close
Entretenimento

Cartinha para o Max, de Avenida Brasil

Em tempos de julgamento do Mensalão, onde Marcos Valério e sua trupe devem ser condenados, acho bacana termos manifestações desta forma, como fez essa publicitária mineira, Diretora de Criação da ótima agência Lápis Raro.

Assim como toda profissão, existem as laranjas podres, mas de forma geral, somos publicitários e somos legais, como diz o artigo acima.

Concordo que devemos repensar muita coisa, mas colocar toda a classe dentro da mesma lata do lixo, não é certo!

A APP dias atrás também se manifestou à respeito. Temos que cuidar do que é nosso!

Boa noite a todos!

Tags : audiênciaavenida brasilblogblog do crespocategoriacrespoéticafilipejornallapis rarolegalmaxmídianovelaprofissionalpropagandapublicidadepublicitário
Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook