close

Lucas Vicentini

ConteúdoMarketing

E-mail Marketing: a estratégia que pode transformar o seu negócio online

Hoje você pode estar pensando que mandar e-mails para clientes é sinônimo de spam, mas não é bem assim. O e-mail marketing é uma das principais estratégias do marketing digital, e se for bem feito, pode alavancar muito o seu negócio online.

Simplificando, o e-mail marketing consiste em capturar o e-mail dos visitantes do seu site e de pessoas que te acompanham, com a permissão deles, claro, e assim colocá-los em uma lista de e-mails, podendo enviar conteúdo, ofertas, campanhas de vendas e diversas coisas no momento que quiser.

Existem estudos que mostram que dificilmente alguém vai comprar o seu produto logo na primeira vez que o ver, e isso é normal, por isso é importante ter um contato frequente com seus visitantes.

E como capturar o e-mail?

Na maioria dos casos, é através de uma isca digital, podendo ser um e-book, minicurso, algo que o seu cliente queira. Dessa forma, você oferece esta isca de graça, e em troca ele passa seu e-mail.

Com essa estratégia, você pode personalizar sua comunicação de acordo com cada cliente, gerando um relacionamento fiel, algo mais pessoal. É possível também, utilizar uma sequência de e-mails automática, enviando a mensagem certa, para a pessoa certa, no momento certo! Isso com certeza irá aumentar sua produtividade e gerar um engajamento com seu público.

Testar horários, mensagens, estratégias de copy ou até realizar pesquisas, para conhecer ainda mais seus leads, são algumas das diversas vantagens que essa estratégia oferece.

Um dos fatores que te diferencia dos outros, é a maneira como você se comunica com seus leads, tirar dúvidas, auxiliar após a venda, dar dicas exclusivas, conversar de maneira humana. Tudo isso são formas de gerar confiança e ter um bom posicionamento no seu nicho de mercado.

São visíveis os benefícios que o e-mail marketing oferece; atualmente, uma das maneiras mais efetivas e baratas para vender. Se você ainda não utiliza, provavelmente está deixando de ganhar ainda mais dinheiro.

Existem diversas ferramentas que auxiliam você nesse processo, basta fazer uma boa pesquisa. Obrigado por chegar até aqui e espero que tenha gostado.

Leia Mais
Publicidade

As 3 etapas do processo criativo de Walt Disney

Não é novidade que ser criativo pode te ajudar em diversas profissões. Além de despertar a inovação, também ajuda na tomada de decisões. E quando falamos de inovação e criatividade, não podemos deixar de pensar em Walt Disney

O autor e consultor de programação neolinguística Robert Dilts estudou o processo criativo de Walt Disney em seu livro “A Estratégia da Genialidade Vol. 1”.

Robert mostrou que Disney desenvolvia suas criações em um processo que consiste em olhar o mesmo problema com três perspectivas diferentes. Veja de uma maneira simplificada como era esse processo:

O sonhador – Nesta primeira etapa, ele sonhava sem limites, usava toda sua imaginação para criar seus personagens e ter diversas ideias sem pensar no lucro e em outras questões, críticas não eram bem-vindas.

O realista – Após ter tido as ideias e colocá-las no papel, agora Walt tinha que pensar em meios para colocar em prática, o objetivo era sair dessa etapa com seu plano de ação já estruturado.

O crítico – O momento de analisar o projeto com um olhar mais crítico, para aperfeiçoar as ideias e encontrar possíveis falhas. Nessa etapa, Disney gostava de ouvir as críticas de outras pessoas que trabalhavam com ele.

Todo o processo é mostrado com mais detalhes no livro de Robert Dilts, que junto de Walt Disney, analisa Mozart e Aristóteles, onde ele oferece uma visão do método com base nos princípios da programação neolinguística.

O método não é nem um pouco complexo, o que mostra que você pode usar em seus projetos. Walt era uma pessoa normal, que apenas exercitou a criatividade, ou seja, se ele conseguiu chegar aonde desejava, você também pode conseguir!

Leia Mais