close

Guilherme Crespo

Opinião

Ser o melhor onde está ou ser bom onde estão os melhores?

creativos br-blog do crespo-opinião

por Alan Cardozo

Uma das grandes“bolas divididas” dos novos publicitários que não nasceram nos grandes mercados do Brasil é saber escolher qual o melhor caminho, encarar o seu mercado local, trazendo inovações, buscando mudar o fluxo já existente e ser o melhor onde se está. Ou será correr atrás dos grandes centros, grandes agências e contas e, claro, grandes profissionais para ser bom entre os melhores?

È claro que como tudo na vida não se tem a receita pronta, mas em algumas conversas informais com colegas de faculdade, futuros publicitários e alguns jovens já consolidados no mercado, é possível perceber que os atrativos relacionados aos grandes centros vão além de um salário mais alto e de trabalhar com as melhores contas do país.

Estes fatores são importantes e dão o primeiro brilho aos olhos daqueles que buscam uma carreira mais sólida, porém algumas outras motivações são apresentadas como primordiais nessa “fuga de casa”. São elas: a facilidade em inovar mais em suas atividades profissionais, a maior chance de obter um reconhecimento a nível nacional, participar de grandes projetos, melhor estrutura de trabalho e uma liberdade para sair da mesmice dos pequenos e conservadores mercados locais.

A partir daí tudo certo, os benefícios que os grandes podem oferecer são bem destacados e saltam os olhos de muitos, mas por que não nadar contra a correnteza?

Buscar mudar o fluxo já existente no mercado local, fazer ser grande, sair das estratégias de cartas marcadas, fazer e ser o melhor onde está. Os benefícios destas escolhas também podem ser destacados, como estar perto da família, dos amigos, conhecer bem o público-alvo, ter ciência das nuances do mercado, reconhecer as fraquezas e atacá-las de modo a superar e tornar mais eficientes as estratégias já utilizadas.

Uma vez tive a audácia, dentro de um dos cursos de especialização que fiz em São Paulo, de dizer que não tinha motivos para sair do Espírito Santo e ir trabalhar em São Paulo, e que não via no pesar da balança benefícios melhores do que estar no convívio dos meus familiares e amigos, e que meu maior objetivo era ser o melhor no meu mercado. Porém, menos de seis meses após essa fala, meus olhos já brilham com o ar de grandeza dos maiores mercados, das melhores contas. O ar de “ser grande” já quero para a minha carreira, mas amanhã pode tudo mudar, pois a balança pende cada dia para um lado.

Enfim, a escolha a ser feita ainda está em fase de amadurecimento e pode ocorrer a qualquer momento da carreira de cada um. E você? Como foi o início e como está sendo a sua carreira no mercado publicitário? Fez algo grande no seu mercado local? Já é um dos melhores nos grandes mercados? Onde essa balança deve pesar mais? Conta pra gente nos comentários

Leia Mais
Opinião

ASSÉDIO, CHEGA DE

chegadeassedio

Preciso confessar uma coisa. Já estou de saco cheio de assédios e desrespeito com as mulheres no ambiente de trabalho. Por muito tempo sustentei um profundo desejo de encher a sua cara de tapa. Acordava de manhã, já preocupada em saber que em uma hora dividiríamos o mesmo ambiente. Para, como sempre, aguentar você chegando com seus insultos e olhares invasivos. Sentia vergonha em vê-lo medindo meu corpo como se fosse carne e se imaginando em situações bizarras comigo com esse seu sentimento nojento e animal.

Eu levantava para buscar café? Automáticos, seus olhos machistas acompanhavam o meu andar enquanto eu ia buscar a porra de um café. Quando eu voltava, lá estava você com esse jeito babaca olhando para os meus seios.

Eu não olhava no Instagram, eu respondia um e-mail porque estava cheia de trabalho, coisa que você deveria também fazer: o seu trabalho. Certo dia me curvei para falar com uma colega, sentada à frente, e me senti sendo invadida novamente pelos seus olhares desrespeitosos. Por muito tempo essa imagem ficou retida na minha cabeça. Nesse dia, aliás, fiquei com receio de você me convidar para almoçar. Mas, graças a Deus, você acabou nunca me convidando. Depois fui para um happy hour com as pessoas de bem do trabalho, relaxar e espairecer com pessoas que me respeitam pela mulher e ser humano que sou. Ainda bem que você não teve coragem. Você certamente seria mal interpretado.

Aliás, com toda a certeza, você estava mal-intencionado. Queria sexo. O tempo passa e nosso chefe o convida para uma promoção, mesmo você sendo um cara que em vez de trabalhar fica secando as mulheres no ambiente de trabalho. Como sempre, mais poder e grana. Na mesma manhã ele juntou a equipe e fez um comunicado formal, o qual você mal escutou porque não parava de me olhar novamente de maneira invasiva. Minha sorte era que você ficaria agora em uma sala isolado. Um dia tive que entrar para tratar de um assunto profissional que, infelizmente, dependia da sua aprovação para ir adiante. Era pleno verão e eu só queria usar uma roupa que me deixasse mais confortável, mas você não parava de me olhar.

Que vontade que deu de grudar no seu pescoço e imaginar que você ficaria todo marcado. Você sentou do meu lado e encostou seu nojento braço em mim, depois de pedir para ver o trabalho no meu computador. Você aprovou o trabalho e, por isso, achou que eu deveria te dar um beijo. Quase falou essa bobagem, mas ainda bem que se conteve. Então, levantei e pedi para que você parasse de ser escroto e de me secar diariamente. Você ficou estático, com cara de bobo. E eu escrevi meu pedido de demissão, porque não sou obrigada a trabalhar em ambiente machista com homens escrotos. Reconheço, porém, uma pontinha de injustiça por saber que tive que largar o emprego que amo para me livrar de pessoas como você.

Leia Mais
Mídia

Estrutura comercial da Urbana Mídia é montada em São Paulo

creativos br-blog do crespo- mídia-carlos brust-urbana midia

Com a nova estrutura comercial dirigida por Carlos Brust, ex-Band e Abril, a Urbana Mídia – empresa que detém a exclusividade do Mobiliário Urbano (abrigos de ônibus) em Belo Horizonte – chega a São Paulo para expandir sua área de atuação.

A Urbana Mídia possui mais de 600 faces semanais, entre estáticas e digitais, nos pontos de maior movimento na capital mineira. A empresa investirá mais de R$ 40 milhões no mobiliário até 2020 e está preparada para realizar projetos especiais conforme a demanda.

Leia Mais
Eventos

Prêmio Amigos do Mercado agita noite em cerimônia exclusiva

amigos

Uma grande ideia seguida de uma grande execução só poderia resultar em um evento de sucesso. Assim foi com a Premiação Amigos do Mercado, que aconteceu nessa última segunda-feira, 27, na NOX Concept Ideas, em Moema.

O evento – reservado para 100 pessoas – contou com a presença de grandes nomes do mercado publicitário nas áreas de Mídia, Marketing, Vendas, Criação e veículos de comunicação. Na oportunidade, os premiados receberam troféus do Amigos do Mercado e ganharam uma caixinha de som Bluetooth à prova d’água. Houve também sorteio – entre os vencedores – de uma viagem para um SPA em Sorocaba e um notebook. Até o público foi contemplado com brindes em sorteios promovidos pela Metronews, um dos apoiadores do evento.

O Creativosbr ofereceu o espaço, estrutura e toda a parte de A & B, que contemplou um welcome drink com champanhe e cerveja open bar com refrigerante e água no final do evento, quando houve bastante descontração e networking.

“É um prazer para o Creativosbr fazer parte deste evento, pois muito tem a ver com a proposta do Amigos do Mercado, que é de estreitar laços e facilitar a comunicação entre os profissionais da Publicidade”, diz Guilherme Crespo, co-fundador do Creativosbr.

A ideia é que outras edições do prêmio aconteçam, assim como há a expectativa de que o grupo cresça cada vez mais, estreitando o espaço e aumentando a comunicação entre os profissionais do mercado.

Apoiaram o evento: Creativosbr, Metronews, Pullse e Inarco Troféus.

 

Amigos do Mercado

O Amigos do Mercado começou com um grupo de WhatsApp, a fim de facilitar o contato entre os profissionais de Mídia e veículos de comunicação. Com o tempo, o grupo cresceu e migrou para o Facebook, onde hoje conta com mais de 18 mil membros. “Foi uma ideia que eu e o Delen tivemos de diminuir a distância das informações na hora de precisar de uma indicação para uma vaga ou de um contato do mercado. Deu tão certo que o WhatsApp ficou pequeno para o projeto e se transformou em uma grande rede de contatos no Faceebok”, conta Marcos Braga, um dos idealizadores do Amigos do Mercado.

 

Confira os premiados por categoria:

ATENDIMENTO
Guilherme Marracini, Z+

CRIAÇÃO
Dieter Truppel, ALMAP BBDO

EXECUTIVO
Peterson Fernandes, A&E

MARKETING
Halph Silva, CACAU SHOW

MÍDIA
Marcelo Bolla, Y&R

OPEC
Sidney Castanho, SBT

PESQUISA
Luis Sumida, GLOBOSAT

PROFESSOR
Filipe Crespo, AKTUELLMIX/FECAP

PROJETOS ESPECIAIS
Siloe Neves, GLOBOSAT

PROFISSIONAL DE APOIO
Regiane Pontes, LEO BURNETT

AMIGO DO MERCADO
Luciana Schwartz, VML

Leia Mais
Opinião

Ser feliz ou ter dinheiro?

creativosbr-opiniao-ser feliz ou ter dinheiro

Há quem defenda a tese de que você deve estudar o que gosta. É bem verdade que – ao mesmo em tempo que muitos pais orientam os filhos de que eles devem fazer o que gostam – muitos incentivam a escolha de profissões promissoras como Medicina, Direito e Engenharia. Fato é que só depois dos 30 vamos perceber que não tínhamos maturidade suficiente para fazer a escolha certa aos 18, quando entramos na faculdade. E, por isso, pagamos o preço de trabalharmos no que odiamos, mas no que dá dinheiro; ou fazermos o que amamos, mas vivermos fazendo unidunitê na hora de pagar as contas.

Hoje, com mais de 30, eu defendo a tese de que devemos fazer aquilo que gostamos, mesmo que não dê dinheiro. É verdade que às vezes penso diferente, mas é apenas por alguns minutos. O lance é que fazer o que se gosta reduz o estresse e aumenta as chances de você se destacar na sua profissão, uma vez que você tem prazer e amor por aquilo que faz. Embora você conviva ainda com o estresse de sofrer para pagar as contas no final do mês.

Mas imaginemos que você tenha escolhido a faculdade que lhe garantia um futuro promissor, aquela que você odiava, mas que sofria pressão paterna para fazê-la. Hoje você é feliz? Tem um carro novo, um ‘apê’ legal e janta em bons restaurantes? Ótimo, mas você se sente realizado? Essa reflexão nos leva a pensar se fizemos a escolha certa na época da faculdade, e novamente nos leva a pensar que somente hoje depois dos 30 saberíamos fazer a escolha coerente.

No final, tanto faz a escolha que você fez. Se pensar bem, qualquer uma das escolhas que tenha feito lhe dará o bônus e o ônus. Ou é feliz das 9h às 18h e infeliz no restante do tempo, ou vice-versa. O importante é fazer o que gosta ou ganhar dinheiro sem fazer o que ama. Ou, se for um sortudo da vida, ganhar dinheiro fazendo o que gosta. Mas eu não conheço ninguém que conseguiu essa façanha. Você conhece? Conte pra gente nos comentários.

Leia Mais
Eventos

Está aberta a temporada de cursos livres do creativosbr

creativos-br-blog do crespo-cursos-creativosbr lança cursos

A plataforma digital lançada em abril deste ano, e que é uma continuação do trabalho iniciado pelo Blog do Crespo em 2009, traz agora ao seu público diversos cursos na área de Comunicação.

Os primeiros cursos da série chegam às regiões Sudeste e Centro Oeste do país já no próximo mês.

No dia 07 de outubro, São Paulo receberá o curso Google Analytics, com o profissional Rafael Garey. O curso tem duração de 8 horas e acontece nas instalações da FECAP, no bairro da Liberdade. Na oportunidade, os alunos terão contato com a ferramenta desde a criação de um perfil até o entendimento e manuseio das aplicações, vivenciando ainda situações reais existentes no mercado de trabalho.

Garey é um profissional de larga experiência e atualmente é Gerente de Digital Analytics da Vivo. Tem passagens por agências como W/McCann, Wunderman e One Digital.

O curso é voltado aos estudantes, profissionais de mídia de agência, veículo de comunicação ou mesmo em clientes anunciantes que tenham no seu dia a dia o desafio de análise e interpretação de dados estatísticos de um website.

O primeiro lote de inscrições para o curso já está aberto e tem preço promocional de R$ 199 para aqueles que se inscreverem até o dia 30 de setembro.

Já o curso Planejamento de Mídia On/Off – Aplicação e Mensuração ocorrerá no dia 28 de outubro em Goiânia. O curso será ministrado pelo profissional Filipe Crespo, atual Diretor de Mídia da aktuellmix, maior agência de live marketing do país. Crespo passou por agências como Ogilvy, Y&R, Africa, JWT e W/McCann.

Na oportunidade, os alunos vivenciarão todo o planejamento de mídia para um cliente desde a chegada do briefing até a mensuração dos resultados de um plano já na rua. Exercícios de compra e negociação de mídia também serão trabalhados.

Os interessados também já podem se inscrever no curso. O primeiro lote já está aberto e tem preço promocional de R$ 199.

Mais informações para ambos os cursos podem ser obtidas aqui:

CURSO GOOGLE ANALYTICS (São Paulo)
https://www.eventbrite.com.br/e/curso-google-analytics-tickets-37406973264

CURSO PLANEJAMENTO DE MÍDIA (Goiânia)
https://www.eventbrite.com.br/e/curso-planejamento-de-midia-onoff-aplicacao-e-mensuracao-tickets-37588456084 

Leia Mais
Publicidade

Sanofi faz ação na Avenida Paulista para divulgar o Dia da Dermatite Atópica

WhatsApp Image 2017-09-25 at 11.54.28

Na última sexta-feira, 23, foi celebrado o Dia da Dermatite Atópica, data em que visa conscientizar as pessoas sobre a doença que atinge até 20% das crianças e que persiste até a idade adulta em 10 a 30% dos casos. Nos adultos, atinge de 1 a 3% da população.

A dermatite atópica é uma doença inflamatória crônica que causa lesões na pele e intensa coceira, e que ainda é muito mal divulgada na sociedade. Por isso, a indústria farmacêutica Sanofi decidiu divulgar que a doença é natural, não contagiosa, e que está mais perto de todos do que se imagina. A empresa, junto à agência Havas, criou então uma ação na Avenida Paulista para chamar a atenção das pessoas com relação à doença.

Das 19h às 22h, um prédio na esquina das Avenidas Paulista e Consolação se coçou por alguns minutos mostrando os efeitos que a coceira, oriunda pela doença, podem causar nos pacientes de dermatite atópica. A ação viralizou nas redes e atingiu seu objetivo de parar o público em pleno horário de pico.

Saiba mais sobre a dermatite atópica em www.entendadermatiteatopica.com.br

Veja o vídeo:

PROJEÇÃO MAPEADA NA AVENIDA PAULISTA!Sinta na pele o que significa Dermatite Atópica. Se você for passar por aqui, não deixe de conferir.

Publicado por Sanofi Brasil en viernes, 22 de septiembre de 2017

Leia Mais
Digital

Colaboradora do Creativosbr, Laiana Ferrari palestra no Social Media Week

Creativosbr-digital-laiana ferrari

Aconteceu, na semana de 11 a 15 de setembro, mais uma edição do Social Media Week, em São Paulo. O evento, que reúne os maiores nomes da atualidade, ofereceu palestras dos mais diversos temas e aconteceu nos auditórios da ESPM, no campus da pós-graduação situado na famosa Rua Joaquim Távora, na Vila Mariana.

Entre os palestrantes do evento, nossa colaboradora Laiana Ferrari esteve presente com a palestra Storytelling: Conte sua história nas Mídias Sociais, que aconteceu no dia 15, sexta-feira. A palestra abordou sobre a importância de contar uma história de forma relevante para entreter e engajar seu cliente nas mídias sociais, e reuniu estudantes de Comunicação, profissionais da área e empresários interessados no assunto.

“O storytelling é uma forma de chamar atenção do seu público, entregando algo de valor para ele. É interessante para o público, exatamente para ele ter insights para criar histórias.”, disse Laiana Ferrari após o evento. Ao todo, mais de 50 pessoas estiveram presentes no local, e mais de 2,5 mil pessoas puderam acompanhar ao vivo pela internet.

A palestrante e colaboradora do Creativosbr falou um pouco pra gente sobre mais uma oportunidade de estar no evento: “É sempre incrível! Foi meu segundo ano e a sensação é maravilhosa. A interação do público, a recepção, faz com que fique ainda melhor.”

Laiana Ferrari é Técnica Administrativa, graduanda em Publicidade e Propaganda, possui certificação em Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo e Google Adwords. Com apenas 22 anos, já foi sócia de uma agência de Inbound em Salvador, e hoje atua como consultora, atendendo clientes em várias partes do Brasil.

Leia Mais
Opinião

O Fator Uau e o Marketing 3.0

creativos br – creativos – opiniao – o fator uau e o marketing 3.0

É comum, em um mundo cada vez mais exigente, que surjam novas formas de surpreender o cliente. Essa mais “nova” forma é o Fator Uau, baseado na experiência que o consumidor tem com sua marca ou serviço. O Fator Uau muito tem a ver com o já conhecido Marketing 3.0, que tem o objetivo de fazer com que os consumidores se tornem fãs da sua marca.

Grande exemplo do Fator Uau é a Disney, que é referência mundial na oferta de experiências únicas e praticamente perfeitas. Na Disney, o Fator Uau é praticado num conceito 360°, abrangendo clientes internos e externos. Os colaboradores da Disney são treinados e motivados para a perfeição e felicidade certa dos consumidores. “A Disney não tem clientes, tem convidados” é uma das frases que definem a essência do mais famoso parque do mundo.

Maior case mundial do Fator Uau, a Disney proporciona a sensação de magia e fantasia como ninguém. Seu elenco, como é chamado o grupo de funcionários, está pronto para qualquer esforço que faça os “convidados” serem surpreendidos o tempo todo. Para que os clientes não percam seus carros no estacionamento, por exemplo, a Disney coloca os carros em ordem de chegada em vagas demarcadas para específicos horários, então, quando um convidado não sabe aonde estacionou, um membro do elenco consegue achar o carro dado a hora que o convidado chegou ao parque.

Outros exemplos de Fator Uau nós podemos ver nas redes sociais, onde marcas como Ponto Frio personificam perfis das redes para conversar de maneira mais humanizada com seu público. O perfil da Prefeitura de Curitiba, aliás, é um grande exemplo na internet de como usar o humor e a criatividade para se aproximar dos seus curtidores.

O Fator Uau se funde ao Marketing 3.0, que tem seu maior exemplo a Apple, que faz com que seus consumidores se tornem apaixonados por sua marca e façam parte de um “clube”. Softwares exclusivos, entradas de carregadores e fones entre outros acessórios só podem ser utilizados para quem é Apple.

Ambos os “fatores”, se assim podemos chamar, têm o consumidor como foco. A humanização é um fator em comum entre o Fator Uau e o Marketing 3.0 e chega para mostrar que as marcas têm sentimentos, têm vida. É a empatia cada vez mais presente nas marcas, fazendo com que os consumidores saiam ganhando e, claro, dando lucro às empresas.

Leia Mais
1 2 3
Página 1de 3