close

Emanuelle Torres

Mídia

B.drops inova com campanha que destaca Outubro Rosa

Capturar

A b.drops é um canal de TV exibido em telas instaladas exclusivamente em salões de beleza, que tem como objetivo levar conteúdo relevante e inteligente para as mulheres em um momento de descontração e bem-estar. Em pouco tempo, a marca se tornou líder do segmento e hoje está presente nos maiores e melhores salões de beleza do Brasil.

Em comemoração ao mês de conscientização contra o câncer de mama, eles prepararam uma ação bem interessante para seu público direto: as mulheres.

Este ano, a b.drops inova com a campanha Be Pink,  que engaja as mulheres dentro dos salões de beleza com uma programação voltada para a prevenção e o diagnóstico do câncer. Nas telas b.drops serão exibidos conteúdos educacionais com entrevista de especialistas, dicas para doação, tratamentos e histórias inspiradoras.

“Percebemos que fazer uma campanha de conscientização dentro dos salões é muito oportuna, porque o momento de espera entre um procedimento e outro é muitas vezes forçado, e nada melhor que aproveitar esse tempo ocioso para se atualizar sobre o tema”, declara Felipe Viante, diretor de expansão da b.drops.

A campanha de conscientização acontecerá em todas as telas da b.drops nos mais de 360 salões de beleza espalhados pelas principais cidades brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Campinas, Brasília entre outras). Além da programação nas telas b.drops, a Be Pink abrange outras ações como incentivo à doação de cabelos e palestras educadoras com profissionais da área de saúde, dentro dos salões participantes. MG Hair Design, Marcos Proença, C.Kamura, Cats, Vimax, Marly, Frank d´Ferran entre outros grandes nomes da beleza abraçaram a causa.

A Be Pink também conta com o apoio de grandes marcas como Keune Hair Cosmetics, Unimed Curitiba, Tenys Pé Woman e Beauty Week.

Leia Mais
Conteúdo

FIRE Festival: confira o que rolou no maior evento do mercado digital

BLOG_15-razoes-670×419

O maior evento do mercado digital aconteceu nesta última semana, dos dias 27 a 29 de setembro, em Belo Horizonte. Promovido pelo Hotmart, o FIRE Festival reuniu inovação, entretenimento e empreendedorismo de forma única.

Entre as inúmeras possibilidades, o evento apresentou diversos cases de sucesso na área, em um ambiente totalmente propício para desenvolver ideias e networking. As palestras aconteceram em dois palcos simultâneos. Os temas de cada um dos palcos foram os mais diversos possíveis, com foco em assuntos mais técnicos no Palco Park e os demais no Palco Palace.

As temáticas abordadas foram divididas nos seguintes segmentos:

Produtores Digitais e Influenciadores

Técnicas e estratégias já comprovadas pelos maiores nomes do mercado. Tráfego, SEO, Branding.

Comunicadores

Marcas de primeira grandeza e com cases de sucesso atuais em branding, marketing e relações públicas. As principais tendências em comunicação do mundo.

Artistas e Desenvolvedores

Conteúdo técnico, voltado para que o talento não só se transforme em um negócio lucrativo, mas para que ele encontre outras aplicações para o que mais sabe e ama fazer.

Empresários e Startups

Principais players de um mercado em amplo crescimento. Ambiente ideal para que ideias ou proposta encontre o parceiro, investidor e timing certos.

Entre as palestras que mais me chamaram atenção, uma delas foi a do Mairo Vergara. Palestrando pela primeira vez em um evento em toda sua vida, Mairo Vergara, primeiro produtor a se tornar Black Sun, veio animado para compartilhar as 3 estratégias que ele usou para se tornar Top 1 da Hotmart. Quer saber quais são? Confira:

Seu produto é a base de todo seu negócio. Por isso, ele tem que estar no topo do seu mercado. Escolha e domine uma única estratégia de marketing. Assim, você consegue melhorar cada vez mais suas ações de divulgação.

Crie conteúdo gratuito para gerar valor para sua audiência e reforçar sua marca. É isso que fará com que você consiga vender depois para o público que consome seu material.

DICA BÔNUS: entenda qual é o verdadeiro motivo do que você está fazendo. É esse motivo que fará com que você aguente todos seus problemas como empreendedor.

Dica do Mairo Vergara: quando você gera mais valor do que qualquer outro produtor de seu mercado, a única opção de seu cliente é comprar seu produto.

Pausa para foto no evento devidamente vestida de CreativosBR
Pausa para foto no evento devidamente vestida de CreativosBR

Outro momento bastante interessante foi o bate-papo no Painel Profissão Internet. Os participantes Danilo Basso, Felipe Titto, Pathy dos Reis e Karina Milanesi debateram sobre como as marcas, os especialistas e os influenciadores digitais estão redefinindo o mercado digital e as principais estratégias de marketing. Eles traçaram um paralelo entre a queda da audiência das mídias tradicionais e a ascensão da visibilidade dos influenciadores digitais. Por isso, reforçaram a importância das marcas investirem em ações de marketing com personalidades que reforcem os seus valores e propósitos.

O músico Kiko Loureiro também participou do FIRE Festival. Ele, que também é especialista em marketing musical e gestão de carreiras, contou a sua história com a música e como ele está usando o music business para mudar a vida de pessoas em todo mundo. Para ele, a conexão de ensinar é totalmente diferente da conexão da música e da banda. Por isso, ele levou um tempo até entender o que seus alunos verdadeiramente precisavam. “O que o músico precisa não é de uma nova escala, é de elevar a sua carreira, poder viver da música e não desistir do sonho de tocar.” Por meio de uma pesquisa, Kiko percebeu que estava equivocado ao pensar que o objetivo dos músicos interessados em music business era alcançar a fama. Ele compreendeu que o que os seus alunos realmente querem é conseguir viver de música e serem reconhecidos em seu meio familiar.

Um dos pontos altos do Festival foi a palestra da Nathalia Arcuri, fundadora do Me Poupe!. Ela compartilhou um pouco da sua trajetória falando sobre como economizar dinheiro desde criança refletiu em sua vida. Além disso, ela reforçou que identificar a origem dos problemas ajuda a resolvê-los mais facilmente. Outra dica valiosa é que, muitas vezes, precisamos bater o pé e seguir em frente, já que a maioria das pessoas não conhece nosso negócio como a gente.

Dica da Nathalia Arcuri: ofereça um serviço de excelência e você terá mais do que clientes, mas embaixadores do seu produto.

Acredito que o momento mais esperado foi a palestra da cantora e empresária Anitta. Além de contar como foi o começo da sua história na música, ela compartilhou seus maiores erros, acertos e aprendizados enquanto líder de uma equipe de sucesso. Uma das dicas mais poderosas sobre gestão de pessoas é que o líder deve sempre se colocar no lugar da sua equipe e, principalmente, convencê-la de que suas ideias são boas para que eles façam com o coração. “Para me comunicar com as pessoas que trabalham comigo, eu faço um exercício de lembrar como é a visão do colaborador.” Anitta também contou sobre as estratégias para se lançar no mercado exterior. Para ela, o segredo foi entender que, mesmo já sendo um sucesso no Brasil, era preciso começar em passos pequenos lá fora. “Quando você começa em outro mercado, é preciso entender que tudo começa do zero de novo. Você não pode chegar em outro país, outra cultura, com os mesmo pensamentos e estratégias do mercado que já conquistou.” Anitta ainda falou sobre como lida com o desafio de tentar coisas novas. Para a cantora, é importante arriscar sem se colocar em risco. “Eu gosto de tentar coisas novas, mas sabendo que eu consigo alcançar o que está perto da minha mão.”

Foram dias intensos de muito conhecimento e imersão no digital. A proximidade com diversos nomes influentes e com as maiores marcas que detêm grande poder na atualidade, sem dúvidas foi bastante esclarecedora. São eventos como esse que ajudam a esclarecer ideias, colocá-las em prática para ver novas possibilidades para pensar além do óbvio.

Leia Mais
Mídia

Copa do Nordeste 2019 confirmada na programação do SBT

taça-copa-do-nordeste-creativosbr

O retorno à transmissão do futebol depois de mais de uma década está rendendo resultados positivos de audiência e também comerciais para o SBT. A emissora de Sílvio Santos transmitiu na temporada 2017/2018 o Campeonato do Nordeste para a região, onde assumiu a liderança e vice-liderança nos principais mercados, tais como Salvador (10,2 pontos de média), Fortaleza (8,8) e Recife (7,3), totalizando mais de 30 horas de transmissões em toda a região.

Na temporada anterior, Schin, Net/Claro, Cachaça 51 e O Boticário patrocinaram o torneio, que teve final em julho em partida entre Bahia e Sampaio Corrêa. O clube maranhense levou a melhor, atraindo atenção da audiência local, mas o interesse do público como um todo foi bastante relevante.

No consolidado de todas as praças, foram mais de 330 milhões de espectadores ligados durante toda a competição. Os números serão apresentados aos atuais patrocinadores, além de novos anunciantes. Desta vez estarão disponíveis seis cotas de patrocínio ao torneio. Por enquanto, não está definido o valor das cotas, mas na temporada passada, o valor esteve entre R$ 2,5 e R$ 3,5 milhões.

Assim como aconteceu neste ano, as transmissões em 2019 serão feitas por dez afiliadas do SBT na região: TV Aratu (Bahia); TV Ponta Verde (Alagoas); TV Jornal Recife e TV Jornal Caruaru (Pernambuco); TV Tambaú – João Pessoa e TV Borborema – Campina Grande (Paraíba); TV Ponta Negra (Rio Grande do Norte); TV Jangadeiro (Ceará); TV Cidade Verde (Piauí) e TV Difusora (Maranhão). Não haverá, por enquanto, transmissão do torneio em rede nacional.

Leia Mais
Digital

Por que o IGTV não deu certo?

creativosbr-igtv-instagram-digital

Você sabe o porquê do IGTV ainda não ter dado certo?  O Instagram fez essa investida para concorrer com o YouTube, só que de uma maneira mais diferenciada: o formato vertical, estilo Stories para vídeos longos. Ele foi lançado há 3 meses, mas ainda não teve o seu acesso viralizado. O CEO Kevin Systrom tentou explicar o motivo.

Os problemas se resumem: o formato vertical não engajou os usuários por ser pouco usado para conteúdo longo; o Instagram não teve o trabalho em ensinar os maiores influenciadores a utilizarem e gerarem esse tipo de vídeo; e, o local onde o ícone do IGTV, ele pode ser facilmente ignorado na interface.

Em entrevista ao TechCrunch, o CEO do Instagram diz: “este é um novo formato. É diferente. Temos que esperar que as pessoas o adotem e isso leva tempo”. Systrom compara o IGTV a uma nova startup: “é como o Instagram era nos primeiros dias”.

“É bastante difícil simplesmente pegar vídeos que já existem e simplesmente repostá-los. Isso não é verdade no feed. Isso basicamente força todos a criarem conteúdo exclusivo para a plataforma”, diz Systrom. O maior problema para os criadores é que, rendendo poucas visualizações, não há muito incentivo para criar conteúdo no IGTV. Além disso, o Instagram não ensinou os canais a criar conteúdo longo na vertical. É fácil entreter seguidores durante Stories de quinze segundos; e como prender a atenção em dez minutos, com a variedade de conteúdo que pode ser consumido em menos tempo? Ainda tem mais: é muito fácil ignorar a presença do IGTV. O ícone laranja na interface pode ser muito bem ignorado na barra superior. Aparece uma barra de notificação quando há um vídeo de contas que você segue, mas só.

“O IGTV parece muito aleatório, com virais inúteis e vídeos mal cortados para caberem na vertical aparecendo na seção Popular, ao lado de alguns criadores que tentam produzir talk shows e tutoriais de culinária feitos para o IGTV”, escreve o TechCrunch.

Ainda é cedo para fadá-lo ao fracasso, mas é certo que a expectativa de bater de frente com o YouTube não aconteceu. Resta saber se isso irá realmente acontecer um dia e como o IGTV vai se comportar daqui pra frente.

Leia Mais
Publicidade

Cabify utiliza Product Placement no novo videoclipe da Banda Rouge

creativosbr-blogdocrespo-publicidade-cabify-rouge

Sabe quando você está assistindo um clipe de música no YouTube no final de semana e o cantor aparece tomando uma Itaipava? Ou quando o famoso herói de um filme que você assiste aparece dirigindo uma BMW? Aí estão ótimos exemplos de Product Placement, que são estratégias usadas por marcas, em aparições sutis, que despertam nosso subconsciente.

Foi usando essa estratégia que o Cabify apareceu no último clipe da Banda Rouge, em uma ação assertiva e criativa, posicionando bem a marca para o engajamento dos consumidores. O videoclipe “Dona da Minha Vida”, que estreou nesta quinta-feira (30) na televisão e nas redes sociais do grupo musical, mostram a aparição do serviço no roteiro do filme.

Priscila Moherdaui, gerente de marketing da Cabify explicou: “Desejamos que as pessoas conheçam e se conectem com as cidades e iremos trazer esse conceito para esses vídeos, que terão alcance nacional reafirmando a mensagem da Cabify de transformar o ambiente em que as pessoas vivem em algo que agregue positivamente no dia a dia de cada um.”

A plataforma de mobilidade também esteve presente nas ações de teaser do novo single e ofereceu R$ 15 OFF em duas viagens com a Cabify para novos usuários que inserissem o código ROUGEDECABIFY no app.

Leia Mais
Vai e vem

DPZ&T fortalece atendimento com novas contratações

Bárbara-Gomes_Supervisora-de-Atendimento-DPZT_Rafaela-Neves_Gerente-de-Atendimento-DPZT_Rafael-Pontes_Gerente-de-Atendimento-DPZT-1

A DPZ&T fortalece seu atendimento com contratação de três profissionais: Rafaela Neves e Rafael Pontes, respectivamente como gerentes de McDonald’s (LATAM) e Itaú; e Bárbara Gomes, como supervisora na conta de Red Bull. Eles agora passam a integrar a equipe liderada por Daniel Jotta,  vice-presidente de atendimento e novos negócios.

Rafaela Neves, gerente de atendimento, tem 12 anos de experiência na área e chega à agência após um extenso período em Buenos Aires. Lá, trabalhou com contas como Grupo FIAT, P&G e McDonald’s na Leo Burnett Argentina, agência pela qual recebeu prêmios como Cannes, FIAP, Wave e Martín Fierro. Ela é formada em Relações Públicas e possui MBA com Especialização em Marketing.

Já Rafael Pontes passou por agências como Ogilvy, F/Nazca e Africa. Tem na bagagem 15 anos de experiência no atendimento a marcas como Skol, Claro, Embratel, Paramount e Brahma.

Como supervisora de conta, Bárbara Gomes está na área de atendimento há quatro anos e trabalhou com anunciantes como Ambev (Skol e Stella Artois). Durante sua carreira, já integrou os times da CP+B e a F/Nazca S&S. Ela é formada em Relações Internacionais pela ESPM-SP.

Leia Mais
Publicidade

Nike estreia campanha cheia de significados para a Copa

brasileiragem-creativosbr-blogdocrespo-publicidade-nike

A Copa do Mundo está se aproximando e a Nike não poderia ficar de fora sem sua campanha para a data. Dona de algumas campanhas clássicas para incentivar a Seleção Brasileira em Copas do Mundo, como no comercial da Copa de 1998, que lançou o slogan “Joga Bonito”, a marca mais uma vez patrocina um vídeo cheio de significados.

Com a  criação da agência Wieden+Kennedy, a campanha traz como assinatura Brasileiragem, que busca valorizar os mais diversos locais em que o futebol brasileiro nasce: nas ruas e nos campos de várzea.

Um dos momentos mais emocionantes da campanha acontece no finalzinho do vídeo, ao afirmar que a camisa brasileira tem história (“vai sem medo!”). Em um  discurso emocionante do jovem jogador de base do Vasco, Kauã, fica visível a referência ao constrangimento que a Seleção passou na última Copa do Mundo e cria toda atmosfera motivacional para a nova chance que chega.

Assista aqui embaixo ao vídeo:

Leia Mais
Publicidade

Clássico de Elis Regina é utilizado em campanha do Nubank

nubank-CREATIVOSBR-BLOGDOCRESPO-PUBLICIDADE

O Nubank, com a missão de acabar com a complexidade desafiando modelos tradicionais, anunciou recentemente a primeira campanha de sua marca.
A ideia do vídeo “O Novo Sempre Vem”, de criação da agência SOKO, é mostrar que a canção ainda traz discussões atuais, mais de quatro décadas depois de seu lançamento.O vídeo foi disponibilizado no YouTube e em todas as demais redes sociais da marca, e ganhou correção das cores para melhorar a textura visual. Além disso, foram removidos ruídos, defeitos e marcas que ficaram da digitalização e aplicados tratamentos de áudio para que a música tivesse melhor reprodução em smartphones e tablets.

De acordo com o marca, a música ainda é relevante no que diz respeito a problemáticas atuais, mesmo após quatro décadas de seu lançamento, em especial às invenções que têm provocado mudanças significativas no comportamento das pessoas. Para a cofundadora e vice-presidente da Fintech, Cristina Junqueira, “o ritmo de mudanças que a tecnologia está trazendo é muito acelerado”, e as pessoas já não precisam mais sofrer com processos e sistemas datados, repletos de filas e burocracias.

Além do vídeo, o Nubank também espalhou painéis de OOH com os trechos “Como Nossos Pais”, “É você que ama o passado”, “Há perigo na esquina” e “O novo sempre vem” em pontos estratégicos da cidade de São Paulo. As mensagens com tom provocativo, localizadas sempre próximas a grandes aglomerações de agências bancárias.

Leia Mais
Digital

Seleção do Twitter

creativosbr-blogdocrespo-selecao-do-twitter

Sabemos que o Twitter é a rede social de poucas palavras e de grande interação entre os seus usuários. É lá onde se concentram os mais sinceros desabafos, onde os assuntos ganham grande repercussão rapidamente, e tudo isso é monitorado através dos trends.

Ontem, 14, foi dia de convocação da Seleção Brasileira e o assunto ficou em alta na rede social. A repercussão começou antes mesmo do anúncio oficial e, no Twitter, os usuários já tinham os suas apostas para a Copa na Rússia.

Uma verdadeira relação de amor e ódio tomou conta dos tweets. Houve monitoramento oficial por parte da rede social durante o período da tarde entre 13h até as 15h30, e os nomes mais comentados foram o de Taison, Fagner, Arthur e Luan. Os dois primeiros causaram revolta por estarem na competição, enquanto os outros geraram indignação por não terem sido lembrados. Fred também teve certa rejeição. O atacante Taison, do Shaktar Donetsk, da Ucrânia, surpresa da lista, gerou polêmica entre os torcedores.

O Twitter também registrou a movimentação no quesito de nomes mais citados que ficaram de fora da lista de técnico Tite. Entre esse grupo, Luan e Arthur, ambos do Grêmio, foram as ausências mais sentidas – e mais comentadas – da lista.

Os internautas não perderam tempo e a largada de memes também já foi iniciada. Os posts cheio de zoeira prometem movimentar os tweets durante a copa  e tornar a atmosfera futebolística muito mais descontraída.

Leia Mais
Opinião

Big Brother o ano inteiro?

CREATIVOSBR-BLOGDOCRESPO-OPINIAO-BIGBROTHER-O-ANO-INTEIRO

Recentemente o Facebook protagonizou um escândalo sobre compartilhamento indevido de dados de usuários de um quizz com a empresa de consultoria Cambridge Analytica. A vulnerabilidade em que nossas informações se encontram nas mídias sociais me traz o questionamento de até que ponto estamos protegidos quando conectados.

Quando publicamos algo, fazemos check-in em determinado local, quando interagimos com nossos amigos e quando aceitamos os termos de uso do que clicamos na internet, confiamos que aquilo ficará em modo privado e que nada irá acontecer. O que atualmente vemos e que se revela é que esses dados podem ser expostos com mais facilidade do que pensamos.

Somos vigiados o tempo inteiro e há anos Foucault já nos alertava sobre isso. Essa vigilância intensa e de 24 horas por dia nos controla, viabiliza a produção do saber e torna possível nos conhecer, uma vez que o saber produzido reforça as possibilidades de exercer poder sobre nós. As marcas, por exemplo, muito se interessam em conhecer o seu público-alvo, e a ter essa proximidade, estando tão conectadas nas mídias como nós.

É importante sempre manter cautela no conteúdo que vamos expor na internet, uma vez que, após postado, aquilo se eterniza e não temos controle do que isso pode ter. Afinal, a sociedade da vigilância faz parte do nosso cotidiano e, ativamente, somos parte de sua engrenagem.

Leia Mais
1 2 3 5
Página 1de 5