close

Ingrid Bossert

Digital

O que a nova atualização da Apple tem a ver com os anúncios segmentados?

A Apple lançou mais uma atualização para o iOS no último 30/04. Dentre todos os incrementos, as principais novidades que chegaram nesse upgrade foram:

• desbloqueio dos aparelhos por Face ID, mesmo usando máscara;
• recursos implementados nos mapas para trazer informações sobre radares e acidentes;
• atualização na assistente Siri: agora é possível escolher entre a voz feminina que já é utilizada atualmente ou uma voz masculina;
• chamadas em grupo via FaceTime;
• 200 novos emojis;
• Prevenção de rastreamento do usuário.

E chegamos ao ponto! Esse último item é o que está fazendo mais barulho para a publicidade porque algo que, até então o usuário não tinha poder de escolha, agora ele passa a ter: ele pode autorizar ou não o compartilhamento de informações com outros aplicativos que tenham a finalidade da exibição de anúncios de propagandas segmentadas, de acordo com o comportamento do usuário.

De acordo com uma pesquisa do Flurry – uma empresa de análise do uso de aplicativos – 88% dos usuários de iOS não permitiram que aplicativos rastreiem seus hábitos comportamentais, possibilitando assim, a aparição de anúncios baseados em seu comportamento. Apenas 21% dos usuários de iOS deram o opt in positivo para o compartilhamento de dados.

É importante lembrar que o usuário não vai deixar de receber anúncios, mas sim esses anúncios não serão mais rastreados de acordo com seus interesses e comportamentos.

Em uma época em que a Lei Geral de Proteção de Dados acaba de entrar em vigor, e vem tomando uma grande força, a Apple acaba usando isso estrategicamente para agregar mais um valor aos seus produtos saindo na frente de seus concorrentes.

Leia Mais
Marketing

Como o marketing sazonal pode alavancar suas vendas?

“Você não pode mudar o vento, mas pode ajustar as velas do barco para chegar onde quer” Confúcio.

É com essa reflexão bonita que dou início ao assunto dessa publicação: Marketing sazonal. Você já ouviu falar que o Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados, Natal, entre outras datas comemorativas são apenas datas comerciais? Já parou para pensar o que exatamente isso significa? Sim, essa é mais uma estratégia de vendas, chamada de “marketing sazonal”.  A palavra sazonal faz referência aquilo que é temporário ou ao que é típico de determinada época do ano. Quando trazemos isso para a publicidade, entendemos como: ações em datas específicas. As empresas costumam utilizar essa técnica, tanto como uma forma de superar as datas em que as vendas são baixas, quanto como otimização de vendas em época de alta demanda.

Como utilizar essa técnica então? Entender o seu nicho de mercado é um dos processos mais importantes para a maioria das ações de marketing, porque quando você entende o perfil de quem receberá a mensagem, você se torna mais assertivo. E falando sobre o marketing sazonal, esse é o primeiro passo: entender e estipular as datas que façam mais sentido para o seu público.

Mas como escolher as datas? O uso do marketing sazonal vai além de planejar campanhas somente em Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal, por isso é necessário o uso de um calendário sazonal, para afunilar todas as possibilidades e converter em oportunidades para o seu negócio. Começar entendendo as datas genéricas, depois outras datas que possam ter um apelo comercial, como Dia do Professor, Dia da Mulher, Dia do Amigo, entre outras. Por fim, segmentar as datas que são específicas para a região que a sua empresa atua, como por exemplo: aniversário da cidade, festivais, entre outros eventos que movimentem a região que seu público se encontra e haja uma oportunidade de alavancar as vendas. Para todos os casos é importante sempre lembrar do que faz sentido para o seu público.

Após o público e as datas serem traçadas, agora o próximo passo é a realização de um bom planejamento estratégico para a execução de cada uma das ações, contendo o objetivo a ser alcançado, qual o limite de orçamento, qual comunicação visual será utilizada, qual mensagem abordar e o período de início e término das ações.

A empresa que faz um bom uso do marketing sazonal ainda ganha um “bônus”, porque quando há uma personalização da mensagem há consequentemente uma identificação do público com o seu negócio, e esse processo acaba fortalecendo a comunicação institucional e a imagem da empresa. O segredo do marketing sazonal é entender o seu negócio, conhecer cada detalhe do seu público e como traçar estratégias utilizando apenas um calendário com datas específicas ao seu favor. Então, da próxima vez que você ver alguma dessas campanhas em datas comemorativas, lembre-se que não são meras datas comerciais, mas que – através da técnica do marketing sazonal, com muito estudo para entender o público – é possível criar picos para alavancar e otimizar as vendas de uma empresa, além de torná-la mais forte e consolidada no mercado.

Leia Mais
Publicidade

Thaíde estreia nova campanha digital da Philips, criada pela E-Content Lab

Cantor, que é o embaixador e tester da linha de áudio da marca, comunica o lançamento de dois modelos de caixas de som bluetooth

São Paulo, 19 abril de 2021 – A E-Content Lab, agência do Grupo TPV responsável pela marca Philips Áudio e Vídeo, acaba de apresentar ao mercado a sua nova campanha digital para o lançamento das caixas de som Bluetooth X3305 e X3705 da marca, com luzes de LED que pulsam no ritmo da música. O vídeo, de dois minutos de duração, conta com a participação do cantor Thaíde.

Para Bruno Morari, diretor de marketing do Grupo TPV, o lançamento das caixas X3305 e X3705 é mais uma aposta para consolidar a liderança da Philips no mercado de som e acessórios. “Queremos ampliar nossa presença nesse mercado com a entrada desses dois produtos, e acreditamos que eles poderão levar diversão e entretenimento para todos os usuários”.

Sem comparação – O vídeo intitulado “Thaíde e as Party Speakers Philips” se inicia com o cantor – ao lado dos lançamentos – fazendo um depoimento de como fazia “som” na década de 1980 no centro da cidade. Ele fala que quando as pessoas saíam de casa para as festas de rua só pensavam se haveria um rádio no local. Muito era gasto com pilha – não dava para conectar o rádio na tomada – e com a própria manutenção do aparelho. E, que hoje, já é possível levar o seu celular, conectar o bluetooth nas caixas de som como estas que a Philips está trazendo para ao mercado.

O lançamento é um produto com som potente, que pode ser transportado por uma alça acoplada a ele – fazendo uma alusão aos rádios pesados levados nos ombros anos atrás-, cheio de luzes e som potente. Para a estrela da campanha, basta plugar a caixa de som no bluetooth do celular para apreciar o som que quiser. Ele termina seu depoimento dizendo que não tem comparação com aquela época de anos atrás.

“Presenciar essa evolução e poder chegar no ano que estamos agora e ver o lançamento destas caixas que facilitam a vida de quem gosta de curtir uma boa música e se reunir com a família para tirar um barato é um privilégio para mim. Por isso que eu digo, vamos que vamos que o som não pode parar!”, finaliza o cantor.

“Trouxemos o embaixador da linha de áudio da Philips para fazer a campanha de lançamento das caixas de som da marca. Este foi um desafio, porque no momento de pandemia que vivemos, quisemos compartilhar uma história de vida do cantor e passar uma mensagem de reunião familiar com segurança, neste primeiro momento”, comenta o fundador da E-Content Lab, Vinicius Mancini. Para o vídeo, foi usado o conceito das lives, gravado em um estúdio, onde o Thaíde testou as caixas. “Ele é um dos precursores do hip hop no país e quisemos que ele comentasse o ganho que ele teve com esta tecnologia da marca. Outras ações com este produto serão feitas ainda neste ano. Os consumidores que gostam de música podem esperar por novidades”, finaliza.

O vídeo da campanha (link do vídeo) está sendo divulgado nos canais sociais da Philips Áudio e Vídeo e contará com divulgação em mídias on e offline em todo o país.

Ficha técnica

Cliente: Grupo TPV

Agência: E-Content Lab

Campanha: “Thaíde e as Party Speakers Philips”

Direção e Roteiro: Vinicius Mancini

Direção de arte: Rafael Germano

Captação: Lucas Pena e Ramy Robson

Produção Executiva: Marina Doitschnoff

Edição e Motion: Rafael Mancini

Aprovação por: Lucas Generoso e Bruno Morari

 

Sobre a E-Content Lab

Fundada em 2017 pelo professor de Marketing Digital Vinicius Mancini, a E-Content Lab – laboratório de conteúdo digital -, atua como agência e como produtora há mais de quatro anos. Com sede em São Paulo, o time de profissionais da E-Content Lab utiliza o marketing de conteúdo como principal ferramenta para sustentar o relacionamento entre as marcas e seus consumidores, construindo valores mais sólidos e duradouros do que a publicidade por si só. Atualmente, a empresa tem como principais contas a Philips e a AOC, além do Programa Meu Nome é Correria, que se iniciou como campanha publicitária e hoje se tornou um canal proprietário com conteúdo autoral.

Sobre a TPV (AOC e Philips)

O Grupo TPV está no Brasil desde 1997 e possui uma fábrica na Zona Franca de Manaus, onde também produz, em regime de OEM, para várias marcas, com atuação nacional e internacional. A TPV Technology Limited (www.tpv-tech.com.br) é a principal fabricante global de telas de LCD. Atualmente, produz no País monitores e TVs, e importa uma linha de fones de ouvido, com a sua marca própria AOC, marca Philips (sob licença para monitores, televisores e áudio) e em regime de OEM para várias marcas, com operação nacional e internacional. O Grupo TPV está listado nas bolsas de valores de Hong Kong e Cingapura desde outubro de 1999. Site: www.tpv-tech.com.br.

Leia Mais
ConteúdoPublicidade

Criatividade: dom ou habilidade?

Aposto que quando você diz que é publicitário, ou quando começou estudar publicidade e contou para seus amigos e familiares, você deve ter escutado algo como: “eu acho legal publicidade, mas precisa ser muito criativo e eu não sou tão criativo assim”.

Está mais do que comprovado que nós publicitários somos criativos, mas a verdade é que a criatividade, assim como qualquer outra habilidade, precisa ser desenvolvida, não é um superpoder que quando estamos no meio de uma campanha o ativamos e colocamos ele em ação, por exemplo. A criatividade é uma habilidade que precisa ser cultivada, explorada lapidada e muitas vezes até despertada!

E como é possível fazer isso? Através de repertório! Encontramos diversas inspirações por meio de filmes, viagens, apreciando uma boa música, leitura ou uma comida, enfim por meio de momentos, referências e claro muita pesquisa, porque assim teremos insights inovadores que façam sentido para agradar ao nosso cliente, que paga o pão nosso de cada dia (hihi).

Usar a criatividade é não ter medo de inovar, e fazer isso da melhor maneira e com toda a sua dedicação. Não existe uma receita de bolo pronta ensinando o passo a passo para você ser criativo, mas se você acompanha nosso portal, olha… Fique muito feliz porque já está no caminho certo!

É necessário haver muita dedicação para desenvolvermos da melhor maneira esse processo criativo na entrega das soluções para nossos clientes. Pode até parecer que a criatividade vem como se fosse um passe de mágica, mas isso é o fruto de anos buscando por conhecimento, novos repertórios, trabalho duro, e muita pesquisa para entender sobre o mercado, a demanda, o perfil do target, etc. E quanto mais sutil a sacada criativa parecer, maior será o reconhecimento de todo esforço dedicado ao longo do processo até chegar à entrega final.

Leia Mais
Mídia

O poder social da mídia OOH, por Paulo Moura

No dia 07 de abril, o CEO e fundador da Três Meios, Paulo Moura, ou como é mais conhecido: Paulinho, publicou um artigo no portal publicitário Marcas Pelo Mundo, falando sobre como a mídia OOH tem um poder de chegar cada vez mais longe e mudar a vida das pessoas. Trouxemos aqui para você o conteúdo na íntegra publicado por esse grande nome do mercado. Desejo uma excelente leitura com vários insights:

“Uma das mídias mais tradicionais que existem, a mídia exterior ou Out Of Home (OOH), já passou por diversas transformações nos últimos anos, como comentei no meu último artigo aqui mesmo no Marcas Pelo Mundo. Assim como a tecnologia, que evoluiu muito com o passar dos anos, melhorando as nossas vidas principalmente no ambiente digital, esta mídia também foi incorporada neste universo high tech e, hoje, podemos dizer que ela é ainda mais eficiente do que era quando começou a ser usada nas campanhas.

Isto porque não só atinge milhões de pessoas, no on e no offline, mas porque a mídia OOH carrega hoje uma força maior, um poder social para divulgar ações em prol da sociedade neste momento difícil que estamos passando com a pandemia da Covid-19. E com a ajuda do digital tudo pode ser potencializado.

Muitas marcas estão patrocinando e/ou capitaneando projetos importantes. Nós vimos uma grande campanha de mídia exterior do Itaú Unibanco valorizando a força e o empenho dos nossos profissionais de saúde durante a pandemia.  Empresas como a Kroton – que detém marcas como a Faculdade Anhanguera por exemplo – distribuiu wi-fi gratuito em comunidades carentes da capital paulista para promover a inclusão digital neste momento difícil em que muitos não podem sair de casa. E esta comunicação de largo espectro só foi possível graças ao poder da mídia exterior. Com tecnologia, foco, inovação, rapidez e eficiência.

Outra ação diferenciada da mesma empresa, que contou com a divulgação em mídia exterior, e que me chamou atenção foi a concessão de cupons de viagens do Uber com desconto aos candidatos do exame do Enem, no ano passado. Foram quase 90 mil cupons digitais no valor de R$ 5 para trajetos ao local de prova, evitando estresse adicional com o planejamento do transporte. Olhar o próximo é incrível e ter este meio como ferramenta para transmitir a mensagem é sensacional, não?

E o poder da OOH não para. Lá fora, em águas internacionais, também foi utilizada até pela rainha Elizabeth II, que se valeu de um painel eletrônico icônico de Londres para dar um recado de esperança aos súditos durante este momento delicado em que vivemos.

Eu costumo dizer que quando usamos a tecnologia em favor do bem e, principalmente, para melhorar o dia a dia das pessoas todos saímos ganhando. Claro que as marcas querem divulgar seu negócio, seu produto, suas ações diferenciadas, e a mídia OOH terá sempre este papel e estará presente na jornada dos clientes, seja através de anúncios em outdoor, empena, transporte urbano, relógios ou abrigos de passageiros de ônibus, entre tantos outros pontos. Somado a isso, tem o cross com a internet aumentando o impacto significativamente das mensagens.

Agora quando uma marca/empresa planeja e executa uma ação mais profunda, de melhorar a vida das pessoas, de transmitir esperança, o poder da mensagem é multiplicado ainda mais. O sentimento é multiplicado! Como CEO de uma das principais empresas deste mercado, me orgulho de fazer parte deste movimento social, que está envolvendo a mídia OOH atualmente. Estamos sendo capazes de mudar vidas!

Segundo pesquisas, os espectadores valorizam e passam a desejar ainda mais as marcas que se posicionam sobre o contexto com alguma ação ou atitude e esperam que as marcas ajam durante a crise da Covid-19, que infelizmente, ainda perdura.

Que a mídia OOH tenha sempre uma mensagem de esperança para captar a todos. Que possamos sair dessa crise em breve, ainda melhores do que éramos.  Que a mídia OOH continue sendo um importante meio para atingir – além dos olhos, tablets e celulares -, cada vez mais os corações das pessoas.”

Para saber mais sobre tudo o que acontece com as marcas pelo mundo afora, acesse o https://marcaspelomundo.com.br/ que você encontrará diversas matérias e notícias publicadas pela Jornalista Elisangela Peres.

Leia Mais