close
Marketing

Big Brother Brasil e o marketing efetivo após o programa

Fonte: Gshow

O Big Brother Brasil é um programa no qual alguns participantes são selecionados pela produção da Rede Globo para permanecer em confinamento numa casa por 3 meses, sendo que durante essa experiência os indivíduos serão vigiados 24 horas por dia e terão suas intimidades transmitidas para todo o país.

A primeira edição do programa aconteceu em 2002. A última foi concluída este ano, em maio. Apesar desta programação do Big Brother Brasil ter chegado ao fim, campanhas de marketing por sua vez demonstram que os participantes da 21º edição ainda estão dando o que falar.

Segundo o IBOPE, o Big Brother Brasil 21 foi uma das edições do programa mais assistidas desde 2002, tendo uma média de audiência de 28.08 (focando na Grande São Paulo). Além disso, a atual vencedora, Juliette Freire, foi a participante que mais conquistou votos do público brasileiro para vencer, pontuando no total 90,15%.

A estimativa é que o BBB21 somou mais de R$530 milhões com as cotas cedidas a marcas que anunciaram durante as provas, intervalos e ações dentro do programa. E quando a edição terminou, os participantes continuam sendo procurados pelas marcas para participar de campanhas de marketing para utilizar de características, memes ou costumes marcantes que cada brother tenha deixado registrado durante a sua presença na casa.

A 21º edição do Big Brother Brasil chegou ao fim de fato, mas os participantes estão em alta e as marcas não deixam essa oportunidade passar despercebida. Vamos focar em alguns participantes e mostrar como as empresas estão criando conteúdo com alguns deles:

  • O Itaú se juntou com a Thaís Braz para anunciar nas redes sociais dela que agora você consegue aumentar o limite do seu cartão diretamente pelo aplicativo do banco. O mais legal é que, para isso, eles brincaram com a risada da Thaís que até virou meme nas redes sociais por deixar de existir em segundos;

  • Outra marca que utilizou os mesmos métodos para fazer uma parceria foi a FreeCô, que é um bloqueador de odores sanitários do Brasil. Essa marca aproveitou a fama que a participante Viih Tube tinha de não ser muito fã de uma boa ducha;

  • A sister Lumena Aleluia também foi convidada por hotéis para fazer campanhas mais humoradas sobre “cancelamento gratuito”, sendo um dos temas que mais trouxe notoriedade para a participante;

  • Talvez uma das parcerias mais aguardadas foi a do participante Gil da Vigor com o Iogurte Vigor, o que de fato aconteceu;

  • Juliette foi a mais requisitada para as campanhas de marketing nas redes sociais visando, desde o programa, o grande sucesso de vendas que ela conseguia atingir com sua influência. Atualmente ela é uma das grandes embaixadoras da Avon, além de fazer campanhas para diversas outras marcas que apoia.

Podemos concluir com alguns desses participantes escolhidos como exemplo que o Big Brother Brasil tem sido um programa com alto índice de retorno para os anunciantes que recorrem aos participantes com maior influência durante os 3 meses de confinamento.

Tags : bbb21big brother brasilgshowmarketingrede globo
Daniela Cardoso

The author Daniela Cardoso

Vivendo seu disfarce de terráquea como estudante de Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela FECAP – Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, tem experiência profissional com Web Design e Marketing Digital (com formação pelas Instituições SENAI São Paulo e ComSchool). Nas horas vagas se arrisca com ilustrações acompanhada de uma boa música! Apreciadora de cafés, conversas e séries medievais.

Comentários no Facebook