close

brasil

Entretenimento

De atletas a ‘quase’ Influencers

As Olimpíadas de Tóquio que deram início no dia 23 de Julho e já estamos na reta final, os atletas brasileiros chegaram uma semana antes na capital do Japão para os preparativos, e junto com a chegada deles, foram chegando seguidores em suas redes sociais para acompanhar de pertinho a trajetória dos representantes do nosso Brasilzão.

Com o aumento de seguidores em redes sociais, grande parte dos atletas acabaram virando influenciadores, com lives motivacionais, vídeos de treino, interação com o público por enquetes ou caixas de perguntas, mostrando sua rotina e até memes (oi,Douglas).

Então, fizemos uma listagem aproximada dos atletas olímpicos que mais ganharam seguidores no Instagram, que hoje é a terceira maior rede social com mais ou menos 1.211 bilhões de usuários, baseando-se na quantidade que eles tinham no começo das Olimpíadas e quanto eles tem hoje, saca só:

Douglas Souza – 250 mil em 17 de Julho – 3,2 milhões

O atleta virou fenômeno na internet. Na chegada em Tóquio, Douglas Souza, jogador de vôlei da seleção, tinha 250 mil seguidores, depois de alguns dias, com a viralização dos vídeos que posta nos Stories do Instagram – divertidos e mostrando a rotina na Vila Olímpica -, Douglas está chegando nos seus 3,5 milhões;

 

Ítalo Ferreira – 1 milhão em 24 de Julho – 2,8 milhões

Responsável por trazer para casa a primeira medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e ganhador da primeira competição de surfe na história de todas as Olimpíadas como modalidade oficial, o surfista Ítalo Ferreira é também capa da edição de Junho/Julho da GQ Brasil de 2021;

 

Rayssa “Fadinha” Leal – 46 mil em 17 de Julho – 6,6 milhões

Quem não ouviu falar no nome Rayssa Leal? Conhecida como Fadinha, tem apenas 13 anos e se tornou a medalhista olímpica brasileira mais nova da história ao ganhar a prata no skate feminino, além de ser a atleta mais jovem de toda a equipe do Brasil em Tóquio.

 

Rebeca Andrade – 256 mil em 24 de Julho – 2,3 milhões

Ela que se apresentou no solo ao som de ‘Baile de Favela’, Rebeca Andrade, de 22 anos, ganhou a medalha de prata na ginástica artística e se tornou a primeira medalhista olímpica da ginástica feminina do Brasil.

 

Mayra Aguiar -94 mil em 24 de Julho – 209 mil

A judoca Mayra Aguiar ganhou o bronze na Olimpíada de Tóquio e fez história ao se tornar a primeira atleta brasileira com 3 pódios individuais.

Kelvin Hoefler – 247 mil em 24 de Julho – 844 mil

A primeira medalha do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 foi do skatista Kelvin Hoefler que ganhou a prata na modalidade Skate Street Masculino, incluída pela primeira vez nas Olimpíadas.

 

Esses são alguns dos vários exemplos que temos de atletas que viralizaram nas redes, tanto Instagram como gravando vídeos no TikTok, trazendo para nós alegria e diversão durante essa pandemia que também já está chegando no fim ! Use máscara, fique em casa e vai Brasil!.

Leia Mais
Entretenimento

‘HERvolution’ estreia nesta terça-feira (11) na RedeTV!

Em parceria com a KondZilla, projeto traz representatividade feminina no horário nobre da televisão aberta

A RedeTV! apresenta mais uma novidade na linha de shows da programação 2021. Dando sequência aos lançamentos anunciados para o prime time, nesta terça-feira (11), às 23h30, estreia o ‘HERvolution’, programa semanal de variedades que coloca todo o universo feminino como protagonista de histórias, desafios e debates.

O ‘HERvolution’ é uma das faces do projeto homônimo idealizado por Alana Leguth, sócia-diretora da KondZilla Filmes, o maior canal de música da América Latina, o quarto maior canal do mundo no segmento e a maior companhia multiplataforma de comunicação com o jovem da periferia no Brasil.

Segundo Alana Leguth, que sempre acompanhou toda trajetória da KondZilla, inclusive trabalhando nos bastidores de grandes produções, agora, com seu primeiro projeto autoral, quer mostrar a potência feminina não só com talentos novos, mas com profissionais do audiovisual que estão conquistando um espaço imenso, antes, dominado por homens.

Na TV, apresentado pela cantora e compositora Mila, o programa é delas, feito por elas e para todxs, como uma confraria de amigas que se reúnem para bater um papo intimista, pautado em assuntos relacionados à mulher, seus direitos e suas diferentes realidades, dando voz e representatividade ao público feminino.

Com linguagem moderna e conectada, o ‘HERvolution’ destaca o universo feminino através de temas como empoderamento, diversidade, inclusão e igualdade. Pensando na pluralidade da mulher brasileira, o programa busca histórias inspiradoras que expressam a cultura periférica e os dilemas atuais do cotidiano feminino, entre eles os novos talentos da música, impasses de gênero entre casais, debates sobre temas identitários, o machismo e o assédio em diversos ambientes.

E para quem tem o sonho de trabalhar com música, a chance é agora.  O ‘HERvolution’ promoverá um concurso para encontrar produtoras musicais de funk e revelar novos talentos. As candidatas escolhidas irão produzir as próximas músicas do projeto que terão videoclipes produzidos pela KondZilla, além de um feat gravado com a cantora Mila.

“Nosso objetivo é que o HERvolution seja protagonizado por mulheres em todas as esferas, dando oportunidades para que as mulheres exerçam não só suas funções (não só trabalhem para “pagar as contas”) mas que também possam ascender social e profissionalmente, de forma que através de seus talentos, suas paixões, conquistem a independência e ascensão financeira”, afirma Alana Leguth.

O novo programa da RedeTV! contará ainda com a participação de personalidades e mulheres de destaque a cada semana. ‘HERvolution’ será exibido todas terças-feiras, às 23h30, na RedeTV!.

 

CRÉDITO FOTO/CANTORA MILA: DIVULGAÇÃO REDETV!

CRÉDITO FOTO ALANA LEGUTH: FELIPE MAX

Leia Mais
Entretenimento

PodTudo+: podcast das bicampeãs olímpicas de vôlei aborda o Perdão em novo episódio

Muito além do voleibol, as bicampeãs olímpicas da seleção brasileira Fabiana Claudino, Sheilla Castro e Thaisa Daher se juntaram à empresária Vanessa Alcici e criaram um podcast que aborda temas como a liderança feminina, além de outros assuntos que devem ser discutidos, como a diversidade, inclusão, preconceito e muito mais.

“Toda sexta-feira lançamos um episódio. O mais recente deles aborda o assunto ‘Perdão’, onde discutimos sobre os desafios dessa tão importante palavra e os sentimentos que nos rodeiam sobre ela. Uma verdadeira reflexão sobre o tema sob o ponto de vista de quatro diferentes pessoas.” – diz Thaisa Daher, bicampeã olímpica com a seleção brasileira.

O PodTudo+ já está em sua segunda temporada e também aborda outros temas como vida saudável, alimentação, nutrição, curiosidades das atletas e assuntos descontraídos como a vida delas fora das quadras entre outros temas que deixam o podcast mais divertido.

Você pode acompanhar os episódios todas as sextas-feiras através dos principais players como Spotify, Deezer, Google Podcasts e iTunes, e seguir o perfil do PodTudo+ no Instagram @podtudomais, ficando por dentro do conteúdo postado frequentemente pelas meninas do vôlei e pela equipe do PodTudo+.

Leia Mais
Entretenimento

PODTUDO+: bicampeãs olímpicas de vôlei estreiam segunda temporada de podcast

Após o sucesso da primeira temporada do podcast PodTudo+, as bicampeãs olímpicas de voleibol Sheilla Castro, Fabiana Claudino e Thaisa Daher se juntaram à empresária Vanessa Alcici e agora estreiam a segunda temporada do podcast nesta sexta-feira, 12, com o episódio Diversidade.

“A primeira temporada foi um sucesso, e com isso criamos a segunda temporada ainda mais engajadas em temas que tenham a ver com nosso propósito e que vão além das quadras”, diz Vanessa Alcici.

O PodTudo+ é um podcast que aborda assuntos sobre liderança feminina, cultura, esportes, alimentação saudável e muitos assuntos que vão além do vôlei. Aliás, assuntos do dia a dia como diversidade e inclusão, temas que abrem a segunda temporada, são bem recorrentes não apenas nessa temporada mas em toda a essência do PodTudo+: “Sobre inclusão é algo que muito se fala e pouco se faz”, enfatiza a bicampeã olímpica Fabiana Claudino.

Você pode acompanhar os episódios todas as sextas-feiras através dos principais players como Spotify, Deezer, Google Podcasts e iTunes, e seguir o perfil do PodTudo+ no Instagram @podtudomais, ficando por dentro do conteúdo postado frequentemente pelas meninas do vôlei e pela equipe do PodTudo+.

