close
Opinião

A arte de ser novo, de novo

Fonte: Pixabay

‘Reinventar’ não é mais uma palavra da moda. É comum dentro do meio publicitário, ou até mesmo da comunicação como um todo, discutirmos a necessidade de nos reinventarmos, e essa necessidade é gerada pela nova configuração que ferozmente toma maior espaço: o digital.

Não é nenhum segredo. O mídia dados do ano de 2016 aponta um crescimento de 16% do acesso a internet em todo Brasil, contando também com um crescimento de aproximadamente 779% no uso de dados (4G), em comparação aos anos de 2014 para 2015 por usuário. – um crescimento impressionante.

O reflexo desses dados para o meio publicitário é impactante, pois precisamos nos reinventar a todo instante, principalmente no meio tecnológico. O número de pessoas que utilizam a internet cresce e o de empresas presentes nela aumenta proporcionalmente, competindo no mesmo espaço pela atenção do consumidor.

É nesse ponto que surge a necessidade de construir novos métodos e identidades. O consumidor está mais crítico com as formas de publicidade que o cercam e o formato conhecido padrão já não o interessa. Desta forma, o primordial está em inovar dentro das ferramentas existentes.

Acredito que muitas empresas pecam por andar em caminhos já percorridos acreditando que obterão sucesso, quando o mais instigante seria fazer de uma nova possibilidade um sucesso assertivo e inovador.

Hoje, os consumidores obcecados por seus tablets, celulares ou que ainda insistem nos meios tradicionais, estão esperando por uma novidade, uma forma inesperada de ser envolvido por uma marca e dar credibilidade a ela.

Assim, se reinventar não é mais uma opção, e sim uma obrigação cotidiana.

Tags : AssertividadecomunicaçãoinovaçãoReinventar
Graziella Silva

O autor Graziella Silva

Apaixonada por Coca-Cola, fotografia e ilustração. Necessariamente nessa ordem. Estudante de Publicidade e Propaganda na FECAP e tem um amor especial pelas áreas de Mídia e Criação. Cultiva bons amigos e boas ideias. Não vê a hora de entrar no mercado de trabalho. Conteudista do creativosbr.

Comentários no Facebook