close
Opinião

Sou publicitário e daí?

Até mesmo por senso de justiça do mantenedor deste blog, (ou seja… eu) inúmeras foram as vezes que elogiei e critiquei a postura de profissionais de propaganda.

Como em qualquer profissão temos bons e maus profissionais na nossa área.

Dia desses, postei aqui um artigo do Francisco Gracioso que foi publicado no editorial da edição de aniversário da Revista da ESPM.

A profissão de publicitário de modo geral é muito mal vista pela sociedade. Nas últimas pesquisas publicadas, a nossa profissão é considerada uma das que menos crédito tem junto a população.

Obviamente, bombeiros e padres são aqueles que as pessoas mais confiam. Já a gente encerra a lista, lá na zona de rebaixamento, heheh, junto com políticos e corretores de seguros.

NINGUÉM CONFIA NA GENTE, PORRA!!!

Nada contra o corretor de seguros, mas esse nem eu nunca confiei. hehehe

Agora… fica a pergunta: Por que tanto ódio no coração das pessoas?

Fácil responder isso.

Vejam o motivo:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags : blog do crespoconarconfiançaconsumidorembalagensespmfrancisco graciosomentiramídiaprodutosprofissãopropagandapropaganda enganosapublicidadepúblico
Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook