close

Rafaela Oliveira

Eventos

Tudo sobre o Fest’ Up 2021

O Fest`Up é um evento online que aconteceu no último final de semana, de 1 de outubro a 3 de outubro, realizado pela APP (Associação dos Profissionais de Propaganda), responsável por incentivar e apoiar atividades relacionadas ao mercado publicitário, com presença de grandes nomes da área.

O tema do ano de 2021 foi “o diálogo com a tecnologia humanizada”, a abertura do evento foi com a Luciana Rodrigues, presidente da Grey, e em seguida, apresentação da Banda Cannoli S/A. No sábado, o papo iniciou com um assunto que ganha destaque e importância, “Rompendo barreiras” em conjunto com o Perifa Lions, encorajando, preparando os jovens de baixa renda e incentivando que conseguem entrar no mercado de trabalho, assunto liderado por Hércules Pereira e Daniela Lima, head of culture na agência Cow Purple e diretora de conteúdo na BETC, respectivamente.

No mesmo dia, o evento contou com palestrantes sobre conteúdo, performance, mídia e dados, tecnologia e inovação e empreendedorismo, com altos cargos de principais empresas como, W/MCcann, ESPM, Grupo Empreenda e muito mais. Nos intervalos, contou pela primeira vez com o APPCAST ao vivo.

Já no terceiro e último dia, os inscritos tiveram oportunidade de entrar em salas de mentoria para discutirem e refletirem sobre o tema desse ano, e para o encerramento, Silvio Soledade, Antonio Toledano, Celso Vergueiro e Renata Alcalde, presidente, vices e diretora, contaram um pouco sobre a dinâmica e desafios do evento.

Adstream, Globo, Ótima, SBT Games e Teads foram os apoiadores para todo o evento acontecer e os parceiros foram, ESPM, BigBee, Compasso Colab. E então, acompanharam o festival deste ano?

Leia Mais
Mídia

New Office apresenta nova Sales Manager

Valeria Guerra responderá ao Diretor Nacional de Vendas, Mário Leão.

 

A New Office, a agência de comunicação do Grupo Seed focada no mercado de mídia, acaba de ganhar reforço na área de vendas. Como Sales Manager, Valeria Guerra terá o desafio de fomentar a participação publicitária nos shoppings atendidos pela empresa.

 

Com mais de 20 anos de experiência com veículos de comunicação e o mercado publicitário, Valeria reúne passagens pelo SBT, Elemidia, TV Bandeirantes e Editora Caras. Agora, ela assume uma posição estratégica de identificar e criar novas oportunidades de mercado para os shoppings centers da New Office.

 

“Estamos muitos felizes com a chegada de Valeria à New Office. Sua experiência e visão estratégica serão fundamentais para fortalecermos nossa atuação por todo Brasil”, afirma Mário Leão, Diretor Nacional de Vendas.

 

Leia Mais
Publicidade

Anunciantes iniciam a compra de mídia programática no OOH através da plataforma DV360

Neste mês de setembro a b.drops apresentou ao mercado uma grande novidade, a possibilidade de compra de mídia programática no Out of Home, via a plataforma Display & Video 360 do Google.

A principal vantagem da compra de mídia ooh via programática é a transparência e controle sobre a campanha, onde o anunciante tem total precisão e controle de onde e quando sua campanha está sendo exibida, pois a cobrança é feita apenas quando o anuncio é veiculado em cada tela e confirmado pela plataforma.

Hoje a b.drops dispõe 100% do seu inventário disponível a venda na plataforma, e as negociações de preço e período segue sendo realizada por sua equipe comercial, que negocia o deal diretamente com a agência, que então com os detalhes da negociação, realiza a compra e insere o vídeo na plataforma.

“Os anunciantes já estão acostumados a comprar mídia online na plataforma DV360, agora eles apenas passarão a comprar suas campanhas no OOH por esta mesma plataforma”, explica Frederico Viante, sócio da b.drops.

Já neste mês de Setembro, Natura, LG e Clu_B, marca masculina do O Boticário, estão com campanhas na b.drops com a compra realizada através da plataforma.

“Eu acompanhei a chegada na programática no mercado de online e vi como revolucionou o mercado, acredito que o mesmo ocorrerá no mercado de OOH”, afirma Renato Mascarenhas, diretor comercial da b.drops.

 

Sobre a b.drops

A b.drops possui telas instaladas em mais de 800 salões de beleza e barbearias das principais cidades brasileiras, com o objetivo de entreter a cliente enquanto está sendo atendida, com cerca de 1.600 telas em locais estratégicos, como em frente ao lavatório, espelho de corte de cabelo e área de manicure.

Sobre o Display & Video 360

O Display & Video 360 é a evolução e a consolidação do DoubleClick Bid Manager, do Campaign Manager, do Studio e do Audience Center. Ele oferece uma ferramenta única para todas estas atividades: planejamento de campanhas, criação e gerenciamento de criativos, organização e aplicação de dados de público-alvo, localização e compra de inventário e avaliação e otimização de campanhas.

Leia Mais
Conteúdo

Branding: tudo o que precisa saber para sua marca

Branding é, basicamente, todo o processo que envolve planejamento, elaboração, marketing, divulgação de uma marca. É com esse trabalho que as marcas se consolidam no mercado, viram referência e conquistam a confiança de seus consumidores. Trazendo um conceito mais prático, aquele momento em que pensamos em um serviço e/ou produto e associamos, automaticamente, a uma marca, este trabalho é o branding, um processo longo, mas que mostra sua importância para a gestão de uma marca.

Essa estratégia constrói uma personalidade para a marca, o que aproxima sua relação com o cliente, o que traz benefícios, já que gera um diferencial competitivo, o que faz preferir sua marca ao invés das concorrentes. No entanto, como fazer isso?
Uma estratégia de branding demanda muita pesquisa, estudo e planejamento. Para um trabalho eficaz precisa de ajuda de profissionais especializados e de uma agência, onde o resultado será ainda mais preciso.

Trago dois exemplos dessa estratégia para familiarizarem-se mais:

Identidade visual:

Entender os objetivos, qualidades mais marcantes auxiliam numa identidade de marca mais consciente, e representa visualmente o que está vendendo;

PDV:

São pontos de venda, e importantes no processo de compra, considerando o lugar onde a maioria das decisões são tomadas. Portanto, o branding deve ser trabalho para a identidade da marca ser bem reforçada. Por isso, expor os produtos no lugar certo é trabalhado, e no caso de eventos, utilizar stands de degustação, brindes, atrai as pessoas.
Ter uma empresa trabalhada com branding é criar uma boa percepção dela, sendo mais visível aos olhos do público por mais tempo.

Gostou do texto?
Compartilhe com alguém essa leitura.

Leia Mais
Conteúdo

3 dicas para o seu phygital

A volta dos consumidores nas lojas presenciais é possível com o avanço da vacinação em adultos e jovens, e com isso vem o dilema de como as marcas estão lidando com essa era de inovação, principalmente a categoria de varejo, já que o modo como compramos mudou drasticamente.

Existe uma urgência em atrair esses compradores e estão apostando em novidades sensoriais e digitais nos espaços físicos para aprimorar a experiência nas lojas. Apostam em conteúdos para e-commerce, mídia de marketing tradicional e, principalmente, mídia social, como já vimos algumas dicas anteriormente no texto da Sophia Furlan. Com essa necessidade, a tendência é integrar os estúdios de conteúdo nas próprias lojas; este conceito é conhecido como “phygital”, junção do espaço físico com o digital, unir o melhor dos dois espaços. Já v

Três maneiras de se beneficiar com o phygital:

1- trate a loja como um conteúdo para as vendas no digital:
É comum muitos usarem as lojas para atender os pedidos online, mas o papel de fazer compras em lives também estão acontecendo com frequência, exemplo de marcas que já estão aderindo: Walmart, Ulta, Samsung. Pioneiros nesse modelo de compra são os países China e Estados Unidos, a categoria de beleza já é rotina esse tipo de compra;

2- A loja será o palco dos conteúdos nas redes:
O papel das mídias sociais e a divulgação dos influenciadores para mostrar os produtos já se tornou essencial para o público se reconhecer e criar afinidade com tal. A utilização de recursos de produção no ambiente da loja, demonstra um cenário elegante e alinhada com uma marca moderna e focada numa cultura de tendência;

3- Estabeleça um destino único e de experiência:
À medida que o tráfego ganha força, as marcas responsivas estão oferecendo aos clientes ambientes que oferecem a conexão e o conteúdo, para exemplificar isso temos a marca sul-coreana Villa de Mûrir; a loja é dividida em quatro áreas. No térreo ficam o Beauty Shop, espaço para compras, e o Open Studio, estúdio de produção do conteúdo social, no segundo nível é localizado a Makeup Shop, que oferecem serviços de cosmética e, por último, o Café da marca.

O futuro é phygital, e tem como destino de reimaginar as lojas físicas para trazer experiencias emocionantes e outras formas participativas de engajamento. Agora é a hora de considerar como sua marca pode criar seu próprio ambiente ao estilo “collab house”.

Leia Mais
Marketing

New Plus anuncia a chegada de Kênia Araújo como sua CSO

A New Plus, agência de trade marketing do Grupo Seed focada na ciência do consumo e em dados, comemora a contratação de Kênia Araújo como sua Chief Sales Office (CSO).

Formada em Administração, com MBA em Marketing e Mídias Digitais pela FGV, ela será responsável pelas áreas Comercial e de Novos Negócios da New Plus.

A nova CSO traz na bagagem 12 anos de experiência na Coca-Cola, tendo atuado nas áreas comercial e de trade marketing, inicialmente em sua cidade natal, Cuiabá/MT – onde gerenciou, inclusive, projetos promocionais e de marca da companhia durante a Copa do Mundo de 2014-.

Mobilizada por desafios, Kênia estava em Fortaleza, Ceará, desde que assumiu a coordenação corporativa de Marketing da Coca-Cola e liderava a área de Soluções e Experiências no Varejo, tendo a oportunidade de desenvolver projetos e acumulando know-how em ações no trade com foco na jornada do consumidor.

Sobre a New Plus

A New Plus é a primeira agência de trade marketing a estudar exclusivamente o comportamento do consumidor nos ambientes de varejo. Nascida com o foco na ciência do consumo, a New Plus une tecnologia e expertise para acompanhar a jornada dos consumidores em clusters específicos, gerando conhecimento estratégico para o cliente, contribuindo assim com o aumento de conversões em vendas.

Leia Mais
Marketing

GDB tem nova head de marketing

Glauce Mendes, ex-Globo, Samsung e Terra, assume liderança do departamento na empresa que é especialista em privacidade e mídia digital

O GDB, empresa global de privacidade e mídia, anuncia a chegada de Glauce Mendes, que assume como head de marketing da companhia para o mercado publicitário brasileiro, reportando-se a Guilherme Soter, CEO Latam do GDB.

Publicitária pós-graduada em Marketing Management pela FGV, Glauce atuou nos últimos seis anos na área de trade marketing e comunicação da Globo, focada na construção e posicionamento das marcas digitais para o mercado publicitário. Também traz em seu currículo passagens pela área de marketing de empresas como Samsung, Terra, RBS e Grupo Estado e Fox Film.

“A Glauce traz na bagagem um conhecimento profundo de todo o ecossistema do mercado de agências, anunciantes e empresas de mídia, especialmente com a experiência em transformação digital. Por aqui, ela terá uma atuação 360º, dedicando-se não só às disciplinas de marketing, branding e PR, mas também oferecendo um olhar mais estratégico à nossa excelência de execução, em parceria com os heads de todas as áreas da empresa”, destaca Guilherme Soter.

“Fazer parte da equipe do GDB me traz uma nova perspectiva em um mercado em constante evolução, onde a tecnologia e a inteligência de mídia, junto à crescente e fundamental preocupação com a privacidade, se complementam e oferecem formas novas e muito mais atrativas de garantir a eficácia na comunicação”, complementa Glauce.

Recentemente, o GDB apresentou ao mercado o Compliant Media™️, solução já 100% adaptada ao fim dos cookies e independente dos dados de terceiros, garantindo total privacidade, controle de fraude e brand safety em todas as suas campanhas, já totalmente adequada à LGPD e mantendo as mesmas taxas de eficácia. O modelo já está em prática para clientes globais e locais, como Lenovo e Grupo Petrópolis, entre outros.

Leia Mais
Conteúdo

Social media: a profissão do momento

Nossa atenção está cada vez mais voltada para a internet e as redes sociais. As empresas já entenderam e notaram que necessitam marcar presença no digital. A partir disso, surge a profissão de social media, uma área em ascensão, mas que muitos desconhecem.

Este profissional é responsável por gerar conteúdo, monitorar e atualizar as páginas oficiais de uma marca e/ou empresa nas redes sociais. No entanto, não é somente navegar pelo Facebook ou Instagram; existem outros desafios como manter-se atualizado sempre, para só assim, produzir informações relevantes e gerar engajamento para o empreendedor. Além disso, ter um bom planejamento estratégico e análise de resultados são fundamentais, mas afinal, como se tornar um social media?

Geralmente esses profissionais são formados em publicidade e propaganda, marketing, relações públicas, ou até em administração, considerada uma graduação mais corporativa; o fato é, independentemente da profissão, ser um social media requer muito estudo, dedicação e habilidade.

Primeiro de tudo, entender sobre as redes sociais, de preferência, as funcionalidades avançadas e ter boas referências. O importante é dominar particularidades de cada rede social; facilidades com dados e métricas é uma qualidade diferenciada e criatividade é crucial, mas tudo isso é possível quando se tem sempre vontade de saber mais.

É um mercado que surge novidades a todo momento, por isso, adaptar-se é preciso, assim como ter uma boa comunicação. Existem cursos, especializações que podem auxiliar no conhecimento, algumas delas são:
Google Analytics;
Marketing Digital;
Ads (Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter)
Marketing de conteúdo.

E aí, se interessou em ser um social media?

Leia Mais
Opinião

Influenciadores: ciclo de tendência

Este ano, os brasileiros são os que mais sofrem influência dos influenciadores na decisão de compra de um produto, dados de uma pesquisa feita pela Statista Global Consumer Survey que ultrapassa de 40%. Responsável por isso é o trabalho de marketing de influência que está ganhando cada vez mais relevância e o momento pandêmico que vivemos colabora para os criadores de conteúdo abordarem uma comunicação estratégica para marca. Além disso, existe uma alta expectativa para o crescimento dessa comunicação. No entanto, essa leitura supera os fatos expressados por números.

Responsabilidade, compromisso e, principalmente, autenticidade são características cruciais para influenciar alguém; atualizações e mudanças geradas nos aplicativos, em específico o Instagram, obrigam os criadores de conteúdo uma mudança de comportamento e, consequentemente, reflete em seus seguidores, e a preocupação começa aqui, até onde conseguimos seguir com nossa autenticidade?

Entramos numa rotina de sermos influenciados, impactados a cada minuto com uma nova tendência e o desejo de ter, de pertencimento é despertado em nós, mas quando é conquistado já se cansou de ter visto tal peça diversas vezes e torna-se ultrapassada. Investem o futuro disso na geração Z que possuem forte presença no digital; por um lado temos uma geração muita engajada, desconstruindo hábitos e motivados para mudanças, em contrapartida, uma geração padronizada, querendo e usando as mesmas roupas e produtos. Mas, afinal, com tantos canais de informação, o que explica essa atitude igualitária?

Não há nada que justifique por inteiro essa atitude, e sinto que ninguém tenha uma resposta pois trata-se de singularidade, porém a responsabilidade e reflexão é nossa; nós ditamos e as marcas seguem, não o oposto como muitos acreditam, a marca adere aquilo que a massa gosta e defende para se identificarem com ela, será que nossa mensagem é coerente?

Acredito que este pensamento é sentimento de muitos e está sendo disseminado, e aos poucos a mudança está acontecendo, exemplo disso: investimento e credibilidade naqueles “nano influenciadores”, com cerca de mil a dez mil seguidores, com pequeno alcance em comparação àqueles com maiores números, mas com alto engajamento e que conseguem aproximar sua audiência, gerando identificação com a realidade.

Leia Mais
Entretenimento

RedeTV! estreia ‘Planeta Startup’ em formato omnichannel

Com olhar no empreendedorismo feminino, reality de startups investirá as mais inovadoras ideias do momento

O ‘Planeta Startup’ está de volta. A maior competição de startups do Brasil estreia uma nova temporada, desta vez em formato omnichannel na RedeTV!. Além de conteúdos exclusivos na grade de programação da emissora, os episódios completos serão exibidos no YouTube do canal. Apresentado por Ana Luísa Médici, jornalista, economista e empreendedora, o projeto contempla ainda a veiculação de conteúdos extras no Instagram e Facebook do canal.

A nova temporada está muito mais empoderada. Com foco no momento do empreendedorismo feminino e em ideias que tragam soluções para fazer do planeta um lugar melhor, uma das premissas do processo de seleção é que as startups tenham algo em comum: ao menos uma mulher em seu quadro societário, com no mínimo 20% de participação.

A maior competição de startups do Brasil é uma parceria RedeTV!, Estilingue Filmes e Lumedici. Na primeira fase do reality, 20 startups selecionadas passam por uma criteriosa sabatina de um conselho, composto por grandes nomes do empreendedorismo nacional. Além disso, as startups contarão com mentorias de especialistas para aprimorar seus modelos de negócios. As 10 startups que melhor responderem ao desafio avançam à fase final da disputa, em que terão que preparar um pitch e apresentar para o corpo de jurados, ao vivo.

O ‘Planeta Startup’ revelará três startups vencedoras, que serão premiadas pelo programa e seus parceiros. A primeira colocada leva 1 milhão em investimentos. A segunda, uma oferta de 6 meses de aceleração no espaço StartUp+ no PIC – Product Innovation Center – do Instituto de tecnologia FIT mais 75 mil em Serviços de tecnologia e comunicação. Já a terceira, também 6 meses de aceleração no espaço StartUp+ no PIC – Product Innovation Center – do Instituto de tecnologia FIT mais 25 mil em Serviços de tecnologia e comunicação no próprio FIT.

Leia Mais
1 2 3
Page 1 of 3