close
Publicidade

Conheça sua própria caixa

hershe

“Pensar fora da caixa”. Essa é a máxima quando falamos de pensar em algo criativo, inédito, inovador… Mas nem começamos olhando “para a caixa”.  Já pensou nisso?

Pois é, a Hershey’s olhou para a própria embalagem e enxergou que as mulheres estiveram sempre presentes. Her e She (pronomes em inglês que significam ‘dela’ e ‘ela’). A campanha feita com a agência BETC/Havas transformou a embalagem da barra de chocolate ao leite em uma galeria de divulgação de várias mulheres talentosas: cantoras, musicistas, poetisas, escritoras, entre outras.

Para potencializar a campanha, a marca vai publicar os trabalhos das artistas em suas redes sociais e demais canais digitais. A ideia para este Dia da Mulher é compartilhar a audiência da Hershey’s com outras mulheres que poderão divulgar seus trabalhos usando a hashtag #HerShe , que poderão serem replicadas nos perfis da marca.

 

Incrível! Às vezes a boa ideia está mais perto do que a gente imagina.

O Itaú, em 2016, soltou a campanha Digitau, assinada pela Africa. A campanha divulgava os investimentos do banco em serviços digitais. É fato que esta rendeu várias opiniões diferentes, mas o que importa é: a boa ideia estava mais perto da caixa, ou neste caso, da palavra-chave do briefing. O difícil mesmo – e é aqui que entra a criatividade da publicidade – é conseguir enxergar o que sempre esteve ali e ninguém via.

Por isso, um bom exercício é: antes de pensar fora da caixa, olhe bem para ela.

Tags : briefingcriatividadedentro da caixadia da mulherhersheysitaúpensar fora da caixa
Cel Leal

O autor Cel Leal

Comunicóloga, bailarina e apaixonada por café. É graduada em Comunicação e Multimeios pela Universidade Estadual de Maringá e é pós-graduanda em Economia Comportamental pela ESPM. Tem 25 anos de idade e trabalha com planejamento estratégico na agência Bangboo de Maringá. Acredita que a publicidade é eficaz quando tira as pessoas de sua zona de conforto e as faz pensar e interagir com a marca. Ama tudo relacionado ao digital, mas acredita que as relações humanas não se traduzem só em métricas.

Comentários no Facebook