close

Itamar Peixoto

Digital

Dia das Mães poderá ter crescimento de 16% em compras online

CREATIVOS BR – DIGITAL – ECOMMERCE – DIA-DAS-MÃES

A expectativa de crescimento em vendas online, publicada pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABCOmm), chega a R$ 3,3 bilhões para o Dia das Mães. Essa movimentação esperada supera em 16% o faturamento do ano passado (2018). Vale ressaltar que o estudo considera as vendas realizadas entre 15 de abril e 11 de maio. Este estudo prevê um ticket médio de R$ 345,00 e um volume de 9,81 milhões de pedidos realizados pela internet.
A Associação acredita que esse aumento será proveniente ao reaquecimento da economia atrelada e queda no câmbio e a retomada da confiança do consumidor. Para Maurício Salvador, presidente da ABComm, o Dia das Mães seguirá a tendência das outras datas sazonais que vêm demonstrando crescimento. Para ele se trata de uma data tradicional e relevante, onde as lojas se preparam e fornecem melhores condições de compras para os consumidores.

O estudo indica tendência de setores com maior probabilidade de abocanhar uma fatia do bolo maior, aumentando seu faturamento. As categorias preferidas pelos “compradores online” são as de moda, cosméticos, eletrodomésticos, além de artigos de casa e decoração.

Não é novidade que datas como essa trazem muita movimentação na economia, por outro lado, o crescimento constante (e alto) do digital revela grandes mudanças no comportamento do consumidor. Importante pensar qual o seu (o nosso) papel nesses números, você como consumidor está dentro dessa previsão? Você como empresa/agência tem se movimentado para pegar uma fatia desse bolo?

Leia Mais
Mídia

Crise ou oportunidade? Burger King cria campanha baseada em “haters”

burger-king-polimor-creativosbr-mídia

Não é novidade pra ninguém o poder de voz que a internet, através das redes sociais, concederam às audiências das marcas. Com isso, também surgem os “mimimis” e os “haters”, prontos para criticar qualquer ação que contrarie suas preferências e/ou opiniões. Nesse cenário de “nervos a flor da pele”, as marcas procuram se resguardar e ter em seus anúncios discursos que não ofendam nenhum público. Porém, isso não é suficiente, e vez ou outra podem desagradar algumas pessoas. Algumas marcas começaram a enxergar os comentários negativos como oportunidade e inspiração, e do “diálogo” com os haters passa a surgir campanhas e até produtos.

Em campanha lançada pelo Burger King em fevereiro e estrelada por um trisal, a marca, como objetivo de gerar reflexão no público sobre o poliamor, acabou virando alvo dos haters. A empresa, conhecida por gerar buzz com assuntos sociais, em resposta lançou uma campanha para responder as críticas acumaladas nas redes sociais.

Ariel Grunkraut, diretor de marketing do Burger King no Brasil, destacou que todos os públicos são bem-vindos na empresa e que não aceitam nenhuma forma de preconceito e, em respeito a todos consumidores, reforçam mais uma vez que todas as formas de amor são bem-vindas no restaurante. Como a campanha inicial não agradou a todos, a marca decidiu fazer uma brincadeira com as críticas que recebeu, reforçando seu posicionamento contra qualquer tipo de preconceito em resposta aos haters em seu novo filme.

Para Rafael Donato, vice-presidente de criação da David (agência responsável pelos comerciais), a nova versão do filme foi a saída para a marca responder aos haters de forma bem-humorada: “Poliamor dividiu opiniões. Mas se a ideologia nos separou, a zueira pode nos unir”, diz ele.

Confira os vídeos:

Resposta aos haters (Poliamigos):

 

Filme poliamor:

Leia Mais
Vai e vem

Alterações na equipe MullenLowe Brasil em prol da integração

Equipe-MullenLowe-Brasil-Ana-Luiza-Santos-e-Ana-Paula-Sanchez-vai-e-vem-creativosbr

Para comandar uma equipe de 27 planejadores, compradores e negociadores de mídia, a agência MullenLowe contrata Paula Sanchez, que já passou por DM9DDB, Samsung e Ogilvy. Paula se reportará à Ana Luíza, head de planejamento da agência, agora promovida à Head de Estratégia e Conexões.

