close
Opinião

Brasil – Um produtor de memes

g1
Fonte: G1

“O brasileiro precisa ser estudado.” É comum lermos essa frase nos perfis dos amigos nas redes sociais. Mas a brincadeira tem um fundo de verdade. O brasileiro, de fato, precisa ser estudado. Não é normal a forma sarcástica com que o brasileiro lida com os problemas e com as alegrias. Quase tudo o que acontece na internet vira meme e viraliza, principalmente os acontecimentos ruins.

São milhares de memes sobre os mesmos assuntos. Quase que um concurso de quem é o mais criativo e original. E acredite: o brasileiro é muito criativo. São diversos os memes feitos em velocidade incrível e entregues mais rápidos que muitos jobs que os clientes pedem. A agilidade que o brasileiro tem de transformar algo ou alguém em meme chega a ser incrível.

Seja pelas quedas de Neymar ou pelo personagem russo criado como um torcedor macabro, o brasileiro aproveita a Copa para se divertir e divulgar suas piadas. Usa a Copa também para invadir as redes sociais de desafetos que criticam a seleção ou nosso jogador principal. E saem em defesa: “só quem critica um jogador do Brasil é a gente, ninguém mais.”

Os brasileiros invadiram o Twitter do jogador Miguel Layún, do México, após um pisão maldoso no tornozelo do nosso craque. Até ameaça de morte o jogador recebeu. Usaram o Twitter para xingar o ator Matthew Lewis, de Harry Potter, dizendo que o Neymar é melhor ator que ele. Incrível como o brasileiro faz piadas com tudo e toma as dores de quem fala mal do nosso país.

Mas a viralização pode ser perigosa, e acabar com a vida profissional de muitas pessoas públicas, como aconteceu com o youtuber Júlio Cocielo, que após ofender o jogador Mbappe, da França, perdeu seus principais patrocínios e ainda recebeu ameaças de outros artistas na internet.

E você? O que acha dos memes? O que acha da força que a internet tem em viralizar tanto coisas boas quanto ruins? O brasileiro precisa mesmo ser estudado?

Tags : brasilcopa do mundoMemesneymar
Guilherme Crespo

O autor Guilherme Crespo

Publicitário e Redator. Tem 31 anos de idade e é pós-graduado em Gestão de Negócios em Marketing pela ESPM. Possui ainda diversas certificações profissionais em instituições como ESPM, FGV e SENAC. Atuou por 5 anos como Redator no Groupon Brasil. Atualmente é Redator Pleno da All Set, atendendo Nestlé (NESCAFÉ Dolce Gusto). Fundador e mantenedor do Creativosbr.

Comentários no Facebook