close

eventos

Marketing

Heineken promove experiências no Rio de Janeiro

No último final de semana, a Heineken promoveu um grande evento com diversas ativações que movimentou o Rio de Janeiro. coque iphone 8 Para muitos, a marca consagrou mais uma vez sua missão de ser uma experiência memorável. coque iphone soldes A empresa promoveu uma série de ativações na orla carioca com o evento F1 Experience com o objetivo de aproximar a cerveja com o badalado circuito mundial de automobilismo e promover o GP Brasil da F1. Para mostrar que mesmo com o título decidido para Lewis Hamilton e sem um brasileiro na temporada a pista ainda é repleta de emoções, a Heineken investiu no principal legado da marca: a experiência, levando pras ruas a emoção da F1. soldes coque iphone O evento que foi aberto ao público começou às 9h, com Felipe massa acelerando uma Willians na enseada de Botafogo. coque iphone 6 O evento ainda contou com performances e manobras de drifting racing da equipe Drift Meet Team e show de motos acrobáticas do Força e Ação. “Pra gente, é necessário contar uma história. coque iphone x Não queremos apenas colocar nosso logo nas pistas ou em placas de campo. coque iphone 2019 E embora o patrocínio seja global, a gente se preocupa em contar algo relevante para o consumidor brasileiro”, afirma Vanessa Brandão, diretora de marketing da Heineken. coque iphone A marca mostrou que leva a sério a experiência dos consumidores, e também promoveu a Heineken Parade, com equipe de performers que realizaram coreografias, intervenções pela pista e palco móvel com shows de Fatnotronic e Preta Gil. Para Massa, o evento não foi somente uma ativação de marca, mas uma maneira de manter a paixão e a tradição do brasileiro pelo esporte.

Leia Mais
Eventos

Está aberta a temporada de cursos livres do creativosbr

A plataforma digital lançada em abril deste ano, e que é uma continuação do trabalho iniciado pelo Blog do Crespo em 2009, traz agora ao seu público diversos cursos na área de Comunicação.

Os primeiros cursos da série chegam às regiões Sudeste e Centro Oeste do país já no próximo mês.

No dia 07 de outubro, São Paulo receberá o curso Google Analytics, com o profissional Rafael Garey. O curso tem duração de 8 horas e acontece nas instalações da FECAP, no bairro da Liberdade. Na oportunidade, os alunos terão contato com a ferramenta desde a criação de um perfil até o entendimento e manuseio das aplicações, vivenciando ainda situações reais existentes no mercado de trabalho.

Garey é um profissional de larga experiência e atualmente é Gerente de Digital Analytics da Vivo. Tem passagens por agências como W/McCann, Wunderman e One Digital.

O curso é voltado aos estudantes, profissionais de mídia de agência, veículo de comunicação ou mesmo em clientes anunciantes que tenham no seu dia a dia o desafio de análise e interpretação de dados estatísticos de um website.

O primeiro lote de inscrições para o curso já está aberto e tem preço promocional de R$ 199 para aqueles que se inscreverem até o dia 30 de setembro.

Já o curso Planejamento de Mídia On/Off – Aplicação e Mensuração ocorrerá no dia 28 de outubro em Goiânia. O curso será ministrado pelo profissional Filipe Crespo, atual Diretor de Mídia da aktuellmix, maior agência de live marketing do país. Crespo passou por agências como Ogilvy, Y&R, Africa, JWT e W/McCann.

Na oportunidade, os alunos vivenciarão todo o planejamento de mídia para um cliente desde a chegada do briefing até a mensuração dos resultados de um plano já na rua. Exercícios de compra e negociação de mídia também serão trabalhados.

Os interessados também já podem se inscrever no curso. O primeiro lote já está aberto e tem preço promocional de R$ 199.

Mais informações para ambos os cursos podem ser obtidas aqui:

CURSO GOOGLE ANALYTICS (São Paulo)
https://www.eventbrite.com.br/e/curso-google-analytics-tickets-37406973264

CURSO PLANEJAMENTO DE MÍDIA (Goiânia)
https://www.eventbrite.com.br/e/curso-planejamento-de-midia-onoff-aplicacao-e-mensuracao-tickets-37588456084 

Leia Mais
Eventos

Prêmio Colunistas 2017 (50ª)

Em sua quinquagésima edição, o prêmio Colunistas consolida sua história ao lado da história do marketing e comunicação brasileira. Desde 1967 foram centenas de premiações evidenciando e reconhecendo trabalhos notórios, ideias ousadas e inovadoras.

A iniciativa da Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda (ABRACOMP) tem como objetivo destacar os melhores trabalhos nas seguintes categorias: Mídias Integradas, Filme, Rádio, Mídia Impressa, Mídia Exterior, Digital, Branded Content, Técnica, Promo e Live, Marketing Direto, RP, Design, Mídia e Inovação. A premiação também contemplará Agência do Ano, Anunciante do Ano, Publicitário do Ano, e Profissional de Propaganda do ano como reconhecimento aos profissionais de maiores destaque entre as premiações.

Segundo o regulamento, tanto empresa quanto pessoa física podem se inscrever, desde que o job contemple planejamento, criação, aprovação ou produção. Os trabalhos podem ter sidos veiculados no Brasil ou no Exterior entre janeiro de 2016 e outubro de 2017. O que será levado em conta é a localização da equipe de criação responsável. O interessado que deseja se inscrever precisa instalar um software disponível no site www.colunistas.com.

Para chegar a difícil conclusão entre diversos jobs geniais, os jurados terão como critérios: originalidade, pertinência, adequação ao target, qualidade estética e estilística (design), clareza das informações, qualidade de produção, benefícios para o cliente e responsabilidade social.

Inscreva aquele job digno e partipe. Mais informações www.colunistas.com

Veja o VT vencedor do Grande Prêmio de Filme 2016

“Helicóptero”, da ALMAPBBDO para O Boticário / Malbec Noir.

Leia Mais
Digital

Sky na Estrada – Novo portal de patrocínios regionais

O novo portal criado pela operadora de TV SKY traz
curiosidades e informações sobre festas e eventos populares do Brasil, com os
destaques para aqueles onde a empresa promove ou atua como patrocinadora. O
projeto reúne também dicas de turismo, gastronomia, história e informações sobre
as festas, permitindo o compartilhamento de fotos e informações produzidas em
cada evento.

O símbolo da ideia é representado por um veículo na estrada
e estampa as páginas e banners correspondentes ao projeto. Até então, os
eventos da empresa já foram realizados em 15 diferentes cidades – sendo em 13
estados, e tem o objetivo de apoiar, até o fim de 2013, mais de 20 eventos em
15 estados.

Leia Mais
Entretenimento

Vem aí, um Blog do Crespo muito mais dinâmico!

 

Sabemos que nosso mercado é demais dinâmico, gerando novas informações a todo momento.

Desta forma, sentimos a necessidade de tornarmos o Blog do Crespo muito mais dinâmico e com atualizações mais frequentes sobre tudo o que acontece em nosso mercado publicitário.

A partir da próxima semana, teremos um número maior de informações aqui postadas, afim de servir aos nossos leitores, como um canal atual e relevante.

Serão notícias sobre o vai e vem de profissionais, sobre as novas campanhas que estão no ar, os eventos da área e tudo mais o que acontece no mundo da publicidade.

Da mesma forma, as notícias serão sempre encaminhadas para nossa FanPage no Facebook e também para nosso perfil no Twitter.

Contamos muito com sua participação para que possamos estar sempre alinhados com o que espera de nós.

Um grande abraço a todos.

Leia Mais
Opinião

Feliz 2010

Depois de um período sem atualizações aqui no Blog, estamos hoje, voltando a ativa aqui no Blog do Crespo.

Sendo assim, aproveitamos então para desejar a todos que por aqui passam, um Feliz 2010, recheado de muita luz, paz, saúde e harmonia.

Que em 2010 possamos realizar nossos sonhos ou que pelo menos, caminhemos em direção deles.

Para este ano que se incia, o Blog do Crespo trará uma série de novidades, como maior números de posts, informações sobre cursos e eventos da área e até promoções.

Fiquem ligados aqui no Blog e divulguem apra seus amigos.

Se você possui twitter, siga o Blog do Crespo lá também www.twitter.com/blogdocrespo

Um grande abraço a todos e mais uma vez: FELIZ 2010!!!

Leia Mais
Eventos

Hoje tem Fest´Up.

 

O Festival Universitário de Propaganda, promovido pela APP, inicia hoje, a sua 21° edição.

O evento que acontecerá hoje e amanhã no prédio da FAAP, em São Paulo é considerado um dos mais tradicionais do Brasil, para os estudantes de Comunicação Social.

Um extensa programação com palestras e concursos está marcada para esses dois dias.

Quanto aos concursos, o mais aguardado é o Concurso de Jingles.

A organização do evento espera 1.500 estudantes de todo o país e mais de 200 professores de universidades públicas e privadas.

Infelizmente neste ano, a UniSant´Anna não participa do evento, mas ainda assim, inúmeros alunos de Publicidade e Propaganda da Sant´Anna irão prestigiar o evento.

Porém, este professor pretende, juntamente com os demais professores da Sant´Anna, marcar uma reunião em breve, com a APP.

A idéia é que no próximo ano, possamos levar a nossa Universidade para o evento, fazendo inclusive, com que nosso alunos participem de concursos.

Bom final de semana a todos.

Leia Mais
Mídia

É posssível medir o retorno do investimento em novas mídias?

Post grande, mas te garanto que vale a pena.

Ontem pela manhã, estive na sede do Grupo de Mídia, em São Paulo, para acompanhar mais uma etapa do Fórum de Debates promovido pela APP.

Desta vez, o tema foi PESQUISA É O DESAFIO DAS NOVAS MÍDIAS: VAI SER POSSÍVEL MEDIR O RETORNO DO INVESTIMENTO EM NOVAS MÍDIAS e os debatedores foram Fábia Juliazs (Ibope), Adriana Scalabrin (Rede Globo), Marcelo dos Santos (Totvs) e Ângelo Franzão (Grupo de Mídia).

O debate começou bastante amistoso com cada profissional defendendo seus interesses, é claro. De forma bastante resumida, vai aqui a participação de cada um:

Fábia Juliazs (IBOPE): Segundo ela, profissionais de comunicação não devem perder mais tempo analisando o poder da Internet. Isso já é fato e não cabe mais essa discussão. Disse ainda, que atualmente 27% dos brasieliros acessam a internet e que a princípio, pode parecer pouco, porém, se colocarmos em números absolutos, temos duas vezes mais internautas que a população da Austrália. (Será mesmo? Vou conferir isso depois). Disse que hoje não existem mais o paradigma “faça uma coisa de cada vez” e o profissional que assim pensar está com seus dias contados. O próprio internauta hoje, trabalha com mais de 5 abas abertas do seu browser, conversa no MSN, escuta música, fala no celular e ainda dá uma olhada para a tv ligada. Momento bastante importante foi quando a Fábia apresentou alguns números da conexão de internet via celular no Brasil. Ainda que tenhamos mais de 70% das linhas de celular compostas por sistema pré pago, o número de brasileiros que vem acessando internet por celular, vem crescendo absurdamente. Quanto ao assunto que esse internauta via celular procura, estão música (21%) e esporte (12%). Esse aumento vertiginoso de conexão internet via celular prova mais uma vez que o consumidor em trânsito, não é mais impactado somente por rádio e sim, pela internet. Disse também, que jovens não utilizam sites de notícias ou portais para se informar e sim, redes sociais e blogs de amigos. Para finalizar, a Fábia fez uma explanação sobre o Internet Pop, programa do Ibope, claro, que resolve os problemas de quem deseja investir em internet. Defendendo seu “peixe”, encerrou: “Medição no planejamento é muito melhor que esperar o ROI”.

 

Adriana Scalabrin (REDE GLOBO): Na minha opinião, foi uma particpação bem apagada. Tentou trazer para o evento, sua experiência nos E.U.A., mas que ao meu ver, é um mercado bem diferente do nosso. Segundo a Adriana, o grande problema atualmente é saber mensurar dados da Internet. Segundo ela, não existe ferramentas de ROI que sejam de fácil interpretação. Vejam palavras dela: “Ferramentas de ROI tem uma série de dados, mas não dá pra jogar tudo numa equação e fazer uma análise disso. Não é algo tão simplista assim”. A Fábia, do IBOPE, parecia nervosa enquanto a Adriana dizia isso. hehe E a Adriana continuou: “Como posso saber o quanto aquele investimento agregou de resultados para meus clientes”? Por fim, disse que planos de mídia focados na Internet, como único meio de comunicação tendem ao fracasso. Citou o caso da Volks, nos. E.U.A. que com 2,5% de share, entregou sua conta para uma agência digital e não conseguiu aumentar sua participação anunciando somente em Internet.

 

Marcelo dos Santos (TOTVS): Iniciou sua participação, apresentando dados da empresa Totvs no Brasil e no mundo. Fiquei surpreso com o poder de fogo e o tamanho da empresa. Segundo o Marcelo, a empresa possui 38,7% de share no Brasil. É algo absurso, deixando suas concorrentes, como a IBM por exemplo, para trás, aqui no Brasil. O Marcelo é o diretor de marketing da empresa e recentemente deu uma entrevista para a Revista Marketing. Vale a pena conferir. Mostrou a estrutura organizacional do departamento de marketing da empresa e de que forma a empresa entende e trabalha com as mais variadas feramentas do marketing. Ao meu ver, ele que tem uma formação em Economia, entende muito mais de Marketing, que inúmeros profissionais que estão à frente de suas empresas atualmente. Para finalizar, criticou a postura de agências de publicidade e de profissionais de marketing que estão mais preocupadas com a questão estética do que com resultados (R$). Disse que prefere que algo seja feio porém rentável,  do que o contrário. “Nosso site hoje é muito bonito, moderno. Porém, 50% dos nosso clientes tem dificuldade para encontra lá o que precisam. Por esse motivo, nosso site está sendo reformulado. Nos próximos dias, entrará no ar, o novo site da Totvs, muito mais simples, até mais feio, eu diria, mas com uma funcionalidade muito maior para nossos clientes.”, concluiu.

 

Ângelo Franzão (Grupo de Mídia): Também disse ser indiscutível o poder da Internet como meio de comunicação. Disse que acredita ainda que em relevância, acredita sesr o principal meio.  Disse que hoje, ao montar um plano de mídia, o profissional deve analisar duas questões: o público e o que esse público anda falando da marca por aí. Apresentou dois gráficos bastante interessantes que fazem com que tenhamos que repensar muita coisa em mídia. “Os novos meios chegaram pra competir com os chamados tradicionais. Os meios tradiconais não vão sumir, mas passarão a dividir espaço com os novos meios, sem dúvida”, disse. Em um outro momento, aproveitou oara discordar da Adriana, dizendo que existem sim, ferramentas de ROI com muita credibilidade no mercado.  Antes que o debate fosse aberto para perguntas, o Ângelo tocou no assunto, bastante discutido pelo Grupo de Mídia, no primeiro semestre, sobre o ensino da Mídia, nas Universidades. Esse blog já discutiu bastante a respeito. Disse da diferença do que se ensina na faculdade e no que realmente acontece no mercado.

Quando abriram para perguntas, esperei minha vez e fiz as seguintes indagações:

Aproveitando o “gancho” deixado aqui pelo Ângelo, gostaria de falar também sobre o ensino da Mídia, nas Universidades. Sei que não é o foco do debate, mas acho pertinente até por termos aqui hoje, uma representante do IBOPE. Sou professor de mídia e a grande dificuldade está justamente em manter uma proximidade com o mercado. O Grupo percebeu isso e a partir desse ano começa a trabalhar nesse sentido. Porém, em sala de aula, ainda ficamos muito focados em VERONEZZI e TAMANAHA, que são prossioais do mais alto escalão e credibilidade, mas não falam de novas mídias. A mídia hoje é muito rápida. Questõs como Twiter e Facebook não são discutidas em Mídia nas Universidades. Eu procuro levar essas questões para a sala de aula, mas ainda representam muito pouco de todo o conteúdo programático proposto pelo MEC. Brigo com meu coordenador pedagógico. Hoje, a pesquisa de mídia tem uma importância gigante no mercado publicitário e isso não é colocado dentro das universidades. Temos uma aula dedicada a esse assunto. Por que o IBOPE, e queria aqui, aproveitar a presença da Fábia, não disponibiliza ferramentas para as faculdades? Os institutos de pesquisas fazem acordos com ESPM, CÁSPER, METODISTA, mas e as demais universidades? Por que os institutos não disponibilizam essas ferramentas de pesquisa também para outras universidades?

Agora sim, voltando ao foco do debate, gostaria de saber se existe uma mensuração de resultados de PALAVRAS e não de números quanto aos investimentos em novas mídias? Ao meu ver, todos se preocupam com retorno em números, euquanto as novas mídias, permitem uma maior interatividade com os consumidores. As redes sociais influenciam o consumo e eu acho que hoje, as empresas não estão preparadas para trabalhar com as críticas que ferramentas como o Twitter, por exemplo, pode trazer. O mercado sempre estave preocupado em saber quem é esse consumidor e o que ele faz, e agora as redes sociais, possibilitam que esse consumidor, diga diretamente a marca, o que ele pensa da marca. Isso é novo e ao meu ver os anunciantes não estão preparados para isso.

 

Bom, o post já está enorme e sei que apenas aqueles que se interessam pelo assunto, irão ler isso até o final.

Caso queriam saber as respostas das minhas perguntas, enctrem em contato comigo, que terei o maior prazer em responder.

Enviarei cópia deste post de hoje à todos que formaram a mesa, no fórum de ontem.

 

Leia Mais