close

Sophia Furlan

MídiaPublicidade

5 técnicas para melhorar o impacto dos seus outdoors

Outdoor da estreia de Drácula – Netflix

Com certeza, se os seus outdoors estão nas ruas, é porque você e sua equipe gostaram do resultado, e eu não estou aqui para julgar a beleza do seu outdoor. Bom, mais ou menos. Na verdade, quero te mostrar algumas técnicas para melhorar o impacto da sua arte no público-alvo.

Quantidade de informação
Não é por ser uma área grande que você deve sobrecarregá-la. As pessoas não prestam muita atenção nesta veiculação pois são impactadas ao ir de um ponto A para um ponto B. Por isto, seja sucinto e diga apenas o necessário, escrevendo aquilo que a pessoa terá tempo para ler.

Distribuição do conteúdo
Assim como a quantidade de informação pode acabar com o seu outdoor, a distribuição delas também. Deixar os elementos alinhados e mais espalhados favorece uma leitura mais rápida e dinâmica para o público. Isto garante ainda mais que ele consiga ser impactado rapidamente e que receba a informação corretamente.

Localização do outdoor
As dicas anteriores são muito importantes, porém variam de acordo com a localização dos banners. Se eles forem expostos numa estrada, por exemplo, dê destaque à imagem e ao logotipo, diminuindo o máximo possível a quantidade de informações não verbais.

Porém, se ele fica no metrô, próximo às catracas ou de frente para a plataforma, ouse explorar melhor a linguagem textual. Na catraca, a pessoa geralmente pega uma fila para entrar no metrô e, ao esperar o vagão, ela simplesmente não tem pra onde olhar, tirando o celular (uma boa hora para impactar também, não é mesmo?).

OOH inteligente
Sim, se o cliente tem uma verba legal, aposte nela. Para isto, você tem que estudar as especificações técnicas da empresa de outdoor e garantir uma ideia brilhante. Você pode agir junto de tecnologia ou jogos de luz, como a campanha da Netflix sobre o Drácula – que aliás é uma ótima inspiração se quiser explorar este campo do out of home.

Influencers
O mais comum em vermos nos outdoors são os influenciadores da marca, pois a expressam através de seus pensamentos e ações. É uma boa estratégia para alcançar o público, pois se sentem mais próximos da empresa através de um interesse em comum: a Anitta para a Skol Beats, a Simone e Simaria para a TIM ou qualquer outro artista que vier à sua mente.

Bom, depois dessas ideias, espero que esteja inspirado para criar suas próximas peças de mídia OOH e melhorar o engajamento do público. Lembre-se: se as pessoas não conseguirem ler a mensagem, não serão impactadas como você e o cliente esperam.

Leia Mais
DigitalEventos

PUC-SP recebe evento internacional em ciência de dados

PUC-SP recebe evento internacional sobre ciência de dados

O campus Monte Alegre é sede, no próximo dia 2/3, do Woman in Data Science @PUCSP 2020, evento que procura inspirar e educar pessoas, independente do gênero, a conhecer e se interessar por ciência de dados e apoiar mulheres da área.

Originário na Universidade de Stanford, o WIDS acontece na PUC-SP em parceria com a SAP e receberá mulheres atuantes na área para falar sobre suas trajetórias, curiosidades e novidades da tecnologia. Um dos destaques da programação é a professora Edith Ranzini, integrante da equipe que construiu o primeiro computador do Brasil, batizado de “Patinho Feio”.

A atividade é a primeira realizada pela nova Faculdade de Estudos Interdisciplinares da PUC-SP. “Um evento com o WiDS é fundamental para a Universidade e sobretudo para assuntos relacionados às carreiras nas áreas de ciência e de tecnologia. Por se tratar de uma conferência anual que busca inspirar mulheres a seguirem carreiras nestas áreas, contará com palestrantes jovens, atuantes no mercado de tecnologia, e também como experientes, que ajudaram a colocar o Brasil na Era Digital há mais de 45 anos, o caso da professora Edith Ranzini. Todas e todos estão convidadxs”, afirma o diretor da FACEI, professor David de Oliveira Lemes.

Leia Mais
ConteúdoDigitalMarketing

5 dicas preciosas para vender pelo Instagram

5 dicas preciosas para vender pelo Instagram

Apesar do Facebook ser uma plataforma completa para quem quer empreender, o público jovem se concentra no Instagram – 38% em 2019 (Statista, 2019) – rede social que, segundo estudo da E-commerce CEO, tem 58 vezes mais envolvimento por seguidor do que o Facebook. Porém, com o alto potencial de engajamento, você precisa se destacar para vender, principalmente em relação às grandes marcas. Como? Eu vou te dar umas dicas.

Frequência de postagens
Um dos primeiros passos para quem está empreendendo é trazer, sempre que possível, um volume de posts. Isto, pois como poucos te conhecem ainda, você precisa mostrar como o seu trabalho é importante e bem feito.

No geral, as pessoas têm dificuldade em relação à frequência, pois não é todo dia que fazem uma venda – seja de bombons à livros usados -, e geralmente quando isto ocorre, vende-se itens diferentes para um mesmo cliente.

Por isto, guarde algumas fotos da sua venda de segunda-feira para postar novamente na quinta-feira. Só não vale postar a mesma foto, hein.

Organização do feed
Minha primeira dica foi postar com frequência, mas isto não significa postar com má qualidade. Lembre-se sempre que o Instagram é uma rede social muito visual e que requer uma composição de fotos especial. Quanto mais harmônico for o seu perfil, mais confortáveis os usuários se sentirão em navegar nele.

Se você sabe mexer com softwares de edição, faça posts de datas especiais para descontrair. Se não sabe, não tem problema, pois você pode organizar seu perfil através de um degrade das cores predominantes de cada imagem, ou simplesmente adotar uma cor base e sempre utilizá-la. Para me inspirar, gosto de olhar feeds como @lojaeclipse ou @mario_dozono.

Comente em fotos
Soou estranho, né? Comentar em fotos permite que novos usuários te conheçam ou clientes fiéis se lembrem de você, possibilitando que você tenha conversões de compra. Fora isto, não deixe seus seguidores falando sozinhos nos seus posts. Sempre responda para eles publicamente e o chame no direct para detalhes maiores. Isto permitirá que o algoritmo do Instagram entenda seu perfil como relevante e o divulgue mais facilmente.

Porém, não seja uma marca chata que persegue os usuários pedindo para eles te visitarem. Se você vende acessórios, comente algo como “nossa argola prateada iria arrasar nesse seu look!”. Além da curiosidade, o usuário irá até seu perfil ver se realmente aquele brinco argolado ficaria legal nele, o que pode gerar uma graninha pra você.

Aposte nos stories
Cada vez mais as pessoas entram no Instagram só para dar uma espiada nos stories, pois estão no trabalho ou na faculdade. Portanto, não deixe de interagir por lá, assim seu perfil pode aparecer para as pessoas que te seguem.

Aposte nas enquetes e GIFs que a rede social traz, tornando os seus stories leves e interessantes. Aproveite para tirar dúvidas sobre os produtos e entregas num horário em que a pessoa irá te escutar. Quando ela está em casa comendo ou dando aquela espiada antes de dormir é uma boa, já que está em seu momento de lazer e provavelmente com o som ativo.

Mostra a tua cara, Brasil!
Na internet, as pessoas querem ver rostos e histórias, e não anúncios. Você pode contar a história da sua marca para elas, pois dá mais confiança em saber quem está vendendo aqueles produtinhos de beleza, além de se tornar mais natural a exposição de uma marca nos stories sugeridos para ela ver.

Precisamos humanizar a internet, e se você faz isto com os seus clientes, tenha certeza que eles irão preferir você em relação à menina da faculdade que só posta as trufas e esquece de falar sobre a pessoa mais importante de uma marca: o cliente.

Gostou das dicas? Não é receita de bolo, mas te garanto que se você fizer o que sugeri acima, você será mais relevante para os usuários e para o Instagram, permitindo que mais pessoas te conheçam e se engajem, tornando a conversão para compra 5 passos mais perto de você.

Leia Mais
MarketingPublicidade

Ação BIS: caixa grátis para quem reprovou na faculdade

Bombou Ganhou Bis

Marca  dá uma “forcinha” a quem reprovou para fazer amizades na turma nova

11 de fevereiro de 2020 – Com a proximidade do início do ano letivo nas faculdades, BIS estreia a ação “Bombou Ganhou”, que promete aliviar a tensão de quem reprovou em alguma matéria e ficará longe da sua turma na faculdade. Para isso, no dia 12/02, a marca vai percorrer universidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre oferecendo uma caixa de BIS a cada matéria repetida. A ideia é animar os alunos que repetiram, permitindo que dividam a caixinha de BIS com a nova turma e socializem com os novos colegas. Para ganhar, basta apresentar o boletim (online ou físico) no dia comprovando que reprovou em alguma matéria.

Como parte da iniciativa, que é assinada pela agência Wieden+Kennedy São Paulo, BIS também convidou alguns influenciadores que já reprovaram na faculdade para que eles contem como foi a experiência, como passaram por esse processo e mostrem que agora está mais fácil passar por isso, já que BIS vai dar essa ajuda aos repetentes. Os influenciadores protagonizarão pílulas de conteúdo nas redes sociais da marca, convidando as pessoas a participar da ação. Confira aqui com Hello Bielo e aqui com Cid do Não Salvo.

“Ninguém gosta de reprovar e ter que estudar a mesma matéria por mais um período, longe da sua turma da faculdade.  Este ano BIS irá lutar contra os vilões que te impedem de curtir com seus amigos, e para começar o ano escolhemos a reprovação na faculdade como vilã! Com esta ação, queremos impactar o público que vai reiniciar alguma matéria neste semestre, dando uma força a eles de forma divertida e irreverente. Nossa ideia é nos aproximarmos ainda mais do público jovem, com linguagem leve e provocativa – ao mesmo tempo que damos aquela força para o início do ano letivo ajudando os estudantes a fazerem amigos na nova turma.”, comenta Yana Leocádio, gerente de marketing de Bis para Mondelēz Brasil.

O consumidor pode acompanhar a reverberação e o andamento desta ação pelas redes sociais da marca, @Bis.

Leia Mais