Essas não são as únicas alterações na equipe. Na área de criação, Eduardo Salles passa a ser o Diretor Executivo do setor, após a saída de Gil Pinna. A área de Planejamento foi dividida em três núcleos, formados por trincas (um gerente, um coordenador e um supervisor). Para reforçar o time de planejamento, a profissional Vivian Lagua foi contratada como Gerente e Stela Sotrati foi promovida à Gerente de um dos núcleos.

O CEO da agência no Brasil, André Gomes, afirma que um dos principais motivos para a mudança é aproximar as áreas de Mídia, Inteligência e Planejamento, para potencializar os olhares estratégicos e digital das entregas aos clientes.

Leia Mais
Marketing

A linha tênue entre oportunidade e o oportunismo do marketing social

linha-tenue-oportunidade-oportunismo-cause-marketing-creativosbr

Segundo o dicionário Michaelis, oportunidade é a ocasião favorável para realização de algo, enquanto oportunismo é a habilidade em aproveitar os fatos para obter algo. Apesar dos termos serem parecidos, são amplamentes diferentes. De acordo com Francine Lemos, CEO da Cause, consultoria de marcas focada em interesse público, abraçar um propósito vai muito além de uma campanha pontual. Contudo, muitas empresas na busca de se “associarem” a causas sociais precisam se atentar ao contexto e a conexão da marca com o tema ou podem correr o risco de cair pro lado contrário da oportunidade.
Mudanças no comportamento dos consumidores refletem em necessidade de posicionamento social por parte das organizações. Em novembro de 2018, foi divulgado – em parceria entre Ipsos, ESPM, Instituto Ayrton Senna e Cause – o estudo “Marketing relacionado à causa”, o qual evidencia que 77% da população brasileira espera maior contribuição social das empresas com a sociedade.
Francine Lemos, em entrevista para Meio & Mensagem, fala sobre a postura que as marcas precisam ter ao adotar o “marketing de causa” para não soar como oportunista. Enfatiza sobre a necessidade das marcas serem coerentes, planejadas e alerta sobre abraçar causas sem levar o discurso para a prática. Ela alerta que, antes de entrar em uma causa, deve-se avaliar se faz sentido para a empresa, se está alinhado com a visão e com os valores, e principalmente se atende uma demanda clara da sociedade.
O contexto é primordial para a associação da marca a uma causa e a coerência tem mais importância que a pressa, não dá para ser superficial. Francine afirma que a causa não pode ser comunicada sob o ponto de vista de consumo e deve considerar os diversos atores envolvidos na temática. Portanto, antes de se posicionar, é preciso refletir sobre o que a empresa faz de fato e qual é sua real necessidade.
O fato é que a sociedade clama por posicionamento social por parte das empresas e ela diz isso pelo seu comportamento de consumo. O que você tem feito a respeito? Observe seu próprio comportamento de consumo a respeito do marketing de causa e repare as comunicações das grandes marcas sobre causas sociais.

Clique aqui e confira a entrevista da Francine Lemos na íntegra.

 

Leia Mais
Digital

Outdoor em aeroporto vira boleto gigante para arrecadar doações

CÓDIGO-DA-AUTOESTIMA-DIGITAL-CREATIVOSBR

Tinha tudo para ser só mais um outdoor, como qualquer outro, mas este é diferente. Em ação criada pela F/Nazca Saatchi & Saatchi para a Fundação Laço Rosa, outdoors foram usados como códigos de barras gigantes: um outdoor no aeroporto de Curitiba e outro no aeroporto de Ribeirão Preto.

 

Ao se aproximar, é possível notar que não é um código de barras qualquer. As barras são formadas pelo nome de mulheres que estão em tratamento e na fila para receber doações. Os boletos gerados são reconhecidos por qualquer instituição bancária, e arrecadarão doações em prol da luta contra o câncer de mama.

 

Para quem vê o outdoor pessoalmente pode mirar o celular e fazer doação na mesma hora, contribuindo para que essas mulheres que estão em tratamento possam receber perucas, artigo importante para autoestima delas nesse momento. Os painéis serão atualizados trocando o código do boleto dando a sensação que as contribuições fizeram a fila andar.

 

A ação, intitulada de #CÓDIGODAAUTOESTIMA, também arrecadará doações pelo site www.fundacaolacorosa.com/doe.

