close

luiz fernando vieira

Mídia

Grupo de Mídia São Paulo comemora 45 anos e lança o Mídia Dados 2013

Na noite de ontem, O Grupo de Mídia de São Paulo reuniu profissionais de mídia de São Paulo para evento de comemoração aos 45 anos de existência da entidade.

Todos os ex-Presidentes do Grupo, foram um a a um chamados por Luiz Fernando Vieira (atual Presidente do GM) e receberam uma placa comemorativa e em agradecimento aos serviçoes prestados à Instituição.

Uma homenagem especial também foi feita à Otávio Florisbal, um dos fundadores do Grupo de Mídia que fez também carreira na Rede Globo de Televisão.

Ainda na noite de ontem, o Grupo de Mídia lançou a 26º edição do já tradicional Mídia Dados Brasil.

Além da versão impressa, o Mídia Dados 2013 também estará a partir de hoje na versão PRO, disponível gratuitamente para download na AppleStore, GooglePlay, além do site do Grupo de Mídia de São Paulo.

Centenas de profissionais de mídia do mercado paulistano e também de veículos de comunicação prestigiaram o evento.

Na foto acima, todos os ex-Presidentes do Grupo de Mídia São Paulo, da esquerda para a direita: Otávio Florisbal, Claudio Venâncio, Paulo Chueri Gabriel, Claudio Pereira, Ivan Marques, Daniel Barbará, Paulo Afonso Gregoracci, Paulo Stephan, Ângelo Franzão Neto e Luiz Fernando Vieira.

Leia Mais
Mídia

Mínimo de profissionais de mídia certificados é sugerido por Comissão no V Congresso

Dias atrás, prometi que traria aqui ao Blog do Crespo, tudo aquilo que foi discutido e por fim, concluído na Comissão "As novas tecnologias e as novas fronteiras da mídia", presidida por Luiz Fernando Vieira, dentro do V Congresso da Indústria da Comunicação.

Formado por profissionais de mídia gabaritados do mercado, a comissão iniciou os trabalhos com uma apresentação que apontava que o mercado publicitário deverá dobrar de tamanho até 2016. Segundo o material apresentado pelo presidente do Grupo de Mídia, VP de Mídia e sócio da Agência Africa, o número de TVs nos lares brasileiros terá um aumento de 40% nesse período.

Apenas com essas informações já poderíamos aqui, discutir horas sobre o futuro de um profissional de mídia dentro de uma agência de publicidade. Mas quero focar em um ponto que veremos um pouco mais adiante.

Se por um lado as informações são animadoras, por outro, esse crescimento vai demandar que as agências de publicidade possuam profissionais aptos a entender melhor como investir a verba de um anunciante nesse novo cenário.

E é a partir desse momento que a Comissão passou às maiores discussões nos dois dias de Congresso: "Como preparar esse profissional de mídia para o futuro?"

Para Paulo Camossa, da AlmapBBDO, o mercado exigirá dos profissionais de mídia, ainda mais conhecimento. Deverá esse profissional dominar as práticas do mercado, além de possuir plena habilidade para lidar e extrair dados das pesquisas.

Já o grande e renomado Flávio Rezende, da DPZ, defendeu que o profissional deve acima de tudo ser bom negociador junto aos veículos, pois caberá a esse profissional, ser cada vez mais estratégico.

A discussão foi bastante longa e sem dúvida proveitosa não apenas aos que lá estavam, mas penso que para todos os profissionais que trabalham com mídia nesse nosso mercado.

Por fim, a comissão apresentou teses em defesa da atividade de mídia, que quero aqui transcrever e depois, discutí-las.

São elas:

Tese 1. Recomendação de um percentual mínimo de profissionais de mídia sobre o total de funcionários das agências. É uma revisão de uma recomendação que já estava no IV Congresso.

Tese 2. Percentual mínimo de profissionais certificados de mídia nas agências, conforme a classificação de grupos de agência por receita do Cenp. A certificação foi implementada pioneiramente pelo Grupo de Mídia de São Paulo. O certificado é obtido por prova e atualmente são 420 profissionais certificados.

Tese 3. Criação de um grupo de trabalho com foco na busca e recomendação de novas pesquisas e ferramentas de mídia. Participar de eventos e feiras internacionais de pesquisa e softwares de mídia, representando o Brasil para ajudar a fomentar a produção local de novas pesquisas e sistemas de processamento. Criação de um fundo formado por Grupo de Mídia, ABAP e outras entidades. 

Tese 4. Definição de critérios para credenciamento de consultorias independentes de mídia junto ao Cenp.

Tese 5. Recomendação formal de associação ao Cenp de empresas de tecnologia que operam no mercado de venda de espaços publicitários, independente de origem, ou forma de atuação.

Tese 6. Criação junto ao Cenp de um sistema de tabelas e preços.

Agora, permitam-me avaliar.

Todas as teses são importantes para o futuro da nossa atividade e já aqui, parabenizo e agradeço aos profissionais que lá trabalharam por nossa categoria.

Porém, quero aqui destacar a Tese 2, escrita acima e que trata do percentual mínimo de profissionais certificados de mídia.

Vamos falar um pouco mais sobre isso: 

Acho a idéia mais do que válida. E não digo isso somente por já possuir a certificação, mas por entender que há sim a necessidade de uma separação entre profissionais de mídia e profissionais que se passam por mídia.

A prova de Certificação, que fiz em sua primeira edição, consegue sim, avaliar os conceitos e as técnicas de mídia. Ao contrário do que muitos possam pensar.

Por isso, caros leitores do Blog do Crespo, se já fez a prova, OK. Creio que esteja no caminho certo. Porém, se é mídia, atua em uma agência eainda não fez, tente se inscerever para a próxima edição da Prova de Certificação do Grupo de Mídia. Se for estudante e está pensando em se tornar um profissional de mídia, pense a respeito.

Vale muito a pena estar antenado e sempre pronto para toda e qualquer desafio que nossa profissão exigir.

E se voltarmos ao início desse post, onde falava das tendências de crescimento desse mercado, tal certificação vai lhe trazer bons frutos, podem acreditar!

Um bom resto de final de semana a todos. 

Leia Mais
Eventos

Vem aí o 5. Congresso da Indústria da Comunicação

Começa hoje no World Trade Center, em São Paulo e se estende até a Quarta-Feira, dia 30, a quinta edição do Congresso da Indústria da Comunicação.

Mais de 2.000 profissionais do mercado discutirão o futuro de nossa profissão, analisando as tendências para os próximos anos.

Profissionais renonamodos como Nizan Guanaes, Washington Olivetto e Marcello Serpa se juntarão à profissionais mais jovens, com novos pensamentos como André Trigueiro e até o humorista Rafinha Bastos.

A novidade desta edição é que segundo os organizadores, o foco deixa de ser apenas a publicidade e passa a ser muito mais abrangente. Oo evento vai debater as principais questões que afetam o setor como um todo.

Ao todo, 37 entidades participam do evento, que terá em sua Abertura Oficial, a palestra de Desmond Tutu, Prêmio Nobel da Paz.

Espera-se também que dentro da programação do 5. Congresso da Indústria da Comunicação, seja lançada a edição 2012 do Mídia Dados Brasil, como anunciou semanas atrás, o presidente do Grupo de Mídia de São Paulo, Luiz Fernando Vieira.

Vale lembrar que o legado dos quatro primeiros Congressos possibilitou a estruturação do mercado publicitário brasileiro, conhecido por garantir a independência financeira, e, portanto, a liberdade editorial dos meios de comunicação.

Boa Segunda-Feira a todos.

Leia Mais
Mídia

Luiz Fernando Vieira toma posse no Grupo de Mídia de São Paulo

Ocorreu na noite de ontem, na sede do Grupo de Mídia de São Paulo, a cerimônia de posse do Luiz Fernando Vieira, reeleito para mais um biênio, como Presidente da entidade.

Estiveram presentes grandes nomes da mídia, além de executivos dos principais veículos de comunicação do país.

Em cerimônia rápida, Luiz, que também é sócio e VP de Mídia da Agência Africa, agradeceu à família e também ao seu time, que tão bem conduz o Grupo de Mídia de São Paulo.

Anunciou uma novidade no corpo diretivo e relembrou todas as conquistas da entidade em seu primeiro mandato, destacando a Prova de Certificação do Grupo de Mídia, que já diplomou 468 profissionais.

Aproveitou também a oportunidade para tratar da nova edição do Mídia Dados, que deverá ser lançada no 5. Congresso Brasileiro da Indústria da Comunicação, a ser realizado agora no mês de Maio. Segundo informou, desta vez, o Mídia Dados vem com 848 páginas, o maior anuário da história da entidade.

Foi um evento bem bacana e uma excelente oportunidade para rever grandes amigos do mercado.

Desejo toda a boa sorte ao Luiz, que além de Presidente do Grupo de Mídia, também é meu chefe aqui no dia a dia da Agência África.

Abraços a todos.

Leia Mais
Mídia

Artigo: “A importância do teste de certificação do Grupo de Mídia”.

Você
confiaria em um médico sem CRM?

Mesmo sabendo que ele nunca cometeu
nenhum erro médico? E em um advogado sem OAB? Talvez um engenheiro sem
CREA mesmo sabendo que, até hoje, nenhum projeto dele desabou?

Porque
então confiar em um Mídia sem uma certificação técnica dos seus
conhecimentos?

Muitos vão dizer que a importância de um Mídia não se
compara à de um médico. Mas Mídia lida com dinheiro. Muito dinheiro em
vários casos.

E para complicar: muito dinheiro dos outros.

O
Grupo de Mídia de São Paulo, liderado por Luiz Fernando Vieira, já está
aplicando, desde o ano passado, um teste de certificação aos
profissionais de mídia. Na primeira turma foram 156 candidatos, sendo
130 aprovados. É uma garantia a mais para o profissional que tem sua
habilidade técnica e teórica – que é tão importante quanto à prática –
atestada pelo Grupo de Mídia.

E é garantia também para a empresa, pois
comprova que seu funcionário realmente tem conhecimentos técnicos da sua
área.

Imagine você, supervisor de mídia de uma agência procurando um
assistente e tem 2 funcionários com currículos equivalentes. A
diferença? A certificação do Grupo de Mídia.

Ou você, empresa, está
fazendo em uma concorrência e 2 agências apresentam trabalhos igualmente
excelentes.

Mas uma delas comprova a habilidade técnica de seus
funcionários com certificações.

Nas duas situações eu iria pender para
as opções certificadas.

Agora me diga uma coisa você, mídia com mais de
15 anos de mercado, carreira consolidada e grandes cases na bagagem:
você tem humildade de aceitar ter seus conhecimentos colocados à prova?

 

Artigo do profissional @_LeoFerreira publicado no site do Grupo de Mídia de Pernambuco

Leia Mais