close

Mídia

Mídia

Elemidia disponibiliza compra programática

elemidia

“Inaugurar esse novo modelo está diretamente relacionado à nossa crença de que a
comunicação das marcas precisa ser cada vez mais contextualizada e associada ao que
as pessoas de fato estão buscando – o uso da tecnologia e de dados a favor disso é um
caminho sem volta. Relevância será sinônimo de eficiência daqui para frente”.

É com essa afirmação que o diretor de marketing do Itaú Unibanco Eduardo Tracanella
anuncia o Itaú como uma das primeiras marcas a utilizar a plataforma de compra
programática lançada pela Elemidia em parceria tecnológica do Rubicon Project e da
Verizon Media.

Lucio Schneider, diretor de marketing da Elemidia, diz que além da empresa
disponibilizar a compra programática em toda sua rede de ambientes corporativos,
residenciais e shoppings, também é possível fazer integração das campanhas em suas
telas com estratégias digitais, principalmente mobile.

“O modelo de compra programática era um caminho natural para a Elemidia. Somos
uma empresa 100% digital, e por isso, capaz de disponibilizar o inventário completo
para essa solução” – Lucio Schneider.

Leia Mais
Mídia

Um elefante no metrô de São Paulo

Elefante dumbo

O elefante mais famoso dos desenhos agora pode ser encontrado no mezanino da Estação Sé. Com um cenário novo, a Disney – junto com a agência Wieden+Kennedy – usou a mídia out of home da JCDecaux no Brasil para divulgar o lançamento do filme de Dumbo.

A mídia de metrô impacta aproximadamente 6 milhões de pessoas nas linhas vermelha, azul e verde. O pessoal que passa pelo metrô de São Paulo pode conferir a campanha e tirar foto.

Segundo Andrea Salinas, diretora de marketing e inovação da JCDecaux, a empresa está desenvolvendo projetos especiais voltados para o metrô. Vincent Letang, vice-presidente executivo de inteligência de marketing global da Magna, diz “O OOH é o último formato de publicidade que os consumidores não podem pular ou bloquear e ainda alcança os jovens urbanos antigos”.

Com a estreia do filme marcada para o dia 29 de março, a mídia da campanha ficará disponível até o dia 7 de abril.

Leia Mais
Mídia

Crise ou oportunidade? Burger King cria campanha baseada em “haters”

burger-king-polimor-creativosbr-mídia

Não é novidade pra ninguém o poder de voz que a internet, através das redes sociais, concederam às audiências das marcas. Com isso, também surgem os “mimimis” e os “haters”, prontos para criticar qualquer ação que contrarie suas preferências e/ou opiniões. Nesse cenário de “nervos a flor da pele”, as marcas procuram se resguardar e ter em seus anúncios discursos que não ofendam nenhum público. Porém, isso não é suficiente, e vez ou outra podem desagradar algumas pessoas. Algumas marcas começaram a enxergar os comentários negativos como oportunidade e inspiração, e do “diálogo” com os haters passa a surgir campanhas e até produtos.

Em campanha lançada pelo Burger King em fevereiro e estrelada por um trisal, a marca, como objetivo de gerar reflexão no público sobre o poliamor, acabou virando alvo dos haters. A empresa, conhecida por gerar buzz com assuntos sociais, em resposta lançou uma campanha para responder as críticas acumaladas nas redes sociais.

Ariel Grunkraut, diretor de marketing do Burger King no Brasil, destacou que todos os públicos são bem-vindos na empresa e que não aceitam nenhuma forma de preconceito e, em respeito a todos consumidores, reforçam mais uma vez que todas as formas de amor são bem-vindas no restaurante. Como a campanha inicial não agradou a todos, a marca decidiu fazer uma brincadeira com as críticas que recebeu, reforçando seu posicionamento contra qualquer tipo de preconceito em resposta aos haters em seu novo filme.

Para Rafael Donato, vice-presidente de criação da David (agência responsável pelos comerciais), a nova versão do filme foi a saída para a marca responder aos haters de forma bem-humorada: “Poliamor dividiu opiniões. Mas se a ideologia nos separou, a zueira pode nos unir”, diz ele.

Confira os vídeos:

Resposta aos haters (Poliamigos):

 

Filme poliamor:

Leia Mais
Mídia

MUDANÇAS NO OSCAR 2019 PARA RECONQUISTAR AUDIÊNCIA

Oscar 2019

Domingo, 24 de fevereiro, pela 91ª vez o tapete vermelho receberá as grandes estrelas de Hollywood. Porém, nem tudo são champanhes e estatuetas. Na edição anterior, foi registrada a menor audiência da história do evento com uma queda de 19% em relação a edição de 2017. A cerimônia mais badalada de cinema foi acompanhada por apenas 26,5 milhões de telespectadores.

 

A The Hollywood Report – revista especializada em cobrir as notícias de Hollywood e entretenimento – afirmou que esta foi a primeira vez que o Oscar teve menos de 30 milhões de telespectadores. Diante deste cenário, a Academia fez algumas mudanças com o intuito de aumentar a audiência e modernizar um dos eventos mais tradicionais do cinema.

 

O filme Pantera Negra teve 7 indicações à estatueta de ouro incluindo a categoria de Melhor Filme. Isso pode não representar muita coisa, mas a Academia tem apresentado interesse por filmes mais populares para expandir sua audiência, lembrando que Pantera Negra fez uma bilheteria de US$ 1,5 bilhão no mundo todo, e especialistas afirmam que a intenção é aproximar mais do grande público para melhorar sua audiência na TV.

 

Foi mencionado também que quatro categorias não serão televisionadas, segundo John Bailey, presidente da Academia. Ele afirma que isso será necessário para diminuir o tempo do Oscar e evolução da cerimônia, atraindo um público jovem e se adequando aos padrões da atual televisão. Dessa forma, o Oscar terá apenas 3 horas, e as categorias cortadas serão exibidas via streaming no site Oscar.com, que também será uma novidade este ano com a transmissão além da TV.

 

Outra revelação é a ausência de um “anfitrião” da cerimônia, que provavelmente seria o ator Dwayne “The Rock” Johnson, mas ele desistiu do convite por motivos de conflito em sua agenda de trabalho.

 

Preocupados com a audiência, a Academia está montando um batalhão de nomes populares para orquestrar o evento e assim, quem sabe, elevar os números da audiência. A lista inclui: Sarah Pauloson, Samuel L. Jackson e James McAyoy (“Vidro”), Melissa McCarthy (“Poderia me Perdoar?”), Jason Momoa (“Aquaman”), Emilia Clarke (“Han Solo: Uma História Star Wars”), Javier Bardem (“Todos Já Sabem”), Stephan James e KiKi Layne (“Se a Rua Beale Falasse”), Laura Dern (“Star Wars: Os Últimos Jedi”), Key Keegan-Michael (“O Predador”), Angela Bassett e Chadwick Boseman (ambos de “Pantera Negra”).

 

Muitos não gostaram das mudanças, mas o certo é que a academia não pode ignorar os números; e se a audiência está caindo, é sinal de que o publico não está gostando. Porém, só no dia 24 podemos saber se as mudanças conquistaram os cinéfilos e resgataram a audiência perdida.

Leia Mais
Mídia

McDonald’s aposta em Lego para McLanche Feliz

Mc Donalds

A rede McDonald’s está sempre nos surpreendendo com seus brinquedos do McLanche Feliz. Até quem é adulto ama muito tudo isso.

Não é de hoje que o McDonald’s traz em sua linha do tempo brinquedos pra lá de divertidos e que agrada uma grande maioria. Seu público-alvo são as crianças, mas tem muito marmanjo adorando a ideia de poder colecionar os brinquedos.

Para fevereiro, a marca traz uma coleção de estojos desenhados e inspirados em 10 personagens diferentes do filme “Uma Aventura Lego 2”, que estreia nessa quinta-feira, 07/02. Trata-se de um longa metragem que continua a história do seu primeiro filme (Aventura Lego, 2014), onde uma batalha contra inimigos alienígenas faz com que a cidade Lego se transforme em Apocalipsópolis.

SOBRE A COLEÇÃO

É uma coleção de 10 estojos recipientes com a forma do rosto dos principais personagens do filme, sendo Batman, Mulher-Maravilha, Emment, Megaestilo, Unigata, Barba de ferro, Caos Legal, Duplo Alien I, Superman e Duplo Alien II. Além de recipiente, todos eles são equipados com um prendedor para que as crianças/adultos possam pendurar nas mochilas e bolsas.

Tá querendo um? Dê uma olhada nos modelos e corra pra garantir o seu.

Os brinquedos deverão chegar em todas as lojas ainda essa semana, podem ser adquiridos junto com a caixinha do McLanche Feliz por R$ 17,00 ou somente o brinquedo avulso por R$ 13,00

Não perca tempo, faça a sua criança feliz!

Leia Mais
Mídia

Creativosbr lança curso que ensina marcas a trabalharem com influenciadores

Curso Planejamento e Compra de Influenciadores Digitais para Campanhas Publicitárias

Acontece no dia 16 de março, em São Paulo, a segunda edição do curso Planejamento e Compra de Digital Influencers para Campanhas Publicitárias, promovido pelo creativosbr.

O curso, que tem 8 horas de duração, tem por objetivo capacitar os profissionais quanto ao entendimento dos conceitos e sua aplicabilidade no dia a dia, possibilitando assim, a construção de um bom e estratégico plano de mídia com influenciadores digitais para marcas de produtos e serviços, seja de empresas de pequeno, médio ou grande porte.

“Entender as características do marketing de influência, quem são esses influenciadores e como eles alteraram o negócio da publicidade na mídia digital nos últimos anos é imprescindível. Através de atividades práticas, os alunos exercitarão habilidades da técnica da disciplina, que passam por análises de adequação, rentabilidade e relevância, alcance e engajamento, além das etapas de segmentação, rankeamento, negociação e mensuração da mídia”, diz Filipe Crespo, professor do curso e profissional de mídia que teve passagens por agências como W/McCann, JWT, Africa, Ogilvy e Y&R.

O curso é voltado para estudantes da área de comunicação social, profissionais de mídia, planejamento, BI, atendimento ou de áreas similares, atuantes em agências de publicidade, veículos de comunicação ou clientes anunciantes que tenham como atividade regular ou de rotina, o planejamento, a negociação, a compra, a execução e o acompanhamento da mídia de influenciadores digitais com atuação nas mais variadas redes sociais.

As inscrições já estão abertas e até o dia 08 de fevereiro , podem ser feitas ao custo promocional de R$ 279,00 pelo link:

https://www.eventbrite.com.br/e/planejamento-e-compra-de-digital-influencers-para-campanhas-publicitarias-tickets-55354886957

A efetivação da inscrição inclui ainda o fornecimento do material digital e certificado de participação.

Leia Mais
Mídia

GroupM compartilha insights sobre o futuro da mídia

GroupM-compartilha-insights-sobre-o-futuro-da-mídia-Creativosbr-Mídia-GroupM-Wpp-Creativos-BlogdoCrespo

O GroupM, grupo de investimento em mídia da WPP, divulgou hoje seu segundo relatório anual, fornecendo informações sobre consumo de vídeo ao consumidor, plataformas de publicidade e demanda com muitos comentários detalhados sobre as principais tendências.

Embora algumas empresas de rádio tenham tomado medidas para reduzir a frequência de anúncios, elas continuam a subir nos EUA, de acordo com o relatório anual do GroupM.

No geral, as cargas de anúncios aumentaram de 10,9 minutos por hora no ano passado, em agosto, para 11,2 minutos por hora este ano ao mesmo tempo, de acordo com uma análise dos dados da Nielsen. E, embora tanto a NBC Universal quanto a Fox tenham adotado medidas para reduzir os anúncios neste ano, dados divulgados anteriormente mostram que, embora os anúncios tenham crescido 4%, a receita nacional de anúncios de TV permaneceu estável.

Apesar dessas mudanças na frequência de anúncios, “as pessoas não viram a retenção de público subir”, segundo Rob Norman, especialista em vídeo da indústria do GroupM. Os experimentos mostraram que, embora os anúncios de seis segundos possam funcionar no espaço do anúncio digital, eles “realmente não decolaram” para a televisão.

“Eu acho que ainda há uma luta considerável nesta era para entender um anúncio de seis segundos”, disse ele. Anúncios mais curtos poderiam “aliviar a frequência”, segundo o relatório.

Nos EUA, os anúncios de 30 segundos estão em declínio de 2014 até o ano passado, enquanto os anúncios de 15 segundos e os de 10 segundos aumentaram durante o mesmo período de tempo. No geral, os anúncios de 15 segundos superaram os anúncios de 30 segundos em termos de intenção de ação, eficácia, emoção e memória, de acordo com dados da Nielsen citados pelo GroupM. No entanto, anúncios de 30 segundos foram melhores para atenção, de acordo com os dados.

Ao contrário dos anos anteriores, “não havia diferenças consideravelmente grandes na indústria para este relatório”, disse Norman. Ainda assim, o GroupM determinou várias tendências para o tempo em que estamos, incluindo que o número de pessoas que assistem TV apoiada por anúncios não crescerá e a fadiga de assinaturas é “inevitável”, de acordo com o relatório.

“Estamos no estado de uma revolução incompleta”, finalizou Norman.

Leia Mais
Mídia

Cartoon Network para a geração dos anos 90

CN-OFF-AIR_PL_Personajes_creativosbr_midia

O Cartoon Network decidiu criar uma faixa noturna pensando nos jovens adultos, mais conhecidos atualmente como “Millennials”, com o nome de Cartoon Off Air, que faz referência a um desligamento da programação do canal.

O novo bloco estreia a partir da próxima segunda, 5 de novembro, das 22h às 23h, um horário considerado nobre na TV por assinatura, e terá curtas com personagens icônicos em uma linguagem irreverente e humor non-sense.

O Cartoon Off Air será composto pelas produções locais CN OffAir que Eu Quero, que faz uma paródia do quadro “O Brasil que eu quero“, da Rede Globo, A Liga da Procrastinação, onde um grupo formado por Titio Avô, Ricardo, Rigby e Mordecai tem a missão de fazer com que qualquer coisa seja adiada. Também adicionaram no bloco o Toonproducts, com comerciais de produtos inexistentes. A criação do bloco foi impulsionada pela audiência do Cartoon Network, que foi o canal de TV por assinatura mais visto pelo público na faixa dos 18 a 24 anos em 2018.

Inicialmente, o CN OffAir será algo exclusivo do sinal brasileiro, mas dependendo da receptividade, o canal não descarta uma futura expansão para o restante da América Latina. A iniciativa deve chamar atenção de parte dos telespectadores que acompanham ao canal durante o horário, mas certamente não agradará a todos.

 

 

Leia Mais
Mídia

B.drops inova com campanha que destaca Outubro Rosa

Capturar

A b.drops é um canal de TV exibido em telas instaladas exclusivamente em salões de beleza, que tem como objetivo levar conteúdo relevante e inteligente para as mulheres em um momento de descontração e bem-estar. Em pouco tempo, a marca se tornou líder do segmento e hoje está presente nos maiores e melhores salões de beleza do Brasil.

Em comemoração ao mês de conscientização contra o câncer de mama, eles prepararam uma ação bem interessante para seu público direto: as mulheres.

Este ano, a b.drops inova com a campanha Be Pink,  que engaja as mulheres dentro dos salões de beleza com uma programação voltada para a prevenção e o diagnóstico do câncer. Nas telas b.drops serão exibidos conteúdos educacionais com entrevista de especialistas, dicas para doação, tratamentos e histórias inspiradoras.

“Percebemos que fazer uma campanha de conscientização dentro dos salões é muito oportuna, porque o momento de espera entre um procedimento e outro é muitas vezes forçado, e nada melhor que aproveitar esse tempo ocioso para se atualizar sobre o tema”, declara Felipe Viante, diretor de expansão da b.drops.

A campanha de conscientização acontecerá em todas as telas da b.drops nos mais de 360 salões de beleza espalhados pelas principais cidades brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Campinas, Brasília entre outras). Além da programação nas telas b.drops, a Be Pink abrange outras ações como incentivo à doação de cabelos e palestras educadoras com profissionais da área de saúde, dentro dos salões participantes. MG Hair Design, Marcos Proença, C.Kamura, Cats, Vimax, Marly, Frank d´Ferran entre outros grandes nomes da beleza abraçaram a causa.

A Be Pink também conta com o apoio de grandes marcas como Keune Hair Cosmetics, Unimed Curitiba, Tenys Pé Woman e Beauty Week.

Leia Mais
Mídia

Copa do Nordeste 2019 confirmada na programação do SBT

taça-copa-do-nordeste-creativosbr

O retorno à transmissão do futebol depois de mais de uma década está rendendo resultados positivos de audiência e também comerciais para o SBT. A emissora de Sílvio Santos transmitiu na temporada 2017/2018 o Campeonato do Nordeste para a região, onde assumiu a liderança e vice-liderança nos principais mercados, tais como Salvador (10,2 pontos de média), Fortaleza (8,8) e Recife (7,3), totalizando mais de 30 horas de transmissões em toda a região.

Na temporada anterior, Schin, Net/Claro, Cachaça 51 e O Boticário patrocinaram o torneio, que teve final em julho em partida entre Bahia e Sampaio Corrêa. O clube maranhense levou a melhor, atraindo atenção da audiência local, mas o interesse do público como um todo foi bastante relevante.

No consolidado de todas as praças, foram mais de 330 milhões de espectadores ligados durante toda a competição. Os números serão apresentados aos atuais patrocinadores, além de novos anunciantes. Desta vez estarão disponíveis seis cotas de patrocínio ao torneio. Por enquanto, não está definido o valor das cotas, mas na temporada passada, o valor esteve entre R$ 2,5 e R$ 3,5 milhões.

Assim como aconteceu neste ano, as transmissões em 2019 serão feitas por dez afiliadas do SBT na região: TV Aratu (Bahia); TV Ponta Verde (Alagoas); TV Jornal Recife e TV Jornal Caruaru (Pernambuco); TV Tambaú – João Pessoa e TV Borborema – Campina Grande (Paraíba); TV Ponta Negra (Rio Grande do Norte); TV Jangadeiro (Ceará); TV Cidade Verde (Piauí) e TV Difusora (Maranhão). Não haverá, por enquanto, transmissão do torneio em rede nacional.

Leia Mais