close
Publicidade

Caixa de pizza, saquinho de pão

Fonte: pixabay

Toda vez que nos deparamos com uma ideia genial a gente se pergunta: “puta que pariu, como é que o cara teve essa ideia?”, ou “como eu não pensei nisso antes?”. Na minha cabeça, e na mente de muitos, surge uma terceira pergunta: “qual foi a inspiração que o Criativo teve para ter esta ideia?”

As inspirações surgem das referências, e as referências estão em tudo o que vemos, no que vivemos, no que aprendemos e no que pesquisamos. E temos que estar sempre alertas para as anotações. É necessário anotar tudo, tudo mesmo. Não importa se é numa caixa de pizza ou num saquinho de pão. Você não precisa abrir um arquivo de Word ou ser assinante do Evernote para organizar suas ideias. Não precisar ter uma conta no Pinterest – embora seja bacana – para salvar suas referências.

Saiba você que a música Proibida pra Mim, do Chorão – Charlie Brown Jr., uma das minhas inspirações na música, teve sua composição criada em uma caixa de pizza. Assim como muitos poetas à moda antiga escreviam suas poesias em pedaços de sacos de pão. Não importa a origem da sua ideia, ela sempre deve ser cravada em algum lugar que não se perca.

Além de uma boa referência, um insight genial e uma caixa de pizza ou um papel de pão, é preciso também que você tire – literalmente – essa ideia do papel e faça com que ela aconteça. De nada adianta ter um projeto na gaveta se você não der vida a ele.

Então já sabe, quando pedir a pizza, guarde a caixa.

O mesmo serve para o saquinho do pão!

Tags : caixa de pizzacharlie brown jrchorãoideiasinsightspublicidadereferênciassaquinho de pão
Guilherme Crespo

The author Guilherme Crespo

Publicitário com pós-graduação em Gestão de Negócios em Marketing pela ESPM, fez sua carreira como Redator com passagens pelo Groupon Brasil, All Set, AT2D e V20, atendendo Nestlé, AIG Seguros, The Fifties, MetroFit, A&E, Siemens, GE e Michelin. Em 2019 foi indicado ao Prêmio amigos do Mercado na categoria Criação, onde conquistou o 2° lugar. É sócio-fundador e Diretor de Criação da agência Creativosbr.

Comentários no Facebook