close
Opinião

Que tal incluir o “Pôr do Sol Digital” em nossa rotina?

 

Hoje pela manhã, a caminho do trabalho num trânsito paulistano pra lá de louco e acima da normalidade, fui acompanhando as notícias pelo Rádio.

Algum convidado de uma emissora x dizia, no seu quadro semanal de “Bem Estar”, para criarmos o hábito do “Pôr do Sol Digital”.

Embora eu nunca antes havia escutado tal termo, logo imaginei ao que se referia. Aliás, belo termo. Soa bonito.

O convidado contava que, diferentemente dos nossos pais, que conseguiam se desligar do trabalho, quando botavam o pé pra fora da empresa, hoje temos o costume diário de levar trabalho pra casa.

E mais. Que tal fato é decorrente de estarmos expostos à informação por todo o tempo e da necessidade criada pelo mercado.

Confesso que invevitável é, para quem anda com smartphone ou notebook do trabalho, dar aquela espiadinha nos e-mails no Sábado à tarde ou no Domingo pela manhã.

Eu mesmo sou assim, embora tenho tentado me controlar.

O que o convidado do programa da rádio pedia era para tentarmos excluir esse costume de nossas rotinas , pois isso afeta diretamente o nosso necessário descanso, seja no período noturno, durante a semana e principlamente aos finais de semana, quando temos que carregar novas energia, ficar com a família, amigos, etc.

Dizia ainda que dar uma conferida nos e-mails no final de semana e encontrar aquele pedido urgente do chefe ou do cliente pode te deixar ansioso, nervoso e enquanto passa o Faustão, muito pouco tu poderá resolver.

Eu, por exemplo, sou uma pessoa demais ansiosa. Anos atrás, inclusive fui dignosticado com Transtorno de Ansiedade em nível máximo. Isso evoluiria mais tarde, para uma Síndrome do Pânico.

Nos dias atuais, se noto um e-mail novo fora do horário de trabalho, não consigo esquecer daquele fato e deixar para a Segunda-Feira de manhã. Juro, minha ansiedade não permite isso.

É bem verdade que das últimas vezes que fiz isso, ou seja, abri o e-mail, me arrependi de tal fato, pois realmente não conseguiria resolver a situação ali de imediato. Poderia mesmo ter deixado pra depois.

Mas muito possivemente, ficar sem ler, seria muito pior, pois certamente passaria o final de semana inteniro ali, imaginando o que teria atrás daquele e-mail não lido.

Mas juro que tentarei seguir a instrução da moça hoje de manhã. O tal do “Pôr do Sol Digital”.

Neste final de semana, não levarei o notebook do trabalho pra casa e deixarei o smatphone da empresa desligado. E-mails serão vistos somente na Segunda-Feira de manhã.

Mas confesso que talvez hoje à tarde, eu ligue pra minha cliente e diga a ela, que qualquer problema durante o final de semana, eu estou no meu celular pessoal.

Sou sincero, ué.

Tags : ansiedadeblogblog do crespocomercialcrespodigitalgeraçãogestãohoráriojobmídiaorganizaçãopor do solpropagandapublicidaderhrotinasmartphonetrabalhotranstornoxy
Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook