close
Entretenimento

Bruce Dickinson detona Heineken no Rock in Rio

Creio eu, que Iron Maiden era a banda mais aguardada desta edição do Rock in Rio.

Aqueles fãs que não puderam comparecer, certamente ficaram grudados na TV asssitindo uma da melhores bandas de rock que já tocou em nosso país.

Mas ao final do show, Bruce Dickinson, o vocalista do Iron tinha mais alguma coisa a dizer.

E disse: “A cerveja servida aqui é tão ruim que tive que trazer a minha”. 

Bruce ironizava a cerveja Heineken, patrocinadora do evento.

E tudo isso, pelo seguinte motivo: promover a cerveja exclusiva da Banda Iron Maiden, a “Trooper”.

Instantes depois de sua declaração, o site da cerveja Trooper apresentou lentidão no acesso, certamente por conta da “sacada do mal” de Dickinson.

Aí vou eu aqui tentar defender a Heineken: os caras investiram uma bala (algo em torno de R$ 23 milhões) no evento para ocorrer algo do tipo?

É uma das maiores ativações da marca durante o ano!!!

Foi uma ação de guerrilha, é verdade, e por isso, torna-se difícil evitar.

Mas não poderia ocorrer algo do tipo. Faltou blindagem!

 

Tags : blogblog do crespocervejacrespoeventofilipeiron maidenmídiapatrocinadorpropagandapublicidaderock in riotrooper
Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook