close

Itamar Peixoto

Opinião

Qual o departamento mais importante de uma agência?

Creativos BR

Já parou pra pensar qual atividade merece maior destaque/prestígio? O processo de desenvolvimento de comunicação é bem complexo, necessita que áreas correlatas caminhem alinhadas em prol de um objetivo em comum. Atendimento, Planejamento, Criação, Mídia, Produção, Digital entre outras juntas e misturadas na mesma missão. Mas qual é o departamento mais importante de uma agência?

Muito fácil. Departamento de Mídia, é claro. Obviamente esta é a área mais importante. Afinal, é ela a responsável por gerenciar o maior montante de investimento do cliente. É preciso muita sagacidade pra definir entre “n” possibilidades aquelas que se comunicarão com o target conquistando os melhores resultados para os KPIs definidos e ainda convencer o cliente que o plano apresentado terá abrangência, audiência e a frequência de impacto ideal pra atingir níveis satisfatórios de share of mind e cumprir os objetivos da campanha.

Será? E a mensagem? De nada adianta o anúncio encontrar o receptor certo na hora certa se a mensagem não for convincente. O anúncio precisa ter um tom adequado e estar bem amarrado a um conceito capaz de gerar valor para marca e firmar seu posicionamento. E, para que essa mágica aconteça, é preciso contar com toda a sensibilidade daqueles profissionais que defendem com unhas e dentes a linha criativa “desenhada”. Então seria o departamento de Criação o mais determinante? Ou seria o departamento de Produção que de fato faz a coisa acontecer, que transforma os “sonhos” mirabolantes dos criativos em realidade, impressa ou eletrônica? Verdadeiros malabaristas que desafiam o tempo equilibrando prazo de produção, de aprovação, fechamento de arquivo e etc negociando hoje com fornecedores demandas que deverão ser entregues ontem.

Opa, calma lá. De onde vem a base de tudo isso? É merecedor de toda reverência aquele que entende a realidade do cliente e com maestria contextualiza tudo em um briefing curto o bastante pra ser interessante ao mesmo tempo em que é longo o suficiente para ter todas as informações para embasar todos os outros departamentos. O departamento capaz de vetar peças antes de sair da agência, atento às nuances do mercado e abraça (ou deveria) a missão de gerar negócios é, definitivamente, o Atendimento o mais importante.

Um tal de Abraham Lincoln disse a seguinte frase “Se eu tivesse oito horas para derrubar uma árvore, passaria seis afinado meu machado”. Nitidamente pela proporção dá-se a entender que dentro de um job o Planejamento é o detentor da maior importância. Mas o Digital vem com força total crescendo, multiplicando e se diversificando em estratégias cada vez mais incríveis gerando leads cada vez mais quentes, afinal #somostodosconectados.

Bom, o desfecho dessa história é que não existe um departamento mais importante que o outro, cada qual merece seu destaque dentro de suas competências. E se existe um departamento de maior importância dentro de uma agência ele se chama “Departamento Cliente”, que inclusive precisa daquele resultado frutos da integração de toda a agência.

 

Leia Mais
Digital

Spotify testa novo formato de anúncio

CREATIVOS BR – BLOG DO CRESPO – DIGITAL – SPOTIFY TESTA NOVO FORMATO DE ANÚNCIO

Para alguns usuários free da plataforma pioneira do streaming musical, Spotify, começaram a aparecer “músicas patrocinadas” entre suas playlist’s. Esta é a aposta para promover os hits de uma maneira mais suave. A proposta é que as gravadoras invistam nessa mídia para disseminar suas músicas.

Consciente de que este tipo de publicidade pode gerar rejeição aos ouvintes, o Spotify informou ao portal TechCrunch que visa garantir que o usuário tenha uma boa experiência e seja impactado por músicas compatíveis com suas preferências considerando o estilo reproduzido no momento. Este formato é de teste, e só será lançado ao mercado se o sucesso for comprovado.

O Spotify atingiu recentemente o marco de 50 milhões de assinantes, superando a Apple Music. Analisando as suas funcionalidades, o Spotify se destaca bem. Além de possuir grande diversidade de listas e rádios, o streaming roda em diversos aparelhos incluindo smart TVs e carros e tem boa integração com o Facebook.

Segue o som.

Leia Mais
Eventos

Prêmio Colunistas 2017 (50ª)

CREATIVOS BR – BLOG DO CRESPO – PREMIO COLUINISTAS 2017

Em sua quinquagésima edição, o prêmio Colunistas consolida sua história ao lado da história do marketing e comunicação brasileira. Desde 1967 foram centenas de premiações evidenciando e reconhecendo trabalhos notórios, ideias ousadas e inovadoras.

A iniciativa da Associação Brasileira dos Colunistas de Marketing e Propaganda (ABRACOMP) tem como objetivo destacar os melhores trabalhos nas seguintes categorias: Mídias Integradas, Filme, Rádio, Mídia Impressa, Mídia Exterior, Digital, Branded Content, Técnica, Promo e Live, Marketing Direto, RP, Design, Mídia e Inovação. A premiação também contemplará Agência do Ano, Anunciante do Ano, Publicitário do Ano, e Profissional de Propaganda do ano como reconhecimento aos profissionais de maiores destaque entre as premiações.

Segundo o regulamento, tanto empresa quanto pessoa física podem se inscrever, desde que o job contemple planejamento, criação, aprovação ou produção. Os trabalhos podem ter sidos veiculados no Brasil ou no Exterior entre janeiro de 2016 e outubro de 2017. O que será levado em conta é a localização da equipe de criação responsável. O interessado que deseja se inscrever precisa instalar um software disponível no site www.colunistas.com.

Para chegar a difícil conclusão entre diversos jobs geniais, os jurados terão como critérios: originalidade, pertinência, adequação ao target, qualidade estética e estilística (design), clareza das informações, qualidade de produção, benefícios para o cliente e responsabilidade social.

Inscreva aquele job digno e partipe. Mais informações www.colunistas.com

Veja o VT vencedor do Grande Prêmio de Filme 2016

“Helicóptero”, da ALMAPBBDO para O Boticário / Malbec Noir.

Leia Mais
Marketing

Quer namorar comigo?

CREATIVOS BR – BLOG DO CRESPO – MARKETING – QUER NAMORAR COMIGO

Hoje é dia! Dia dos namorados celebrarem a relação, o amor. É dia de buscar aquela inspiração “shakespeariana” e homenagear a(o) gata(o). Vale ressaltar que quanto mais criatividade tiver, mais impressionante será. E o que temos pra hoje além de jantares românticos e trocas de presentes é um panorama do que este dia representa para o mercado.

Há indícios de que no Brasil essa data tenha surgido em São Paulo, em meados de 1949. Mas por que 12 de junho, se países como Inglaterra e Estados Unidos já comemoravam o Dia dos Namorados ou Valentine’s Day em 14 de fevereiro?

Reza a lenda que esta definição foi fruto de ação de marketing com objetivo de alavancar as vendas no mês de junho. O briefing foi da loja Clipper. João Dória (pai do atual prefeito de São Paulo), foi quem criou o slogan “não é só com beijos que se prova o amor”. Inspirada no Santo Casamenteiro, marcando as vésperas do dia de Santo Antônio, a ideia trouxe o prêmio de Agência do Ano para Standard Propaganda. Segundo o portal Exame, a data de hoje é tida como a terceira data mais importante para o comércio no brasil.

De acordo com estudo realizado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a expectativa é que o Dia dos Namorados movimente cerca de R$ 1,65 bilhão (projeção de crescimento de 2,5%) no comércio brasileiro, representando um pequeno sinal de recuperação da economia. Para concretizar tal número, algumas empresas utilizam a propaganda como ferramenta para alcançar seus objetivos de marketing.

É notável que as marcas venham apostando em diversidade e aproximação do público. Veja alguns exemplos.

A GOL trouxe casos reais de namoros a distância.

A Cavaleira homenageou casais com a campanha #AmorSemLimites.

Pluraridade foi a proposta da C&A.

E aí, qual campanha de Dia dos Namorados chamou mais sua atenção?

Leia Mais
Vai e vem

Marcelo Sousa é o novo Presidente da ABRADI

CREATIVOS BR – BLOG DO CRESPO – VAI E VEM – MARCELO SOUSA NOVO PRESIDENTE ABRADI

Marcelo Sousa, Diretor Executivo da MarketData, pós-graduado em Marketing e mestre em Administração de Negócios, assume a Presidência da Associação Brasileira dos Agentes Digitais (ABRADI) após a renúncia de Anderson de Andrade, em Assembleia.

Após 8 anos de compromisso com os agentes digitais, Anderson, que atuou na ABRADI desde 2007, passando por cargos como Tesoureiro, Vice-Presidente e Presidente (desde 2014), encerra sua larga contribuição por necessidade de maior dedicação aos seus negócios. Segundo ele, a associação hoje é reconhecida pelos seus pares da indústria da comunicação no país como uma entidade que soma para multiplicar, sem competição, com foco na cooperação mútua. Em carta publicada no portal da ABRADI, expressa sua gratidão a todos que fizeram parte de sua trajetória.

A prioridade da gestão sucessora será a continuidade do plano estratégico 2016-2018, de acordo com o atual Presidente Marcelo Souza: “(…) proporcionar que a nacional e as regionais atuem com ainda mais sinergia. Também queremos aproximar a associação a outras entidades do setor, buscando apoio mútuo em questões que afetam a todos, como por exemplo, a regulamento da privacidade de dados pessoais. Além disso, queremos ajudar os agentes digitais a terem um papel mais estratégico para seus clientes. E para isso precisamos buscar novas formas de capacitação, principalmente no que se refere ao domínio das tecnologias de mídia e automação de marketing, uso intensivo de dados e à capacidade de pensar e planejar a experiência do cliente de forma integrada“. Segue a missão.

Leia Mais
Opinião

A nova era da comunicação

CREATIVOS BR – BLOG DO CRESPO – OPINIÃO – A NOVA ERA DA COMUNICAÇÃO

Isso não é uma questão de opinião. Quanto mais estudo, observo e relaciono as diferentes estratégias de comunicação e o que elas influenciam em seus públicos de interesse tenho mais certeza de que o “segredo do sucesso” está na humanização. Precisamos repensar nossas perspectivas de criação, por mais que tenhamos modelos de negócios B2B, B2C e etc. Porque atrás dos CNPJs sempre têm CPFs. E por trás de cada CPF há uma história recheada de emoções, preferências e contextos que com frequência, estão imersos em uma condição bela de metamorfose ambulante.

Hoje, com todos os avanços tecnológicos não deve haver divisão e priorização de canais, a comunicação está cada vez mais se democratizando. A marca que se preza precisa estar acessível nos canais e nos veículos onde seu público se concentra, disposta e aberta a ouvir o que ela tem a dizer. Isso nos convida a uma reflexão desconstrutora e importante: Quem é o real emissor nessa nova era? A comunicação deve ser integrada de fato, o on-line está intimamente ligado ao “off-line”. Cláudia Sciama, Diretora de Varejo do Google Brasil disse no Think With Google: “para os consumidores não existe mais divisão entre os canais, o próprio cliente é o canal”.

O cliente deve ser o foco, e a solução o objetivo. Mudar a maneira como se enxerga um negócio é urgente! Empresas que se capacitam a ajudar o cliente a comprar têm mais espaço que as que querem vender, porque o consumidor busca confiabilidade e tem informações sobre o produto/serviço na palma da mão. Devemos, então, construir marcas interessantes e não interesseiras.

A internet é democrática e, ao mesmo momento em que dá voz e força às pessoas, também promove a captação de informações que podem (e devem) ser usadas para criar cada vez mais experiências de proximidade que de fato vão fazer diferença para as pessoas. O Marketing de massa morreu, agora estamos em outra era, um tanto quanto imediatista e que requer agilidade.

A comunicação e o marketing precisam se integrar desde a origem, a relação entre a empresa e agência deve ser tão próxima quanto à relação entre empresa e cliente final, para de que fato seja comunicada a essência da marca.

Pense. Não é sobre as melhores ferramentas, é sobre as melhores formas de se comunicar.  Mas isso é só uma questão de opinião.

Leia Mais