close
Digital

DressX: a roupa que você compra, mas não consegue vestir.

https://dressx.com/

 

Em meio a pandemia, fomos obrigados a migrar – quase totalmente – para plataformas online. Pode-se dizer que em 2020, quem não estava acostumado com o digital, precisou aprender rapidinho. Nos adaptamos ao dinheiro virtual, passeios virtuais, eventos virtuais e, agora, roupas virtuais… Isso mesmo! Chegamos na era em que o universo fashion invadiu o nicho da inteligência artificial e promete mudar a forma de consumo.

A Dressx nasceu da vontade de mudar a maneira de consumir moda no mundo. A empresa tem como objetivo atender a um público com necessidade específica, que está sempre a par das novidades do universo fashion e que preza por um consumo consciente.

Mas, afinal, o que essa empresa tem de diferente?

A plataforma conta com mais de 900 modelos de roupas, desenvolvidas e assinadas por diversos estilistas mundialmente reconhecidos. O único detalhe é: as roupas são feitas apenas para serem usadas virtualmente. O site funciona como uma vitrine, composto de looks, desde o mais básico e acessível, até peças de “alta costura” e alto custo. 

 

Exemplo de roupas do site Dressx.com

Olhou? Gostou? É só comprar e vestir, quer dizer, enviar sua foto e esperar que a inteligência artificial do site faça todo o trabalho. Essa maneira de consumir atende, principalmente, a demanda dos criadores de conteúdo digital, que torna a compra física praticamente redundante para estes. Afinal, quem nunca comprou uma roupinha só para tirar foto e nunca a usou? A ideia de comprar roupas exclusivamente no ambiente digital não é novidade, os video games já fazem parte deste universo há um certo tempo. Por exemplo, a compra de skins em jogos, ferramentas exclusivas para os personagens, entre outras coisas. O diferencial proposto pela marca, entretanto, é oferecer uma experiência única de compra em comércio eletrônico de roupas digitais.

Além disso, a indústria da moda é considerada uma das maiores poluidoras do mundo pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, devido à superprodução e o consumo excessivo de itens de moda. Na DressX, a visão é outra: criar roupas do futuro que eliminam resíduos e produtos químicos durante a produção e minimizem a pegada de carbono.

No estágio atual de desenvolvimento da DressX, pretendemos mostrar que algumas roupas podem existir apenas em sua versão digital. Não compre menos, compre moda digital.”

E aí, você investiria num look completamente digital? 

Dressx: right where you need them.

Tags : dressxecommercefashionvirtual clothes
Beatriz Guerra

The author Beatriz Guerra

Ex-futura cineasta, Beatriz Guerra é formada em Comunicação Social, mais especificamente em Publicidade e Propaganda pela FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado, e é apaixonada por audiovisual, adora conhecer novas culturas e aprender com os desafios do dia a dia. Ariana nata (com ascendente em gêmeos), nas horas vagas é produtora de velas e viciaaaaada em TikTok.

Comentários no Facebook