close
Opinião

O marketing dentro da saúde

Fonte: Pexels

Como estratégias de marketing podem ser feitas pelo banco de dados da vacinação do Sus.

Com as vacinas sendo entregues e a campanha de imunização já iniciada, a priorização decidida, por diretrizes políticas e da saúde, de iniciar as vacinações por pessoas que apresentam comorbidades, podem trazer informações importantes para o mapeamento da população.

Isso porque, com a comprovação e arquivamento desses documentos que analisam a saúde da população brasileira, o governo pode iniciar campanhas de prevenção, que auxliam e monitoram o número de pessoas afetadas por tais comorbidades, além de prevenir novos casos.
Esses dados, além de conscientizar o governo sobre a saúde de seu povo, pode servir de base para campanhas publicitárias de empresas. E é nesse momento que o marketing entra na saúde.
As empresas, já com o conhecimento e mapeamento sobre a população e sua saúde, poderá chegar em seu público com o produto certo e abordagem pessoal. Essa aproximação certeira acontece pela criação de uma persona, que representa o público alvo das empresas.
Com ela, é possível afunliar as características que firmas procuram em clientes em potencial.
Como exemplo podemos falar sobre as seguradoras e como poderão ser mais incisivas nas vendas de contrato de saúde, uma vez que já entendem as necessidades e enfermidades de seu consumidor. Procurando previnir a parte da população que não se dispõe de comorbidades, a seguradora disponibiliza novos serviços que contribuem para práticas saudáveis, como orientação nutricional.
Por isso, quando tratamos de um assunto tão abrangente quanto o marketing dentro da saúde, as possibilidades de se fazer presente com um produto dentro desse meio são extensas e garantidas. Tudo depende de uma boa jogada e do uso inteligente de big data.

Tags : #bigdata#Marketing #CreativosBr#SUS #vacina #covid19
Isabella Rocha

The author Isabella Rocha

Publicitária em processo de formação, Isabella Rocha é residente de Guarulhos, Grande São Paulo, e é fascinada em escrever e cozinhar. Tem perfil comunicativo, persuasivo, colaborativo e otimista, além de se relacionar com facilidade e se destacar pela autoconfiança, proatividade, determinação e ousadia. Capricorniana equilibrada, é extremamente qualificada em indicações de filmes de comédia romântica.

Comentários no Facebook