close

Itamar Peixoto

Mídia

Nova embalagem de Tang é feita com foto de consumidores

Nova embalagem de Tang é feita com foto de consumidores – Mídia – Creativos Br

Seguindo uma linha bem humanizada, a Tang (marca de bebida em pó) estampará consumidores reais em momentos em família nas suas embalagens. Em continuidade a campanha “Somos feitos em casa”, a promoção “Álbum de família” foi criada em meados de março/abril e, através de uma ação digital, mais de 4 mil consumidores enviaram fotos retratando situações e modelos diversos de famílias.

A curadoria selecionou 110 fotos levando em consideração a história por trás da imagem, além da provável qualidade de impressão. O gerente de marketing da Tang, Felipe Pedrolli, afirma que a marca se preocupa com a essência ao dizer: “Tang enxerga as famílias como uma personificação do nosso posicionamento, uma demonstração dos momentos genuínos que apoiamos. Para a marca, era importante que não fossem apenas fotos, e sim imagens que retratassem um contexto de conexões verdadeiras”.

A marca possui grande participação no mercado nacional, e segundo Nielsen dez/16, chega a mais de 43% de share. Para viabilizar essa ação contou com parceria da HP, Camargo Embalagens e Inapel no processo de produção. Segundo Pedrolli, a impressão digital permite fazer da embalagem um veículo de comunicação com potencial para gerar engajamento e maior conexão da marca com o consumidor.

A estratégia foi criada pela agência Talent Marcel, a operação da promoção pela B/Ferraz e a identidade visual é assinada pela agência Narita Design.

Leia Mais
Marketing

Ovos Mantiqueira faz ação de oportunidade com João Doria

Ovos Mantiqueira faz ação de oportunidade com João Doria – Marketnig – Creativos BR – Blog do Crespo

Há mais ou menos uma semana, o prefeito de São Paulo, João Doria, teve a cabeça como destino final de um ovo em Salvador. O caso foi filmado e teve grande repercussão na internet. Até que uma postagem elaborada pela agência 11:21 deu início a uma ação social para a marca de ovos Mantiqueira.

No desenrolar dessa história, o prefeito negociou com a marca de ovos para uma doação significativa para os moradores de rua da capital paulista. Levando uma doação de 10 mil ovos, gravou vídeo em reposta ao fato. Segundo Gustavo Bastos, fundador da 11:21, foi preciso agilidade para aproveitar a oportunidade. Além da sequência de eventos que se encaixaram, Bastos diz que o cliente foi rápido na aprovação e mais ainda na resposta.

O caso, além de “postagem patrocinada”, teve polêmicas e muitos memes. Vale refletir que duas marcas, uma privada e uma pública (figura pública), valeram-se de uma oportunidade nascida numa adversidade, que refletiu numa grande audiência.

 

Leia Mais
Vai e vem

Icaro Doria é o novo CCO da agência global Arnold Worldwide

Icaro Doria é o novo CCO da agência global Arnold Worldwide – Vai e Vem – Creativos BR – Blog do Crespo

Icaro iniciou carreira no Brasil, mas foi nos Estados Unidos que se consagrou. Segundo o relatório de premiações do AdAge, Doria foi o redator mais premiado da indústria em 2005. Teve destaque atuando como Diretor Criativo da Saatchi & Saatchi Nova York, e passou também por grandes agências como Y&R e Goodby, Silverstein & Partners.

Liderou a campanha da Coca-cola na Copa do Mundo de 2014, quando retomou ao Brasil para abrir escritório da Wieden + Kennedy em São Paulo. Atualmente é CCO da DDB Nova York, agência que o levou de volta ao país, e a partir de setembro tomará posse do mesmo cargo na Arnold Worldwide.

Em sua nova jornada liderará o departamento de criação dos escritórios de Boston e Nova York. Pam Hamlin, Ceo da Arnald Global, enxerga Icaro como “líder de negócios criativos” e afirma que trará consigo uma perspectiva internacional bem-vinda a agência. Icaro que se diz desde adolescente um observador avido da cultura estadunidense terá oportunidade de evidenciar seu talento com marcas como Progressive, Hershey’s, Jack Daniels e CenturyLink.

Leia Mais
Opinião

Não foque em resultados

Não foque em resultados – Opinião – Creativos Br – Blog do Crespo

É isso mesmo, não foque em resultados. Tê-los como objetivo principal pode ser cruel com você mesmo que está por trás dessa missão. Se a “perfeição” é a meta, não atingi-la será frustrante. Além de que, a busca frenética por resultados poderá ser desumana, considerando o nível da entrega pessoal necessária para tal realização, extrapolando horários que qualquer profissional trabalharia com satisfação.

Defendi por muito tempo (e trabalhei nesse molde) o foco em resultados, sem considerar a “hipótese” de que somos humanos e, como todo bom humano, passíveis ao erro. Não é necessário ser bom o bastante ao ponto de não se permitir errar. Erros acontecem, nas melhores e piores famílias, com os melhores e piores profissionais, e se o foco é o resultado isso será uma fatalidade, sendo que a pior acusação é a sua própria de achar que não é bom o suficiente por ter pecado logo naquele errinho “simples”, logo você que se dedicou tanto.

Talvez isso seja uma transição.  Complemento a frase do título: não foque em resultados, foque ativamente em crescimento. Os erros e acertos são fatos que acontecem e acontecerão com todos, a diferença é como nos posicionaremos diante deles. Encare o erro como uma crise e lembre-se que na crise estão as melhores oportunidades. No erro está a melhor oportunidade de crescimento. Não ignore o erro, aprenda com ele, cresça com ele.

Sequências de erros, explicações e discussões com a minha fonte de inspiração vem me fazendo perceber que as justificativas podem servir para terceirizar a culpa com as circunstâncias, afinal somos muito bons para errar daquela maneira, certo? Errado, somos bons o suficiente para reconhecer as falhas e convertê-las em sucesso. Talvez esse seja o verdadeiro sentido de humildade.

Foque em crescimento e terá resultado como consequência. Pra profissão e pra vida.

Leia Mais
Marketing

Campanha da 3 Corações destaca o amor ao café

Campanha da 3 Corações destaca o amor ao café – Marketing – Creativos BR – Blog do Crespo

Dizem que o café é paixão nacional e historicamente falando tem lá a sua grande importância na nossa economia. O tal cafézinho se faz presente na vida de estudantes, profissionais, jovens, idosos, homens e mulheres. E por falar em amor, o Café 3 Corações anuncia uma campanha onde evidencia todo o sentimento que a companhia tem pelo café.

Os  comerciais lançandos transmitem o cuidado e a paixão que a marca tem pelo café através da história de anjos produtores que acompanham a produção desde o grão até a mesa da famlília pra garantir a safisfação com  a qualidade, aroma e sabor. A campanha veio quente com super produção e alto investimento de mídia para reforçar o posicionamento “Sabor que Apaixona”. Assinada pela Mullen Lowe e dirigida por Carlos Manga Júnior, dá continuidade a última campanha veiculada.

Roberta Prado, Head de Marketing do Grupo 3 Corações afirma que a marca carrega o amor em seu nome e paixão pelo café em seu DNA. Para que esse amor chegue até o target, o plano de comunicação integrará diversos meios incluindo TV aberta, plataformas digitais, mídia externa e pontos de venda. A primeira fase da campanha foi lançada dia 23 de julho no intervalo do Fantástico.

“A ideia para esta campanha veio da própria história de 3 Corações. O cuidado e a dedicação em oferecer o melhor café é contagiante e o amor com que eles vivem diariamente esta jornada foi a melhor inspiração para nós”, afirma José Henrique Borghi, co-CEO/CCO da MullenLowe Brasil.

Leia Mais
Opinião

O Publicitário e o Grafiteiro

O Publicitário e o Grafiteiro – Opinião – Creativos Br – Blog do Crespo

Na calada da noite ambos com lápis e o papel na mão fazendo raffs.
Um faz testes de lettering. O outro desenha alfabetos decodificados.
Os dois começam a desenhar ideias no papel, cheia de cores e formatos.
Uma cheia de conceito, a outra como um grito de revolta.
Um quer destaque, chamar atenção. O outro precisa.
Um faz isso pra viver e o outro vive por isso.
Um faz por amor, o outro ama tudo isso.
Pra ter a tal visibilidade precisam convencer um terceiro que vale a pena pagar a conta.
Ou que vale a pena ceder um espaço para sua mensagem.
E nada como uma mídia espontânea para abrir sorrisos nos dois.
Há quem diga que o que fazem é tudo poluição visual.
E também há quem defende que é arte com influência social.
Misturam desenhos com frases de impacto.
E defendem suas concepções com unhas e dentes.
Se estão certos ou errados não saberei dizer.
O que posso garantir é que a mãe de nenhum deles sabe ao certo o que fazem.
E você, sabe dizer quem é quem?

