close
Publicidade

Inclusão digital: adaptar para deficiências e limitações

unsplash

Você já parou para pensar quais desafios pessoas com alguma deficiência enfrentam? Mais do que isso, o conteúdo que você produz é feito pensando nas dificuldades que muitos possuem ao consumi-lo?

 

Já não basta viver no mundo offline cheio de obstáculos, quando pensávamos que na Internet tudo ficaria mais fácil, nos deparamos com mais problemas. Existem vários aplicativos e ferramentas para facilitar a vida dessas pessoas, mas nem tudo são flores. Esse tema nem sempre é muito abordado ou tem a devida atenção, mas precisamos nos inteirar e conversar sobre isso.

 

O que é?

Vamos começar do começo. Caso você seja leigo nesse tema, ou não saiba ao certo sobre o que se trata, a gente te explica. A internet acabou se expandindo muito rapidamente. Temos tudo o que precisamos nela e disso você já sabe. Mas, e as pessoas com alguma deficiência? Elas também usam a Internet e possuem os mesmo direitos que o resto da população: ter acesso às informações.

A inclusão web nada mais é a democratização do acesso. A Internet é um recurso de inclusão e a acessibilidade remove barreiras para pessoas com algum tipo de limitação.

Por que pensar em acessibilidade digital para pessoas com deficiências?

Bom, podemos citar alguns dos vários motivos. Se não começarmos a pensar nessas pessoas, estamos excluindo todas elas de obter informações que elas precisam ou gostariam de saber. Isso tira totalmente a autonomia dessas pessoas, fazendo com que essas precisem de ajudas de outras para apenas navegar em algum site, por exemplo.

Além disso, mostra para outras pessoas que sua empresa ou perfil pessoal tem empatia, e é isso que as pessoas mais desejam ver, principalmente em um mercado de trabalho. Com a inclusão, você abrange o mercado e atinge cada vez mais pessoas, tendo em vista que se não pensarmos nisso, excluiremos parte da população (e não são poucas pessoas não. De acordo com o IBGE, existem cerca de 15.750.969 de brasileiros com alguma deficiência).

 

Agora que você já sabe melhor sobre o tema e sua importância, vamos colocar em prática com alguns exemplos.

 

Legendar vídeos e imagens

Felizmente, mais usuários estão legendando seus vídeos. E não é tão difícil quanto parece, pois já existem aplicativos que legendam seus vídeos automaticamente.

Sim, você leu certo! Para usuários de leitores de tela, legendar imagens também é fundamental e é para isso que o Texto Alternativo existe. Faça descrições adequadas evitando opiniões pessoais (por exemplo, em uma foto de um cachorro, apenas o descreva, não fale que ele é bonitinho).

E quando terminar, não se esqueça de colocar as Hashtags dos movimentos “#PraCegoVer e #PraTodosVerem”para alcançar ainda mais pessoas.

Cuidado com certas cores

Seu site está preparado para receber daltônicos? Nem sempre as pessoas enxergam do mesmo jeito que você. Por isso, tome cuidado com certos tons mais claros, dê contraste e use texturas quando possível, para que assim, pessoas com daltonismo tenham facilidade em entender a sua mensagem.

Outra alternativa, mas não tão acessível para todos, é desenvolver um modo daltonismo. Isso já é implementado por algumas empresas, principalmente a de jogos.

Sobre os emojis

Sim, as carinhas são bonitinhas e expressam muitas reações. Mas para pessoas que dependem da leitura de tela, acaba não fazendo tanto sentido, pois as definições são um tanto quanto inusitadas. Mas se for usar, use essas ‎😊e não símbolos como este : )

 

Esses foram apenas alguns dos muitos exemplos e atitudes que podemos colocar em prática no nosso dia a dia. Pratique e pense em como ajudar que você verá a diferença, de verdade, vale a pena. Parece muito complexo, mas solucionar é bem mais fácil do que parece.

 

 

 

 

Tags : como ajudardeficiênciasinclusãoinclusãoweblegendar
Jacqueline Menassa

The author Jacqueline Menassa

Colecionadora de figurinhas do WhatsApp e estudante de Publicidade e Propaganda nas horas vagas. Acredita que sair da zona de conforto é a chave para o desenvolvimento individual e profissional. Com isso busca usar seus conhecimentos e habilidades para trazer ajuda e apoio às outras pessoas. Viu na Creativosbr uma oportunidade para exercer seu talento artístico, já que vê seu futuro atrelado à área da criação.

Comentários no Facebook