close
DigitalMarketingMídia

Métricas e kpis: quem são, onde vivem, de que se alimentam

Google imagens

No artigo de hoje, você vai entender de uma vez por todas a diferença entre métricas e KPIs e porque você deve aplicar desde já em suas atividades, seja você um criador de conteúdo, mídia, social media, empreendedor, gestor de tráfego, atleta ou até mesmo técnico de baseball.

Dizem que só aprendemos algo de fato quando sentimos na pele, por isso trago como exemplo o teste de bioimpedância. Mas, o que isso tem a ver com métricas e KPIs? Calma jovem padawan.

Para quem não conhece, o teste da bioimpedância é uma avaliação física que geralmente é feita por profissionais de educação física para medir as taxas corporais da pessoa antes de começar uma atividade física. Provavelmente você que já iniciou uma academia, ou começou a praticar esporte, deva ter feito esse teste.

Após o teste, você obtém: o peso, taxa de gordura corporal, massa muscular, metabolismo basal, massa óssea, gordura visceral, taxa de líquido, entre outros dados, relevantes para o instrutor ou personal montar uma programação de acordo com o seu objetivo.

Pois, bem! Seu peso, sua altura, sua idade, são métricas referentes ao desenvolvimento do seu organismo. Assim como curtidas, views, compartilhamentos são dados que representam uma pequena fração sobre a evolução do seu perfil nas redes sociais, site ou o que quer que esteja analisando.

A única desvantagem é que se você olhar apenas para essas métricas, dificilmente chegará a conclusões complexas sobre o objeto em questão. Por exemplo: porque está se sentindo cansado ao subir as escadas? Porque a calça jeans já não cabe mais? Esses questionamentos certamente não são 100% respondidos pelos dados apontados anteriormente.

Para entender o motivo por trás dos números e buscar respostas mais plausíveis para indagações subjetivas, utilizamos os KPIs, que são a junção de uma ou mais métricas para relacionar a um objetivo e extrair conclusões mais profundas.

Por exemplo, o IMC – índice de massa corpórea, nada mais é do que dividir o peso pela altura elevada ao quadrado. Nota-se que aqui possui duas métricas, que juntas podem informar se determinada pessoa está acima ou abaixo do peso, próximo de uma diabete ou não, e proporciona ao analista de dados a tomar uma decisão mais precisa e até salvar vidas.

Da mesma forma tempos o ROAS, CLV, CAC, taxa de engajamento, entre outros KPIs que alinhados com seus objetivos de negócio ou atividade, pode te proporcionar vários insights para testar, validar e melhorar a performance do seu trabalho.

Nos próximos posts trago mais informações de como ajustar os KPIs aos objetivos desejados, porque agora vou acompanhar as métricas desse post para bater minhas metas do mês.

Tags : dadoskpismétricas
Pabllo Stanlley

The author Pabllo Stanlley

Publicitário formado pela Estácio CEUT-PI e com MBA em Gestão de Marketing na ESPM-SP, Pabllo Stanlley é certificado pelo Grupo de Mídia. Atuou como Mídia, gerenciando as contas do Governo do Piauí e outros clientes. Fez parte do time da afiliada da TV Globo como Analista de Planejamento. Atuou também no mercado de saúde como coordenador de marketing do plano Unimed-PI.

Comentários no Facebook