close

Itamar Peixoto

Publicidade

Mascote da Cofap está de volta

Cofapinho-mascote-da-cofape-esta-de-volta-publicidade-creativosbr

O cãozinho da raça Dachshund, vulgo “salsicha”, está de volta aos holofotes em nova campanha da Magneti Marelli Cofap Aftermarket, para divulgar a versatilidade da linha de amortecedores para diferentes condições de dirigibilidade.

A Cofap é uma das maiores empresas de autopeças do Brasil e, segundo Mônica Cassaro, diretora de marketing e comunicação da empresa, o mascote é o personagem mais conhecido do mercado brasileiro de autopeças. Vale ressaltar que o cãozinho teve enfática presença na comunicação da marca nas década de 80 e 90.

A campanha procura destacar conforto e segurança, e resgatar o valor da marca através de mensagens para evidenciar que não existem obstáculos para a linha de amortecedores da marca, independentemente do trajeto. A veiculação está prevista até junho de 2019 e se dará por rádios, mídia impressa especializada e mídias digitais.

 

Confira atuações anteriores do mascote:

 

 

 

Leia Mais
Mídia

MullenLowe inova em ação de rádio

MullenLowe inova em ação de Rádio – CreativosBR – Mídia

Para anunciar a smart TVS full HD, a Casa&Vídeo realizou uma ação na Rádio Globo um tanto quanto inusitada. No último domingo, 29 de abril, durante a transmissão do jogo Ceará x Flamengo, do “Brasileirão”, os torcedores que acompanhavam pelo rádio foram surpreendidos por uma espécie de “replay em alta definição”. Em todos os lances importantes do jogo o locutor Luiz Penido narrou replays chamando atenção para os detalhes como o suor escorrendo na testa, os pelos dos braços arrepiados ou mesmo os fiapos de grama presos ao calção do jogador.

A ação de “Replay” foi desenvolvida pela MullenLowe Brasil com direção de criação de Eduardo Salles e Gil Pinna.

Confira o vídeo da ação:

Leia Mais
Marketing

Saiba como a AdoroCinema usou Big Data para encontrar influenciadores

Saiba-como-a-AdoroCinema-usou-Big Data-para-encontrar-influenciador- Marketing-CreativorBR

Em parceria com a Fox e com a Sony, o site AdoroCinema utilizou estratégia baseada em dados para convidar microinfluenciadores relevantes para estreia de “Com Amor, Simon”. Para esta ação, foram cruzadas as informações de 25 milhões de visitantes mensais do site com cerca de 500 seguidores das redes sociais. Foram convidados mais de 2 mil usuários do site para sessões de pré-estreia em nove cidades do Brasil, entre eles psicólogos, professores e pais com seus filhos.

Também foi realizada outra ação similar para divulgação de “Pedro Coelho”, filme infantil da Sony Pictures, baseada em inteligência de dados. Com a finalidade de gerar maior identificação e proximidade entre os telespectadores e o filme, os usuários do AdoroCinema com nome idêntico ao personagem receberam convite para uma sessão especial.

Segundo Antoine Clauzel, diretor-geral do AdoroCinema, a empresa pretende ter maior integração com seu público e afirma: “Queremos criar uma ‘sinergia digital’ ainda maior com nossos usuários para que eles comentem sobre os filmes que assistiram, gerando buzz e mais informações, que – por sua vez – poderão ser usadas em novos projetos. A riqueza desses dados permite ações inovadoras de branded content e de ativação de público”.

Leia Mais
Mídia

OMO SPORTS ATIVA MARCA EM JOGO DO BRASILEIRÃO

OMO SPORTS ATIVA MARCA EM JOGO DO BRASILEIRÃO – MÍDIA – CREATIVOSBR – CORINTHIANS

Em ação da campanha “Cada Gota de Suor Marca”, da OMO, neste domingo (15), durante o jogo Corinthians e Fluminense, o logo OMO Sports surgiu com muito suor no uniforme preto e branco, na área de patrocínio máster do Corinthians. A ação criada e implementada pela F.Biz inovou utilizando tinta hidrocrômica para revelar a marca Omo Sports conforme os atletas se movimentavam e suavam em campo.

“A OMO está constantemente inovando e trazendo produtos que resolvem de primeira, para que as pessoas possam aproveitar os momentos que marcam. E assim como OMO é uma das marcas mais lembradas e usadas pelos brasileiros, o futebol é um dos esportes preferidos. Nada melhor para mostrar que cada gota de suor marca do que se associando a um esporte que conecta e emociona as pessoas”, destacou Giovanna Gomes, diretora de marketing de OMO.

Para se manter inovadora, além de desenvolver o produto, a OMO apostou no patrocínio com camiseta especial que reage ao suor evidenciando o logo da linha sports, feito em tinta transparente. A ação integra campanha de lançamento da OMO Sports e tem o intuito de reforçar a marca em momentos marcantes de diversão, superação e bem-estar.

A comunicação foi sustentada por plano de mídia com filme publicitário em TV aberta e fechada, além de mídia digital. Confira:

 

Leia Mais
Marketing

#aculpanãoédosmacacos: Ponte Preta lança campanha contra violência aos macacos

a-culpa-nao-e-dos-macacos-marketing-creativosbr

Clube entrará sem o escudo na camisa e vai usar a Macaca, seu mascote, para divulgar campanha de conscientização em parceria com secretarias de saúde. Estádio Moisés Lucarelli terá posto de saúde com vacinas a partir das 19h45, na entrada do portão principal

“Macaca querida, amor da minha vida, sou louco por você”. Nas arquibancadas, a torcida já faz reverências à Macaca, mascote que representa a história ponte-pretana. Nesta quarta-feira (11), a Associação Atlética Ponte Preta lançará, em parceria com a Secretaria da Saúde do Governo do Estado de São Paulo e a Secretaria Municipal de Saúde de Campinas, a campanha #aculpanãoédosmacacos, com objetivo de ajudar na prevenção à febre amarela e conscientizar a população sobre a violência praticada contra os macacos.

A ação começa às 19h45, quando abrirem os portões para o confronto contra o Timbu, com dez agentes de saúde dentro do Majestoso, no portão principal, para a aplicação de vacinas. Até 21h45, hora do pontapé inicial, serão disponibilizadas cinco mil doses para os presentes no local. Vale ressaltar que, antes da vacinação as pessoas devem conferir se estão aptas a tomar a vacina da febre amarela e deverão ter em mãos a carteira de vacinação. Informações sobre os grupos de risco da vacina estão disponíveis no site do Governo do Estado de São Paulo e da Secretaria Municipal de Campinas.

No duelo, os jogadores entrarão em campo com uma camisa sem o escudo do time e a #aculpanãoédosmacacos em seu lugar. A ideia é que o escudo seja “oferecido” aos macacos para que eles se defendam das agressões.

“A Ponte Preta busca atuar sempre em ações sociais e, neste caso específico, ficamos muito felizes em poder ajudar numa questão de conscientização de saúde pública. Além disso, ninguém gosta mais de macaco do que a gente”, afirma Eric Silveira, diretor de Marketing da Associação Atlética Ponte Preta.

Nas redes sociais, influenciadores também vão aderir à causa divulgando a #aculpanãoédosmacacos e reforçando a conscientização do combate à doença através da vacinação.

“A Ponte Preta é um dos clubes mais tradicionais do Brasil e sempre teve voz representativa nas questões sociais. A cidade de Campinas possui uma relação histórica com o combate à febre amarela e, atualmente, está sofrendo com a maneira como estão tratando os macacos em virtude da doença. Por isso, pensamos em uma ideia simbólica que espalhasse uma mensagem de proteção aos animais e, ao mesmo tempo, falasse da conscientização sobre a vacinação”, afirma Rodrigo Rivellino, sócio da aktuellmix, agência que auxilia a Ponte na ação.

De acordo com o últmo Boletim Epidemológico da Febre Amarela disponibilizado pelo Governo do Estado de São Paulo (2 de abril de 2018), foram 689 mortes de primatas não-humanos (PNH) desde julho de 2017. Cerca de 1/3 desses animais estavam na região de Campinas. Entre os humanos, são 433 casos autóctones (infecções no próprio território) e 163 mortes confirmadas pelo tipo silvestre da doença no Estado de São Paulo desde o ano passado, e 1273 casos no Brasil todo, do período de janeiro de 2017 a 2 de abril de 2018. Não há casos de febre amarela urbana no país desde 1942.

É importante ressaltar que os macacos não são transmissores da febre amarela mas, sim, vítimas. Os animais são erroneamente culpados pela disseminação da doença, quando na verdade são ‘sentinelas’, auxiliando na identificação da circulação do vírus e na definição de ações preventivas de saúde.

No País, o número de macacos assassinados é grande e tem aumentado cada vez mais. De acordo com a Vigilância Sanitária e do Controle de Zoonoses do Rio de Janeiro, foram 253 macacos executados, representando 42% do total de 602 macacos mortos em 2017. Em janeiro deste ano, 144 macacos mortos foram recolhidos pelo órgão, dos quais 99 (69%) haviam sido executados.

“O Governo do Estado tem se empenhado ao máximo para proteger a população contra a febre amarela. Somente em 2018, já vacinamos mais de 7,3 milhões de paulistas e queremos ampliar a cobertura vacinal. Iniciativas como essa, em parceria com a Ponte Preta, nos auxiliam a alcançar mais pessoas não apenas do ponto de vista da imunização, mas também da conscientização sobre a importância de preservar a população de primatas não humanos, fundamental para nossas ações de vigilância epidemiológica e prevenção”, afirma o secretário de Estado da Saúde de São Paulo, David Uip.

Febre Amarela e a História de Campinas

No século XIX, Campinas quase foi erradicada por conta da epidemia de febre amarela urbana, segundo historiadores e pesquisadores. Em 1889, a cidade chegou a apenas 5 mil habitantes e registrou 58 mortes em apenas um dia. O auxílio do Rio de Janeiro, principalmente, e de outras regiões do Brasil foi determinante para a recuperação da população. Lycurgo de Castro Santos Filho e José Nogueira Novaes, autores de “A Febre Amarela em Campinas 1889-1900”, destacam nas páginas do livro que a “fênix renascida foi de propósito escolhida como o símbolo da cidade”, justamente pelo ressurgimento da cidade como uma potência nacional após o crítico período no fim dos anos 1800.

 

Leia Mais
Vai e vem

Contratação em massa na Tribal Worldwide

Contratação-em-massa-na-Tribal-Worldwide-CreativosBr-Vai-e-Vem

A Tribal Worldwide realizou uma sequência de contratações: treze novos funcionários chegaram para melhorar a entrega estratégica da agência. Maju Strasburg traz a experiência acumulada entre Neogama, WMcCann e Isobar para o cargo de diretora de planejamento. Para ocupar os cargos de gerentes, a equipe agora conta com Gustavo Santos, com bagagem da Dentsu, WMcCann e Nike, e Anderson Espanha, com passagens em Dtoz, Fabrica e Rapp Brasil.

 

A equipe de supervisores agora é composta por Graziela Rovito, com experiência em AlmapBBDO, Lew’Lara e Publicis, e Lucas Zem, que já passou pela Neogama, JWT e Grey. Vinicius máximo (ex-KTBO Brasil e LiveAD) assume a coordenação e conta com assistência de Vinicius Vicente (ex-Y&R), e os estagiários Jackson Paiva, Juliana Araújo e Marcela Santos.

 

Os reforços são grandes e vieram também para equipe de conteúdo, que agora conta com a coordenadora Stephanie Bordignon, trazendo sua experiência da Petiscos, Glamour e L’Officiel, além das analistas Jéssica Raposo (ex-W3Haus, Hypermarcas e Weber Shandwick), Gabriela Campagnucci (ex-Ampfy, W3Haus e VM2) e o estagiário João Pedro Oliveira

Leia Mais
Marketing

Estadão evolui portal para tornar a leitura mais atrativa

Estadão evolui portal para tornar leitura mais prática – CREATIVOS BR – MARKETING

Com o intuito de melhorar a experiência dos seus leitores digitais, o jornal O Estado de São Paulo renovou a identidade visual do seu site para tornar a leitura mais prática. O novo design destaca as notícias por relevância temporal e demarca seções fixas para reportagens especiais e para a TV Estadão. As imagens ganharam mais destaques com as manchetes disponibilizadas na horizontal, contudo, na versão mobile a disposição segue vertical. Segundo o veículo, a velocidade de abertura da página aumentou em 20%.

O projeto de reestruturação durou sete meses e trouxe também novos espaços de publicidade. O formato – chamado de skyscraper – pode ser aplicado tanto na horizontal quanto na vertical. As novidades do portal visam aumentar a lembrança de marca dos seus anunciantes. A distribuição dos anúncios de maneira que acompanhe o fluxo de leitura do usuário é aposta para que isso aconteça.

Além disso, o Estadão já começou os preparativos para a 4ª Edição do Prêmio Desafio Estadão Cannes. Nesta edição serão premiados os profissionais de criação e de mídia das agências e anunciantes nas categorias: Multiplataforma, Impresso e Branded Content. A premiação também conta com o Brief Desafia com o tema “Conscientização Sobre Fake News”. Confira no site.

Para aumentar o engajamento na premiação, o jornal distribuiu uma réplica do seu troféu ex-Libris, para que os publicitários customizem como preferirem. A ação foi criada pela Giusti Comunicação.

Leia Mais
Publicidade

Provocações como estratégia publicitária

Provocações como estratégia publicitária – Creativos Br – Nextel – Ruivo

A propaganda comparativa vez ou outra movimenta o cenário das grandes marcas com sutis provocações com a concorrência. Entre os casos globais mais “famosos” temos as rivalidades Coca-Cola x Pepsi, e também Mc Donalds x Burguer King. Apesar da publicidade comparativa ser permitida na legislação brasileira (Art. 32 do CONAR), não é tão comum essa prática quanto na cultura norte americana.

Contudo, a necessidade do discurso publicitário pressupõe comparações: diretas ou indiretas, sobre concorrentes ou mesmo apenas sobre comportamentos e anseios de consumidores. Para Juliana Albuquerque, gerente Jurídica do Conar, o que prevalece é a informação. O conteúdo do anúncio precisa esclarecer o consumidor.

Já que tocamos no assunto, a Nextel lançou no último final de semana um VT provocando praticamente toda a concorrência. Inclusive protagonizado por João Cortês, ator que ficou conhecido atuando em campanhas da Vivo. Confira:

E se você é adepto ao tom provocativo, veja abaixo a brilhante sacada da Forbes, só que neste caso a provocação não é para a concorrência e sim para uma sociedade inteira. Veja o “início” desta ação de posicionamento contra a corrupção e de valorização ao empresário sério; a Forbes criou em conjunto com a Ogilvy e a empresa de tecnologia Nexo.

O projeto, apesar de ainda estar em andamento, foi baseado em inteligência artificial e machine learning. O intuito é que a imprensa posso entrevistá-lo até o fim deste mês e que a publicação chegue às bancas a partir de 16 de abril.

As opiniões quanto a publicidade comparativa são inúmeras e controversas. Há quem enxergue como antiética, agressiva e desnecessária, mas também há quem veja com bons olhos o “burburinho” que pode gerar e pensa nesse tipo de abordagem como criativas e oportunas. E você, o que acha desse tipo de posicionamento?

 

Leia Mais
Mídia

Google promove plataforma de inteligência artificial

Mídia-CreativosBr-Google promove plataforma de inteligência artificial-inteligência-artificial

Durante a cerimônia do Oscar 2018, o Google lançou uma nova campanha global com o objetivo de promover sua inteligência artificial: Google Assistant. Seu novo produto atuará como um assistente em tempo integral, dando suporte para a organização do dia a dia.

O anúncio criado internamente pelo Google Creative Lab traz Jonh Legend, Sia e Kevin Durant preocupados com uma série de tarefas que poderiam muito bem colocar o Google para fazer o chamado “Make Google do it.”

Para o Google, é um Google individual e sempre pronto pra ajudar. De acordo com o Brainstorm9, o anúncio pode ser apenas o começo de uma grande campanha, com diversas mídias, para divulgar o Google Assistant. Confira:

Leia Mais
Mídia

Licitação para concessão de banheiros públicos gera mais mídia OOH em São Paulo.

Prefeitura-SP-Banheiro-Mídia-CreativosBR

A prefeitura de São Paulo lançou, na segunda-feira (19), edital para iniciar o processo licitatório para concessão de banheiros públicos. O contrato prevê exploração de espaço publicitário em troca do serviço. O governo, com auxílio da SPObras, abriu na terça-feira (20) consulta pública para esclarecer dúvidas sobre o projeto. Os interessados poderão enviar dúvidas e observações até o dia 27 no site da prefeitura.

A empresa vencedora terá contrato de 25 anos com a prefeitura, e será responsável pela instalação, manutenção e higienização de 500 banheiros fixos e 100 móveis na cidade. Em contrapartida, terá direto de exploração publicitária dos espaços. A vencedora terá prazo de 8 meses para entregar 400 banheiros fixos e mais 4 meses para entregar o restante previsto no contrato.

Para vencer a licitação, a empresa deverá apresentar a maior oferta e a melhor proposta técnica, considerando o planejamento de manutenção e exploração publicitária. Os banheiros poderão ter anúncios fixos em até duas faces de no máximo 2 m². O projeto tem base na Lei Cidade Limpa, que instituiu os editais de concessão dos relógios de rua, administrados pela JCDecaux, e dos abrigos de ônibus, administrado pela Otima.

Vale acrescentar que recentemente a Otima expandiu para 40 estações do metrô sua cobertura de mídia em Wi-Fi. A empresa passa a desenvolver e gerenciar a plataforma comercial do Wi-Fi das linhas Verde, Vermelha e Azul. De acordo com Anderson Santos, Head de Planejamento Estratégico da Otima, a empresa visa colaborar para que São Paulo se aproxime do conceito de “smart city”.

Leia Mais
1 2 3 4 5 7
Página 3de 7