Confira o vídeo:

Leia Mais
Publicidade

Ovo que bateu recorde no Instagram choca a internet

ovo-recorde-instagram-publicidade-creativos-br

No dia 4 de janeiro, uma imagem de um ovo foi postada no Instagram com o objetivo de bater o recorde, até então de Kylie Jenner, de foto mais curtida do mundo (na missão de superar 18 milhões de likes). O fato é que a simples imagem de um ovo conseguiu bater (e muito) essa meta audaciosa. Em apenas um mês ultrapassou 50 milhões de curtidas.

Dias depois, novas postagens do ovo foram publicadas mostrando que o ovo estava rachando. Essa ação foi uma iniciativa do publicitário Chris Godfrey, da agência The & Partnership, de Londres, e falou sobre saúde mental, surpreendendo muita gente na internet.

A campanha foi um alerta sobre saúde mental e divulga o site www.talkingegg.info, que evidencia uma lista de instituições que lidam com saúde mental em diferentes países, incluindo o Brasil. Em entrevista ao The New York Times, o publicitário afirmou que a intenção era testar se algo tão simples quanto um ovo poderia ser mais popular que uma celebridade.

O ovo procura mostrar como a “pressão” das redes sociais pode ser prejudicial à saúde mental e ferir pessoas. A mensagem reforça que falar sobre “o problema” pode fazer bem. De maneira simples e muito impactante, a campanha reforça um problema social que nasceu com o uso desmedido das redes sociais. Veja o vídeo no Instagram.

Leia Mais
Marketing

Heineken promove experiências no Rio de Janeiro

Heineken-CreativosBr

No último final de semana, a Heineken promoveu um grande evento com diversas ativações que movimentou o Rio de Janeiro. Para muitos, a marca consagrou mais uma vez sua missão de ser uma experiência memorável. A empresa promoveu uma série de ativações na orla carioca com o evento F1 Experience com o objetivo de aproximar a cerveja com o badalado circuito mundial de automobilismo e promover o GP Brasil da F1.

Para mostrar que mesmo com o título decidido para Lewis Hamilton e sem um brasileiro na temporada a pista ainda é repleta de emoções, a Heineken investiu no principal legado da marca: a experiência, levando pras ruas a emoção da F1. O evento que foi aberto ao público começou às 9h, com Felipe massa acelerando uma Willians na enseada de Botafogo. O evento ainda contou com performances e manobras de drifting racing da equipe Drift Meet Team e show de motos acrobáticas do Força e Ação.

“Pra gente, é necessário contar uma história. Não queremos apenas colocar nosso logo nas pistas ou em placas de campo. E embora o patrocínio seja global, a gente se preocupa em contar algo relevante para o consumidor brasileiro”, afirma Vanessa Brandão, diretora de marketing da Heineken. A marca mostrou que leva a sério a experiência dos consumidores, e também promoveu a Heineken Parade, com equipe de performers que realizaram coreografias, intervenções pela pista e palco móvel com shows de Fatnotronic e Preta Gil.

Para Massa, o evento não foi somente uma ativação de marca, mas uma maneira de manter a paixão e a tradição do brasileiro pelo esporte. No próximo domingo (10), o evento irá acelerar pelas ruas de Porto Alegre (RS), contando também com a presença de Rubens Barrichello.

Leia Mais
Publicidade

Ações anticorrupção da Petrobras viram campanha

Ações anticorrupção da Petrobras viram campanha – Publicidade – CreativosBR

Intitulada de “Confiança”, a campanha criada pela DPZ&T se baseou em pesquisa à opinião pública, a qual detectou que a maioria das pessoas desconhece as ações de governança e conformidades desenvolvidas pela Petrobras no decorrer dos últimos anos. A campanha estreou nesta segunda-feira (29) no intervalo do Jornal Nacional e veio para divulgar as ações que a empresa tem tomado para aprimorar a prevenção e o combate à corrupção. A produção foi feita no primeiro semestre, mas só veio ao ar agora por conta do período eleitoral, seguindo orientações legais e normativos relativas à publicidade institucional.

Além da exibição na TV aberta, a campanha com assinatura “Não existe caminho fácil. Existe o caminho certo” também tem inserções de peças em jornais, internet e um filme exclusivo para cinema durante o mês de novembro. A campanha posiciona a Petrobras como vítima da corrupção revelada na operação Lava Jato, trazendo no primeiro comercial as medidas implementadas contra a corrupção nos últimos anos. No segundo, conta com colaboradores de diferentes áreas da companhia falando sobre as ações adotadas, enquanto o filme destinado ao cinema enfatiza e destaca a Petrobras como motivo de admiração brasileira. Confira os vídeos abaixo. Não deixe de ver o último!

Leia Mais
Opinião

Consultoria ou Agência?

CREATIVOS BR – Opinião – Consultoria ou Agência de comunicação

Dentre as voltas que o mercado (que a vida) dá, vez ou outra me pego pensando: o que será mais eficiente: consultoria ou gestão de comunicação? O que poderá dar melhores retornos para a empresa: concentrar todos os esforços de comunicação ou terceirizar? Posso lhe afirmar que os consultores e agências de consultoria terão ótimos argumentos para convencer de que a consultoria é a melhor opção para a empresa. Por outro lado, gestores e agências de comunicação (e/ou de propaganda) tem toda uma base para contra argumentar e lhe provar que é a gestão que o contratante precisa. Ambas as opções serão eficiente para o cliente, basta entender qual é o momento. Mas o que o cliente precisa de fato? São diversos vieses a serem ponderados para essa decisão.

É evidente o espaço que as consultorias têm ganhado no mercado, incluindo o de comunicação. O fato é que o que vai gerar resultado na empresa pode não ser uma nova comunicação e sim uma reestruturação do negócio, uma evolução do mindset corporativo, ou repensar os processos. Antes de convidar os amigos, organize a casa para recebê-los. O mercado muda muito e as empresas precisam acompanhar essa evolução, e isso incluí as agências de comunicação.

Por outro lado, a agência de comunicação tem a responsabilidade e a expertise de estabelecer diálogo com os públicos de interesse da empresa, que podem ser (e são) extensos e variados. De acordo com o porte e necessidade de comunicação pode ser inviável interiorizar a comunicação e ser importante ter uma agência.

Precisamos entender e acompanhar as voltas que o mercado sempre dá. Vejo empresas que decidiram contratar equipe interna para gerir sua própria comunicação e com isso chamar a responsabilidade pra si sobre a ótica de reduzir custo, ter agilidade e mais relevância. E também vejo empresas que, pelos mesmos motivos, decidem contratar uma agência de comunicação. Diferentes empresas, em diferentes momentos do negócios, carecem de diferentes soluções.

Mas quem disse que não dá para aliar a consultoria e a gestão de comunicação? Principalmente na busca pela relevância, a integração dessas duas frentes podem somar em um resultado sinérgico incrível. Contudo, o que vou dizer serve tanto para o contratado quanto para o contratante, o que fará a diferença é a empatia no negócio. É você, enquanto agência ou consultoria, entender e se preocupar de fato o que será fundamental na empresa, entender e respeitar qual é o momento dela. Ou a você, enquanto cliente, entender o valor da sua verba, olhar para dentro (da empresa), considerar todos os seus recursos, principalmente humanos, e concluir de acordo com os seus desafios (objetivos) o que fará diferença no momento.

Consultoria ou agência? O mercado ganha com as consultorias se envolvendo e balançando as agências e as agências se posicionando e entendendo a essência de uma consultoria.

Leia Mais
Marketing

Restaurante cria perfil no Happn para divulgar promoção

MARKETING-CREATIVOSBR-RESTAURANTE-UNE-A-APLICATIVO-DE-PAQUERA

Para promover um novo prato, o restaurante Abbraccio Cucina italiana criou um perfil no Happn para que os usuários do aplicativo de paquera possam curtí-lo e ganhar um prato cortesia. Esta estratégia de divulgação tem como finalidade lançar o prato Filetto ala Wellington, que se trata de uma releitura do tradicional Bile Wellington e circulará até o dia 30 de novembro.

Esta ação acontecerá por meio de segmentação geolocalizada exclusivamente nas cidades em que o restaurante possui unidades: São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Niterói e Brasília. Os usuários do Happn visualizarão o Fileto a la Wellington no aplicativo e ao curtir o perfil receberão uma mensagem explicando sobre a cortesia, a qual dá direito a um prato principal do menu na compra de outro.

 

 

Leia Mais
1 2 3 6
Página 1de 6