close

Alberto Fachin

Mídia

Novo game da Ubisoft é lançado com ação de branded content

all 3 games

Para o novo lançamento do jogo Far Cry5, vente de coque iphone desenvolvido pela empresa francesa Ubisoft, a produtora Massiv realizou uma ação de branded content contratando influenciadores reconhecidos no mundo do game. Nesta ação, coque iphone pas cher Rato Borrachudo, coque iphone 8 Gusang e Cherrygumms são os protagonistas que interpretam personagens do jogo em cenas autênticas do game e conhecidas por todos os fãs do jogo. O filme é mais uma das produções realizadas para a Ubisoft que possui um brand channel com mais de 1 milhão de inscritos no YouTube. coque iphone xr Luther Peczan, vice-presidente de brand da Wbedia e CEO de Massiv, coque iphone afirma que “criar conteúdo com a qual o usuário se identifique é de extrema importância para engajá-lo, atualmente. soldes coque iphone E usamos os influenciadores justamente para criar essa ligação do público com o conteúdo”.

Leia Mais
Mídia

Fãs, integrações com marcas e transmissões ao vivo: o crescimento do Esports

CREATIVOSBR-MIDIA-ESPORTS

O esporte eletrônico é um segmento que está em ascensão nos últimos anos. coque iphone pas cher Isso porque os homens da Geração Y eram o principal público dessa indústria que, atualmente, a cada três fãs de esporte eletrônico um é representado pelo sexo feminino. O consumo de Esports não expandiu somente para o público feminino. coque iphone 8 Segundo Guy Constantini, vice-presidente de Marketing Global da Skydance Media, há diferentes perfis de telespectadores: “há pessoas que possuem tempo o suficiente para jogar por horas e mais horas, enquanto a outra audiência quer assistir aos jogos de mais alto nível serem disputados, mas não possuem tempo para se dedicar a várias horas de jogo”; o que foge do estereótipo que apenas jogadores viciados acompanham os campeonatos de jogos eletrônicos. Craig Levine, diretor de estratégia da ESL, reforça que hoje em dia a interação com Esports não acontece somente em frente a uma tela. Hoje há campeonatos com público lotando arquibancadas. “Os eventos ao vivo são um grande sucesso de Esports. coque iphone pas cher É uma maneira importante para as marcas se inserirem nesse meio”. coque iphone 2019 Se você acha que publicidade à moda antiga expondo o logotipo de sua empresa vai funcionar, esqueça, porque nesse meio é preciso contribuir com essa comunidade. Há grandes marcas como Red Bull, Coca-Cola e Toyota que estão criando engajamento com esse público ao se inserirem nesse espaço por meio de um estilo de vida. coque iphone xs max O COO da Hi-Rez, Todd Harris, disse que se tratando de Esports, a integração social e a comunicação andam em perfeita harmonia tendo em vista que este é um esporte digital para uma geração digital. O Esports é uma indústria relativamente nova que possui grande potencial de crescimento para chegar ao mesmo patamar de ligas esportivas tradicionais, diz Jon Gosier, fundador da AudiGent. Uma plataforma de inteligência de audiência irá propor novas maneiras de monetizar essa informação. Quando se começou a falar sobre Esports, as informações obtidas para fins comerciais não eram um tanto atrativas para as marcas. Apesar disso, as mesmas estavam interessadas em se envolver com aquilo que viam como diferente e cheio de novidades. Então chega a Twich.Tv, um site de streaming, investindo U$ 45 milhões, à medida que parceiros não tão conhecidos se inseriram no espaço. “Todo esse cenário dificultou para os clientes se dirigirem aos seus diretores de marketing dizendo que Esports venderá seus produtos sem nenhum dado para comprovar”, disse Kolodny. A TBS exibiu 21 transmissões Esports desde o verão de 2017, que é mais do que a Disney XD (13) e a ESPN2 (cinco). coque iphone ESPN e NFL Network também exibiram Esports. A TV também está transformando Esports e pro-gaming (liga profissional) em geral.

Leia Mais
Marketing

Roger Federer é o novo protagonista em campanha da Rimowa

RogerFedeeonovoprotagonistaemcampanhadaRimowa-Marketing-CreativosBr-BlogdoCrespo-

A companhia de bagagem de luxo Rimowa conta com uma nova celebridade para suas comunicações. coque iphone en ligne A marca de origem alemã contratou Roger Federer, o ilustre astro do tênis. coque iphone pas cher Além da participação de Federer, a marca conta com participação de Virgil Abloh, diretor artístico do segmento masculino da Louis Vuitton; a modelo Adwoa Aboah; o famoso chef e restaurateur Nobu Matsuhisa e o designer de joias masculinas da Dior, Yoon Ahn. coque iphone 6 Segundo o diretor de comunicação da Rimowa, essas celebridades possuem como parte da sua rotina de trabalho o hábito de viajar. coque iphone en ligne E diferente de uma viagem a lazer, a Rimowa quer enfatizar que o seu público viaja a um propósito. coque iphone 8 E por conta desse hábito, possuem uma conexão muito forte com suas malas. soldes coque iphone Uma curiosidade sobre a parceria com as celebridades é que foi solicitado que as estrelas utilizassem suas próprias malas em vez de utilizarem produtos fornecidos pela marca.

Leia Mais
Opinião

O mercado brasileiro está preparado para o data marketing?

O-mercado-brasileiro-esta-preparado-para-o-data-marketing-Creativosbr-Opiniao-BlogdoCrespo-DataMarketing-Creativos-DigitalAnalytics

Não é nenhuma novidade que atualmente as empresas vêm utilizando dados para transformar em informação a fim de desenvolver seus produtos e serviços, alavancar vendas e aumentar suas receitas. coque iphone 2019 Apesar desse cenário cada vez mais comum, será que no Brasil as empresas estão realizando essa mudança ou apenas fazendo parte dela? É importante ressaltar que em grandes multinacionais existem departamentos, profissionais qualificados e até empresas e agências qualificados para tirar insights, mas mesmo assim ainda grande parte das empresas não possui esse know-how de como usufruir de todas as informações que têm disponíveis. coque iphone x Com isso, empresas terceirizadas como instituto de pesquisas, consultorias e empresas com vasta base de dados entram no jogo. Na publicidade, marketing e comunicação, por exemplo, existem 4 maneiras de como as empresas se relacionam com dados: Nascente: campanhas de marketing usando majoritariamente dados de terceiros e compra direta de mídia, com baixa ligação a resultados de venda. Emergente: campanhas baseadas em dados próprios e compra de mídia programática com otimização e teste de forma independente por canal de mídia. Conectado: dados integrados e ativados ao longo de múltiplos canais de mídia com clara conexão a ROI e resultado de vendas. coque iphone 6 Multimomento: execução dinâmica, otimizada e personalizada baseada no resultado individual de cada cliente em todos os canais de mídia. Essas classificações foram feitas por um estudo do Google com a Boston Consulting Group (BCG) que avaliou as 60 principais companhias brasileiras. O estudo indicou que mais de 55% das empresas estão no estágio emergente e quase 2% no Multimomento. soldes coque iphone Pode-se dizer que as empresas que atuam no Brasil, de maneira geral, não estão explorando totalmente o potencial que possuem. Com tanta informação disponível, tratar esses dados, criar audiências e extrair informações relevantes para alavancar vendas é o maior dos desafios que, aparentemente, as empresas ainda não estão nem de longe alinhadas em executar com perfeição, até porque esse tipo de evolução necessita de aprendizado. coque iphone 8 Vale ressaltar que, se tecnologicamente as empresas estão aperfeiçoando a maneira de tratar e ler os dados, quem dirá de como executá-los nos demais canais que ainda não estão adaptados a todo esse dinamismo repleto de transformações. É clara a existência de um desalinhamento interno que muitas vezes provoca competição entre os próprios canais de e-commerce, o que torna a situação mais desorganizada. A comunicação integrada deve ser impecável neste cenário. coque iphone 6 Por fim, acredita-se que é com o tempo, com o erro e o aprendizado que as empresas irão se aperfeiçoar no processo como um todo.

