close
Opinião

A linha tênue entre presente e futuro, pessoas e tecnologias

CreativosBR-Opinião-Itapeixoto-A linha tênue entre presente e futuro, pessoas e tecnologias-Tecnologia-Comunicação-Marketing-Digital
Créditos: Pixabay

Com tantos adventos tecnológicos, percebo – entre várias mudanças – alterações no comportamento das pessoas em relação à comunicação (pessoal e corporativa) e à propaganda. Muitas ferramentas (celulares, redes sociais e aplicativos, por exemplo) estão mais acessíveis e as pessoas se mostram cada vez mais dispostas e abertas a relacionamentos, sendo cada vez mais fechadas à “propaganda” (ou pelo modelo “tradicional” da propaganda).

Estes dois fatos se comprovam com as ascensões das redes sociais, dos bloqueadores de propaganda, vulgo ad blocks, e de plataformas como Netflix, que traz filmes e seriados sem intervalos comerciais. As pessoas demonstram interesse em se relacionar (com marcas e com pessoas), e relacionamento se constrói através de comunicação, e de verdade. Generalizando, ninguém gosta de sentir um “número”, nem de ser usado por marcas que só se relacionam interessadas em venda.

Ultimamente muito tem se falado em tendências, entre elas estão: inteligência artificial, realidade alterada (interações entre realidade aumentada e virtual), novos formatos para publicidade digital, vídeos interativos, influenciadores digitais nas estratégias das marcas, e a luta contra as “fakenews”. Esse futuro já começou.

A Cognizant, empresa de consultoria especializada em tecnologia e negócios, baseada em dados e tendências corporativas, listou prováveis profissões promissoras para um futuro próximo (5 e 10 anos). As principais funções envolvem gestão de dados necessitando de verificação, ética e olhar humano para muitos segmentos.

Com todo esse papo de futuro e de comportamento, vale citar Peter Drucker, que diz que a melhor maneira de prever o futuro é criá-lo; e minha esposa, publicitária Karlla Medeiros, que diz incansavelmente para pessoas e marcas: “Seja interessante, não interesseira (o)”.

 

 

Tags : blog do crespocomportamentocomunicaçãocreativos brdigitalfake newsIta PeixotoItamar Peixotomarcasmarketingopiniãopublicidaderedes sociaistecnologia
Itamar Peixoto

O autor Itamar Peixoto

Publicitário e bebedor de café. Formado pela PUC-GO. Diretor da Ativamente Comunicação, em Goiânia. Experiência adquirida por atuações em departamentos de marketing, agências de publicidade e seriados do Netflix. Para seus clientes, atua em mídia e planejamento. Acredita que a qualidade da comunicação se dá pela essência do trabalho. Conteudista do creativosbr.

Comentários no Facebook