Leia Mais
Mídia

A Quem possa interessar, é o fim da revista.

A Quem possa interessar, é o fim da revista – Mídia – Creativos Br – Blog do Crespo

E o início de uma nova estratégia. A Editora Globo anunciou o fim da versão impressa da Revista Quem, dedicada ao lifestyle de famosos e personalidades. Após 17 anos de mercado, o comunicado do “fim da revista” veio acompanhado de novidades. Segundo a Editora, os investimentos agora serão focados no digital e em eventos. Ampliação e agilidade na produção de conteúdo para todas as plataformas digitais são os objetivos da marca com este movimento.

Esta nova etapa da revista resultará em mudanças no digital. O site ganhará novas seções e ainda irá ampliar a cobertura de eventos e produções de vídeos. As adequações são voltadas para ter maior interação com o público, mesmo tendo bons níveis de interação comparando com a concorrência. “Nosso relacionamento com a audiência já garante três vezes mais interações em conteúdo do que os concorrentes. E tudo está sendo planejado para um engajamento ainda maior”, explica o comunicado.

Novos perfis profissionais foram recrutados para atender o novo formato desde produção de vídeos até SEO. A Editora Globo informou que com o foco total no digital a produção de conteúdo aumentará em 25%. Tiago Afonso, Diretor de Desenvolvimento Digital e Comercial, assegura que a Quem continuará promovendo o acesso direto aos famosos, com notícias em tempo real, entrevistas exclusivas, ensaios, moda, beleza, cultura e entretenimento, só que de forma muito mais rápida e atraente.

 

 

 

Leia Mais
Opinião

Ser ou parecer? Eis a questão

Ser ou parecer – Opinião – Creativos BR – Blog do Crespo

Somos de um mercado que não exige graduação superior para exercer a profissão, mas os títulos (pós, MBA etc.) podem chamar atenção e ser o diferencial em um currículo pra quem procura um emprego. Mas por que valorizamos tanto ter tais títulos de determinadas instituições? Por que procuramos emprego?

O famoso “canudo” teoricamente lhe certifica ser capaz de exercer tal função e ainda lhe empresta a credibilidade da Instituição de ensino que provavelmente foi construída em longos anos (palmas pro branding). Mas será que esse “papelzinho” vai atestar a eficiência de resolver questões práticas e diárias de mercado?

O que deve ser priorizado: a vivência ou as certificações?

Fazemos parte de um mercado em que o combustível capaz de nos levar mais longe em nossas carreiras é a curiosidade. O grande ícone da publicidade brasileira Washington Olivetto começou o curso de Comunicação e Psicologia aos 18 anos por julgar importante para a propaganda. Por mais que o próprio não se orgulha de não ter concluído a graduação, confessou para o Guia do Estudante: “Eu nunca estudei para tirar um diploma, eu sempre estudei para saber. Apesar de não continuar na faculdade, eu continuei lendo muito”.

O objetivo deste texto não é, nem de longe, desmerecer as instituições de ensino e muito menos exaltar os “curiosos autodidatas” como seres superiores e fodões do mercado. No meu ponto de vista, as faculdades ensinam a pensar, lhe dão o caminho, e capacitam as pessoas a entenderem o que deve ser feito. A vivência prática lhe ensina a caminhar e lhe possibilita a entender como deve ser feito. A curiosidade lhe mostra que existem vários caminhos, e através dos “porquês” e “pra quês” prova que o trajeto é tão importante quanto o destino final.

Não procure um curso (nem nada) só para mostrar pra sociedade, família ou mercado que você tem. Procure conhecimento pra que você tenha base para ter os seus objetivos concretizados. Isso mesmo, seja o seu objetivo. Faça um workshop, participe de congressos e de seminários, leia livros e blogs, converse sobre o mercado, veja filmes e seriados, faça uma pós, MBA, mestrado, doutorado e o que mais estiver ao seu alcance. Mas faça para aprender. Pense a todo momento em como esse conhecimento lhe será útil no dia a dia.

Os que só querem ter, jamais serão. E como diz a minha vó: “antes ser do que parecer”.

Leia Mais
Marketing

Degelo na Avenida Paulista promove capa da NationalGeographic

Degelo na Avenida Paulista promove capa da NationalGeographic – Marketing – Creativos Br – Blog do Crespo

Você sabia que o ritmo acelerado do degelo Ártico pode causar mudanças nas regiões temperadas do planeta além de elevar os oceanos em até dois metros ainda neste século?

Para promoção da capa de julho, a revista NationalGeographic Brasil leva nesta quinta-feira, 6, um bloco gigante de gelo para o meio da Avenida Paulista. A ação de guerrilha criada pela agência Spokesman vai além da divulgação da capa, o objetivo também é impactar o público com a experiência real do degelo e sensibilizar para a causa chamando atenção para o fato de que um pedaço beeeeem maior de gelo estará virando líquido na Antártida por conta das mudanças climáticas.

Foto: Filipe Crespo

Segundo Fernando Dias Martins, Publisher da revista no Brasil, o empenho da revista é entender e ajudar o leitor a compreender todas essas transformações ambientais, buscando descobrir um modo de vida mais sustentável. Mostrar efetivamente o degelo acontecendo enquanto surge a capa “A Antártida derrete” reflete o pensamento da revista para uma ação de conscientização e divulgação em sua primeira ação de guerrilha apresentando uma edição.

É importante que as pessoas entendam os valores da marca – ciência, exploração e bom jornalismo – e possam assim se engajar no objetivo histórico de entender e proteger o planeta em que vivemos”, conclui Fernando.

 

Leia Mais
Vai e vem

Associação Brasileira de Propaganda sob nova direção

Associação Brasileira de Propaganda sob nova direção – Vai e Vem – Creativos Br – Blog do Crespo

Esta segunda-feira foi de mudanças na Associação Brasileira de Propaganda (ABP). O produtor e sócio da Silence foi eleito como novo Presidente. Dudu Lopes é o primeiro neste cargo sem ser vinculado a uma agência de publicidade ou veículo de comunicação. Em conversa com o portal Janela Publicitária, Dudu adiantou que faz parte da sua missão dar continuidade de seu antecessor Álvaro Rodrigues, CCO/CEO da agência 3A Worldwide, e agora membro do Conselho Superior da ABP. Para Dudu, será um desafio fazer da associação fundada na década de 30 novamente uma entidade de vanguarda na propaganda.

A promessa do novo Presidente é uma gestão agitada ao longo do biênio 2017/2019, recheada de novas ideias, resultados e atitudes, e com isso, visa fazer com que a ABP volte a ter o papel de formar opinião, reunir profissionais, provocar, reconceituar e renovar. Dudu antecipa que faz parte do plano dar sequência aos projetos iniciados por Álvaro como o evento Timeline e a série de debates ABP Talks.

A chapa liderada por Dudu Lopes foi a única a disputar a gestão e segue vitoriosa na seguinte composição: na Diretoria Alexandra Junqueira (Diretora de Contas da WMcCann), Marcelo Giannini (Diretor de Criação da Loja) e Rafael Ferrer (Diretor de Criação da Quintal). No Conselho Fiscal, Bruno Dreux (Sócio da Amo), Eduardo Petribú (Diretor Comercial da Rede Globo) e JuedAbudAndari (Diretor Comercial da Eletromidia). Ainda no Conselho Superior, Daniela Ferro (Diretora Geral de Mídia da Artplan), Guilherme Jahara (CCO da F.Biz), Luis Baselli (Head of Craft da Flagcx),  Marcio Junior (Diretor de Criação da Leo Burnett Tailor Made),  Ricardo Real (Diretor de Criação da Script), Roberto Oliveira (Executivo de Negócios da Elemidia) e Rudimila Borges Maia (CEO do Grupo Coruja).

Leia Mais
1 2
Página 1de 2