close
Conteúdo

Como afugentar o bloqueio criativo

Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Quem nunca passou por um bloqueio criativo ou se sentiu ‘travado’ na hora de criar um novo texto?

O bloqueio criativo é bastante associado a momentos da falta de inspiração na construção de um novo projeto. Criado na década de 40 pelo psicanalista austríaco Edmund Bergler, o termo tinha como objetivo descobrir o porquê escritores da época, a partir um determinado momento, não conseguiam ser mais criativos. Tanto que o termo é traduzido para o inglês como “writer’s block”.

Bergler através das suas pesquisas descobriu que a maioria desses casos partiam de pessoas com problemas psicológicos, como a ansiedade e a depressão. Com o cenário da pandemia, segundo a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), os casos de pessoas depressivas e ansiosas em estado agudo aumentaram em 90%. Tratando-se do bloqueio criativo, com o isolamento social, este fenômeno deixou de ser unicamente fruto de um quadro psicológico.

Como meros seres humanos, nem sempre é fácil ter novas ideias ou estar inspirado para criar. Não poder visitar os amigos, família e privados de lazer, tornou-se um desafio estar sempre leve para que as ideias fluam.
Pensando nisso, listei algumas ações rotineiras que podem fazer toda diferença para afugentar esse problema, acompanhado de puxões de orelha.
Confere aí:

Medite – Busque sempre estar conectado entre corpo, mente e alma. A meditação é fundamental para que a calmaria se instale e a inspiração venha. Além de tudo, ela ajuda na redução de estresse, controla a ansiedade, ajuda no autoconhecimento, na autoestima e potencializa o foco na hora de realizar atividades.
Por onde começar?
Youtube: Pesquise por ‘meditação guiada’ tem para todos os estilos, gostos e idades.
Headspace: Um aplicativo de meditação que ganhou espaço até mesmo no Netflix, ele também tem site e está entre os melhores do seguimento.

Fica OFF – Desligar do celular e principalmente das redes sociais por um tempinho não faz mal a ninguém. Quando estamos conectados o nosso cérebro absorve uma quantidade absurda de informações, o que muitas das vezes nos deixa ansiosos, cansados e nossa criatividade: Oh! Pro beleleu!
Como eu diminuo?
Para aqueles que querem diminuir o tempo de uso nas redes sociais um bom método é iniciar uma nova leitura. Busque por livros de sua preferência e troque as horas nas redes por um momento de relaxamento e aflore sua imaginação.

Quem quer tudo, acaba sem nada – Uma tarefa de cada vez, ok? Dedique seu foco para uma tarefa em especifico até que a termine. Quando nós tentamos fazer muitas coisas ao mesmo tempo, principalmente quando o assunto é criar, nada fluí! Portanto, muito cuidado com esses enganos, eles podem custar sua saúde mental.

E o principalmente faça aquilo que te faça feliz, seja cozinhar ou ver um filminho com pipoca, quando fazemos as coisas que amamos o bom-humor toma conta e junto dele as boas ideias.

Tags : bloqueio criativobloqueio criativo publicidade passos criaçãoimaginaçãosaudemental
Dayane Souza

The author Dayane Souza

Graduanda em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela FECAP – Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, uma jovem animada, curiosa e falante que adora colocar a culpa no signo nas horas vagas (ela é de Áries). Apaixonada por natureza, arte e comunicação, não perde tempo quando o assunto é CRIAR! Um misto de seriedade e juventude cheio de paixão por se expressar.

Comentários no Facebook