close

ação

MarketingPublicidade

Ação BIS: caixa grátis para quem reprovou na faculdade

Bombou Ganhou Bis

Marca  dá uma “forcinha” a quem reprovou para fazer amizades na turma nova

11 de fevereiro de 2020 – Com a proximidade do início do ano letivo nas faculdades, BIS estreia a ação “Bombou Ganhou”, que promete aliviar a tensão de quem reprovou em alguma matéria e ficará longe da sua turma na faculdade. Para isso, no dia 12/02, a marca vai percorrer universidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre oferecendo uma caixa de BIS a cada matéria repetida. A ideia é animar os alunos que repetiram, permitindo que dividam a caixinha de BIS com a nova turma e socializem com os novos colegas. Para ganhar, basta apresentar o boletim (online ou físico) no dia comprovando que reprovou em alguma matéria.

Como parte da iniciativa, que é assinada pela agência Wieden+Kennedy São Paulo, BIS também convidou alguns influenciadores que já reprovaram na faculdade para que eles contem como foi a experiência, como passaram por esse processo e mostrem que agora está mais fácil passar por isso, já que BIS vai dar essa ajuda aos repetentes. Os influenciadores protagonizarão pílulas de conteúdo nas redes sociais da marca, convidando as pessoas a participar da ação. Confira aqui com Hello Bielo e aqui com Cid do Não Salvo.

“Ninguém gosta de reprovar e ter que estudar a mesma matéria por mais um período, longe da sua turma da faculdade.  Este ano BIS irá lutar contra os vilões que te impedem de curtir com seus amigos, e para começar o ano escolhemos a reprovação na faculdade como vilã! Com esta ação, queremos impactar o público que vai reiniciar alguma matéria neste semestre, dando uma força a eles de forma divertida e irreverente. Nossa ideia é nos aproximarmos ainda mais do público jovem, com linguagem leve e provocativa – ao mesmo tempo que damos aquela força para o início do ano letivo ajudando os estudantes a fazerem amigos na nova turma.”, comenta Yana Leocádio, gerente de marketing de Bis para Mondelēz Brasil.

O consumidor pode acompanhar a reverberação e o andamento desta ação pelas redes sociais da marca, @Bis.

Leia Mais
ConteúdoMídia

SOUL GOOD: O CHOCOLATE DA DIETA

58ed0df3d8268

Durante o Santander Track&Field – maior circuito de corridas de rua da América Latina – a Kopenhagen estreia sua mais nova linha de chocolates, a linha Soul Good, uma proposta que visa unir o que faz bem para o corpo e que seja delicio no paladar.

 

O público deste novo produto é os atletas de rua com estilo de vida saudável, que a partir de agora poderão trazer ainda mais sabor às suas dietas. Assim, a parceria com a Cross Networking no evento foi uma ótima forma de apresentar os novos chocolates para seu público. Ao invés de apenas veicular nas redes sociais banners e posts sobre a novidade, nada melhor que levar a degustação para “dar um gás” a mais durante a corrida.

 

A indústria do chocolate costuma crescer 6% ao ano em países desenvolvidos, faturando cerca de US$8,4 bilhões por ano. Porém, como o Brasil está se desenvolvendo, há de se esperar que tenha números ainda maiores. Atualmente, a venda de chocolates cresce 25% ao ano, chegando a US$35 bilhões em 2018 (Euromonitor, 2019). 

 

Sobre os chocolates Soul Good, é importante ressaltar que além da leveza das calorias do produto, ele aborda um conceito totalmente zero açúcar, lactose, gorduras e clean label – produtos compostos apenas por ingredientes facilmente reconhecidos pelo consumidor. A nova linha da Kopenhagen conta com bombons maciços, de avelã, com língua de gato e lajotinha, além dos clássicos tabletes de cacau e cacau com nibs (pedaços de amêndoas).

 

Com tantas opções, chega até ser difícil escolher uma só, mas como é um chocolate saudável, vá na Kopenhagen e experimente um de cada! Depois nos conte qual você gostou mais.

Leia Mais
Publicidade

O coração de Maringá

B6FYq6ed

Maringá é uma cidade do norte do Paraná, coque iphone x que teve o final de sua última semana marcada pela campanha de aniversário de 30 anos do primeiro shopping da região. coque iphone en ligne Tudo começou na quinta-feira (14), quando clientes foram surpreendidos em uma das salas do cinema com corações enormes distribuindo almofadas de pescoço para um filme mais relax e acolhedor. coque iphone pas cher No dia seguinte, várias empresas e veículos da região receberam os personagens de surpresa com uma caixa de sonhos do Avenida Center, coque iphone 7 com atores simpáticos e animados contando um pouco dos 30 anos do empreendimento. coque iphone 2019 soldes A ação, coque iphone 2019 pas cher que distribuiu mais de 900 sonhos, deu o que falar nas redes sociais, coque iphone 7 reforçando o posicionamento do shopping: no coração de Maringá, no coração da gente.

Leia Mais
Publicidade

Ministério da Saúde aposta em caminhão interativo para alertar contra o Aedes Aegypti

creativosbr-blogdocrespo-publicidade-caminhao-ministeriodasaude-aedes-mosquito

Com o intuito de conscientizar a população do Nordeste contra o mosquito Aedes Aegypti, o Ministério da Saúde criou o Circuito Interativo de Combate ao Mosquito, que percorrerá 4.300 quilômetros, saindo de Brasília e passando por três capitais do Nordeste. coque iphone A ação foi idealizada pela agência brasiliense Fields360 e produzida pela Formiga Design. coque iphone 6 A intervenção é composta por três etapas, sendo a última delas a documentação por meio de filmagem, para que, no final, seja produzido um vídeo que ganhará veiculação nacional pela internet, conscientizando ainda mais pessoas. coque iphone O caminhão é composto por vários ambientes, que trazem, de forma acessível e divertida, informações sobre sintomas e tratamentos das doenças transmitidas pelo mosquito, além de telas de LED, que mostrarão mensagens educativas e relatos reais. coque iphone 2019 “Além de alcançarmos a população em geral através de meios tradicionais, é necessário levar essas informações de forma lúdica e tecnológica, para garantirmos o maior engajamento possível com as pessoas dessas cidades”, diz Ruskaya Zanini, da agência Fields360, que assina a campanha do Ministério da Saúde. coque iphone pas cher É estimado que o caminhão percorra, no total, 4.400 km, desde a saída de Brasília até sua volta, no dia 10 de fevereiro. coque iphone 7 A campanha já passou por Salvador, na Bahia, e no último final de semana (26-27) passou por Aracaju, em Sergipe.

Leia Mais
Publicidade

Sanofi faz ação na Avenida Paulista para divulgar o Dia da Dermatite Atópica

WhatsApp Image 2017-09-25 at 11.54.28

Na última sexta-feira, 23, foi celebrado o Dia da Dermatite Atópica, data em que visa conscientizar as pessoas sobre a doença que atinge até 20% das crianças e que persiste até a idade adulta em 10 a 30% dos casos. Nos adultos, atinge de 1 a 3% da população.

A dermatite atópica é uma doença inflamatória crônica que causa lesões na pele e intensa coceira, e que ainda é muito mal divulgada na sociedade. Por isso, a indústria farmacêutica Sanofi decidiu divulgar que a doença é natural, não contagiosa, e que está mais perto de todos do que se imagina. A empresa, junto à agência Havas, criou então uma ação na Avenida Paulista para chamar a atenção das pessoas com relação à doença.

Das 19h às 22h, um prédio na esquina das Avenidas Paulista e Consolação se coçou por alguns minutos mostrando os efeitos que a coceira, oriunda pela doença, podem causar nos pacientes de dermatite atópica. A ação viralizou nas redes e atingiu seu objetivo de parar o público em pleno horário de pico.

Saiba mais sobre a dermatite atópica em www.entendadermatiteatopica.com.br

Veja o vídeo:

PROJEÇÃO MAPEADA NA AVENIDA PAULISTA!Sinta na pele o que significa Dermatite Atópica. Se você for passar por aqui, não deixe de conferir.

Publicado por Sanofi Brasil en viernes, 22 de septiembre de 2017

Leia Mais
Mídia

“Não entendeu? Quer que eu desenhe?”

creativosbr-blogdocrespo-mídia-Não entendeu_Quer que eu desenhe_

Sendo a metáfora uma figura de linguagem que tem por definição a comparação de forma implícita por meio de uma transferência de significado entre uma palavra e outra, o diretor de arte Kazunori Shiina desenvolveu, em parceria com a redatora Chandani Karnak, uma peça com base na metáfora para explicar a desigualdade do mercado entre homens e mulheres.

Não é de hoje que sabemos que existe essa diferença brusca no mercado de trabalho entre homens e mulheres, mas quando são criadas peças como essa ressurge o alerta e volta-se o olhar para o quão importante é essa causa. Dados da pesquisa “Estatísticas de Gênero”, de 2014, pelo IBGE, mostram que cresceu a desigualdade entre homens e mulheres no mercado formal de trabalho, embora tenha aumentado a proporção de pessoas do sexo feminino em idade economicamente ativa trabalhando ou buscando emprego — a chamada taxa de atividade. O estudo, elaborado com base em dados do Censo 2010, também mostra resultados onde as diferenças salariais entre elas e eles ainda é grande, já que as mulheres recebem cerca de 70% do rendimento médio dos homens.

A peça mostra de forma bem didática, bem como a definição dada no início do texto, que existe sim a desigualdade institucional corporativa e que ela é muito clara no cotidiano das empresas. “Passo da desigualdade: o caminho até o topo não é o mesmo para homens e mulheres”, diz o slogan do projeto, publicado em centenas de páginas no Facebook.

Resta torcer para que o impacto causado pela peça saia das ruas e adentre nas mais diversas realidades das empresas.

 

Leia Mais
1 2 3 15
Página 1de 15