close
Digital

5 razões pelas quais a publicidade mobile é mais eficaz do que qualquer outra mídia

Nos últimos anos, o mobile passou de tendência para realidade.

Segundo pesquisa da Hootsuite, divulgada em fevereiro deste ano, já são mais de 5,3 bilhões de indivíduos no planeta com um celular na mão. Isso representa algo em torno de 66,6% de toda a população mundial. Somente nos últimos doze meses, o mundo ganhou novos 93 milhões de novos usuários de smartphones.

Se formos fazer um recorte para o Brasil, os números também são impressionantes. Atualmente, segundo a mesma pesquisa, já somos 205,4 milhões de brasileiros conectados via mobile. Este número representa algo em torno de 96,3% de toda a população brasileira. Incrível, não? Um dos motivos que explicam esses altos índices é a própria tecnologia. Com a chegada de aparelhos cada vez mais modernos, o país começa a também disponibilizar aparelhos mais acessíveis, não necessariamente “tão modernos” quanto os lançamentos. A diminuição no preço desses aparelhos “menos modernos” faz com que o mobile fique mais acessível às novas parcelas da população.

Sendo assim, e entendendo que as empresas possuem o desafio diário de se conectarem com essas milhões de pessoas nesse ambiente digital, listamos cinco razões pelas quais a publicidade mobile pode ser muito mais eficaz do que qualquer outra mídia em nosso país.

1. Cultura digital: a popularização dos aparelhos gerou um novo comportamento nos indivíduos, que agora utilizam os smartphones para tarefas do dia a dia, como: pagar contas, pedir refeições, fazer compras de supermercados ou mesmo fazer uma confraternização virtual com seus familiares em um final de semana qualquer. Isso faz com que as pessoas passem mais tempo olhando para a tela de um celular e fazendo desse ambiente, um território fértil e de oportunidade para as marcas. Um recorte no público adulto (16-64) mostra que eles dedicam 5h17 do seu dia para esse ambiente.

2. Vários pontos de contato: muito por conta do efeito da cultura digital, as pessoas hoje possuem quase que infinitas possibilidades dentro de um smartphone. Por ali, conversam com amigos por texto ou por áudio, enviam imagens e arquivos, acessam notícias e ainda treinam um ou outro idioma. Usam o ambiente para buscar mais informações sobre um produto ou serviço, inclusive. A pesquisa da Hootsuite mostra que 91,4% dos usuários de smartphone no Brasil declaram ter utilizado o aparelho para buscarem mais informações de um produto antes de comprarem. Do ponto de vista publicitário, essa grande variedade de aplicativos e conteúdos interativos cria um campo extremamente fértil para publicidade mobile, que pode estar presente dentro de todo esse conteúdo, de maneira frequente e contextualizada.

3. Comunicação um a um: talvez seja esse um dos maiores diferenciais da publicidade mobile. Aqui, a comunicação é individualizada, diferentemente de um PC, que pode ser acessado por uma ou mais pessoas. Pela tela de um aparelho celular, as marcas podem criar conteúdos muito mais direcionados e customizados ao usuário, tornando então o mobile a maior e melhor possibilidade de mídia no que diz respeito à segmentação de target, hoje tão buscada por marcas anunciantes.

4.Geolocalização: diferentemente de um PC ou de quase toda a mídia tradicional, o smartphone dos indivíduos é portátil e está sempre com o usuário onde quer que ele vá. Desta forma, na publicidade mobile, a marca anunciante pode se utilizar da localização de um indivíduo para oferecer a ele um desconto em uma livraria próxima ou um cupom para uma cafeteria que está a poucos metros dele. Isso acaba fazendo da publicidade mobile algo bastante efetiva do ponto de vista da performance, já que a mídia pode contribuir, e muito, para a conversão.

5. Checkout e conversão: se a pandemia acabou por levar mais gente a consumir notícias, entretenimento, produtos e serviços no ambiente digital, podemos dizer que, por consequência disso, acabou por levar também uma percepção de mais segurança nesse ambiente. Já são 59,4% dos usuários de smartphone no Brasil que declaram ter algum tipo de forma de pagamento inserida ou cadastrada dentro de seu aparelho celular. Sendo assim, a tela do celular é um novo ambiente de compra para usuários e as marcas ficam muito mais próximas da conversão. A facilidade no processo de compra via mobile somada às boas experiências pessoais anteriores nesse ambiente cria no usuário uma sensação de que dali por diante, muito pode ser comprado ou adquirido dessa forma. Cabe às marcas anunciantes migrarem e adaptarem seus negócios para esse modelo e certamente irão vender ainda mais.

Viu só?
Gostou das dicas que o time da OPL Digital sobre publicidade mobile?

Quer implementar essa estratégia para seu negócio?
Fale com a OPL Digital no comercial@opldigital.com

Tags : conversãoculturadigitalgeolocalizaçãomobilepublicidade
Sophia Furlan

The author Sophia Furlan

Aos 19 anos é estudante de Publicidade e Propaganda na FECAP e estagiária na agência Creativosbr. Ama estudar e principalmente colocar em prática tudo o que aprende, seja nas palestras das quais participou ou cursos extracurriculares que faz sempre que possível. É por isso que atualmente trabalha no Creativosbr planejando as mídias sociais do meu cliente e aplicando todo o meu conhecimento em busca de gerar resultados efetivos.

Comentários no Facebook