 

Leia Mais
Publicidade

WMcCann é a agência brasileira com mais cases no Effie Latam

Além dos 7 cases finalistas, a agência também colaborou com a McCann Buenos Aires em uma iniciativa para GM

Divulgada ontem, 22, a lista com os finalistas do Effie Latam 2020 conta com 7 cases da WMcCann. Entre eles estão “Impossible Mascots”, para a Mastercard, que concorre nas categorias productos y servicios financieros e branded content, “Juntos a Magia Acontece”, para Coca-Cola, que também concorre em duas categorias bebidas sin alcohol e branded content, “Valorize seu Talento”, para o Banco do Brasil, que disputa em productos y servicios financieros e, para finalizar, dois cases para a GM também estão na lista, sendo “Onix. Menos nunca mais” na categoria éxito sostenido e “Chega de arrependidos” em vehículos. Além disso, a agência também contribuiu com a campanha “Chevrolet Onix. No vino a inventar nada, vino a cambiarlo”, criada pela McCann Buenos Aires para a GM.

As indicações tornam a WMcCann a agência brasileira com o maior número de shortlist em uma das premiações mais importantes do mercado de marketing e comunicação que premia eficácia e resultado.

Os vencedores serão conhecidos dia 25/2, em uma cerimônia online.

Leia Mais
DigitalMídiaPublicidade

Guaraná e Paula Fernandes juntos por um Natal brazuca

O melhor do Brasil é o brasileiro, com certeza você já ouviu essa frase, e foi nessa pegada que a marca originalmente brasileira resolveu abrasileirar o evento de maior repercussão mundial. O Guaraná Antártica chamou a Paula Fernandes para juntos criarem uma versão raiz do nosso Natal verde e amarelo.

Com uma releitura do “Jingle Bell Rock” totalmente brasileira, a criação fez adaptações musicais e incluiu elementos e situações tipicamente brasileiras valorizando a cultura tupiniquim, já que neste ano vivemos uma época atípica. “Neste ano, com tudo o que estamos vivendo, esse filme vem como uma homenagem a todos nós que vamos precisar comemorar a data de um jeito diferente, talvez sem a família reunida, e enaltecer tudo aquilo que faz dessa festa única e muito Coisa Nossa, como Guaraná Antárctica!”, afirma Alexandre Lemos, gerente de marketing de Guaraná Antárctica.

O filme ainda conta com easter eggs para engajar e interagir com o publico com o proposito de gerar conversas e buzz sobre o material nas mídias digitais e nos grupos de rede social.

“O Natal é a minha celebração favorita e fiquei muito feliz com o convite de Guaraná. Eu espero que os fãs curtam a música e que ela possa levar um pouco de diversão nesse período”, afirma Paula Fernandes ao criar a música especialmente para a época do ano.

O material pode ser visto nos canais da marca e na tv aberta a partir do dia 19 de dezembro, o videoclipe é uma criação da SOKO e da Draftline, inhouse da Ambev.

 

Confira o Vídeo.

Leia Mais
Opinião

A representatividade de minorias nas campanhas publicitárias do BrasiL

Os últimos acontecidos, no que diz respeito ao racismo, me faz lembrar e reafirmar do quanto ainda é injusto a representatividade dessas minorias nas marcas, na frente de grandes publicidades, capas de grandes editoriais, ganhando frente, voz e vez. Assim, esse texto carrega muitas entre-palavras, porque o que escrevo aqui, ainda assim, é muito pouco do que sinto e do que penso sobre esse tema.

Em uma breve pesquisa no Google sobre o tema é fácil enxergar como ainda engatinhamos no que diz respeito a pouca visibilidade das minorias na publicidade. Em um dos sites, que
fala sobre um estudo realizado pela Elife e a agência SA365 sobre diversidade na publicidade brasileira, analisou 5.261 posts no Facebook e no Instagram feitos por 20 dos principais anunciantes brasileiros entre janeiro e dezembro de 2019, trouxe os seguintes dados:

– Grupos minoritários como LGBTQIA+ corresponderam a somente 4% das peças publicitárias, sendo identificados a partir de figuras públicas e demonstrações afetivas nas publicações.

– A presença de pessoas com deficiências (PCDs) que respondem por 1% das amostras.

– Negros, a porcentagem de participação caiu dez pontos percentuais em relação ao período anterior de comparação.

– Grupos como os amarelos tiveram representatividade em menos de 1%.

– A presença de grupos indígenas não foi registrada em nenhum dos materiais coletados.

Dados estes que dão vergonha, mas que mostram que o viés da publicidade do Brasil ainda tem muito para crescer e as marcas precisam agir e fazer as minorias “virarem estratégias” também, além do básico que é mostrado.

Enfim, qual o nosso papel diante disso? O que a gente pode fazer pelas minorias hoje? Discussão essa que abre várias possibilidades, podemos tirar disso tudo: somos únicos e a representatividade está estampada no nosso rosto. Que saibamos dar frente, voz e vez às minorias, pois o espaço a ser conquistado por elas ainda está só no começo.

Leia Mais
Mídia

L’Oréal Paris e Vogue se unem pela esperança

Movimento conta com manifesto de Viola Davis e edição especial da revista, com Taís Araújo na capa, além de conteúdo exclusivo e mensagens de otimismo, em estratégia da WMcCann

Para a edição de setembro, a revista Vogue lançou uma corrente chamada “Tempo de Esperança” que, em meio a esse momento de crise, busca levar uma mensagem de otimismo em todas as suas publicações ao redor do mundo. No Brasil, a revista convidou a L’Oréal Paris para publicar uma edição especial com base nessa mensagem, enviada para seus assinantes junto com a edição mensal.

Internamente, a edição extra traz um conteúdo amplo que aborda a temática da esperança em todos os aspectos da vida. Além disso, conta com um panorama da L’Oréal Paris para o futuro, matérias sobre saúde, bem-estar, cuidados com a pele, cabelos e saúde mental, e reportagens completas com profissionais da saúde, e outras sobre mudanças no dia-a-dia das celebridades e o que esperam para o futuro. Entre as celebridades, a segunda capa conta com entrevista exclusiva da atriz Taís Araújo – embaixadora da marca no Brasil – e também outros grandes nomes como Thelma Assis e Larissa Manoela.

Também como parte da ação, a Vogue convidou a L’Oréal Paris a dar sua interpretação sobre o que é esperança. Para isso, foi veiculado um anúncio na edição principal da revista em diversos países – no Brasil, contou com estratégia da WMcCann -, que traz um manifesto criado por Viola Davis a partir do slogan da marca “Porque você vale muito”, que se mantém atual e necessário, por mais de 40 anos. O vídeo com o manifesto completo pode ser acessado via QR Code, presente na peça.

Manifesto: https://www.youtube.com/watch?v=e4XsNKK7Flc

Leia Mais
Publicidade

Novo posicionamento de O Boticário com histórias reais

Histórias reais para marcar novo posicionamento de marca? Sim! Cheia de emoção e mistério, O Boticário lançou no último domingo (31/3), coque iphone no intervalo do Fantástico, seu novo posicionamento “O Boticário. coque iphone Onde tem amor, coque iphone 2019 tem beleza”. Inspirado em uma história real, coque iphone um senhor conta que, coque iphone com seus 80 anos, decide entrar em um curso de maquiagem. coque iphone soldes Mesmo não tendo tanto talento e vocação como seus colegas de curso, tem um motivo muito especial para estar ali. O filme marca a estreia da Heads para o institucional d’O Boticário.

Leia Mais
Digital

Seleção do Twitter

Sabemos que o Twitter é a rede social de poucas palavras e de grande interação entre os seus usuários. É lá onde se concentram os mais sinceros desabafos, onde os assuntos ganham grande repercussão rapidamente, e tudo isso é monitorado através dos trends. Ontem, 14, foi dia de convocação da Seleção Brasileira e o assunto ficou em alta na rede social. coque iphone 2019 A repercussão começou antes mesmo do anúncio oficial e, no Twitter, os usuários já tinham os suas apostas para a Copa na Rússia. acheter coque iphone Uma verdadeira relação de amor e ódio tomou conta dos tweets. coque iphone soldes Houve monitoramento oficial por parte da rede social durante o período da tarde entre 13h até as 15h30, e os nomes mais comentados foram o de Taison, Fagner, Arthur e Luan. coque iphone xs max Os dois primeiros causaram revolta por estarem na competição, enquanto os outros geraram indignação por não terem sido lembrados. Fred também teve certa rejeição. coque iphone 8 O atacante Taison, do Shaktar Donetsk, da Ucrânia, surpresa da lista, gerou polêmica entre os torcedores. O Twitter também registrou a movimentação no quesito de nomes mais citados que ficaram de fora da lista de técnico Tite. coqueiphone Entre esse grupo, Luan e Arthur, ambos do Grêmio, foram as ausências mais sentidas – e mais comentadas – da lista. coque iphone Os internautas não perderam tempo e a largada de memes também já foi iniciada.

Leia Mais
1 2 3 11
Page 1 of 11