close
Marketing

Groupon: adeus às compras coletivas

Principal nome global em meio ao boom das compras coletivas, a empresa americana Groupon abandona o modelo anterior, reduz descontos e amplia a oferta de produtos e serviços.

Após a demissão do fundador Andrew Mason, e dos seguidos prejuízos trimestrais, o Groupon investiu na mudança de cenário e reestruturou sua equipe com a chegada do novo presidente Michel Piestun. Com experiência em grandes empresas como Samsung, IBM, Motorola, Claro e Schincariol, o CEO corre contra o tempo para “mudar a chavinha” e transformar o Groupon em uma plataforma de comércio local. O intuito é fazer com que o cliente, antes de entrar em qualquer outro site, tenha à mente o Groupon como o lugar certo para encontrar os produtos e serviços que procura.

Com o lançamento do Groupon Mais – trazendo um banco com mais de 5,5 mil ofertas -, e com o abandono do modelo clássico de compras coletivas, o Groupon investe no setor mobile e tem pela frente alinhar a operação brasileira ao novo posicionamento global da empresa. Há pouco mais de 3 meses no cargo, Michel Piestun busca fidelizar os clientes e fortalecer o prestígio conquistado em 2011, responsável por tornar, na época, o maior IPO de uma empresa de internet após a oferta do Google, em 2004.

 
Tags : blog-publicidade-propaganda-marketing-michel-piest
Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook