close

Jacqueline Menassa

Publicidade

Retail Media aposta na digitalização da Rede Varanda

Empresa de DOOH do Grupo Seed acaba de assinar com a rede de Empório
gourmet.

A Retail Media, a empresa de mídia out-of-home especializada em digital
do Grupo Seed, acaba de anunciar que a Rede Varanda é o mais novo
varejista de seu portfólio. Conhecida pelo seu público triple A, a rede
está presente com seu empório nos Shoppings Cidade Jardim e Pátio
Paulista, além de sua sede na Ponte Cidade Jardim.

Leonardo Tavares, Diretor de Marketing do Varanda, menciona que “Já
estávamos com o pensamento de digitalização da loja e neste meio tempo
iniciamos uma negociação com a Retail Media. Entendemos que mais que
publicidade, os painéis em LED são uma poderosa ferramenta de
comunicação junto ao nosso consumidor, além de trazer um ar de
modernidade ao ambiente”.

“Assinar com o Varanda e poder se comunicar com o público qualificado
que frequenta suas lojas, nos possibilitará estender o roteiro premium
de nossas telas”, afirma Cristiano Tassinari, sócio e Diretor Executivo
da Retail Media.

Tassinari ainda explica que, pelas especificidades da Rede Varanda, a
Retail Media investiu em formatos 100% em LED, afim de agregar valor e
oferecer um charme especial ao espaço.

Leia Mais
Publicidade

Bayer lança aplicativo inovador para ajudar mulheres a entenderem o fluxo menstrual

fonte: divulgação

Com o apoio de Intimus®, marca da Kimberly-Clark, aplicativo Fluxo Menstrual ajudará a medir a quantidade de sangue perdido durante o ciclo menstrual, a fim de auxiliar mulheres a identificar sangramento uterino anormal.

 

A divisão farmacêutica da Bayer, multinacional alemã, acaba de anunciar o lançamento do aplicativo Fluxo Menstrual para ajudar as mulheres com o cálculo do volume do sangue perdido na menstruação, visando identificar, principalmente, se possivelmente apresentam quadro de Sangramento Uterino Anormal, conhecido como SUA. A novidade chega no mercado como uma inovação tecnológica aliada da saúde feminina e faz parte da terceira edição da campanha “Não é Normal”, que consiste em divulgar informações de qualidade a respeito da condição.

O SUA é definido pela perda excessiva de sangue menstrual e afeta uma em cada três mulheres, de acordo com Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia (FIGO). Mas não é só isso. A condição interfere na qualidade de vida dessas mulheres, impactando em aspectos físicos, sociais, emocionais e até materiais.

“Um estudo feito com 6 mil mulheres diagnosticadas com SUA apontou que cerca de 75% delas disseram que a intensidade do fluxo é um grande inconveniente na rotina¹. Elas sofrem em silêncio porque acreditam que o desconforto é normal. Por isso, é fundamental questionar este estigma e estimular as mulheres a identificarem que não é normal se sentir mal e é preciso, muitas vezes, buscar ajuda de um ginecologista. SUA é uma condição médica que precisa ser tratada”, destaca a doutora Thais Ushikusa, ginecologista, obstetra e Gerente Médica de Saúde Feminina na Bayer Brasil.

Desenvolvido em conjunto com a Universidade Britânica de Keele e com o apoio de Intimus® marca de cuidados femininos da Kimberly-Clark, a ferramenta, ao ser alimentada diariamente com informações sobre o fluxo menstrual, permite identificar o volume de sangue perdido por meio de pictogramas, um tipo de desenho. O método de quantificação do fluxo menstrual, validado por meio de estudos científicos, consiste na comparação da quantidade de sangue absorvida pelos absorventes íntimos mais utilizados pelas mulheres brasileiras com estes pictogramas.

Ao se cadastrar no app, a usuária deverá informar qual absorvente costuma usar, para que as informações de coleta dos dados menstruais sejam ainda mais precisas. Entre as opções disponíveis, estão os absorventes externos Intimus® Dia&Noite, Intimus® Tripla Proteção e Intimus® Noturno. Há também os absorventes internos Tampax® de tamanhos regular, super e super plus e a opção do absorvente interno o.b.® ProComfort® nos tamanhos mini, médio ou super,  e, caso a usuária não esteja usando nenhum dos absorventes descritos para comparação via pictogramas, poderá selecionar a intensidade entre pequenas gotas de sangramento, leve, moderado, intenso ou muito intenso.

Ao final do período menstrual um relatório é gerado e, se o indicador quantitativo de SUA for atingido – mais de 80ml de perda de sangue por ciclo – a ferramenta informará a usuária e a incentivará a agendar uma consulta com um profissional de saúde. Vale lembrar que o aplicativo não substitui a consulta com um médico, que é o único que poderá diagnosticar a condição e oferecer o tratamento correto em cada situação.

 

A ferramenta já está disponível para download nos sistemas IOS e Android. Além disso, todo o conteúdo relacionado ao aplicativo Fluxo Menstrual também estará disponível na plataforma de Intimus®, a Kira (www.kira.intimus.com.br), que conta ainda com informações sobre ciclo menstrual, saúde íntima e sexualidade.

Leia Mais
Mídia

RedeTV! desenvolve conteúdos especiais para o Facebook

Divulgação

A RedeTV! está lançando um boletim informativo com a cobertura completa dos assuntos de destaque no Brasil e no mundo, pensado especialmente para o Facebook. O projeto é fruto de uma parceria entre a emissora e a plataforma para a criação de conteúdos endêmicos ao digital com ênfase no jornalismo informativo e fortalecer a distribuição de notícias seguras dentro da plataforma.

Produzido pela RedeTV!, o ‘Agora!’ reúne os principais acontecimentos do dia em um formato dinâmico e moderno, utilizando uma linguagem coloquial multiplataforma, a fim de proporcionar a melhor experiência de consumo para quem busca conteúdo jornalístico com credibilidade e informação segura.

O projeto reforça o posicionamento da emissora como produtora de conteúdo distribuído em diferentes verticais. Reconhecida por seu DNA tecnológico, a RedeTV! é aliada da inovação e aposta na oferta multitelas, concentrando investimentos no digital. Em 2018, a emissora fundou a Peanuts Content, empresa voltada para a produção, gerenciamento, comercialização e distribuição de conteúdo exclusivo multiplataforma.

A RedeTV! e o Facebook também estão juntos em mais um projeto de inovação da plataforma. O Facebook anunciou recentemente um programa de investimento para apoiar veículos de notícias e impulsionar o jornalismo profissional no país. Assim como a emissora, outras 19 instituições integram o “News Innovation Test” do Facebook, uma iniciativa que tem como objetivo trazer mais links de artigos de notícias para a plataforma, além dos que já são compartilhados pelos veículos em suas Páginas na rede social.

“Para nós da RedeTV! é uma honra mais uma vez fazer parte de um grande projeto em parceria com o Facebook. A ideia de unir forças com o intuito de atingir algo maior e mais relevante entre quem produz a notícia e quem a interioriza é o que mais nos motiva em projetos disruptivos como o News Innovation Test. Compartilhando as nossas propriedades editoriais e, logo, distribuindo a eficácia na verificação e compromisso com o factual de nossos profissionais com o nosso parceiro, estamos juntos estimulando a abrangência cultural e promovendo o debate de ideias, sendo uma fonte de informação segura à nossa comunidade.”, declara o presidente da RedeTV!, Amilcare Dallevo.

A criação de novos conteúdos específicos para a plataforma contempla ainda os projetos: ‘Leitura Dinâmica Plus’, com dicas culturais e lançamentos de séries, filmes e músicas; ‘Minha História’, um espaço para relatos verídicos de adversidades e ‘Nerd’, que aborda notícias das grandes franquias dos quadrinhos e games.

Leia Mais
Mídia

RedeTV! apresenta novidades no programa Encrenca

A RedeTV! reuniu um time de apresentadores e criadores de conteúdo com milhões de seguidores nas mais variadas plataformas para compor o novo elenco do Encrenca, que continua nas noites de domingo no mesmo horário, às 20h, porém totalmente renovado.

Seguindo o objetivo de dar mais dinâmica ao programa, fortalecer o conteúdo, a distribuição em múltiplas telas e conectar o público em uma experiência interativa completa, a emissora anuncia que Júlio Cocielo, Victor Sarro, Viny Vieira, Fernanda Keulla e Caio Pericinoto irão comandar a nova temporada do Encrenca a partir deste domingo (3).

Além do novo elenco, a temporada traz quadros inéditos e ainda mais espontaneidade, diversão e bom humor, preservando todas as características que fazem do formato original um grande sucesso nas noites de domingo das famílias brasileiras.

Para a direção-geral e direção executiva do programa, a RedeTV! convidou respectivamente João Kléber e Rafael Paladia. Um dos principais humoristas do país, João Kléber possui mais de 30 anos de experiência na televisão. Trabalhando ao lado de Chico Anysio e Chacrinha, com passagens por diversas emissoras dentro e fora do país, sempre foi um criador de formatos, roteirista e redator. Rafael Paladia, profissional com mais de 20 anos de trajetória, é experiente diretor, produtor e responsável por grandes sucessos. Ambos se preparam para um novo desafio em suas carreiras.

Leia Mais
Mídia

GDB apresenta nova estrutura comercial e anuncia contratações

Empresa traz cinco reforços e se reorganiza em verticais, oferecendo soluções de mídia determinantes para as estratégias de negócios de 300 dos principais anunciantes nacionais

O GDB, empresa global de mídia e privacidade, estabelece uma nova estrutura em seu departamento comercial com a contratação de quatro head of sales: Ana Canton, Camilla Veiga, Heloísa Lopes e Tiago Matos. Eles respondem ao sócio e CBDO (chief business development officer) Emerson Calegaretti, formando uma organização composta por quatro verticais que visam ampliar a cobertura de oportunidades no mercado brasileiro – cada uma focada em áreas estratégicas da economia.

Dessa forma, o GDB passa a atender o mercado publicitário de forma setorial, com profissionais especialistas por segmentos da indústria que incluem bens de consumo, higiene e beleza, financeiro e automotivo, dentre outros. Esse modelo proporciona um time mais alinhado ao mercado e às marcas, levando visão consultiva e melhores soluções de negócios para cada segmento e mais assertividade na entrega da campanha.

Ana Canton atua há 14 anos na área comercial de grandes veículos de comunicação, como Editora Abril, Folha de S.Paulo e Grupo Perfil Brasil, passando por setores como tecnologia (Mercado Livre) e influenciadores (FHits). Já Heloísa Lopes tem passagens por empresas como Rede Bahia, Folha de S.Paulo, jornal El País e Ydigital Media, além de presidir o comitê UX Mobile da IAB. Tiago Matos está há nove anos no mercado de mídia digital, passando por empresas como Yahoo!, Terra Network, Portal R7 e DM9DDB (onde atendeu a conta digital de Itaú). Já Camilla Veiga acumula passagens por Aliansce Sonae, Boo-Box/FTPI, Marca 21 Comunicações, Fit Media e Auwe Digital.

“Cada uma das quatro verticais tem um head of sales, liderando equipes de executivos, que fazem prospecção de novos negócios; e os account managers, cuja principal função é garantir que as expectativas na contratação das campanhas sejam atendidas. Existe ainda o suporte de uma equipe especializada em privacidade, que atua diretamente com clientes, escritórios de advocacia, consultorias e empresas de TI. O objetivo é ter gente dedicada e especializada em um tema complexo e ainda novo no mercado”, explica Emerson Calegaretti.

Reforçando seu time de heads, o GDB anuncia ainda uma quinta contratação. Trata-se de Nanachara Xavier, que assume o posto de head of strategic planning, que dará apoio integral à liderança comercial. Ela reúne passagens por SBT, Record, Cyrk/Gauge, F.biz, iProspect e Grupo RBS, além de ter experiência em produtoras de reality shows.

“Soluções de mídia são determinantes em estratégias de negócios, seja ampliação de conhecimento da marca, lançamento de produtos ou definição de novas categorias de consumo. Conhecer melhor os anunciantes e seus desafios nos ajuda a planejar e entregar uma mídia que resolve problemas. Por isso, decidimos por essa nova organização comercial, trazendo uma estrategista que vai apoiar o setor. Nosso objetivo não é vender mídia, mas soluções para problemas concretos”, resume Guilherme Soter, CEO do GDB.

Leia Mais
Publicidade

Netinho de Paula passa o bastão do quadro “Um dia de Princesa”

Apresentador convida o filho ViniGram para ser o novo príncipe

Para quem acompanha programas de televisão, sabe o tamanho do sucesso do quadro “Um Dia de Princesa” comandado por Netinho de Paula, principalmente no início dos anos 2000.

De volta no programa É da Gente, apresentado por Netinho e veiculado todos os domingos às 20h na Rede Brasil, “Um dia de Princesa” terá agora um novo “príncipe”, onde o apresentador passa o bastão para o filho ViniGram.

Vini que é cantor, compositor e empresário, já trabalhava nos bastidores do programa, e assumir a responsabilidade de realizar sonhos de uma pessoa, em um dos quadros mais importantes da televisão, é ao mesmo tempo uma realização e um grande desafio, além de ocupar o lugar de uma das figuras mais carismáticas do Brasil.

“Ver meu pai fazer esse trabalho incrível, mudando a vida das pessoas, contando histórias reais, levando amor por aí …. Com certeza foi um pilar que sempre esteve dentro de mim e, agora, com grande alegria do mundo, eu posso anunciar que estou assumindo, ao lado do meu pai, a missão de continuar contando essa história. De pai para filho”, fala ViniGram.

O novo príncipe quer modernizar e entende que o conceito de ser princesa hoje em dia mudou muito do que era na década de 90 e início dos anos 2000, mas a proposta de tornar esse dia inesquecível, continua a mesma.

“Um dia de Princesa” que é um grande legado para a família De Paula por todo seu sucesso e representatividade, começa agora um novo ciclo!

 

Leia Mais
Opinião

O Youtube está sendo esquecido? Veja o porquê

Já percebeu que não se ouve tanto falar do YouTube recentemente? Ele foi sendo deixado de lado durante os anos? Qual o motivo disso?

 

Anos atrás, o Youtube era a principal (e quase única) maneira de se assistir vídeos online para se entreter. A plataforma se tornou um marco na história da internet e todos passavam muito tempo lá. Mas de tempos para cá pudemos perceber que as coisas mudaram. Com tantas opções de streaming e de outras redes sociais, o YouTube acaba se apagando em meio a uma enorme variedade de “concorrentes”.

Vemos que o que gera engajamento, agora, são vídeos curtos e diretos, sem tanta enrolação. Em questão de segundos, o usuário decide se vale a pena gastar um minuto do seu dia naquele conteúdo ou não. Não é atoa que vemos o sucesso estrondoso do TikTok ou dos reels do Instagram. Porém, esse dinamismo não é o diferencial da plataforma.

Outro fator acaba sendo o algoritmo, que é pauta para muitos youtubers e ex-youtubers há anos. A maneira com que a plataforma prejudica alguns conteúdos e beneficia outros é, muitas vezes, desleal. Por isso, muitos criadores desistem dela e acabam migrando para outras plataformas. Um exemplo claro são os  milhares de gamers e streamers que decidiram seguir nova carreira na Twitch, fazendo lives e ganhando muito mais lucro e visibilidade.

Falando nisso, já parou para pensar que o YouTube quer ser tudo, menos ele mesmo? Calma, vou explicar. Acredito, sim, que as plataformas precisam mudar e se atualizar de acordo com o público. Porém, será que o YouTube está fazendo isso corretamente? Na plataforma, há muita coisa acontecendo: shorts (vídeos curtos, quase como o TikTok), espaço para fazer publicações, opção de comunidade e membros, histórias (como os stories do Instagram)… é como se houvesse uma perca de identidade. Por mais que dizemos anteriormente que as pessoas costumam optar por conteúdos mais rápido, ainda há espaço para vídeos mais longos e elaborados.

Se o objetivo é se manter influente, o YouTube deveria focar em dar suporte aos criadores e usuários que ainda estão na plataforma. Melhorar o algoritmo para entregar o vídeo certo para o público certo é o ideal. Quem nunca foi recomendado para um vídeo absolutamente nada a ver com os seus gostos? Quantas vezes você já viu canais com 1 milhão de inscritos, mas com apenas 10 mil visualizações em seus vídeos? De nada adianta copiar os concorrentes e negligenciar seu próprio público, o resultado é claro: novos usuários não vão aderir e os antigos irão sair.

Além disso, gostaria de fazer um adendo sobre um dos maiores incômodos do YouTube atualmente por inúmeros usuários: a quantidade de propagandas. Muitas vezes deixamos de assistir um vídeo por conta do enorme número de anúncios que eles têm. Mesmo sabendo que são os criadores que colocam as propagandas nos seus vídeos, ainda acredito fortemente que o principal culpado é, novamente, o algoritmo da plataforma. Se os vídeos dos canais fossem realmente entregues pros inscritos, mais pessoas assistiriam e menos propaganda seria necessário para manter as receitas dos criadores.

 

Mas é claro, não podemos esquecer que o YouTube ainda continua sendo a maior plataforma para se assistir vídeos online e ele ainda é muito útil. Quando queremos algum tutorial, vídeo aula, ou vídeos mais objetivos, esse é o lugar correto. E ainda possui muito conteúdo bom, e é ótimo para divertir as crianças, por exemplo. Por outro lado, o número de criadores na página vem caindo, e isso é algo a se levar em conta.

O que você acha de tudo isso? Possui algo a acrescentar ou não concorda com o que foi dito aqui? Fala pra gente aqui nos comentários!

 

 

Leia Mais
Publicidade

Retail Media leva espaço publicitário DOOH às lojas do Hirota em casa

Anunciantes já podem exibir suas marcas para público selecionado, em 32 lojas da capital paulista.

 

Especializada em mídia DOOH nos ambientes de consumo, a Retail Media, empresa do Grupo Seed, finaliza a primeira fase da instalação de suas telas digitais de alta definição nas lojas “Hirota em Casa” em São Paulo.

“Estamos animados em poder oferecer ao mercado esse circuito digital, contribuindo, especialmente, nas estratégias que visam impactar o público de condomínios residenciais e ampliar a visibilidade das marcas”, comemora Mario Leão, Diretor Nacional de Vendas da Retail Media.

“Além dos monitores, instalamos sensores WiFi tracking com o objetivo de conhecer o comportamento do consumidor neste novo ambiente, com insights de fluxo, frequência, recorrência e horários de pico”, comenta Vanessa Ebarra, Head de Comunicação e Marketing da Retail Media.

Nesse momento, as telas da Retail Media já estão presentes em 32 lojas Hirota em Casa, em importantes condomínios da cidade.

“Depois de trabalhar juntos nos supermercados da rede, temos a satisfação de levar as telas da Retail Media aos condomínios. É uma forma de comunicação inovadora, que traz resultados imediatos”, ressalta Helio Freddi Filho, Diretor de Expansão e Comunicação do Grupo Hirota.

O Grupo planeja inaugurar mais 20 lojas “Hirota em Casa”, fechando 2021 com 64 operações em funcionamento.

 

Sobre a Retail Media

A Retail Media é uma empresa de mídia digital out of home do Grupo Seed que trabalha com comercialização de espaços publicitários indoor. É especializada em telas digitais estrategicamente posicionadas para captar a atenção e impactar o consumidor, especialmente nos ambientes de consumo, como supermercados, pet centers e drogarias. A área de cobertura atual conta com varejistas atuantes nas principais regiões do Brasil, como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Recife e Fortaleza.

www.retailmedia.com.br

Leia Mais
Publicidade

Psicologia das fontes e o seu poder no mercado

Você já parou para pensar em como uma marca te faz sentir apenas por ver seu logo?

 

A psicologia das fontes é o estudo dos tipos de tipografia e em como diferentes fontes impactam os leitores psicologicamente, emocionalmente e até comportamentalmente através do subconsciente. Nesse post, iremos te mostrar o uso de alguns estilos tipográficos e como marcas as utilizam para mostrar para os clientes sua personalidade rapidamente.

 

Fontes serifadas

Essas fontes são as mais tradicionais e uma das mais usadas. São associadas com algo mais tradicional e ao mesmo tempo são modernas. Acabam sendo mais legíveis em papel impresso, pois guiam o olhar do leitor.

  • Em marcas, é associada com confiança, respeito e formalidade.

Exemplos de logotipos que utilizam a serifa:

Sans Serif (sem serifa)

São fontes modernas que engajam. São usadas por marcas que querem demonstrar simplicidade e objetividade. Na maioria das vezes, são associadas com tecnologia e inovação. São mais legíveis em telas e são mais versáteis que as serifadas.

  • Em marcas, são associadas com confiança, modernidade e minimalismo.

 

 

 

Fontes manuscritas ou Script fonts

São a escolha perfeita para algo mais elaborado e delicado, fazendo com que o texto fique mais detalhado e chique. Também usados em convites, pelo fato de que acabam sendo algo mais humano e natural.

  • Em marcas, associada com elegância, criatividade e felicidade.

 

 

 

Display e fontes decorativas

São uma das fontes mais versáteis, pois podem se transformar em basicamente qualquer coisa. Usualmente são uma escolha popular visando o seu grande impacto na personalidade de qualquer marca, sendo fáceis para diferenciá-las através de um logo.

  • Em marcas, associada com diversão, originalidade e personalidade.

 

 

 

 

Lembrando que essas dicas não servem apenas para os logos, mas também para as plataformas onde sua marca estará (tipografia do site ou dos posts nas redes sociais, por exemplo).

Para aplicar personalidade a sua marca, primeiro tenha em mente o que ela acredita e o que ela quer passar ao público. Depois, veja nessa matéria qual fonte acaba combinando mais. Então, é só fazer as modificações necessárias e pronto.

Percebemos que todos esses logos são bastante originais, e transmitem sentimentos diferentes. O que faz sua marca se destacar de muitas outras? Esperamos que essa matéria tenha ajudado e te inspirado!

Fonte: divulgação

Leia Mais
Publicidade

Inclusão digital: adaptar para deficiências e limitações

Você já parou para pensar quais desafios pessoas com alguma deficiência enfrentam? Mais do que isso, o conteúdo que você produz é feito pensando nas dificuldades que muitos possuem ao consumi-lo?

 

Já não basta viver no mundo offline cheio de obstáculos, quando pensávamos que na Internet tudo ficaria mais fácil, nos deparamos com mais problemas. Existem vários aplicativos e ferramentas para facilitar a vida dessas pessoas, mas nem tudo são flores. Esse tema nem sempre é muito abordado ou tem a devida atenção, mas precisamos nos inteirar e conversar sobre isso.

 

O que é?

Vamos começar do começo. Caso você seja leigo nesse tema, ou não saiba ao certo sobre o que se trata, a gente te explica. A internet acabou se expandindo muito rapidamente. Temos tudo o que precisamos nela e disso você já sabe. Mas, e as pessoas com alguma deficiência? Elas também usam a Internet e possuem os mesmo direitos que o resto da população: ter acesso às informações.

A inclusão web nada mais é a democratização do acesso. A Internet é um recurso de inclusão e a acessibilidade remove barreiras para pessoas com algum tipo de limitação.

Por que pensar em acessibilidade digital para pessoas com deficiências?

Bom, podemos citar alguns dos vários motivos. Se não começarmos a pensar nessas pessoas, estamos excluindo todas elas de obter informações que elas precisam ou gostariam de saber. Isso tira totalmente a autonomia dessas pessoas, fazendo com que essas precisem de ajudas de outras para apenas navegar em algum site, por exemplo.

Além disso, mostra para outras pessoas que sua empresa ou perfil pessoal tem empatia, e é isso que as pessoas mais desejam ver, principalmente em um mercado de trabalho. Com a inclusão, você abrange o mercado e atinge cada vez mais pessoas, tendo em vista que se não pensarmos nisso, excluiremos parte da população (e não são poucas pessoas não. De acordo com o IBGE, existem cerca de 15.750.969 de brasileiros com alguma deficiência).

 

Agora que você já sabe melhor sobre o tema e sua importância, vamos colocar em prática com alguns exemplos.

 

Legendar vídeos e imagens

Felizmente, mais usuários estão legendando seus vídeos. E não é tão difícil quanto parece, pois já existem aplicativos que legendam seus vídeos automaticamente.

Sim, você leu certo! Para usuários de leitores de tela, legendar imagens também é fundamental e é para isso que o Texto Alternativo existe. Faça descrições adequadas evitando opiniões pessoais (por exemplo, em uma foto de um cachorro, apenas o descreva, não fale que ele é bonitinho).

E quando terminar, não se esqueça de colocar as Hashtags dos movimentos “#PraCegoVer e #PraTodosVerem”para alcançar ainda mais pessoas.

Cuidado com certas cores

Seu site está preparado para receber daltônicos? Nem sempre as pessoas enxergam do mesmo jeito que você. Por isso, tome cuidado com certos tons mais claros, dê contraste e use texturas quando possível, para que assim, pessoas com daltonismo tenham facilidade em entender a sua mensagem.

Outra alternativa, mas não tão acessível para todos, é desenvolver um modo daltonismo. Isso já é implementado por algumas empresas, principalmente a de jogos.

Sobre os emojis

Sim, as carinhas são bonitinhas e expressam muitas reações. Mas para pessoas que dependem da leitura de tela, acaba não fazendo tanto sentido, pois as definições são um tanto quanto inusitadas. Mas se for usar, use essas ‎😊e não símbolos como este : )

 

Esses foram apenas alguns dos muitos exemplos e atitudes que podemos colocar em prática no nosso dia a dia. Pratique e pense em como ajudar que você verá a diferença, de verdade, vale a pena. Parece muito complexo, mas solucionar é bem mais fácil do que parece.

 

 

 

 

Leia Mais
1 2 3
Page 2 of 3