close
Digital

Por que o IGTV não deu certo?

creativosbr-igtv-instagram-digital
ÂMBITO DIGITAL

Você sabe o porquê do IGTV ainda não ter dado certo?  O Instagram fez essa investida para concorrer com o YouTube, só que de uma maneira mais diferenciada: o formato vertical, estilo Stories para vídeos longos. Ele foi lançado há 3 meses, mas ainda não teve o seu acesso viralizado. O CEO Kevin Systrom tentou explicar o motivo.

Os problemas se resumem: o formato vertical não engajou os usuários por ser pouco usado para conteúdo longo; o Instagram não teve o trabalho em ensinar os maiores influenciadores a utilizarem e gerarem esse tipo de vídeo; e, o local onde o ícone do IGTV, ele pode ser facilmente ignorado na interface.

Em entrevista ao TechCrunch, o CEO do Instagram diz: “este é um novo formato. É diferente. Temos que esperar que as pessoas o adotem e isso leva tempo”. Systrom compara o IGTV a uma nova startup: “é como o Instagram era nos primeiros dias”.

“É bastante difícil simplesmente pegar vídeos que já existem e simplesmente repostá-los. Isso não é verdade no feed. Isso basicamente força todos a criarem conteúdo exclusivo para a plataforma”, diz Systrom. O maior problema para os criadores é que, rendendo poucas visualizações, não há muito incentivo para criar conteúdo no IGTV. Além disso, o Instagram não ensinou os canais a criar conteúdo longo na vertical. É fácil entreter seguidores durante Stories de quinze segundos; e como prender a atenção em dez minutos, com a variedade de conteúdo que pode ser consumido em menos tempo? Ainda tem mais: é muito fácil ignorar a presença do IGTV. O ícone laranja na interface pode ser muito bem ignorado na barra superior. Aparece uma barra de notificação quando há um vídeo de contas que você segue, mas só.

“O IGTV parece muito aleatório, com virais inúteis e vídeos mal cortados para caberem na vertical aparecendo na seção Popular, ao lado de alguns criadores que tentam produzir talk shows e tutoriais de culinária feitos para o IGTV”, escreve o TechCrunch.

Ainda é cedo para fadá-lo ao fracasso, mas é certo que a expectativa de bater de frente com o YouTube não aconteceu. Resta saber se isso irá realmente acontecer um dia e como o IGTV vai se comportar daqui pra frente.

Tags : digitaligtvinstagramvídeoyoutube
Emanuelle Torres

O autor Emanuelle Torres

Estudante de Publicidade e Propaganda na Universidade Federal do Ceará. Atualmente é Assistente de Conteúdo e Mídia na agência Janelar e na produtora de vídeo Vai Pra Marte Filmes, em Fortaleza. Adora produzir conteúdo e admira a área de Mídia e de Fotografia. Sempre procura estar por dentro das atualidades na área da publicidade e busca sempre que possível, estar presente nos cursos e palestras. Conteudista do creativosbr.

Comentários no Facebook