close

Sophia Furlan

Marketing

7 DICAS PARA MELHORAR A EXPERIÊNCIA DOS SEUS CLIENTES PELO WHATSAPP

O WhatsApp, além de ser um aplicativo de mensagens para as pessoas conversarem, é também uma plataforma muito útil para o pequeno e médio empreendedor manter uma relação amigável e transparente com seus consumidores.
Se você quer aprender como utilizar o WhatsApp para o seu negócio, é só continuar lendo.

Utilize o WhatsApp Business
Muitas pessoas não sabem o que é ou como funciona, tornando mais difícil visualizar o uso da ferramenta para os negócios.
O WhatsApp Business é um aplicativo secundário do WhatsApp voltado para o uso de empresas. Nele, é possível criar etiquetas, como “cliente novo”, “cliente fidelizado” e “prospect”, além de colocar informações importantes sobre o seu negócio no perfil, como site, horário de funcionamento e catálogo.
Gratuito, tudo que você precisa é baixar o aplicativo e cadastrar um número que não seja o seu pessoal, podendo inclusive ser uma linha fixa. A partir daí, o próprio app te direciona para completar o perfil preenchendo todas as informações que ele disponibiliza.
Mais para frente lançaremos um texto falando exclusivamente sobre o WhatsApp Business para você conhecer melhor suas ferramentas.

Seja educado e escreva bem
Agora que você tem o WhatsApp Business, deve ser também educado e escrever bem. Isto, pois o bom atendimento é um ponto essencial principalmente nas vendas online, nas quais você não está vendo o vendedor, além da mensagem escrita trazer mais ruído e interpretações ambíguas. Além disso, escrever mal passa uma imagem antiprofissional não só do atendente, mas também da marca. Desta forma, o usuário pode perder a confiança em comprar seu serviço ou produto.
Coloque alguém educado e com boa escrita para utilizar o WhatsApp da empresa, garantindo conforto e segurança ao consumidor.

Aposte nos áudios
Se você é sozinho na empresa e não se sente confiante o suficiente para escrever para o cliente, aposte nos áudios.
Isto não significa que você deva mandar 3 minutos contínuos de áudio. Utilize-o para passar informações mais específicas, como a precificação do seu serviço ou como ele funciona. Intercale as informações em áudio com a escrita, tornando a conversa dinâmica, rápida e mais interativa.

Use figurinhas personalizadas
Outra forma de não mandar só texto para o cliente são as figurinhas. Crie figurinhas simples de acordo com seu nicho com chamadas como “hoje é dia de crepe!”, “já pediu seu crepe hoje?”, “crepe chegando!”.
Além de você atingir o usuário por outra fonte sem ser os stories, você o deixa com vontade de pedir seu produto – funciona muito bem com comida – além de criar uma experiência diferenciada para ele, interagindo de forma engraçada e leve.

Use emojis
Os emojis são outra forma de se expressar bem, pois transmitem emoções e dão um toque a mais nas suas mensagens.
Com eles, você evita que seu cliente interprete o que você disse como uma “forma seca” de falar. Afinal, o que parece mais simpático: “bom dia”, ou “bom dia <3”?
Além de parecer mais educado na conversa, os emojis também servem para você “enfeitar” a mensagem com emojis do seu nicho. Por exemplo, se você tem um petshop, utilize patinhas, cachorrinhos e gatinhos diferentes para deixar as mensagens com mais cara do seu negócio.
Num aplicativo só de mensagens, pode ter certeza que os emojis farão sucesso para conquistar seus clientes.

Até agora dei várias dicas sobre como melhorar a conversa direta com o cliente, mas você não deve utilizar apenas este método de contato. Aliás, mandar várias mensagens chamando a pessoa para comprar, conhecer coleção nova ou CTAs do tipo pode incomodar e muito, a ponto de bloquearem o seu número, e não é isso que você quer, né?
Portanto, deixe para colocar em prática as dicas até então dadas quando o cliente te chamar, e as figurinhas chamando para comprar duas vezes por semana, variando de acordo com o seu negócio. Se você vende crepe, a pessoa pode querer consumir duas vezes na semana. Se você é um truck de banho e tosa, pode mandar uma vez por semana apenas, já que não é sempre que se manda o pet para estes serviços.

Divulgue pelo Status
Outra forma de impactar seus clientes é através dos status. Assim, coloque promoções, fotos dos produtos e comunicados importantes sobre funcionamento em feriados lá.
Se a pessoa se interessar por algo que você posta, irá te chamar no privado, e aí sim você pode usar e abusar das dicas que dei até então, pois o cliente está interessado em você, e ao invés de incomodar, você estará oferecendo a experiência única que comentei em dicas anteriores.
Como o Status é o “story” do WhatsApp, vale colocar em prática as dicas que dei em outro post sobre como vender pelos stories, também, gravando vídeos seus, explicando sobre os produtos e a marca. Você pode inclusive salvar os stories do Instagram e repostar no Status do WhatsApp, deixando textos bem formatados e chamando ainda mais a atenção do cliente, visto que o status tem ferramentas muito primitivas ainda comparadas com as do Instagram.

Crie PDFs
A última dica é sobre como mandar mensagem direta para o cliente. Ao invés de mandar 20 fotos seguidas mostrando seus produtos, crie um catálogo pequeno em PDF e mande este arquivo único. Desta forma, o celular da pessoa recebe uma única notificação, além de não lotar a memória dela.
Esta prática foi recentemente adotada pelo Sonda Supermercados, mandando seu folheto de ofertas em PDF para a base cadastrada. O cliente gosta por ser promoção, e o empreendedor, nem preciso falar, né?
Além do cliente não rejeitar de cara a mensagem por ser uma só, é uma forma mais fácil ainda dele repassar o PDF para outras pessoas que possam se interessar no seu serviço, portanto reserve sempre na capa as formas de contato com sua empresa, pois certamente virá gente de fora te procurando.

E aí, gostou dessas dicas valiosas de WhatsApp? Já utiliza o aplicativo para vender? Se você conhece alguém que vende por este software, não se acanhe e já mande esta matéria pra ele melhorar a experiência dos seus usuários.

Leia Mais
Conteúdo

ABA e Editora Leader lançam livro sobre marketing e o propósito dos anunciantes

Obra é assinada por Sandra Martinelli, presidente-executiva da Associação Brasileira dos Anunciantes, e tem patrocínio da Leader

“Um Olho no Peixe e outro no Leão – Uma interpretação do propósito dos anunciantes” foi escrito por Sandra Martinelli com o intuito de compartilhar sua experiência na posição de presidente-executiva da ABA (Associação Brasileira dos Anunciantes), que exerce há seis anos. “É uma compilação dos pensamentos construídos nesse período em que estou à frente da gestão executiva da ABA, que tem cerca de 140 empresas associadas responsáveis por 70% do investimento em mídia realizado no país”, explica a autora.
A obra é fundamental tanto profissionais da área de Marketing que querem se atualizar, estudantes em busca de conhecimento e empreendedores interessados em aprender mais sobre a função do Marketing, que diante da pandemia e do novo normal extrapolou o ambiente de negócios.
Sandra explica que o “peixe” é a estratégia que pode ajudar na multiplicação de ideias. Já o Leão é o prêmio à criatividade concedido aos cases diferenciados pela inteligência.
Com seu gosto por escrever, a autora proporciona uma leitura atraente, ao mesmo tempo que transmite conhecimento atualizado e relevante do começo ao fim.
Mas por que propósito? Ela nos esclarece que empresas e marcas assumiram um compromisso maior com o social e o coletivo, atendendo as expectativas de gerações emergentes e de consumidores cada vez mais atentos a aspectos como diversidade e inclusão.
A autora aborda temas essenciais como Marketing Responsável, Publicidade sem estereótipos, Inclusão e Diversidade, Assédio em eventos, Relacionamento com agências, Cannes Lions entre tantos outros que compõem esta obra única em seu conteúdo.
“Como editora na construção desta obra me sinto honrada por apresentar uma obra que nasce para impactar um mercado que é carente em muitos pontos.
Obrigada Sandra Martinelli por fazer parte do Rol de autores da Editora Leader.”, afirma Andréia Roma, CEO da Editora Leader.

“Marketing é diálogo. E as empresas anunciantes precisam dialogar com a extensa cadeia de stakeholders que a sociedade moderna exige. E a ABA, como agente transformador, procura justamente trabalhar nesse coletivo, com ações de marketing que geram valor não somente para as empresas anunciantes, mas para a sociedade. O livro reflete toda a contribuição que a gestão de Sandra Martinelli promoveu para que a ABA seja vista como um grande exemplo de um ecossistema que enfrenta desafios disruptivos, sempre com ousadia, foco e determinação.”, diz Nelcina Tropardi, Presidente da ABA e Vice-Presidente de Sustentabilidade e Assuntos Corporativos da HEINEKEN.

O lançamento acontecerá de forma virtual em 26 de novembro, às 19h00, e contará com a participação da autora Sandra Martinelli, da prefaciadora Nelcina Tropardi, e da coordenadora Andreia Roma.
Para assistir ao lançamento basta acessar https://www.youtube.com/c/EditoraLeader/ ou https://www.facebook.com/editoraleader/.
Para adquirir o livro acesse: https://editoraleader.com.br/livro/serie-lideres-de-marketing/livro-um-olho-peixe-e-outro-no-leao-portugues/

Sobre a autora
É presidente-executiva da ABA (Associação Brasileira de Anunciantes) há seis anos. Atua no Marketing há 36 anos, entre os bancos Unibanco e Santander, e grandes agências, Ogilvy e Grey. Tem MBA pela Dom Cabral, pós-graduação em Propaganda e Marketing pela ESPM, e graduação em Comunicação Social, com habilitação em Relações Públicas. É um dos grandes nomes do mercado brasileiro de Marketing e Comunicação.
Recebeu ao longo de sua carreira mais de 200 prêmios, como o Hall of Fame de Marketing, Marketing Citizen 2018, WFA President’s Awards 2019 e 2020, Dirigente de Marketing do Ano 2019, dentre outros.

Ficha técnica
Livro: “Um Olho no Peixe e outro no Leão – Uma interpretação do propósito dos anunciantes”
Autora: Sandra Martinelli
Editora: Leader
Páginas: 160
Preço: R$ 79,90

Leia Mais
Conteúdo

Divulgada a lista com os finalistas do Prêmio Amigos do Mercado 2020

Desenvolvido para reconhecer o profissional do dia a dia do mercado publicitário de forma democrática e divertida, a quarta edição do Prêmio Amigos do Mercado anuncia os finalistas das 15 categorias. Depois de serem escolhidos pelos 100 gestores, os quais foram indicados abertamente pelo mercado, os finalistas agora terão conhecimento de suas nomeações.

Neste ano, a divulgação dos 150 profissionais finalistas se dará através de uma ação em parceria com a Eletromidia, a qual cederá parte de suas telas em estações de metrô e shoppings da cidade de São Paulo e Rio de Janeiro, além da publicação dos indicados nas mídias sociais do Amigos do Mercado e através de veículos de imprensa.

As categorias desse ano são: Anunciante, Atendimento e Negócios, Business Intelligence, Content, Criação, Estagiário, Executivo de Vendas, Inteligência de Mercado, Mídia, Operações, Planejamento, Professor, Profissional de Apoio, Recursos Humanos, além do Prêmio O Amigo do Mercado.

A votação será aberta aos profissionais do mercado publicitário e ocorrerá exclusivamente no grupo de Facebook do Amigos do Mercado e acontecerá entre 09 e 25 de novembro.

Os vencedores das 15 categorias do Prêmio Amigos do Mercado 2020 serão conhecidos no dia 26 de novembro e premiados em live inédita marcada para 03 de dezembro.

Nesta edição, o Prêmio conta com o patrocínio de: Inarco Troféus, Outdoor Social, Compasso Colab, Editora Globo, Blum Mobile Ads Solutions, Seedtag, Carrega+, Band, Retail Media e Eletromidia.

Conheça os indicados:

ANUNCIANTE
Anna Carolina Campos Lota (LG)
Francisco Batalejo (GM)
Glaucia Martinelli (Vivo)
Helena Bonesio (Volkswagen)
Larissa Oliveira (Alpargatas)
Lindsay Stefani (Diageo)
Rafaela Condolo (Mercado Livre)
Sharon Harison (BRF)
Thiago Baltar (Itaú)
Vanessa Kustner (Claro)

ATENDIMENTO E NEGÓCIOS
Carolina Tebaldi (Artplan)
Cindy Fuji Matsu (Africa)
Isabela Crestana (AlmapBBDO)
Joana Credidio (Y&R)
Karolina Cassares (Leo Burnett Tailor Made)
Lara Bigliassi (W/McCann)
Nathalia Romeiro (Suno United Creators)
Pedro Yoshida (Publicis)
Raphaela Guillen (GUT)
Sabrina Pozella (Pullse)

BUSINESS INTELLIGENCE
Gabriel Matos (Mercado Livre)
Leonardo Scatamburlo (Kantar)
Luis Buosi (Ogilvy)
Marcela Ricardo (Band)
Pedro Debs (Diageo)
Pedro Maia (AlmapBBDO)
Priscila Olegário (Grey)
Rafael Schettini (W/McCann)
Ricardo Minervino (Disney)
Wilker Leal (Ref+)

CONTENT
Catia Fonseca (Band)
Douglas Gomides (Influenciador – LinkedIn Top Voices)
Eduardo Costa (Rádio Itatiaia)
Felipe Torres (DAZN)
Jade Gimenez (Viacom)
Karen Cunsolo (UOL)
Léo Paixão (Chef Mestres do Sabor)
Leonardo Haar (Disney)
Samy Dana (Jovem Pan)
Tatola Godas (Rádio 89 FM)

CRIAÇÃO
André de Aquino Vervloet – Firulo (AlmapBBDO)
Charles Alvarenga (Y&R)
Gabriel Duarte Rodrigues (DPZ&T)
Júlia Mota (GUT)
Márcia Lima (Lápis Raro)
Marília Costa (Leo Burnett Tailor Made)
Renato Jardim (Talent)
Rhaissa Bueno (W/McCann)
Ruan Miller (Leo Burnett Tailor Made)
Val Pacheco (Suno United Creators)

ESTAGIÁRIO(A)
Carlos Alves (Grey)
Carla Costa (Itaú)
Erica Messias (AlmapBBDO)
Gustavo Pereira (Dentsu)
Isabella Rosati (Pullse)
Marcela Costa (KondZilla)
Marco Pacheco Mussato (Sapient AG2)
Raul Alessandri (Bayer)
Ricardo Coelho (LG)
Thais Alves (VML)

EXECUTIVO(A) DE VENDAS
Amanda Lopes (Globo)
Andrea Machado (TV Cultura)
Caju (Rádio 89 FM)
Daniel Stelzer (UOL)
Fernando Nogueira (Record)
Guilherme Melo (Band)
João Romano (Discovery)
Juliana Horta (Google)
Marcos Rosseto (RBS)
Vanessa Gregoraci (SBT)

INTELIGÊNCIA DE MERCADO
Boaventura Júnior (DPZ&T)
Elaine Venga (ZAHG)
Glauco Moraes (Disney)
Isa Geo (Grey)
Jemerson Farias (R7)
João Galera (W/McCann)
Karla David (Y&R)
Mariana Diniz (Rádio Itatiaia)
Melissa Vogel (Kantar)
Renan Iti (AlmapBBDO)

MÍDIA
Bruna Morano (Africa)
César Nery (DPZ&T)
Daniel Guebara (W/McCann)
Gustavo Masson (Suno United Creators)
Kelly Prado (Talent)
Luisa Sotero (Artplan)
Mayara Andrade (Be180)
Pâmela Araújo (Ogilvy)
Priscila Sato (AlmapBBDO)
Priscilla Leite (Publicis)

OPERAÇÕES
Alana Pereira (CNN Brasil)
Edilson Xavier (Jovem Pan)
Fabio Castro (Sony)
Fernanda Andrade Gonçalves (Band)
Marcos Mansur (Disney)
Priscila Moura (SBT)
Rose Lopes (Eletromidia)
Tainá Martins (Teads)
Thais Bilbao (Globo)
Wagner Sena (ADR Media)

PLANEJAMENTO
Alex André (Grey)
André Sinko (F.biz)
Gabriela Tognozzi (Publicis)
Giulia Queiroz (Suno United Creators)
Guilherme Pádua (Wunderman Thompson Brasil)
João Pedroso (Talent)
Larissa Maida (Y&R)
Maira Miguel (Propeg)
Marcelo Yamautti (Pullse)
Maurílio Filho (W/McCann)

PROFESSOR(A)
Adélio Brito (Mackenzie)
Alexandre Reibaldi (Cásper Líbero)
Antonio Terra (UniBH)
Ciça Mattos (São Paulo Digital School)
Cynthya Rodrigues (IAB Brasil)
Gabrielle Fulchelberg (Mackenzie)
Gil Giardelli (ESPM)
Guilherme Treviso (Impacta)
Gustavo Reis (Tecnisa)
Paulo Arruda (Kantar)

PROFISSIONAL DE APOIO
Antônio Fava (W/McCann)
Danielle Nogueira (SBT)
Erick Correa (Publicis)
Jefferson Fernandes (Rádio Capital)
Jefferson Serrato (Pullse)
Jurandir Lima (MullenLowe)
Rosana Alcântara (Band)
Jair Gomes (Grey)
Suzy Cruz Moreira dos Santos (Vivo)
Vera Vidal (Y&R)

RECURSOS HUMANOS
Agda Shami (Discovery)
Cintia Pessoa (W/McCann)
Fernanda Reis (Publicis)
Gustavo Bronzeli (AlmapBBDO)
Juliene Salvan Dias (Band)
Michelle Mica (Talent)
Nayara Ramos (Grey)
Fabíola Kamida (Editora Globo)
Renata Garrido (Publicis)
Silvia Frange (KondZilla)

O(A) AMIGO(A) DO MERCADO
Allan Barros (Pullse)
André França (W/McCann)
Arnaldo Rosa (ABRX Serviços)
Beto Coimbra (Lojas Marabraz)
Gilberto Tota (Record)
Luciana Valério (SBT)
Manzar Feres (Globo)
Paula Vinhas (Viacom)
Priscilla Leite (Publicis)
Rodrigo Famelli (Africa)

O AMIGOS DO MERCADO

Grupo que reúne mais de três mil usuários em grupos de WhatsApp segmentados por região e área de atuação; mais de 33 mil membros no grupo fechado do Facebook e mais de dois mil seguidores no Instagram, o Amigos do Mercado tem por objetivo tornar o mercado publicitário mais amigável. Surgiu em 2015 e, desde então, permite que os membros, através dos canais mencionados, troquem contatos, vagas de emprego, currículos e notícias do mercado publicitário. Além disto, realiza uma série semanal de lives com profissionais de agências, veículos e anunciantes para falarem sobre a área e mudanças que ocorreram em decorrência do período pandêmico.

Leia Mais
EventosConteúdo

Começou o Prêmio Amigos do Mercado 2020

Em 2015, o Amigos do Mercado surge como uma iniciativa para tornar o mercado publicitário mais amigável. Após 5 anos, a iniciativa já contempla mais de três mil usuários em grupos de WhatsApp segmentados por região e área de atuação; mais de 33 mil membros no grupo fechado do Facebook e mais de dois mil seguidores no Instagram.

Nestes canais, o Amigos do Mercado permite que os membros troquem contatos, vagas de emprego, currículos e notícias do mercado publicitário. Além disto, realiza uma série semanal de lives com profissionais de agências, veículos e anunciantes para falarem sobre a área e mudanças que ocorreram em decorrência do período pandêmico.

O maior evento do Amigos do Mercado é o Prêmio Amigos do Mercado, desenvolvido para reconhecer o profissional do dia a dia do mercado publicitário de forma democrática e divertida.

A escolha dos finalistas é realizada por 100 gestores indicados abertamente através do grupo. Estes gestores indicam até 10 profissionais de cada categoria do prêmio, que serão votados pelo público em enquete aberta, elegendo assim os vencedores da 4ª edição da premiação.

As categorias para este ano são: Atendimento, Criação, Content, Executivo, Anunciante, Mídia, Business Intelligence, Operações Comerciais, Pesquisa, Professor, Inteligência de Mercado, Planejamento, Recursos Humanos, Profissional de Apoio, Estagiário, o Prêmio especial In Memorian e o prêmio principal: o Amigo do Mercado.

Neste ano, o Prêmio Amigos do Mercado será um evento prioritariamente digital, com webinars de confraternização para cada etapa da premiação: reunião com os Top 100 Gestores; reunião com os Finalistas 2020; e o Evento dos Vencedores.

Nas edições anteriores do Prêmio Amigos do Mercado, inúmeras empresas apoiaram o projeto. Desta forma, o evento já teve como patrocinadores: Creativosbr, Converge You, IWM Agency, Inarco Troféus, CBN, Grupo Multifaces Brasil, RedeTV!, Globosat, Seedtag, O Globo, Blis, DM Strategic, Caras, b.drops, Outdoor Social, Facebook, Carrega+, Compasso Coolab e Kallas Mídia OOH.

Para ficar por dentro da premiação indicando gestores e votando nos finalistas, acompanhe o Amigos do Mercado em suas redes sociais buscando por @amigosdomercado.

Empresas interessadas em patrocinar o evento deste ano, podem entrar em contato com leandrobernardes@vlcompany.com.br

Leia Mais
Conteúdo

Tenha um bom currículo sem ter experiência

Quando se é universitário é difícil ter qualificações suficientes para as empresas te contratarem, já que buscam experiência ou muitos requisitos.

Hoje trago algumas formas de você construir uma bagagem maior e mais preparada para apresentar às empresas, que vai desde o aprendizado técnico até as tendências de mercado.

Licenças gratuitas do Google
O Google disponibiliza cursos gratuitos com certificado para você aprender a trabalhar com as ferramentas da marca, como Google Ads, Google Analytics e SEO.

Basta dar um Google e começar. Com algum destes certificados, você economiza o tempo do seu futuro chefe em te ensinar a mexer na ferramenta ou o seu próprio tempo, já que muitas vezes você terá que descobrir sozinho como fazer as tarefas do serviço.

Cursos extracurriculares
Ao ter uma bagagem de “talentos” você pode os utilizar na agência. Por exemplo, se você fez Kumon e tem raciocínio rápido para contas, pode se destacar em uma vaga de mídia. Já se você é desenhista ou musicista, fica mais fácil trabalhar em uma produtora de vídeo ou no próprio departamento criativo da agência criando jeangles e ilustrações únicas para os clientes.

O segredo é buscar uma utilidade real das suas skills que antes eram só um hobbie para você, e que agora podem te destacar frente aos demais universitários.

Softwares básicos
Uma coisa é certa: se você faz publicidade, o computador tem que ser seu amigo. Mesmo trabalhando em áreas que o utilizam menos, como o atendimento, ainda sim precisa ter o domínio do pacote básico de softwares: Word, PowerPoint e Excel.

Destes, o que os estudantes mais têm dificuldade é o Excel, por se tratar de fórmulas e raciocínio lógico, mas se você fez Kumon vai tirar de letra. Se você não fez, a faculdade é a hora perfeita para aprender.

Palestras e talks
Pode não ser tão fácil conseguir acesso a talks que são voltados para profissionais já atuantes no mercado, mas se conhecer um professor que apoia os alunos, vale a pena perguntar se ele teria alguma vaga para você em algum desses eventos.

Neles, você não vai aprender a teoria de como funciona trabalhar, por exemplo, com inteligência artificial, mas vai compreender as demandas e ofertas desse mercado nos dias de hoje. Estar atualizado é fundamental na nossa área, e se você consegue se “antenar” de assuntos que são para um público mais maduro, certamente será visto da mesma forma pelo seu entrevistador.

Ainda sim, se não for possível ir a estes eventos, compareça nas palestras universitárias, e não só da sua faculdade. As faculdades públicas possuem várias programações com profissionais da área, e nas particulares, geralmente dá para levar um acompanhante. Então peça para o seu amigo da cervejada um convite pra ir na palestra do Mackenzie e o convide para ir na da Anhembi.

Trocas são sempre bem-vindas e benéficas para ambos.

Estude cases
Uma forma riquíssima de ter ideias para um cliente – e consequentemente estimular a criatividade – é conhecer cases de sucesso e os aplicar para clientes menores de uma forma que dê resultados.
Certamente, você não pode colocar esses cases em seu currículo, mas deve mostrar conhecimento deles durante a sua entrevista, e se tiver freelado e aplicado algum deles ou exercitado na faculdade, vale a pena comentar também.

E aí, gostou dessas dicas para melhorar o seu currículo, skills e se destacar na entrevista de emprego? Então compartilhe esse texto com o seu amigo da faculdade para ele ser um destaque também!

Leia Mais
Conteúdo

06 dicas para arrasar na entrevista de emprego

Se você está procurando a primeira agência de publicidade pra chamar de sua, ou até mesmo um veículo ou anunciante, esse texto é pra te ajudar a se destacar nas entrevistas de emprego!

Apesar de sermos – no geral – comunicativos, sempre tem algo que deixamos de fazer, então preste atenção nas dicas de hoje.

Expressão corporal
A grande sacada das entrevistas de emprego é a expressão corporal. Você deve passar confiança, proatividade e firmeza, mas sem deixar de ser você mesmo

Por isto, mostre que não está tenso, com os ombros relaxados e braços separados em cima da mesa. Estes são sinais básicos de que você está à vontade e receptivo para bater um papo com o entrevistador.

Dresscode
Não só o seu corpo fala, mas também a sua aparência. Ao contrário do que você deve estar pensando, não estou sugerindo que vá de social – a menos que seja o seu estilo.

Você deve se vestir bem, como se fosse sair para um shopping: uma roupa bonita, que seja do seu estilo e de preferência evitando decotes muito profundos. Você pode usar decote, mas a sacada é acompanhá-lo de uma peça elegante por cima, como um blazer ou echarpe.

Olho no olho
Sim, além do corpo e roupa, seu olhar faz toda a diferença. Uma pessoa segura das suas habilidades olha no olho do outro, pois sabe do seu potencial.

Por mais que seja difícil, olhe ao máximo nos olhos da outra pessoa. Se você se sente desconfortável, intercale olhar no olho esquerdo e no direito do outro, assim não fica com o olhar fixo e se sente mais à vontade.

Simpatia com a concorrência
Ao contrário do que muitos pensam, é importante – e muito – tratar os demais participantes bem.

Em processos seletivos em grupo, o avaliador quer compreender a sua capacidade de se relacionar com todos.

Por isto, não olhe apenas para ele, mas para cada concorrente que você tem, falando com simpatia com todos eles, mostrando que não está lá competindo – por mais que você esteja sim.

Objetivos na ponta da língua
Sim, as perguntas do RH já caíram de moda, como “qual animal você seria?” ou “porque merece esta vaga?”. Mas se tem algo que sempre precisam saber é: suas fraquezas, forças e objetivos.

É muito importante entenderem no que você é bom para verificarem se está alinhado com o que buscam; no que você é pior para compreenderem se suas dificuldades podem atrapalhar muito a sua estadia na empresa; e seus objetivos, que devem estar alinhados com os da marca.

Então, tire um tempo antes do grande dia para entender melhor sobre você, sobre as bandeiras que você defende e como você se vê naquela agência, veículo ou cliente.

Mostre que está preparado pra ontem
Não tem estagiário melhor para empresas do que aquele que se mostra pronto pro que der e vier.

Vá com caderno, caneta, agenda, o que for. Mas mostre que está pronto para tomar notas sobre o seu primeiro job caso te contratem naquele mesmo instante!

Anote sobre a empresa, sobre o processo seletivo ou algo que achar relevante. Só não perca o foco com rabiscos, ou então essa dica que era pra te ajudar acabará te atrapalhando no final.

E aí, está menos nervoso para a sua entrevista?

Acho que não, mas tenha certeza que pode se sentir mais confiante se seguir estas dicas no dia que for em busca do seu primeiro estágio!

Aproveite e anote todas elas no caderninho que eu sugeri estar ao seu lado no dia da entrevista!

Leia Mais
Conteúdo

Saiba vender bem o seu peixe

Não importa o quanto você tenha o know how sobre a sua área: se você não souber vender o seu serviço bem, ninguém irá apreciá-lo. Se o Sr. Alfredo vende peixes e atende a clientela de cara amarrada, não mostra como o produto está bem limpo e fresco, de fato mostrando o porquê do seu produto ser melhor que o do mercado, as pessoas não irão comprar dele.

É por isto que hoje trago algumas dicas de como você pode melhorar seu pitch e mais provavelmente conquistar o prospect, independente de vender peixes, arte na praia ou desenvolver campanhas.

Use as palavras certas
Muitas vezes ao apresentar nossa empresa, utilizamos palavras que costumamos falar quando estamos na posição de consumidor, e isto pode impactar a forma como o seu ouvinte interpretará o que você for dizer.

Por exemplo, se você disser ao Sr. Alfredo que ele vai “gastar pouco” te contratando porque você trabalha com um preço justo, ele focará na palavra “gastar”, e poderá pensar que não precisa realmente de você, que poderia dar um jeito sozinho pra não gastar dinheiro nesse momento. Isso é muito comum trabalhando com publicidade, principalmente quando se é autônomo, pois apesar dos empresários saberem que precisam do marketing, não querem pagar o necessário pelo serviço.

Porém, se você disser que ele fará um bom “investimento” te contratando, porque você entrega resultados a um preço justo, ele irá olhar para o seu serviço como um investimento de fato, como algo que ele realmente precisa, e aceitará melhor a sua proposta por sentir essa necessidade que os marketeiros tanto precisam gerar no cliente.

Por isto, utilize palavras como “investir” e “resultados”, sempre buscando mostrar que com você ele terá que pescar o triplo pra atender a demanda da sua tenda na Praia Grande.

Dados
Todos sabemos que dados são muito mais do que importantes: são necessários. Por isto, não venho sugerir que você utilize dados confiáveis ou atualizados, já que é imprescindível o fazer. É uma questão de como distribuir esses dados.

Se você jogar várias informações juntas para o seu cliente, além de ficar maçante, pode parecer que você decorou tudo e não consegue torná-los tangíveis à marca dele.

Por isto, distribua os dados ao longo da sua apresentação, seja criativo sempre contextualizando com a realidade, aplicando em ideias de campanhas que podem fazer com base neles, e principalmente provando que utilizando bem essas informações, a marca do seu prospect ascenderá.

Postura e simpatia
Eu não sei vocês, mas se quero comprar algo no shopping e me atendem mal, não importa o quanto eu queira aqueles óculos de sol. Eu não compro, e acredito que não seja só comigo. Ainda tem aquelas pessoas que compram, mas não consideram que tiveram uma experiência de compra satisfatória.

Como eu sei que você não quer perder vendas ou fidelidade de clientes por os atender mal, você deve apresentar uma boa postura corporal, falar com clareza e de preferência com simpatia, como o Sr. Alfredo fará depois de ler esse post.

Mostre que você está feliz em atender aquela pessoa, em desenvolver uma campanha para a marca dela. Seja você mesmo, só que o “você” que está no melhor dia da sua vida. Atenda bem, tenha postura, esclareça dúvidas e respeite o espaço do seu cliente pensar no que você está oferecendo.

Pode ter certeza que apresentar uma campanha criativa de braços cruzados e voz sonolenta não vende, mesmo que a ideia seja maravilhosa.

Esteja aberto
Por fim, esteja aberto ao que o cliente quer. Ouço quase que diariamente dos meus chefes na agência que no final quem está pagando é o cliente. Seu papel, independente da área em que atua, é mostrar o que acha melhor para ele e apresentar os riscos das demais opções, e cabe a ele optar pelo que ele acha melhor.

Receba bem feedbacks, tente encaixar o desejo dele no meio do seu plano de mídia, por mais que saiba que vender peixes na rádio não vá ser uma boa escolha. Basta você informar ao Sr. Alfredo que seria melhor se fizessem uma ação na praia ao invés de anunciar na rádio.

E aí, gostou do artigo? Foram dicas simples e reais que fazem a diferença na hora de conquistar o seu cliente. Muitas delas aprendi testando e percebendo que aceitavam melhor as minhas ideias quando as utilizava.

Espero que você consiga vender seu peixe melhor que o Sr. Alfredo que quer anunciar na rádio da Praia Grande.

Leia Mais
Digital

Live do Amigos recebe, na próxima semana, Carlo Paschoal, Danilo Fuin, Edson Pintan, Isabel Borba e Hiram Baroli

Com o objetivo de unir os profissionais do mercado publicitário para um bate-papo semanal e virtual, o Amigos do Mercado vem realizando uma série de lives que debatem, entre outras coisas, o que aprendemos nas últimas semanas.

Nesta semana a Live acontecerá dia 16 de junho, a partir das 18h30.

Na próxima terça-feira, dia 16 de junho, participarão do bate-papo Carlo Paschoal, Diretor de Novos Negócios da Carrega+; Danilo Fuin, diretor comercial da NovaBrasil FM / Estúdio Ene; Edson Pintan, diretor comercial da Mix Media; Isabel Borba, Head de aeroportos da JCDecaux e Hiram Baroli, diretor comercial de operações da Folha de S.Paulo. Eles irão contar suas experiências pessoais e sua visão geral de como o mercado e as empresas nas quais trabalham estão lidando com o momento atual.

A transmissão será pelo YouTube do Amigos do Mercado.

Amigos do Mercado é uma rede que conecta profissionais de publicidade nas redes sociais e eventos.

Leia Mais
Digital

Live do Amigos recebe, na próxima semana, Ana Matozo, Bruno Campos, Marcos Saurin e Henrique Carsalade

Com o objetivo de unir os profissionais do mercado publicitário para um bate-papo semanal e virtual, o Amigos do Mercado vem realizando uma série de lives que debatem, entre outras coisas, o que aprendemos nas últimas semanas.

A Live desta semana acontecerá amanhã, dia 09 de junho, a partir das 18h30.

Nesta terça-feira, dia 09 de junho, participarão do bate-papo Ana Matozo, Head Comercial da Outdoor Social; Bruno Campos, diretor de marketing digital e mídia da GM na América Latina; Marcos Saurin, CEO da Myntelligence; e Henrique Carsalade, gerente comercial da Ameixa Produções e embaixador do Grupo Amigos do Mercado Minas Gerais. Eles irão contar suas experiências pessoais e sua visão geral de como o mercado e as empresas nas quais trabalham estão lidando com o momento atual.

A transmissão será pelo YouTube do Amigos do Mercado.

O Amigos do Mercado é uma rede que conecta profissionais de publicidade nas redes sociais e eventos.

Leia Mais
ConteúdoDigital

Live do Amigos recebe, nesta semana, Fabiana Maia, Fábio Brancatelli, Mário Leão, Ricardo Ambrust e Virginia Any

Com o objetivo de unir os profissionais do mercado publicitário para um bate-papo semanal e virtual, o Amigos do Mercado vem realizando uma série de lives que debatem, entre outras coisas, o que aprendemos nas últimas semanas.

Estas conversas ocorrem sempre às quintas-feiras, à partir das 18h30.

Nesta quinta feira, dia 04 de junho, participarão do bate papo Fabiana Maia, diretora de mídia e atendimento da Talent Marcel; Fábio Brancatelli, CEO da A+V Zarpa; Mário Leão, diretor comercial da Retail Media; Ricardo Ambrust, procurement senior manager da Johnson&Johnson e Virginia Any, diretora comercial da ELLE. Eles irão contar suas experiências pessoais e sua visão geral de como o mercado e as empresas nas quais trabalham estão lidando com o momento atual.

Para assistir, basta seguir o @amigosdomercado em suas redes.

Amigos do Mercado é uma rede que conecta profissionais de publicidade nas redes sociais e eventos.

Leia Mais
1 2
Page 1 of 2