

A CNN Brasil foi indicada ao Prêmio Caboré, reconhecido como a maior premiação da indústria de comunicação, marketing e mídia no país. O canal, que estreou no Brasil no dia 15 de março, está concorrendo na categoria “Veículo de Comunicação – Produtor de Conteúdo”.

O Caboré é uma referência do mercado publicitário graças ao caráter aberto e transparente com que os indicados e vencedores são escolhidos: é o próprio mercado quem define os vencedores.

As indicações são feitas pelo Grupo Meio & Mensagem, após consultas a figuras proeminentes do mercado e análises dos diversos nomes que se destacaram no dia a dia do negócio da comunicação.

Concorrendo com a CNN ao prêmio de “Veículo de Comunicação” estão o jornal Folha de S. Paulo e a Turner, do Grupo WarnerMedia. Agora, uma votação online é aberta entre todos os assinantes do Meio & Mensagem para escolha dos vencedores. Neste ano, os votos poderão ser dados entre os dias 26 de outubro e 27 de novembro. Os vencedores serão conhecidos no dia 2 de dezembro.

Todo nosso esforço está concentrado para produzir conteúdo jornalístico imparcial, relevante e de qualidade. Saber que o mercado publicitário reconhece esse esforço logo em nosso primeiro ano no ar é um motivo de grande alegria para o nosso time. Nos estimula a avançar cada vez mais“, diz Douglas Tavolaro, CEO e fundador da CNN Brasil.

Tags : #CNNcaborécnn brasilcreativosbrindicaçãojornalismopay tvprêmio
Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook