close
Opinião

Por que ignorar o BBB?

Todo ano é assim.

Enquanto para uns, a ansiedade reina por mais uma edição de BBB que se aproxima, para outros, o que tem início é a manifestação de repúdio ao programa.

Para tudo na vida, tem quem ame e quem odeie.

E por conta disso tudo é que queria dar a minha opinião.

Um profissional de mídia não pode ignorar o BBB, por pior que seja. Não é porque eu não gosto do programa A ou do programa B, que não devo acompanhá-lo e saber seus dados de mídia.

Odeio o Dória, mas assito ao Aprendiz. Odeio o Pânico, mas preciso acompanhar o programa.

O BBB, querendo ou não é um sucesso no Brasil. São 12 edições em 10 anos. 

É verdade que a audiência já não é mais a mesma das primeiras edições, mas por outro lado, o programa é um sucesso comercial e quase não se acha mais espaços para ações de merchandising.

Na estreia do programa na última Terça-Feira, a média de audiência domiciliar foi de 33 pontos, contra 29 de média na faixa horária da emissora. Quais outros programas da Globo dão esse índice? Novela III e Jornal Nacional. Só!!!

Além disso, o programa é sempre utilizado pelos anunciantes para lançamento de produtos.

As ações de merchandising que acontecem no programa são as mais comentadas por profissionais de marketing e também pelo público, seja pelo seu sucesso, como a do SuperBonder ou pelo fracasso, como a ação do Guaraná Antarctica, na edição passada.

Mídia não tem que saber disso?

E o poder que o programa tem de gerar buzz na internet? Algum outro programa de TV oferece um conteúdo absurdo de comentários, críticas ou elogios, como acontece com o BBB?

Mídia não tem que saber disso? (2)

Tenho muito cuidado com esse preconceito sobre o programa. Ele acontece no mundo inteiro e é sucesso sim.

Também sou crítico ao seu formato, suas regras, mas nada disso importa perto da força que o programa continua tendo na TV brasileira.

Quantas marcas não investem fortunas pra gerar um buzz que o BBB gera naturalmente?

Sim, cada um sabe o que faz e não é meu objetivo aqui te provar que o BBB faz bem à você.

Mas como profissional de mídia, entendo que ele faz bem pra mim.

Preciso saber se minha marca cabe lá. Preciso saber se meus concorrentes estão lá. Preciso saber que tipo de ação rola e que tipo de ação não rola.

Preciso saber o que meu público acha de cada participante para saber como direcionar a comunicação do meu cliente.

Então pergunto: Por que ignorar o BBB?

Boa semana a todos.

Tags : açãoaudiênciabbbblogblog do crespofiatfilipe crespoglobohistóricomerchandisingmídiapedro bialpropagandapublicidadetv
Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook