close
Digital

Entenda como o Telegram ganhou 3 milhões de usuários da noite para o dia

Sabemos o quão importante são as redes sociais na nossa vida atual. Alguns ainda ignora esse fato, mas muitas pessoas e empresas fazem transações e negociações pelas rede sociais. Mas… e quando essa rede deixa de funcionar? Para uma empresa e principalmente para o mercado publicitário, uma notícia dessas pode ser uma catástrofe. coque iphone Imagina que por um dia inteiro a sua empresa parou de produzir por falta de comunicação ou por conta de um ruído. Assim muitas tarefas são deixadas para trás, atrasando todo um processo produtivo. coque iphone soldes Foi assim que Telegram ganhou 3 milhões de usuários da noite para o dia, após relatos de instabilidades e problemas no envio de arquivos como fotos, Áudios e vídeos pelo Whatsapp e Facebook. vente de coque iphone De acordo com Puvel Durov, fundador e diretor-executivo ainda que seja um crescimento muito grande é um número pequeno perto dos 1.5 bilhão mensais de usuários ativos nas concorrentes. “Vejo que 3 milhões de novos usuários se inscreveram no Telegram nas últimas 24 horas. coque iphone Bom. coque iphone 8 Nós temos privacidade de verdade e espaço ilimitado para todos”, palavras de Durov. coque iphone xs Nos últimos anos, a plataforma vem conseguindo um crescimento que se faz pelo seu grande diferencial de proteção a privacidade dos seus usuários. acheter coque iphone en ligne O serviço não faz a coletas de informações das conversas para direcionar anúncios e não vende dados para outras empresas e promete que nunca terá como premissa o lucro.

Tags : appcreativosbrmediapublicidadesocialtelegramwhatsapp
Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook