close

Marketing

Marketing

Massa Leve inova com massa de pastel mais crocante e saborosa

Marca aposta em campanha 100% digital para apresentar os diferenciais da nova receita e lança promoção exclusiva “Eu Amo Pastel”

A massa de pastel mais vendida do Brasil apresenta uma novidade aos consumidores. 

 Com nova receita, a linha da tradicional marca Massa Leve passa a entregar muito mais sabor e crocância. A novidade, disponível nas gôndolas de mercados em todo o Brasil, vem acompanhada também da promoção ‘Eu Amo Pastel’.  

Disponível em nove tamanhos, a receita Massa Leve passou por um processo de reformulação em sua receita, considerando diversos tipos de recheios e ocasiões.  

Para apresentar esse novo sabor para o máximo de consumidores possível, a novidade vem com a promoção ‘Eu Amo Pastel’. 

Será sorteado um carro zero km e um ano de massa de pastel Massa Leve. Para participar, basta comprar dois produtos da linha e realizar o cadastro do cupom fiscal no site www.promoeuamopastel.com.br. A promoção é válida até o dia 30 de setembro para todo o país.  

“Temos o portfólio de massas frescas mais completo do Brasil e orgulho em ser a massa de pastel mais consumida do país. Prezamos pela qualidade e inovação dos nossos produtos e estamos ansiosos para que nossos consumidores provem a nova receita, que agora está muito mais saborosaconsistente e crocante, explica Ivanor Clasen, diretor da Massa Leve.  

Além dos diferenciais da reformulação, a massa de pastel Massa Leve é versátil e traz praticidade às receitas do dia a dia. Os produtos estão disponíveis nas principais redes varejistas e mercearias de todo território nacional.  

Leia Mais
Marketing

Cashback: inovação ou releitura?

Como marcas alavancam vendas utilizando uma nova roupagem do antigo cartão fidelidade. a nova tendência do cashback é, na verdade, uma atualização marketeira do antigo cartão fidelidade.

Avanços tecnológicos, modas, novas tendências e a inserção de praticamente tudo em um ambiente virtual.
A virtualização de atividades corriqueiras vêm se tornando uma grande jogada de marketing para as empresas que procuram estar no dia a dia do brasileiro. Essas marcas apostam hoje, em tempos pandêmicos, em aplicativos próprios, realizações de pagamentos pelo PIX e tudo que possa girar em torno do nosso bem mais precioso: o celular.
Pensando nisso, um programa de fidelização do cliente que vêm crescendo de forma significativa é a utilização do Cashback.
Implantado em 2007 no Brasil e ganhando força atualmente, o cashback é um programa que traz benefícios tanto para o cliente, quanto para a empresa. Isso porque ao enxergar uma troca com reais proveitos, isso é, receber dinheiro de volta, existe uma tendência concreta do retorno do cliente.
Além de garantir visibilidade de branding com o cliente, existe a possibilidade de um buzzmarketing por recomendação, aumentando gradualmente assim a receita média da empresa.
Mas, será que essa nova descoberta não passa de uma atualização do que entendemos como cartão fidelidade?
Ressalva as semelhanças, o cartão fidelidade procura manter seus clientes com uma meta a ser batida em valor e quantidade de compras para liberar algum produto ou serviço de volta. Enquanto o cashback se prontifica de um método mais rápido, dando ao usuário, seja na primeira compra ou não, um valor de ressarcimento.
Essa nova roupagem veste uma ideia de recompensa imediata ao cliente, uma jogada genial que fideliza seu consumidor pela vontade de acumular ainda mais caixa.
Uma disputa entre grandes que considera a capacidade econômica empresaria e que levanta inúmeros questionamentos sobre esse programa.
Até quanto o caixa das empresas aguenta essas restituições? Como incluir as pequenas empresas dentro desse programa? Qual será a evolução do cashback?

Leia Mais
Marketing

Como criar uma marca influente?

Você já percebeu como somos afetados pelas marcas de produtos ou serviços disponíveis no mercado? Este é um ponto importante que vale a pena ser considerado, principalmente para quem pretende que sua empresa tenha algum lugar de destaque no “oceano” das marcas que temos hoje. Além de trazer um produtos experiência ou conteúdo de qualidade, uma marca “forte” traz consigo um propósito, que permite ao consumidor sentir-se parte da marca.

