close
Opinião

Será que a Prefeitura está precisando de grana? É por isso que agora pode?

Quem diria.

Como todos sabem, com a Lei Cidade Limpa, que entrou em vigor no dia 1 de Janeiro de 2007, a veiculação de publicidade em mídia exterior ficou proibida em São Paulo.

Com isso, muitos anunciantes, tiveram que migrar suas verbas, (até então destinadas para a mídia exterior) para outros meios de comunicação. Quem saiu ganhando bastante com isso aqui em São Paulo, foi a mídia indoor.

Porém, por algum motivo que prefiro não saber qual, o prefeito Kassab, voltou atrás, na semana passada e decidiu regulamentar parte da publicidade em mídia exterior.

Segundo o Decreto n° 50.737, de 15 de Julho de 2009, fica liberada a publicidade nos 1.000 relógios de rua existentes na cidade de São Paulo.

Além disso, também fica permitida a publicidade em 8.000 abrigos de ônibus no município.

A licitação para exploração publicitária nos relógios será divulgada no Diário Oficial ainda nesta semana. Já para os abrigos, a licitação deverá ser publicada no mês que vem.

Que pressa, hein Kassab!!!

A licitação prevê que os relógios tragam informações sobre trânsito, pontos de alagamentos e possuam câmeras de segurança.

As empresas vencedoras poderão explorar a publicidade em regime de concessão por 16 anos no caso dos relógios e 20 anos no caso dos abrigos.

Atualmente, a empresa Publicrono é quem detém os direitos para comercialização dos relógios de rua. A empresa teve o contrato vencido em 2007, e já foi prorrogado por duas vezes.

Ué, então não podia, mas, como tinha um contrato com a Prefeitura, comercializava espaço nos relógios?

A Publicrono cuida atualmente de 330 relógios, pagando R$ 700,00 por mês para cada unidade para a Prefeitura. (com ou sem anunciante).

 

Filipe Crespo

The author Filipe Crespo

Publicitário formado e Mestre em Administração com ênfase em Finanças. Profissional de mídia certificado pelo Grupo de Mídia de São Paulo construiu carreira em agências como Ogilvy, Africa, Y&R, JWT, W/McCann e Lowe, atendendo clientes como: P&G, Unilever, BRFoods, LG, Bradesco e Mastercard. Atualmente é Sócio Diretor do Creativosbr e Consultor de Mídia do McDonalds no Brasil. É idealizador do Amigos do Mercado. É também professor de Planejamento de Mídia na FECAP, na FAAP e no MBA do Mackenzie.

Comentários no Facebook