close
Entretenimento

Maiores bilheterias da história do cinema. O que elas têm em comum?

Foto por Jake Hills

Quem aí está com saudade de sentar na frente da telona, acompanhado de um grande balde de pipoca caprichada na manteiga e um refri gelado? Já faz um tempo que estamos afastados do cinema por um motivo maior, mas isso não quer dizer que precisamos ficar longe de todo o universo cinematográfico, né?

O objetivo desse texto é entender porque nós, seres humanos, criamos tantos vínculos afetivos com as produções audiovisuais e, analisar se, há um denominador em comum que explica tudo isso. Mas, antes, nada melhor que lembrar quais foram os filmes de maior sucesso na história para entender o que faz com que sejam tão aclamados pelo público.

1º Avatar (2009) | 20th Century Fox | US$ 2.847.246.203

2º Avengers: Endgame (2019) | Walt Disney Studios Motion Pictures | US$ 2.797.800.564

3º Titanic (1997) | Paramount Pictures / 20th Century Fox | US$ 2.201.647.264

4º Star Wars: The Force Awakens (2015) | Walt Disney Studios Motion Pictures | US$ 2.068.223.624

5º Avengers: Infinity War (2018) | Walt Disney Studios Motion Pictures | US$ 2.048.359.754

6º Jurassic World Universal Pictures (2015 )US$ 1.671.713.208

7º The Lion King (2019) | Walt Disney Studios Motion Pictures  US$ 1.656.943.394

8ºMarvel’s The Avengers (2012) Walt Disney Studios Motion Pictures | US$ 1.518.812.988

Furious 7 (2015) | Universal Pictures | US$ 1.516.045.911 

10º Frozen II (2019)Walt Disney Studios Motion Pictures | US$ 1.450.026.933

*De acordo com a matéria da Forbes

Dentre as dez produções, podemos dizer que ao menos quatro estão ligadas ao universo dos super-heróis e que todas – literalmente –  utilizam-se de um universo fictício para produzir a história. Por que será que na lista não há nenhum filme baseado em fatos reais, uma biografia ou um documentário mostrando a realidade de algum país pelo mundo? Isso é fácil de explicar. 

A imagem do super-herói existe há muito, muito tempo. Mesmo. Antes até do surgimento da escrita. Essa interpretação está entre nós desde a mitologia grega, nórdica e em todas as culturas que conhecemos. Até hoje, continuamos nos apaixonando pelo mesmo aspecto dessas história: o fascínio em ver os personagens se envolvendo com os mesmos acontecimentos, inúmeras vezes, que, adivinhem, são os mesmo acontecimentos que presenciamos em nosso dia a dia: tomar decisões, fazer sacrifícios, abrir mão de amizades, costumes, viver uma realidade totalmente nova. Enfim, a lista de problemas que um ser humano passa diariamente é enorme, né? (socorro)

De acordo com o autor Umberto Eco: “o herói mitológico existe pela imediata e constante identificação do leitor com sua história, que de alguma forma está congelada em um passado histórico”. Apesar dos heróis terem se modificado enquanto aparência (pensa só se o Odin iria imaginar que, algum dia, haveria um super-herói tipo o Robin?), eles continuam vivendo do mesmo jeito: lidando, todos os dias, com infinitas versões de uma história. Então, resumidamente, a gente gosta de ver que eles se ferram que nem a gente.

E aí, você é fã de produções com um quê heroico? Se sim, por que você acha que se identifica com elas?

Tags : bilheteriacinemafilmesMarvelsuperheroi
Beatriz Guerra

The author Beatriz Guerra

Ex-futura cineasta, Beatriz Guerra é formada em Comunicação Social, mais especificamente em Publicidade e Propaganda pela FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado, e é apaixonada por audiovisual, adora conhecer novas culturas e aprender com os desafios do dia a dia. Ariana nata (com ascendente em gêmeos), nas horas vagas é produtora de velas e viciaaaaada em TikTok.

Comentários no Facebook