close

instagram

DigitalMarketingOpinião

Whatsapp paga ou não paga?

Supermarket online shopping. Shopping basket on a laptop.3d illu

No dia 15 de junho de 2020, uma segunda-feira em meio a pandemia do covid-19, a notícia mais importante para o mundo digital que rolava nas redes sociais, era “O Whatsapp vai permitir enviar e receber dinheiro pelo aplicativo e o Brasil será o primeiro país a testar a nova função”.

Assim que foi anunciado, as marcas que estavam viabilizando essa operação era, a Cielo como intermediaria na transação dos valores de uma conta para a outra, os bancos Nubank, Sicredi e Banco do Brasil por meio dos cartões de débito com as bandeiras: Visa e Mastercard.

Antes de prosseguir no texto, vale a pena abrir um parentese aqui. Pesquisa realizada em 2019 pela Opinion box e Mobile Time demonstra que os aplicativos mais utilizados pelos brasileiros que são usuários de smartphones são: Whatsapp, Facebook, Instagram, Google, Google Chrome, Uber, Youtube e Banco do Brasil, nessa ordem de prioridade. E um relatório da Global Messaging Apps 2019 revela que no Brasil há 120 milhões de usuários ativos mensalmente no aplicativo Whatsapp, colocando assim o Brasil entre os outros países que lideram o acesso à plataforma.

Voltando as notícias, o mercado ficou bastante eufórico com a novidade, principalmente porque após um trimestre de quarentena, o comércio tinha praticamente forçado a se digitalizar e adaptar-se a essa nova realidade que agora é sinônimo de sobrevivência e não mais de tendência. Essa solução do whatsapp, veio a calhar prioritariamente para pequenos players que não dispõem de muitos recursos para realizar esse processo de digitalização da melhor forma possível e no tempo hábil que os consumidores esperam.

Traduzindo, com o comércio fechado, uma das únicas maneiras de se manter o consumo ativo é por meio da venda ‘online’ que é considerado conversão quando ocorre o checkout, o que geralmente é feito através de um e-commerce ou um site com integração a plataforma de transação financeira. Nesse caso boa parte dos pequenos players só podem contar com recursos facilitadores ou soluções reduzidas dessas plataformas.

Por mais que se falem em “tornar o instagram em uma maquina de vendas”, “como vender todo dia pelo whatsapp business” até o momento que esse artigo está sendo publicado, isso são apenas recursos para auxiliar ou facilitar a venda, mas não é a venda propriamente dita, pois, o consumidor está apenas realizando um pedido através da plataforma digital, independente do tamanho da empresa, ela vai ter que se virar para entregar e receber o pagamento do cliente onde quer que ele esteja. Por isso os grandes players ainda saem na frente por possuir uma estrutura maior de logística e sistemas para operacionalizar toda essa parte.

Porém, quando o Whatsapp fala que irá permitir transferir valores financeiros por meio da sua plataforma, isso significa que toda a logística de transação de valor que o pequeno empresário teria que montar ou bancar para que o pedido realizado pelo seu cliente nas redes sociais fosse convertido em receita para o seu negócio, se resume a apenas um clique no whatsapp, ou seja, o whatsapp pode se tornar o maior e-commerce do mundo (nesse caso “e-commerce” no sentido de gerar transação comercial envolvendo recursos financeiros), colocando marcas grande e pequenas no mesmo patamar tecnológico para transações financeiras. Isso é o que se chama de “Game Changer”, a virada de jogo.

Mas como alegria de desprovidos de recursos monetários é curta, no dia 23, terça-feira, praticamente uma semana depois. O Banco Central do Brasil informa a suspensão das bandeiras Visa e Mastercard a iniciarem a opção de pagamento pelo aplicativo do whatsapp alegando que é preciso fazer ainda avaliações para analisar eventuais riscos e se certificar do funcionamento da operação levando em conta os princípios e as regras previstas pela legislação.

Que o Brasil não é para amadores, isso todos já sabem, e o risco de fraudes ou golpes sempre existirá, mas uma coisa é certa, essa é uma pequena função para a plataforma, mas uma gigantesca funcionalidade para o mercado futuro.

E o que nos resta é aguardar a cena dos próximos capítulos. Mantenha o seu acesso no Creativosbr para acompanhar novas atualizações.

Leia Mais
ConteúdoDigital

Alavanque seu Instagram através dos stories

Alavanque seu Instagram através dos stories

Para você aumentar as visualizações do seu perfil corporativo, os stories são uma ótima estratégia, já que você não conta apenas com a possibilidade de aparecer no feed, mas tem a oportunidade de ser notado através dos stories.
Hoje, trago cinco dicas de como você pode fazer stories interessantes para a sua empresa, desde a estética deles até o conteúdo em si.

Mostre quem está por trás
Principalmente para pequenas empresas, mostrar quem faz o negócio funcionar é essencial para passar credibilidade para o prospect. Ao passar uma boa imagem de quem você é, o usuário se sente mais à vontade para te acompanhar e interagir, além de ser mais provável efetuar uma compra com você.
Nestes stories, mostre quem é você, fale sobre a sua rotina e o “por trás das câmeras”, abrindo um pouquinho do seu processo de vendas, para que entendam toda a sua linha produtiva e confiem no seu serviço.
Seja alegre, carismático e confiante. E principalmente, seja você mesmo, afinal você é o espelho da sua empresa.

Tenha um mascote
Muito interessante para empresas com público mais jovem, ter um mascote é uma boa estratégia, pois os usuários criam um apego emocional por ele, vinculando-se à sua marca.
O mascote pode ser tanto um bichinho de pelúcia, quanto uma estátua ou até mesmo um peludo de verdade. Se seu pet é receptivo e não se sente acanhado com câmeras, faça fotinhos com seu bichinho. Mas não se esqueça: o seu pet é o seu melhor amigo, então não judie dele só para ter mais views.

Legende os vídeos
Muitas pessoas escrevem com fundos coloridos nas fotos dos stories, mas são poucas aquelas que usam as legendas nos vídeos.
A dica é que você as utilize para instigar o telespectador a continuar a assistir o story, mas sem forçar muito a barra. Por exemplo, se você vai falar sobre a entrega segura para clientes que comprarem pelo e-commerce, escreva algo como “como estamos entregando na quarentena”.

Utilize cores do próprio story
Sabe aqueles tons vibrantes que o próprio insta sugere você utilizar para colocar de fundo nas legendas? Eles são bonitos sim, mas podem destoar um pouco do que você está fazendo no seu story.
Para harmonizar ainda mais seus stories, escolha uma cor bonita que aparece na foto ou filmagem que tirou, priorizando uma cor diferente que aparece de relance, ou uma cor bonita que apareça mais, como da sua blusa azul ou do enfeite de cabelo. Independente da cor que pegar, ficará melhor do que as padrões do Instagram.

Faça enquetes
A última dica deste post é que você interaja direto com a sua audiência, através de enquetes do próprio insta para que os usuários se sintam parte da sua marca. Aproveite também para tirar dúvidas dos usuários, gerando informação para eles e explorando suas dúvidas para divulgar ainda mais como a sua empresa trabalha.

Com o que você leu acima, surpreenda seus seguidores e se prepare para melhorar a forma como sua empresa é vista. Mas não se esqueça: planeje-se para isto e entenda que não acertará de primeira, mas nem por isto deve desistir.
Você já faz alguma dessas dicas que eu passei aqui hoje? Conte para os outros leitores aqui nos comentários de que forma isto te ajudou a ter seguidores mais engajados e mais vendas também!

Leia Mais
Marketing

Instagramável: mais um recurso para as marcas ganharem destaque

Ambiente-instagramavel-Doce-Minas-Shopping_foto-creativosbr

O mundo digital, por meio das redes sociais entra cada vez mais em destaque na vida das pessoas e, atualmente é impossível negar a força que o Instagram gera para as marcas.

Consequência disso são os influenciadores digitais e, mais recentemente, os espaços instagramáveis.

Se você ainda não estiver por dentro do significado do termo, entenda um pouco melhor:

A tendência consiste em estruturar, de forma diferenciada, os ambientes de lugares, negócios e eventos para entregar uma experiência completa para quem adora fotografar e compartilhar os cliques com os amigos e seguidores no Instagram.

 Postar só por postar já é algo que é do passado. Para atender esses usuários cada vez mais exigentes, os espaços instagramáveis tem por objetivo tornar o feed de publicações atraente e harmônico. Por isso, é tudo pensado. Esses locais  valorizam a composição estética do ambiente, aplicando cores e objetos que dialogam bem com o propósito do lugar e que ajudam a aprimorar o relacionamento com o público.

Um exemplo recente de marca que se utilizou dessa estratégia foi o Mc Donalds, na fachada do Méqui 1000. De acordo com a agência responsável pela conta regional, a Mind, o trabalho está alinhado ao novo momento da rede, que agora busca também o conceito de experiências mais completas, da personalização do atendimento até a modernização estética e funcional do ponto de venda.

 

E você, onde foi sua última foto instagramável?

Leia Mais
ConteúdoDigitalMarketing

5 dicas preciosas para vender pelo Instagram

5 dicas preciosas para vender pelo Instagram

Apesar do Facebook ser uma plataforma completa para quem quer empreender, o público jovem se concentra no Instagram – 38% em 2019 (Statista, 2019) – rede social que, segundo estudo da E-commerce CEO, tem 58 vezes mais envolvimento por seguidor do que o Facebook. Porém, com o alto potencial de engajamento, você precisa se destacar para vender, principalmente em relação às grandes marcas. Como? Eu vou te dar umas dicas.

Frequência de postagens
Um dos primeiros passos para quem está empreendendo é trazer, sempre que possível, um volume de posts. Isto, pois como poucos te conhecem ainda, você precisa mostrar como o seu trabalho é importante e bem feito.

No geral, as pessoas têm dificuldade em relação à frequência, pois não é todo dia que fazem uma venda – seja de bombons à livros usados -, e geralmente quando isto ocorre, vende-se itens diferentes para um mesmo cliente.

Por isto, guarde algumas fotos da sua venda de segunda-feira para postar novamente na quinta-feira. Só não vale postar a mesma foto, hein.

Organização do feed
Minha primeira dica foi postar com frequência, mas isto não significa postar com má qualidade. Lembre-se sempre que o Instagram é uma rede social muito visual e que requer uma composição de fotos especial. Quanto mais harmônico for o seu perfil, mais confortáveis os usuários se sentirão em navegar nele.

Se você sabe mexer com softwares de edição, faça posts de datas especiais para descontrair. Se não sabe, não tem problema, pois você pode organizar seu perfil através de um degrade das cores predominantes de cada imagem, ou simplesmente adotar uma cor base e sempre utilizá-la. Para me inspirar, gosto de olhar feeds como @lojaeclipse ou @mario_dozono.

Comente em fotos
Soou estranho, né? Comentar em fotos permite que novos usuários te conheçam ou clientes fiéis se lembrem de você, possibilitando que você tenha conversões de compra. Fora isto, não deixe seus seguidores falando sozinhos nos seus posts. Sempre responda para eles publicamente e o chame no direct para detalhes maiores. Isto permitirá que o algoritmo do Instagram entenda seu perfil como relevante e o divulgue mais facilmente.

Porém, não seja uma marca chata que persegue os usuários pedindo para eles te visitarem. Se você vende acessórios, comente algo como “nossa argola prateada iria arrasar nesse seu look!”. Além da curiosidade, o usuário irá até seu perfil ver se realmente aquele brinco argolado ficaria legal nele, o que pode gerar uma graninha pra você.

Aposte nos stories
Cada vez mais as pessoas entram no Instagram só para dar uma espiada nos stories, pois estão no trabalho ou na faculdade. Portanto, não deixe de interagir por lá, assim seu perfil pode aparecer para as pessoas que te seguem.

Aposte nas enquetes e GIFs que a rede social traz, tornando os seus stories leves e interessantes. Aproveite para tirar dúvidas sobre os produtos e entregas num horário em que a pessoa irá te escutar. Quando ela está em casa comendo ou dando aquela espiada antes de dormir é uma boa, já que está em seu momento de lazer e provavelmente com o som ativo.

Mostra a tua cara, Brasil!
Na internet, as pessoas querem ver rostos e histórias, e não anúncios. Você pode contar a história da sua marca para elas, pois dá mais confiança em saber quem está vendendo aqueles produtinhos de beleza, além de se tornar mais natural a exposição de uma marca nos stories sugeridos para ela ver.

Precisamos humanizar a internet, e se você faz isto com os seus clientes, tenha certeza que eles irão preferir você em relação à menina da faculdade que só posta as trufas e esquece de falar sobre a pessoa mais importante de uma marca: o cliente.

Gostou das dicas? Não é receita de bolo, mas te garanto que se você fizer o que sugeri acima, você será mais relevante para os usuários e para o Instagram, permitindo que mais pessoas te conheçam e se engajem, tornando a conversão para compra 5 passos mais perto de você.

Leia Mais
Marketing

BBB e Influencers: A estratégia do On e Off

creativosbr-bbb20-bigbrotherbrasil-oneoff-publicidade

Na vigésima edição do Big Brother Brasil, a produção inovou na forma de divulgação do programa. Estratégias que envolveram, principalmente, a imagem de influenciadores digitais, provocou bastante curiosidade na audiência e ganhou as redes.

Como estratégia de divulgação, antes do programa começar, entraram na casa vários nomes da internet, como: Thaynara OG, Lore Improta, Blogueirinha e outros digital influencers e puderam passar uma tarde na casa do reality. Eles utilizaram suas contas nas redes sociais para mostrar como está a casa na edição comemorativa do BBB 20.

Não ficou só por isso! Outra novidade que também faz parte da estratégia de marketing do programa, é que os entre os participantes, além dos anônimos, a produção decidiu incluir algumas celebridades. Esses famosos usam suas redes sociais para a divulgação do seu trabalho e também postam do seu cotidiano.

Com essas estratégias, o cross entre televisão e internet está fortalecido, principalmente no que diz respeito às ações publicitárias que essas celebridades já mantinham fora da casa. 

A seguir, dois casos de cross media que estão acontecendo nesta edição do BBB:

Bianca Andrade, por exemplo, mais conhecida por Boca Rosa, chamou atenção dos seguidores quando apareceu ao vivo, vestindo o mesmo look da foto que havia sido postada mais cedo em seu perfil no Instagram. A influenciadora também fez o lançamento de sua linha de maquiagem, que também teve interligação com cenas protagonizadas dentro da casa.

Outro exemplo de estratégia e planejamento é o que a Manu Gavassi e sua equipe estão fazendo. Além dos publi posts e patrocínios, ela desenvolveu uma campanha para o lançamento de seu novo clipe. No primeiro dia de confinamento a conta da celebridade no Instagram postou um vídeo iniciando uma história que continua sendo contada em tempo real, conforme as semanas em que ela permanece no programa. Até o momento, o perfil da influenciadora já ganhou mais de 1.8 milhão de seguidores e muitos memes.

A relação de ganho está estabelecida entre a emissora e os influenciadores. Eles conseguem ampliar o alcance de suas redes sociais e incluir publicidade de seus patrocinadores dentro da mais influente emissora do país, que, por sua vez, ganha cada vez mais visibilidade e audiência entre os mais jovens, público que, ao longo do tempo, migrou a audiência para outros meios. 

Leia Mais
Digital

8 erros que sua empresa pode estar cometendo no Instagram

8

Você está sofrendo a crise da estagnação do IG? Parece que tudo que você faz está dando errado e nada sai do lugar? Preparei uma lista com 8 erros que você pode estar cometendo.

 

1)      Perfil Bagunçado

Seu perfil tem um aspecto caótico e é difícil entender o que você aborda? É hora de pensar em um layout que seja mais atraente, clean e deixe claro sua mensagem.

2)      Sem fluxo de postagem

Afinal, não adianta postar mês sim e mês não. O seu público está esperando você.

3)      Sem linguagem definida

Horas você está falando de X, horas de Y, e seu público está sem entender nada.

4)      Comentários sem resposta

Seu público comentou na sua publicação? Responda! É uma forma de agradecer o tempo dele e gerar mais interação na sua postagem.

5)      Só posta fotos

Fotos são bem legais, mas hoje é preciso bem mais que isso, como criar vídeos ou peças com conteúdo.

6)      Seu IG não é um classificado

Seu foco é 100% vendas, está a todo momento apenas divulgando seu produto e entregando muito pouco.

7)      Ausência de conteúdo envolvente

Sua postagem não está rendendo? Será que ela é envolvente o suficiente? Que é exatamente o que seu público gostaria de ouvir? O público é o juiz do seu conteúdo, nem sempre o que é bom para você, funciona para ele.

8)      Apostar todas as suas fichas em apenas uma Mídias Social

Deve ter batido um desespero aqueles momentos que o Instagram ficou fora do ar, eu sei, se você tivesse outro canal de mídia, o desespero seria menor, acredite. Então, não aposte todas as suas fichas no Instagram.

 

Me conta, se identificou com algum erro? 

Leia Mais
Digital

CRESCIMENTO DAS FERRAMENTAS DE MARKETING DO INSTAGRAM

CRESCIMENTO DAS FERRAMENTAS DE MARKETING DO INSTAGRAM

Apesar da polêmica da falta da exibição de likes do Instagram, a plataforma conta com uma nova ferramenta – a partir desta semana. O agendamento de postagens, já disponível no Facebook, chega com toda força na rede que aumentou sua base de dados em mais de 300% desde 2017.

 

Com mais de 1 bilhão de usuários ativos (Statista, 2018), a plataforma se tornou um point para o e-commerce, principalmente nos segmentos de moda e papelaria. Com 75% do público com menos de 35 anos, as marcas ganham espaço para falar com estes usuários, principalmente através de influencers.

 

O aplicativo possui uma taxa de conversão correspondente a 83% das vendas feitas pela plataforma, seja através do patrocínio de stories ou apenas exposição dos produtos no feed.

 

Para empresas menores, que não têm verba para investir  pesado em publicidade, além das ferramentas estatísticas que o perfil comercial disponibiliza, como alcance, engajamento e impressões,  há agora o agendamento de postagens.

 

Assim, para manter uma boa frequência e não se esquecer de postar na sua página comercial, o novo recurso do Instagram permite melhor controle da atividade do feed, além de planejamento prévio. Desta forma, evita-se que datas importantes sejam comemoradas em cima da hora ou até mesmo passem em branco.

Leia Mais
Digital

Dicas infalíveis para aumentar suas visualizações nos Stories do Instagram

creativosbr-aumentar visualizacoes stories instagram –

Cerca de 500 milhões de usuários do Instagram usam Stories todos os dias. coque iphone Esse número representa metade dos usuários da plataforma. coqueiphone (Facebook)

Com conteúdos simples, rápido e dinâmico, as pessoas estão cada vez mais engajadas em usá-lo. Mas como aumentar o alcance dessas postagens? Preparamos algumas dicas para não deixar seus Stories passarem despercebidos!

1) Gravou um vídeo? Escreva uma legenda para ele:

Gravou um vídeo falando sobre algum assunto nos Stories? Escreva algo que descreva rapidamente o que está falando ou chame atenção para as pessoas te ouvirem.

2) Use e abuse das Hashtags:

As hashtags também fazem total efeito nos Stories, claro que por apenas 24hrs, mas se direcionadas da forma correta e segmentada pode alcançar seu público que procura por determinado assunto.

3) Sua localização também é válida:

E super válida! Ela não serve apenas para as pessoas saberem onde você está, mas quem procurar informações sobre aquela localidade pode encontrar seus Stories lá.

4) Atraia pessoas:

Postou algo muito bom nos Stories? Faz uma postagem no feed chamando as pessoas para visualizarem. coque iphone xs max Ou postou algo muito bom no feed? Chame o público dos seus Stories para verem, talvez a postagem não tenha chegado para todos.

5) Interação é bom e todo mundo gosto:

Os Stories tem uma característica de aproximação com o público, utiliza disso para conhecer mais seu público e conversar com ele. coque iphone xs max Enquete, Perguntas ou Lives, traga seu público para dentro da história.

6) Quer compartilhamento? Faça uma marcação! Gravou um Stories com alguém ou em algum estabelecimento? Marque o Instagram da pessoa/estabelecimento, eles podem compartilhar seus Stories e ter a chance de mais pessoas conhecerem seu perfil. coque iphone soldes

7) Conteúdo é sempre rei!

E não esqueça, o conteúdo é rei sempre! Ele quem vai atrair, fidelizar e engajar as pessoas. Conte histórias interessantes que possam motivar as pessoas.

Leia Mais
Digital

3 dicas para melhorar suas legendas no Instagram

creativosbr – digital – dicas para melhorar sua legenda

Os likes foram ocultados, mas você ainda precisa gerar um bom conteúdo para atrair seu público. O Instagram é uma mídia imagética, a imagem vale muito, mas não é tudo. Ela precisa estar acompanhada de um conteúdo que faça sentido e uma legenda atraente o bastante para pausar o dedo e continuar a leitura. Mas como fazer isso?

Tem algumas dicas que podem te ajudar a estruturar sua legenda de forma mais atrativa para o seu público, e é isso que vou falar agora:

#1 Estruture o seu texto: Assim como uma redação, sua legenda precisa ter começo, meio e fim. Você pode iniciar com uma pergunta sobre alguma dor do seu cliente, inserir o conteúdo e fazer uma chamada de ação no final.

Exemplo: Você tem dificuldades para criar legenda no Instagram? Para criar uma legenda atrativas você pode usar essas dicas…. Gostou? Comenta aqui!

#2 Separe por parágrafos: Hoje nossa leitura está super dinâmica e rápida, batemos o olho e logo captamos muitas informações. Separar o que você quer dizer por parágrafos fica mais fácil para seu público compreender e escaneabilizar o seu texto.

#3 Destaque as informações importantes: Quer dar ênfase em algum tópico ou palavra? Você pode usar os emojis para atrair atenção para eles ou no caso de uma palavra, deixá-la em caixa alta.

 

Pronto para deixar suas legendas mais atrativas?

Leia Mais
Publicidade

Ovo que bateu recorde no Instagram choca a internet

ovo-recorde-instagram-publicidade-creativos-br

No dia 4 de janeiro, uma imagem de um ovo foi postada no Instagram com o objetivo de bater o recorde, até então de Kylie Jenner, de foto mais curtida do mundo (na missão de superar 18 milhões de likes). coque iphone 2019 O fato é que a simples imagem de um ovo conseguiu bater (e muito) essa meta audaciosa. coque iphone 7 Em apenas um mês ultrapassou 50 milhões de curtidas. Dias depois, novas postagens do ovo foram publicadas mostrando que o ovo estava rachando. coque iphone 6 Essa ação foi uma iniciativa do publicitário Chris Godfrey, da agência The & Partnership, de Londres, e falou sobre saúde mental, surpreendendo muita gente na internet. A campanha foi um alerta sobre saúde mental e divulga o site www.talkingegg.info, que evidencia uma lista de instituições que lidam com saúde mental em diferentes países, incluindo o Brasil. coque iphone 8 Em entrevista ao The New York Times, o publicitário afirmou que a intenção era testar se algo tão simples quanto um ovo poderia ser mais popular que uma celebridade. O ovo procura mostrar como a “pressão” das redes sociais pode ser prejudicial à saúde mental e ferir pessoas. coque iphone x A mensagem reforça que falar sobre “o problema” pode fazer bem. coque iphone De maneira simples e muito impactante, a campanha reforça um problema social que nasceu com o uso desmedido das redes sociais.

Leia Mais
1 2
Página 1de 2