Estabelecer uma boa estratégia de gestão de marca é essencial para construir credibilidade. O marketing trouxe ferramentas eficientes, onde aliadas a uma a comunicação e qualidade de entrega, ajudam a perceber o “poder” e influência que você possui e dessa forma criando público presente e crescente.

1) Busque referências e conheça a concorrência

Buscar referências de grandes empresas e pesquisar a concorrência ajudará a trazer novas ideias para o seu negócio.

2) Conheça seu público

Estudar seu público alvo é muito importante para atender suas necessidades e como sua marca pode ajudá-la. Uma boa forma de conhecer seu público é criar espaços que permitam se expressarem.

3) Rebranding

É importante analisar o andamento da marca e se necessário modificar a percepção do consumidor, isso pode exigir alterações em alguns padrões como planejamento, estratégia, alterações no logo, linguagem da publicidade, etc.

 

Ter uma marca de influência exige muitos esforços e cuidados, mas prestar atenção nesses três pontos ajudam a conquistar seu objetivo.

Leia Mais
Marketing

Chevrolet Bolt EV participa de desafio com motoristas de aplicativo no Dia do Motorista

Condutores dirigem por 8 horas para testar a autonomia do primeiro
carro 100% elétrico da marca

Para celebrar o Dia do Motorista, em 25 de julho, a
Chevrolet resolveu lançar um desafio: convidar dois motoristas de
aplicativo para rodar durante 8 horas pela cidade de São Paulo no carro
elétrico da marca sem poder recarregar as baterias. A ação, criada
pela Commonwealth/McCann – divisão da WMcCann para atendimento
exclusivo da Chevrolet -, visa comprovar porque a autonomia do Chevrolet
Bolt EV é um dos diferenciais competitivos do veículo, além do fato
dele ser zero emissão.

O Bolt EV é o primeiro carro elétrico global da Chevrolet com
produção em massa e no Brasil se destaca como o modelo mais vendido de
sua categoria. “A iniciativa tem o objetivo de mostrar para as pessoas
que os carros elétricos já são uma realidade e as atuais baterias do
Bolt EV possuem autonomia para atender as expectativas e demandas dos
consumidores”, destaca Hermann Mahnke, diretor-executivo da General
Motors América do Sul.

Os motoristas de aplicativo escolhidos para participar da ação são
Luisa Pereira e Thiago Gomes da Silva, que possuem milhares de
seguidores em grupos no Facebook e WhatsApp. Portanto, possuem o perfil
ideal para compartilhar as vantagens de dirigir um carro 100% elétrico
durante um dia de expediente, com o tradicional trânsito da cidade.

O desafio deles é o de tentar acabar com a autonomia oferecida pela
bateria do Bolt EV, que garante até 416 km, com uma recarga completa.

A ação digital conta com teasers nas redes dos influenciadores e da
própria Chevrolet, a partir de 22 de julho. Nos dias seguintes, o
público poderá acompanhar os bastidores da experiência e, finalmente,
no dia 25 julho, quando é celebrado o Dia do Motorista no Brasil, a
marca revela como foi o desafio com o Chevrolet Bolt EV para a dupla em
suas redes: Instagram: @chevroletbr, Facebook: @chevroletbrasil e
Twitter: @chevroletbrasil.

Clique aqui e veja o Teaser: https://youtu.be/13Uo1FavVXs [1]

Ficha Técnica:

Agência: WMcCann

Cliente: Chevrolet

Produto: Bolt

Nome da campanha: Bolt Day

Cliente (time de comunicação): Hermann Mannke, Federico Wassermann,
Paula Saiani e Felipe Silva

CEO: André França

CCO: Hugo Rodrigues e Mariana Sá

Gerente de Projetos: Lara Falluh

Direção de criação: Fernando Penteado e Eric Sulzer Criação:
Francisco Oliveira e Felipe Lermen

CSO: Renata Bokel

Planejamento: Eduardo Cabral, Tatiana Weiss, Luiz Angi

Diretor de negócios: Danilo Ken

Atendimento: Joana Campanelli, Carolina Rosa, Maria Eduarda Richers,
Tiago Carvalho, Leticia Chiarella e Nicole Iasbech

VP de Mídia: Fabio Urbanas

Isobar- Estratégia Digital de Campanha:

CEO: Ana Leão

CSO: Aloísio Pinto

Planejamento: Felipe Volpintesta e Alan Alves

Tecnologia e inovação: Eric Scapim

Negócios: Fernanda Marin, Ana Paula Thurler, Carmen Scórcio

Projetos: Daniel Oliveira

Mídia: Camila Moraes, Juliana Ribeiro, Paula Nóbrega, Jonathan
Machado, Amandha Cardoso

BI: Félix Fontes, Bruno do Amaral

Cliente (time de mídia): Hermann Mannke, Bruno Campos, Francisco
Batajelo, Francine Santos.

BI: Felipe Borges, Thiago Tiuzzi, Fábio Oliveira, Camila Oliveira,
Alexandre Costa e Eduardo Faustino

Conteúdo: Patrícia Colombo, Cirilo Dias, Larissa Araújo, Gustavo
Ferreira

VP de Produção: Tato Bono

Diretora de Produção: Camila Naito

RTV: Nathan Marino e Guto Lins

Produtora do filme: Santa Transmedia

Diretor: Ricardo Mantovanini

Diretor de Fotografia: Daniel Retz

Produção executiva: Renata Munaretto

Coordenação de produção: Gabriela Carvalho e Jonas Matos Line
producer: Elisa Mello

Pós-produção: Líquor Media

Produtora de Som: Pingado Áudio

Trilha: Will Bone

Influenciadores: Spark Influencer Marketing

Atendimento: Ana Baraldi

Relações Públicas: Kerena Neves

Leia Mais
Marketing

Site da APP agora conta com apoio de intérpretes de LIBRAS

Projeto permite tradução simultânea e em tempo real, possibilitando total autonomia e segurança para o surdo realizar suas atividades

A Associação dos Profissionais de Propaganda (APP), entidade que apoia e estimula as atividades da comunicação e auxilia no aperfeiçoamento do profissional, acaba de trazer mais uma grande conquista para as ações da diretoria de Diversidade e Inclusão: o atendimento por intérpretes de libras no site da entidade. A iniciativa, uma parceria com a ICOM, visa aumentar a facilitar a comunicação, gerando total autonomia e segurança para os surdos. O projeto já pode ser acessado no site www.appbrasil.org.br

Diariamente a APP Brasil vem criando movimentos que levantem a bandeira de pluralidade, onde o objetivo é ouvir, dar voz e transformar atitudes para todos. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) divulgados em 2020, aponta que mais de 10 milhões de pessoas têm algum problema relacionado à surdez, ou seja, 5% da população brasileira é surda e também precisam de medidas para viabilizar e melhorar a comunicação.

A parceria com o projeto ICOM traz tecnologia inovadora, facilitando a comunicação entre surdos e ouvintes, destinada a empresas, órgãos públicos e pessoas físicas. O serviço é um tradutor de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais) em tempo real, baseado em uma central de tradução simultânea com intérpretes profissionais disponíveis 24 horas por dia. Todas as funcionalidades do ICOM podem ser acessadas de forma simples por celulares, tablets e computadores.

“Estamos realizando grandes ações com a nossa diretoria de Diversidade e Inclusão, mas precisamos mostrar – na prática – o quanto ainda podemos evoluir, criar cada vez mais acessibilidade e dar mais força para todas as vozes”, destaca Silvio Soledade, presidente da APP Brasil. “O caminho é longo e ainda temos muitas conquistas, mas a ideia é estimular e despertar o interesse nas agências e empresas a adotarem o mesmo serviço”.

Para solicitar a tradução com um intérprete em libras, basta clicar no ícone da ICOM, no site da APP Brasil. Por meio de uma vídeo-chamada com parâmetros avançados de tecnologia, o serviço triangula a comunicação entre o intérprete, o surdo e o ouvinte. A oferta do serviço garante ao surdo o direito de ser atendido em seu próprio idioma, promovendo inclusão, respeito e cidadania.

“A parceria com APP Brasil é estratégica para a difusão dos serviços ICOM Libras entre os profissionais de propaganda, marketing e comunicação”, pontua Cid Torquato, CEO da ICOM. “Tenho certeza de que ampliaremos a oferta de recursos inclusivos para a comunidade surda depois desta ação de sensibilização junto aos associados.”

Sobre a APP

Fundada em 29 de setembro de 1937 como Associação Paulista de Propaganda e rebatizada como Associação dos Profissionais de Propaganda em 1989. A APP Brasil ajuda a fazer da propaganda uma das atividades profissionais de maior expressividade em nosso país, oferecendo preciosas colaborações técnicas, profissionalizantes e de desenvolvimento ético da profissão.

Leia Mais
Marketing

Faculdade Descomplica e Estag doam bolsas de estudo para jovens que desejam ingressar no Ensino Superior  

Serão oferecidas dez oportunidades em diversos cursos, como nas áreas de gestão, educação, gestão e tecnologia, em um Financiamento Estudantil a curto prazo mantido pela Estag

O Descomplica, uma das principais instituições de educação e tecnologia do Brasil, anuncia a doação de dez bolsas de estudos em cursos como Administração, Recursos Humanos, Marketing e Gestão Contábeis em um financiamento estudantil a curto prazo. A ação é fruto da parceria com a Estag, empresa especializada em recrutamento, documentação e desenvolvimento de estagiários. A Estag irá subsidiar seis meses da graduação do estudante até ele conseguir um estágio remunerado para que possa pagar sua faculdade posteriormente.  Os interessados no projeto deverão se inscrever até o dia 20 de julho pelo link: https://estag.uwu.ai/. Veja a lista completa de cursos ao final do texto.

Para Daniel Pedrino, presidente da Faculdade Descomplica, o projeto serve como uma mola impulsionadora para que o jovem, mesmo que sem condições financeiras iniciais, possa ingressar no ensino superior e a partir do momento que conquiste um estágio consiga dar continuidade aos estudos.

“A missão do Descomplica é democratizar o acesso à educação, afinal acreditamos que aprender é para todo mundo e por isso não vamos parar até que a educação chegue a cada brasileiro que precisa dela. Após a aquisição que realizamos da UniAmérica, esse propósito é ampliado porque agora a nossa lista de cursos aumenta e consequentemente se ampliam possibilidades dos alunos estudarem e conquistarem uma inserção no mercado de trabalho”, explica.

Em média a bolsa estágio costuma variar entre R$800 e R$1600 na região de São Paulo. Quanto à Faculdade Descomplica, o estudante pagará em média R$199 por mês, dependendo do curso, até quando achar um estágio remunerado e conseguir quitar o semestre financiado. Caso o jovem não encontre o emprego no 1° semestre, fica a critério dele decidir se quer ou não continuar no curso, arcando com os gastos dali para frente. “A Estag irá acompanhar o jovem durante toda a sua graduação, a fim de garantir que ele se forme. Nosso impacto está intimamente ligado à formação do jovem na Faculdade Descomplica”, afirma Felipe Morelli da Estag.

Veja os cursos que fazem parte da parceria:

  1. Administração
  2. Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  3. Banco de Dados
  4. Ciências Contábeis
  5. Computação em Nuvem
  6. Engenharia da Computação
  7. Engenharia de Produção
  8. Gestão Comercial
  9. Gestão de Dados
  10. Gestão Financeira
  11. Gestão Pública
  12. História
  13. Jogos Digitais
  14. Letras – Português
  15. Logística
  16. Marketing
  17. Matemática
  18. Pedagogia
  19. Processos Gerenciais
  20. Recursos Humanos
  21. Sistemas de Informação
  22. Sistemas para Internet

Sobre a Faculdade Descomplica

Primeira EdTech brasileira a ingressar no ensino superior, a Faculdade Descomplica estreou em agosto de 2020, com um modelo 100% online e oferecendo os quatro cursos mais procurados no EAD: Pedagogia, Administração, Contabilidade e Gestão de Pessoas. Com preços democráticos – o curso de maior valor sai por menos de R$220 mensais -, a instituição foi liberada pelo MEC com nota máxima para a sua atuação (5), conquista que somente 6% das mais de 2500 instituições de ensino possuem. A Faculdade opera no modelo de microcertificações: os cursos são divididos por temática, em vez de seguirem a separação tradicional por semestre. O aluno pode optar por qual tema prefere começar a estudar e, ao finalizar, recebe um certificado de especialista contando quantos estudos de caso foram realizados sobre o assunto, que pode ser linkado diretamente em seu perfil do LinkedIn. Para o lançamento da Faculdade Descomplica, um investimento da ordem de R$ 55 milhões foi realizado.

 Sobre a Estag

 Feitas por jovens e para jovens, a estag impacta jovens em situação de vulnerabilidade social através de programas de capacitação e empregabilidade focados nas profissões e nas habilidades do futuro.

Leia Mais
Marketing

Como aumentar o alcance da sua marca pelo Pinterest

A rede social já virou sinônimo de “referência”. As pessoas visitam o site em busca de inspiração, produtos e uma comunidade de pessoas criativas. E, acredite, você consegue achar de tudo. Desde moda, maquiagem, exercícios físicos, bem-estar, decoração, viagem, “faça você mesmo” a receitas de comida, etc etc.⠀

Há pouco tempo o Pinterest abriu o site para que as marcas pudessem fazer anúncios, e agora, também virou uma plataforma de compra direta. Se essa informação não te empolga, se liga nos dados da rede social publicados pelo portal da UOL:

  • o Pinterest tem hoje mais de 175 milhões de usuários. E o Brasil está entre os dez países com maior número de usuários cadastrados na rede.
  • Cada pin gera, em média, duas visitas ao site e seis visualizações de páginas.
  • 93% dos usuários do Pinterest usam a rede para planejar uma compra.

Essas informações animam qualquer tipo de perfil, seja você um empreendedor individual ou uma empresa. No site, a criação de Pins visualmente atraentes só vai acrescentar positivamente a sua marca. Para isso, é necessário categorizar suas publicações em grupos de anúncios segmentados, definir seus objetivos de negócios e veiculação da campanha, para que seja bem sucedida. E, olha, é bem fácil criar um conteúdo interessante na plataforma, tendo em vista que oferecem inúmeras formas de publicação, como: vídeos; carrosséis; coleções; vídeos; imagens estáticas.

Como anunciar no Pinterest?

Os anúncios no Pinterest são chamados de Pins Patrocinados. Eles são iguais ao Pins (publicações) que são comuns de fazer, exceto que você paga para promovê-los e, por isso, aparece para um público mais amplo.

Primeiro passo: configurar anúncios.

Para anunciar, é necessário que você crie uma conta business. O valor depende totalmente do orçamento e do gasto que planeja gastar em suas campanhas. Para fazer isso, é só se cadastrar no site: ads.pinterest.com, preencher com alguns dados e pronto. 

Informação importante: requisitos dos anúncios.

Para patrocinar seus pins, verifique sempre as seguintes demandas:

  •  precisam estar no seu próprio perfil business
  •  ser salvos em pastas públicas
  • ter URLs de destino (sem encurtadores de link na URL de destino ou na descrição)
  • não ser GIFs ou vídeos de terceiros
  • seguir os “Padrões para Anúncios” do Pinterest.

O último passo é determinar qual será o tipo da sua campanha.

A plataforma oferece alguns tipos de campanha para te ajudar em como guiar sua campanha.

  • Reconhecimento (para aumentar seu alcance e reforçar o reconhecimento do produto ou da marca) 
  • Consideração (tem como objetivo gerar mais tráfego a conteúdos dentro e fora do Pinterest) 
  • Conversões (impulsionar ações do usuário, como vendas, inscrições e assinaturas)
  • Vendas off-line (aumentar o ticket médio das compras na loja física)

Além disso tudo, cada vez mais a geração Z e os millennials, estão usando o Pinterest para comprar produtos que reflitam seu interesse por novidades. Você não quer perder essa galera toda, né?

Leia Mais
Marketing

McCann Worldgroup lança departamento de sustentabilidade

Jaclyn Kaminski é nomeada Diretora Global de Sustentabilidade do grupo.

O McCann Worldgroup lançou um departamento de sustentabilidade para comprometer recursos e impulsionar a agenda de sustentabilidade da rede. A agência anunciou que Jaclyn Kaminski, Diretora de Business Leadership da McCann London, foi nomeada para a função recém-criada de Diretora Global de Sustentabilidade e irá liderar o departamento. Kaminski traz consigo uma vasta experiência, incluindo a co-liderança do Departamento de Sustentabilidade Global da agência. Ela recebeu vários certificados de negócios de sustentabilidade na Universidade de Cambridge, Reino Unido, incluindo um certificado de pós-graduação em Liderança em Sustentabilidade.

Kaminski será responsável por incorporar a sustentabilidade em toda a estratégia de negócios, operações e cultura global do McCann Worldgroup, criando mudanças organizacionais e gerenciais duradouras. Sua missão inclui liderar a transição Net Zero do McCann Worldgroup, desenvolver uma estratégia de educação de sustentabilidade interna, estratégia de parceria global, gestão da análise da emissão de carbono da rede e envolvimento do cliente.

O anúncio segue um comunicado global para toda a rede McCann Worldgroup do Chairman e CEO Bill Kolb, relatando que a sustentabilidade é um dos imperativos de negócios da rede de agências e é crítica para o crescimento futuro do grupo.

Kolb anunciou que o McCann Worldgroup se comprometerá a ser uma empresa Net Zero em emissão de carbono até 2040. “Estamos muito além do estágio em que podemos falar sobre ser um cidadão corporativo mais responsável quando se trata de sustentabilidade – precisamos agir. E estamos.” , Kolb disse. “Estou animado por anunciar nosso novo Departamento de Sustentabilidade dentro do McCann Worldgroup. A sustentabilidade em toda a rede é crítica para nosso crescimento futuro – para nossos clientes, nossas comunidades, nossos funcionários e nossos parceiros. ”Kolb acrescentou: “As decisões que tomarmos agora determinarão o curso dos próximos 30 anos e além. Portanto, como uma primeira etapa, concluímos uma análise global da emissão de carbono. Esses aprendizados permearão a nossa primeira fase de compromissos de sustentabilidade global e estratégias de redução de carbono. Também nos comprometemos, junto com muitos de nossos clientes parceiros, a alcançar o Net Zero. E estamos comprometidos em estabelecer e cumprir metas baseadas na ciência. ”

Nannette Lafond-Dufour, Presidente de Global Clients y Business Leadership do McCann Worldgroup, colaborará com Kaminski no estabelecimento e construção de parcerias de sustentabilidade com cada um dos clientes. “Queremos trocar conhecimento e experiência sobre como atingir as metas de sustentabilidade com todos os nossos clientes e também garantir que todo o trabalho que fazemos com nossos parceiros e clientes atenda aos nossos planos mútuos de sustentabilidade”, disse Lafond-Dufour.

Kaminski tem dirigido a primeira Análise da Emissão de Carbono Global do McCann Worldgroup para garantir que todos os colaboradores entendam o impacto que a rede tem como negócio no planeta. Esta análise da emissão de carbono permitirá que o grupo reduza as emissões no futuro e faça o progresso necessário para alcançar seu compromisso com o Net Zero.

“Estou emocionada e honrada pela confiança que o McCann Worldgroup demonstrou ao indicar-me para essa importante função”, disse Kaminski. “O McCann Worldgroup é um membro comprometido da comunidade global e isso significa que temos um imperativo moral de nos comportarmos como cidadãos corporativos ativos e progressistas na luta contra as mudanças climáticas. E isso significa cada um de nós, como colaboradores e parceiros do McCann Worldgroup. ”

Uma parte fundamental da estratégia de sustentabilidade da rede é seu foco em educar e envolver todos os mais de 20.000 membros da rede McCann Worldgroup no caminho a seguir na agenda de sustentabilidade. Kaminksi trabalhará com liderança em toda a rede para criar programas que operem em nível global, regional, local e escritório por escritório para garantir que cada colaborador do McCann Worldgroup seja uma parte interessada engajada e responsável no progresso da rede.

Além disso, o McCann Worldgroup está formando uma parceria estreita em sustentabilidade com sua controladora, o Interpublic Group (NYSE: IPG). Em junho, o CEO do IPG, Philippe Krakowsky, anunciou que o IPG está dando três passos importantes em relação às mudanças climáticas, que incluem definir uma meta baseada na ciência, obter 100% de eletricidade renovável até 2030 e se comprometer a atingir o nível net zero de carbono em toda a rede do IPG até 2040.

Leia Mais
Marketing

5 formas simples de usar conteúdos interativos

Foto de mulher de costas, câmera sobre o ombro mostrando a tela do seu notebook, que está em uma página amarela e com opções de personalização

Quando estamos ouvindo um monólogo, assim que o locutor encerrar, o conteúdo também acaba. E, se ele não for muito cativante ou o esgotar o interesse do assunto, nem vamos querer ouvir até o fim, não é?

Agora, se estamos em um diálogo, o assunto se estende, se molda e cresce com quem está envolvido nele.

No meio online também, muitas vezes é mais interessante para o consumidor interagir com o conteúdo — e, consequentemente, com a marca — do que apenas receber passivamente o que está sendo dito. Tanto porque isso torna da experiência algo mais diferente quanto porque permite que tenhamos um pouco de algo que tanto tem feito falta: envolvimento humano.

É por isso que os conteúdos interativos se tornaram uma das tendências de marketing de 2021. Em um contexto de isolamento social, eles trazem para o ambiente virtual, onde mais passamos o tempo atualmente, possibilidade de calor humano.

Além disso, também é positivo para a marca pois fortalecer sua conexão com o consumidor, garantir maior retenção e engajamento e fomentar a base de dados — afinal, ao conversar com alguém, você aprende mais sobre ela. E, ao mesmo tempo em que a marca conhece o público, o público conhece melhor a marca e a identidade dela é reforçada.

Mas como fazer isso? A interatividade pode estar presente de diversas formas, e nem precisa de grandes invenções para colocá-la em prática desde já.

  • Lives -> as experiências em tempo real também são uma tendência de 2021, mas para que atinjam seu potencial a interatividade é necessidade, o quanto for possível e adequado. Seja uma live simplesmente para conversar com o público, responder perguntas e ler comentários, ou para educá-lo através do bate-papo, ou interagindo através do chat ao vivo. Para isso, é preciso que se escolha uma plataforma onde seja permitido o uso de ferramentas de interação.
  • Quizzes e questionários -> pode ser tanto algo descontraído para entretenimento, ou algo voltado para entender as dúvidas do público, ou o que eles que eles gostam de consumir da marca e o que querem de novo, ou para suas opiniões, ou até para saber melhor quem eles são.
  • Enquetes -> já dá pra pensar nos stories do Instagram né? Da mesma forma que os quizzes, podemos usar essa ferramenta para perguntar algo ao público ou fazer uma votação.
  • Vídeos interativos -> se você assistiu “Black Mirror: Bandersnatch”, da Netflix, deve se lembrar da experiência de definir o rumo da trama com apenas um clique. Pode ser mais fora da caixinha, mas não é algo impossível, embora precise de uma boa estratégia e planejamento. Lançar um vídeo gravado em que no final o público vota para onde quer que ele continue ou o que quer que o locutor aborde em um próximo tema, e realizar isso depois em uma live, talvez?
  • Publicações para conversar com o público -> terminando com uma opção mais simples, mas que pode funcionar muito bem se for feita com inteligência, também tem a possibilidade de proporcionar uma conversa direta com seus seguidores, seja fazendo uma pergunta, propondo que cada um comente algo sobre determinado assunto, ou até pedindo uma votação nos comentários.

Um detalhe a mais que pode perceber é que, se forem feitas as perguntas certas ou se prestar atenção na interação, você também conseguirá ter uma noção melhor de em qual etapa do funil o seu público está, o que ajudará nas futuras produções.

A melhor opção será o que for mais adequado para o seu público. Uma dica é, antes de decidir o formato, fazer um planejamento detalhado (um esboço desenhado por ajudar ainda mais) e definir o objetivo final dessa interação.

Leia Mais
Marketing

Storytelling nas mídias sociais: Por que usar?

Storytelling (“contar uma história”) é uma ferramenta crescente na publicidade, por colaborar na relação entre a empresa e o público. Mas por que devemos usar o Storytelling nas redes sociais?

Com o uso do storytelling permitimos que as marcas e produtos se desloquem com emoções; o público se conecta com a história que a marca ou produto representa. Quando nós o utilizamos nas redes sociais, estamos humanizando a marca ou produto.

Veja alguns exemplos de empresas que utilizam o storytelling:

Airbnb

Em suas mídias, o airbnb descreve os locais de hospedagem de uma forma que desperta interesse em seus seguidores, utilizando uma narrativa mais íntima do local em vez de informações genéricas.

Holistix

A marca de produtos para rotina e hábitos saudáveis se utiliza de uma narrativa jovem onde traz dicas e explicações sobre seus produtos.

 

McDonald’s

Nas mídias sociais, o McDonald’s também aposta em criar post com uma narrativa jovem, utilizando expressões comuns entre seus seguidores e levando para seus produtos.

E você, o que está esperando para começar a utilizar o storytelling?

 

Leia Mais