Leia Mais
Publicidade

Campanha social Caçamba do Bem é premiada no Art Colors 2018

CAÇAMBA-DO-BEM-ATIVAMENTE-CREATIVOSBR

A campanha intitulada “Caçamba do Bem” promoveu durante agosto e setembro uma exposição de arte urbana com obras do artista goiano Homero Maurício, feitas em caçambas de entulho. A ação, coque iphone en ligne criada pela Ativamente Comunicação para RG Entulhos, entrou para o Movimento Mundial do Amor e, coque iphone 6 além de espalhar mensagens de amor em Goiânia, tinha como objetivo arrecadar doações de roupas, cobertores e alimentos não-perecíveis. A ideia surgiu da vontade de fazer a diferença na vida das pessoas e foi assim que o empreendedor Gilberto Teixeira, coque iphone 2019 proprietário da RG Entulho, “abriu seu coração” e aprovou este projeto inusitado utilizando seus próprios produtos como mídia e coletor de doações. coque iphone Uma das frases sempre ditas pelo artista Homero é que “o amor é arte que gera conexões”, e para Itamar Peixoto, coque iphone xs max Diretor de Atendimento na Ativamente e conteudista do Creativos BR, coque iphone xs max “foram exatamente as conexões com pessoas e empresas dispostas a promover o bem que fizeram com que o projeto se tornasse real e tivesse relevância na sociedade”. A caçamba do bem foi homenageada na última segunda-feira, 03, coque iphone 8 no evento Art Colors 2018, promovido pelo Coração de Rua,

Leia Mais
Marketing

AB InBev busca o mesmo reconhecimento de suas marcas

ABInBevbuscaomesmoreconhecimentodesuasmarcas-Creativosbr-Marketing-Creativos-BlogdoCrespo-ABInbev-Cerveja

Stella Artois, Budweiser, Corona, Miller. Essas são só algumas marcas que pertencem à gigante multinacional belga dona de mais de 200 marcas de cervejas. Com certeza todos os públicos de cerveja pelo mundo conhecem essas e outras grandes marcas, mas não se pode dizer o mesmo da companhia.

Isso porque os consumidores não reconhecem a AB InBev com o mesmo glamour quando se diz que trabalha numa Heineken ou numa Budweiser, por exemplo. Tal fato é confirmado por Tatiana Stadukhina, diretora de marketing que atua no norte da Europa e que, inclusive, reforça essa ideia ao mostrar que o desejo da empresa é que seu nome seja forte na percepção das pessoas como a própria Unilever ou P&G. “Atualmente nossas marcas têm mais significado para a vida dos consumidores, mas estamos discutindo sobre como tornar a AB InBev famosa”,  diz Tatiana.

Com projetos de sustentabilidade, a AB InBev quer que suas compras sejam de fontes renováveis com o intuito de reduzir 25% nas emissões de CO² até 2025. Além disso, a diretora de marketing reforça dizendo que a cultura da empresa é o fator principal para essa mudança de percepção de marca.

A partir do momento da contratação de jovens trainees para a área de Marketing, espera-se engajar com a cultura da empresa e consequentemente transmitir esses valores às marcas da companhia impactando de maneira positiva tanto o negócio quanto o mercado. Com isso, a ideia é passar esses valores de uma maneira mais enaltecida ao consumidor com marcas mais relevantes culturalmente falando.

Encontrar novos momentos culturais também é fundamental. Em 2017, a AB InBev implementou um novo modelo de negócios, chamado de CEF (Category Expansion Framework), em todos os mercados, com o objetivo de obter análises mais profundas sobre o crescimento. O quadro, que adotou da SABMiller após uma fusão entre as duas empresas em 2016, visa aumentar a categoria global de cerveja, identificando novas oportunidades e oportunidades de consumo.

Apesar dos últimos resultados da companhia nos últimos três anos terem sido o melhor, o principal desafio da AB Inbev tem sido o crescimento de vendas na categoria lager, que se encontra estagnado, tendo em vista as mudanças nos hábitos dos consumidores conforme adotam uma preferência por cervejas artesanais.

Leia Mais
Publicidade

Kraft Heinz lança campanha para o Kraft Dinner

Kraft-Heinz-Lança-nova-campanha-para-o-Kraft-Dinner-CreativosBr-Publicidade-Blog-do-Crespo-Creativos-CreativosBr-Publicidade-Kraft-Heinz-Marketing

A Kraft Heinz, uma das maiores empresas alimentícias do mundo, lançou uma campanha de um dos seus produtos mais populares no Canadá, o Kraft Dinner. Para quem não sabe, o Kraft Dinner é a versão canadense do Mac n’ Cheese.

Com o slogan “Than You Think” (Melhor que você pensa), a campanha é voltada aos pais com o intuito de informar que o produto tão querido possui menos conservantes, corantes e sabores artificiais.

A campanha mostra uma mulher tranquilizando outras mães que se preocupam com a alimentação saudável de seus filhos, informando sobre os benefícios do produto. “Não é nenhum segredo que as mães estão sob muita pressão, tentando equilibrar saúde e conveniência com a busca de alimentos que seus filhos realmente gostem”, disse Nina Patel, diretora de marketing de comunicações da marca na Kraft Heinz.

“Sabemos que as crianças adoram KD, mas também descobrimos que os pais ficaram agradavelmente surpresos ao saber que a linha de ingredientes da KD era em muitos casos melhor do que eles pensavam. Como resultado, queríamos desenvolver uma campanha para ajudar as mães a se sentirem melhor servindo o produto, tornando-as assim, cientes do fato de que a Kraft Dinner não tem sabores artificiais, cores ou conservantes para que ela possa tomar uma decisão informada no corredor de compras.”, completou. A agência contratada para cuidar da mídia desta campanha foi a Starcom.

Leia Mais
Mídia

Agências de Mídia querem cobrar por direitos autorais do Facebook e Google

AgênciasdemídiaqueremcobrarpordireitosautoraisdoFacebookeGoogle-Creativosbr-Mídia-BlogdoCrespo-Creativosbr-Creativos-Mídia-Facebook-Google

Nove agências de imprensa européia, incluindo a AFP – uma agência de notícias francesa bastante reconhecida – estão cobrando o Google o Facebook para que lhes paguem direitos autorais pelo uso de noticiais com os quais as duas companhias lucram.

A chamada ocorre quando a UE está debatendo uma diretriz para que o Facebook, o Google, o Twitter e outros grandes jogadores paguem os milhões de artigos de notícias que eles usufruem.

Segundo o jornal Le Monde, o Facebook não se tornou uma das maiores redes sociais do século XXI, mas sim “O Facebook se tornou a maior mídia do mundo”. Isso porque “o Google e o Facebook sequer possuem uma sala de redação do mundo. Eles não têm jornalistas na Síria arriscando suas vidas, nem uma agência no Zimbabue investigando a partida de Mugabe, nem editores para verificar e verificar informações enviadas pelos repórteres no terreno”.

“O acesso a informações gratuitas é supostamente uma das grandes vitórias da internet. Mas é um mito”, argumentaram as agências. Enquanto receitas do Google crescem, anúncios para mídia de notícias caíram 9% na França.” Anos passaram (sem que nada seja feito) e uma penca de notícias gratuitas e confiáveis agora está ameaçada porque a mídia simplesmente não poderá mais pagar por isso”, acrescentaram as agências de notícias.

As tentativas de novidades na França, na Alemanha e na Espanha para forçar os gigantes da internet a pagarem só resultaram em trazer “algumas migalhas simbólicas”, completaram. Alguns membros do Parlamento Europeu estavam preocupados com o fato da proposta de diretiva ameaçar o acesso gratuito às notícias para os utilizadores da Internet.

“Os usuários da internet não seriam tocados … simplesmente aqueles que agora pagam uma parte desproporcional da receita de publicidade teriam que compartilhar uma parte significativa dela com aqueles que realmente produzem a informação sobre a qual o dinheiro é feito”, completou.

O apelo foi assinado pela AFP, a agência alemã DPA, a British Press Press Association, a agência espanhola EFE, a italiana Ansa, a agência sueca TT, Belga da Bélgica, a APA da Áustria e a agência holandesa ANP.

Leia Mais
Mídia

Grupo Abril passa por processo de reestruturação

GrupoAbril-Passa-Por-Restruturação-BlogDoCrespo-CreativosBR-Midia

Após a saída de Walter Longo, o executivo Arnaldo Figueiredo Tibyriçá assumiu o comando do Grupo Abril. Com isso, houve um aumento demasiado nas demissões que não foram divulgadas pela imprensa.

Para reorganizar o grupo, Arnaldo Figueiredo diz que “Demos os primeiros passos que, infelizmente, envolveram o desligamento de alguns colaboradores. Mas isso permitiu redesenhar a estrutura de todos os processos. Nosso objetivo com isso é lidar com um legado estrutural dos tempos em que tínhamos um portfólio de negócios mais diversificado e, ao mesmo tempo, ajustar a estrutura para alavancar nossos negócios atuais. É um movimento voltado para a eficiência e rentabilidade por meio da redução e simplificação da nossa estrutura.”

“Quanto aos boatos de que estaríamos num processo de recuperação judicial, garanto que isso não faz parte da minha missão porque a superação de nossos desafios não requer medidas desse tipo. E, profissionalmente, apesar da minha formação jurídica, eu não tenho nenhum interesse em participar de um cenário desses. Aceitei o desafio de ser presidente da Abril para gerar valor e lidar com desafios de negócios. Alimentar boatos equivocados como esse indica apenas um desconhecimento sobre nossos negócios”, completa Arnaldo.

Vale ressaltar que foi no dia 13 de novembro que o Grupo Abril anunciou que Walter Longo deixaria o cargo da presidência.

Leia Mais
Digital

Como a P&G ajudou na luta contra a fraude publicitária

Marc_Pritchard_at_IAB_3x2

O Trustworthy Accountability Group, um organismo de vigilância da indústria focado principalmente na luta contra a fraude publicitária, disse nesta terça-feira que o número de empresas que receberam o selo “Certified Against Fraud” aumentou mais do que o dobro desde abril, com 26 companhias adicionadas desde então.

A notícia chega aproximadamente um ano depois que Marc Pritchard, diretor de marca da Procter & Gamble, disse que sua empresa exigiria que “qualquer entidade que trabalhe com mídia digital” teria que passar pelo programa Certified Against Fraud da TAG ou arriscar perder o negócio da P&G. A P&G é considerada o maior anunciante do mundo, gastando US$ 4 bilhões por ano.

“Sem dúvida, quando Marc Pritchard fez sua ligação à ação, criou uma incrível quantidade de impulso em torno da TAG”, diz Mike Zaneis, CEO da TAG.

“As empresas não estão fazendo isso porque querem lucrar com a P&G, mas porque outros comerciantes estão exigindo”, diz Zaneis. “E eles querem trazer segurança a marca e impedir a fraude”.

Zaneis também diz que a participação na iniciativa “ads.txt” da indústria, que foi criada este ano para eliminar a “falsificação de domínio”, se tornará um dos requisitos da Certidão Contra a Fraude da TAG no próximo ano.

A TAG certificou seu primeiro lote de empresas em dezembro de 2016, uma pequena multidão com apenas 17 companhias. O total hoje é de 49, com mais 120 no processo de revisão ou aprovação. “Mais de 80 empresas de fora dos Estados Unidos se inscreveram para a certificação TAG este ano, uma grande parte da qual vem da Europa e da Ásia”, diz Zaneis.

O programa de certificação antifraude da TAG tem como objetivo frustrar a fraude publicitária ao “marcar” todo mundo no ecossistema de anúncios digitais, desde compradores e vendedores de mídia até vendedores e intermediários de fraudes publicitárias.

A certificação não é gratuita, uma vez que as empresas devem pagar pelo menos US$ 20.000 por ano para manter o selo Certified Against Fraud do Watchdog.

Enquanto isso, ninguém sabe quanto se perdeu com a fraude publicitária nos canais digitais a cada ano porque o ecossistema de anúncios digitais é muito complexo para contar.

Leia Mais
1 2 3 4 5
Página 3de 5