close
Opinião

“Entrar pra dentro”, “sair pra fora” e “CPM qualificado”

CPM Qualificado?

Ainda na faculdade, na aula de Mídia, com o Prof. Davidson Iuspa, aprendi o significado da expressão CPM.

Dizia ele mais ou menos assim:

Custo por mil (CPM) é o quanto se paga para atingir cada grupo de mil pessoas do público-alvo, anunciando em um veículo de comunicação.

Só o conceito era pouco e precisava então de usar “aquilo” na prática.

No ano seguinte, também em Mídia, com o Prof. Amadeu, veio a oportunidade de se usar o tal CPM. E mais: para desespero total da galera, ele vinha acompanhado de uma fórmula.

Enfim, conceito mais do que compreendido e útil, uma vez que ainda hoje (7 anos depois de minha formação acadêmica) o CPM é utilizado como critério de rentabilidade entre diversos veículos de comunicação.

Porém, de uns meses para cá, tenho escutado de contatos de veículos, a expressão CPM QUALIFICADO.

Que porra é essa de CPM QUALIFICADO?

Pow Amadeu, essa você não me ensinou!

Talvez seja uma expressão até usual no mercado, mas para mim, ainda em começo de carreira (hehehe), “CPM QUALIFICADO” ainda não completou um ano de vida e se depender de mim, morre antes.

Mas fui procurar saber, e a resposta é bastante simples: Trata-se de um CPM com base no seu público-alvo e não no total da população! Ou ainda, que trata-se do CPM sobre o valor negociado ou o valor de tabela.

Ué, mas CPM já não é isso?

É como dizer então: “ENTRAR PRA DENTRO”, “SAIR PRA FORA”, ou “DESCER PRA BAIXO”!!!!

Todo CPM já leva ao entendimento de qualificado. Não queira você, Sr. Veículo, dizer que seu CPM é mais qualificado do que os outros!

Cada coisa, viu!!!

Tags : agênciaamadeublogblog do crespocálculoconceitos básicoscpmdavidson iuspaespmfaculdadefilipe crespomídiaprofessorpropagandapublicidadepúblico-alvorentabilidadetargetveículo de mídia
Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook