close

marketing

Marketing

A linha tênue entre oportunidade e o oportunismo do marketing social

linha-tenue-oportunidade-oportunismo-cause-marketing-creativosbr

Segundo o dicionário Michaelis, oportunidade é a ocasião favorável para realização de algo, enquanto oportunismo é a habilidade em aproveitar os fatos para obter algo. Apesar dos termos serem parecidos, são amplamentes diferentes. De acordo com Francine Lemos, CEO da Cause, consultoria de marcas focada em interesse público, abraçar um propósito vai muito além de uma campanha pontual. Contudo, muitas empresas na busca de se “associarem” a causas sociais precisam se atentar ao contexto e a conexão da marca com o tema ou podem correr o risco de cair pro lado contrário da oportunidade. Mudanças no comportamento dos consumidores refletem em necessidade de posicionamento social por parte das organizações. Em novembro de 2018, foi divulgado – em parceria entre Ipsos, ESPM, Instituto Ayrton Senna e Cause – o estudo “Marketing relacionado à causa”, o qual evidencia que 77% da população brasileira espera maior contribuição social das empresas com a sociedade. soldes coque iphone pas cher Francine Lemos, em entrevista para Meio & Mensagem, fala sobre a postura que as marcas precisam ter ao adotar o “marketing de causa” para não soar como oportunista. coque iphone 7 Enfatiza sobre a necessidade das marcas serem coerentes, planejadas e alerta sobre abraçar causas sem levar o discurso para a prática. coque iphone 8 Ela alerta que, antes de entrar em uma causa, deve-se avaliar se faz sentido para a empresa, se está alinhado com a visão e com os valores, e principalmente se atende uma demanda clara da sociedade. O contexto é primordial para a associação da marca a uma causa e a coerência tem mais importância que a pressa, não dá para ser superficial. coque iphone xs max Francine afirma que a causa não pode ser comunicada sob o ponto de vista de consumo e deve considerar os diversos atores envolvidos na temática. Portanto, antes de se posicionar, é preciso refletir sobre o que a empresa faz de fato e qual é sua real necessidade. coque iphone 8 O fato é que a sociedade clama por posicionamento social por parte das empresas e ela diz isso pelo seu comportamento de consumo. O que você tem feito a respeito? Observe seu próprio comportamento de consumo a respeito do marketing de causa e repare as comunicações das grandes marcas sobre causas sociais.

Leia Mais
Marketing

Corinthians deve anunciar novo patrocinador máster

cor1

Foram quase dois anos de espera e com certeza, fez uma diferença danada aos cofres do clube. coque iphone soldes Depois do término do contrato com a Caixa, em 2017, nenhum outro acordo de patrocínio máster para o uniforme surgiu. soldes coque iphone Porém, tudo indica que nos próximos dias, o Corinthians deva anunciar o seu novo patrocinador máster de camisa. Pelo menos é dessa forma que a questão é tratada nos bastidores do clube. coque iphone Trata-se do banco BMG e o acordo deve render ao clube paulista algo em torno de R$ 30 milhões. soldes coque iphone O Banco já estampou de a camisa de outros grande clubes no Campeonato Brasileiro num passado recente. Além deste, o Corinthians possui outros patrocinadores de maior valor, que também estampam a camisa da equipe. coque iphone O mais recente patrocinador foi a Poty, que se desligou do rival São Paulo. coque iphone pas cher É aguardar pra ver se o anúncio do patrocínio do banco BMG ocorre mesmo nos próximos dias.

Leia Mais
Marketing

Valentine’s Day inspira marcas a engajar consumidores

Valentines-Day-inspira-marcas-a-engajar-consumidores-creativos-marketing-blogdocrespo

O Dia dos Namorados é uma data comemorada no Brasil somente em 12 de junho. Enquanto as marcas aqui precisam esperar pela tão esperada data para conquistar os consumidores, em outros países do mundo esta data é festejada em 14 de fevereiro, e por isso muitas marcas aproveitam o momento para se destacar perante os consumidores. coque iphone 8 Veja algumas comunicações que se destacaram:   A marca de cerveja DB Export celebra a união em um videoclipe de sua cerveja low carb. No clipe, criado com a agência Colenso BBDO, um casal canta um para o outro que “não precisa de duas mãos para segurar você”. A outra mão, claro, está ocupada segurando uma cerveja.   A KFC decidiu fazer uma brincadeira com seus clientes franceses este ano dizendo que a rede iria começar a vender baldes de carne bovina, o que provocou indignação entre fãs ingênuos. coque iphone soldes Mas a marca, com Sid Lee, postou um vídeo em 14 de fevereiro, no qual o coronel confessa que o anúncio foi uma farsa. coque iphone 7 A marca de creme dental da Unilever CloseUp explora as possibilidades românticas entre dois bots da AI (inteligência artificial). Com o passar do tempo, os bots começaram a conversar mais fluentemente uns com os outros. E em pouco tempo Sol e Num estavam tendo discussões sérias e íntimas. Depois de conversar por quase 12 horas, o bot declarou seu amor pelo outro. coque iphone xr O filme termina com a mensagem de que se dois bots podem se apaixonar, então há esperança para o resto de nós. A campanha foi desenvolvida pela MullenLowe Singapore. coque iphone   De declarações de amor inusitadas a poemas de amor, o personagem de Game Of Thrones, Montanha, lê poemas de amor em campanha da marca SodaStream.

Leia Mais
Mídia

McDonald’s aposta em Lego para McLanche Feliz

Mc Donalds

A rede McDonald’s está sempre nos surpreendendo com seus brinquedos do McLanche Feliz. coque iphone 8 Até quem é adulto ama muito tudo isso. coque iphone xs max Não é de hoje que o McDonald’s traz em sua linha do tempo brinquedos pra lá de divertidos e que agrada uma grande maioria. coque iphone pas cher Seu público-alvo são as crianças, mas tem muito marmanjo adorando a ideia de poder colecionar os brinquedos. coque iphone 7 Para fevereiro, a marca traz uma coleção de estojos desenhados e inspirados em 10 personagens diferentes do filme “Uma Aventura Lego 2”, que estreia nessa quinta-feira, 07/02. coque iphone Trata-se de um longa metragem que continua a história do seu primeiro filme (Aventura Lego, 2014), onde uma batalha contra inimigos alienígenas faz com que a cidade Lego se transforme em Apocalipsópolis. acheter coque iphone en ligne SOBRE A COLEÇÃO É uma coleção de 10 estojos recipientes com a forma do rosto dos principais personagens do filme, sendo Batman, Mulher-Maravilha, Emment, Megaestilo, Unigata, Barba de ferro, Caos Legal, Duplo Alien I, Superman e Duplo Alien II. Além de recipiente, todos eles são equipados com um prendedor para que as crianças/adultos possam pendurar nas mochilas e bolsas. Tá querendo um? Dê uma olhada nos modelos e corra pra garantir o seu.

Leia Mais
Marketing

O marketing de grandes marcas e a sustentabilidade na prática

O marketing de grandes marcas e a sustentabilidade na prática – Creativos Br – Marketing

Está cada vez mais crescente as empresas que se posicionam ambientalmente. coque iphone 8 Algumas apostam em estratégias de logística reversa com embalagens retornáveis, outras investem em criar embalagens através de resíduos. Envolver agentes civis e o poder público no diálogo, assim como desenvolver novos materiais industriais “ecologicamente corretos”, de acordo com texto publicado no Meio & Mensagem por Karina Balan, são ações que possuem potencial para solucionar o problema de desperdício de recursos e descarte indevido de resíduos em escala industrial. Existe um clima de “pressão” sob as marcas para adotarem princípios da economia circular. coque iphone 8 No último final de semana, a economia circular foi tema em muitos painéis do Festival Path, em São Paulo. Representantes de grandes players como Ambev e Coca-Cola e especialistas em políticas sustentáveis, apresentaram seus desafios para escalar práticas sustentáveis no Brasil e no mundo. soldes coque iphone Thaís Vojvodic, gerente de sustentabilidade da Coca-Cola, disse durante o Path que inovação não é sempre sobre tecnologia, mas sobre romper barreiras culturais entre empresas. A Coca-Cola e a Ambev, por exemplo, há dois anos criaram a iniciativa Reciclar Pelo Brasil para oferecer apoio cooperativas de catadores de materiais recicláveis, e têm como parceiros empresas como Vigor e Nestlé. Para Thaís, as empresas continuam sendo concorrentes e competindo entre si, porém, quando se trata de reciclagem e sustentabilidade não há motivos para competir. Os investimentos em embalagens retornáveis e em logística reversas já voltaram a ser uma prática das empresas. Contudo, para Thaís, o desafio é incentivar o consumidor a adotar um hábito antigo, no caso dos retornáveis. acheter coque iphone en ligne O Fórum Econômico Mundial aconteceu em janeiro, em Davos, na Suíça. Na ocasião, James Quincey, CEO da Coca-Cola, compartilhou que até 2030 a companhia pretende coletar e reciclar 100% das suas embalagens. Neste trajeto da economia circular, a Nestlé também caminha junto com a mesma meta, porém com prazo até 2025. O Head de sustentabilidade da Ambev, Richard Lee, afirma que as práticas relacionadas com sustentabilidade devem ser vistas como parte do core business das empresas, deixando de ser apenas branding. coque iphone xr “Se não tivermos uma bacia hidrográfica saudável, não conseguimos operar adequadamente”, exemplifica Richard, que afirma também que a empresa investe junto a startups e universidades para incorporar soluções sustentáveis. Sob outro viés, aponta Fernando Penedo, especialista em sustentabilidade urbana, que entre as empresas, a sociedade civil e os governos possuem desalinhamentos no quesito sustentabilidade. “É muito difícil vermos iniciativas de sustentabilidade das empresas sendo criadas junto à sociedade civil. Além disso, geralmente empresas privadas não querem se misturar com assuntos públicos, o que é necessário. Hoje em dia, quem cuida do pós-consumo no País é apenas o poder público”, ponderou e exemplificou com o caso da cidade de São Paulo, que gasta sozinha mais de R$ 1 bilhão anuais para coletar e transportar o lixo do município. Thaís, da Coca-Cola, ressalta a ótica econômica: “A carga tributária referente a produtos reciclados pode se apresentar pouco viável para algumas empresas. Um produto que já pagou toda a sua cadeia tributária, como uma garrafa PET, quando é reciclado paga o mesmo valor novamente, enquanto o descarte de lixo tem custo menor.

Leia Mais
Marketing

O marketing de grandes marcas e a sustentabilidade na prática

O marketing de grandes marcas e a sustentabilidade na prática – Creativos Br – Marketing

Está cada vez mais crescente as empresas que se posicionam ambientalmente. Algumas apostam em estratégias de logística reversa com embalagens retornáveis, outras investem em criar embalagens através de resíduos. Envolver agentes civis e o poder público no diálogo, assim como desenvolver novos materiais industriais “ecologicamente corretos”, de acordo com texto publicado no Meio & Mensagem por Karina Balan, são ações que possuem potencial para solucionar o problema de desperdício de recursos e descarte indevido de resíduos em escala industrial. Existe um clima de “pressão” sob as marcas para adotarem princípios da economia circular. coque iphone 8 No último final de semana, a economia circular foi tema em muitos painéis do Festival Path, em São Paulo. coque iphone Representantes de grandes players como Ambev e Coca-Cola e especialistas em políticas sustentáveis, apresentaram seus desafios para escalar práticas sustentáveis no Brasil e no mundo. Thaís Vojvodic, gerente de sustentabilidade da Coca-Cola, disse durante o Path que inovação não é sempre sobre tecnologia, mas sobre romper barreiras culturais entre empresas. A Coca-Cola e a Ambev, por exemplo, há dois anos criaram a iniciativa Reciclar Pelo Brasil para oferecer apoio cooperativas de catadores de materiais recicláveis, e têm como parceiros empresas como Vigor e Nestlé. Para Thaís, as empresas continuam sendo concorrentes e competindo entre si, porém, quando se trata de reciclagem e sustentabilidade não há motivos para competir. vente de coque iphone Os investimentos em embalagens retornáveis e em logística reversas já voltaram a ser uma prática das empresas. Contudo, para Thaís, o desafio é incentivar o consumidor a adotar um hábito antigo, no caso dos retornáveis. O Fórum Econômico Mundial aconteceu em janeiro, em Davos, na Suíça. coque iphone 7 Na ocasião, James Quincey, CEO da Coca-Cola, compartilhou que até 2030 a companhia pretende coletar e reciclar 100% das suas embalagens. Neste trajeto da economia circular, a Nestlé também caminha junto com a mesma meta, porém com prazo até 2025. O Head de sustentabilidade da Ambev, Richard Lee, afirma que as práticas relacionadas com sustentabilidade devem ser vistas como parte do core business das empresas, deixando de ser apenas branding. coque iphone xr “Se não tivermos uma bacia hidrográfica saudável, não conseguimos operar adequadamente”, exemplifica Richard, que afirma também que a empresa investe junto a startups e universidades para incorporar soluções sustentáveis. Sob outro viés, aponta Fernando Penedo, especialista em sustentabilidade urbana, que entre as empresas, a sociedade civil e os governos possuem desalinhamentos no quesito sustentabilidade. “É muito difícil vermos iniciativas de sustentabilidade das empresas sendo criadas junto à sociedade civil. coque iphone x Além disso, geralmente empresas privadas não querem se misturar com assuntos públicos, o que é necessário. Hoje em dia, quem cuida do pós-consumo no País é apenas o poder público”, ponderou e exemplificou com o caso da cidade de São Paulo, que gasta sozinha mais de R$ 1 bilhão anuais para coletar e transportar o lixo do município. Thaís, da Coca-Cola, ressalta a ótica econômica: “A carga tributária referente a produtos reciclados pode se apresentar pouco viável para algumas empresas. Um produto que já pagou toda a sua cadeia tributária, como uma garrafa PET, quando é reciclado paga o mesmo valor novamente, enquanto o descarte de lixo tem custo menor.

Leia Mais
Marketing

O marketing de grandes marcas e a sustentabilidade na prática

O marketing de grandes marcas e a sustentabilidade na prática – Creativos Br – Marketing

Está cada vez mais crescente as empresas que se posicionam ambientalmente. Algumas apostam em estratégias de logística reversa com embalagens retornáveis, outras investem em criar embalagens através de resíduos. Envolver agentes civis e o poder público no diálogo, assim como desenvolver novos materiais industriais “ecologicamente corretos”, de acordo com texto publicado no Meio & Mensagem por Karina Balan, são ações que possuem potencial para solucionar o problema de desperdício de recursos e descarte indevido de resíduos em escala industrial. Existe um clima de “pressão” sob as marcas para adotarem princípios da economia circular. soldes coque iphone No último final de semana, a economia circular foi tema em muitos painéis do Festival Path, em São Paulo. Representantes de grandes players como Ambev e Coca-Cola e especialistas em políticas sustentáveis, apresentaram seus desafios para escalar práticas sustentáveis no Brasil e no mundo. Thaís Vojvodic, gerente de sustentabilidade da Coca-Cola, disse durante o Path que inovação não é sempre sobre tecnologia, mas sobre romper barreiras culturais entre empresas. coque iphone A Coca-Cola e a Ambev, por exemplo, há dois anos criaram a iniciativa Reciclar Pelo Brasil para oferecer apoio cooperativas de catadores de materiais recicláveis, e têm como parceiros empresas como Vigor e Nestlé. Para Thaís, as empresas continuam sendo concorrentes e competindo entre si, porém, quando se trata de reciclagem e sustentabilidade não há motivos para competir. Os investimentos em embalagens retornáveis e em logística reversas já voltaram a ser uma prática das empresas. Contudo, para Thaís, o desafio é incentivar o consumidor a adotar um hábito antigo, no caso dos retornáveis. O Fórum Econômico Mundial aconteceu em janeiro, em Davos, na Suíça. Na ocasião, James Quincey, CEO da Coca-Cola, compartilhou que até 2030 a companhia pretende coletar e reciclar 100% das suas embalagens. coque iphone en ligne Neste trajeto da economia circular, a Nestlé também caminha junto com a mesma meta, porém com prazo até 2025. coque iphone xr O Head de sustentabilidade da Ambev, Richard Lee, afirma que as práticas relacionadas com sustentabilidade devem ser vistas como parte do core business das empresas, deixando de ser apenas branding. coque iphone “Se não tivermos uma bacia hidrográfica saudável, não conseguimos operar adequadamente”, exemplifica Richard, que afirma também que a empresa investe junto a startups e universidades para incorporar soluções sustentáveis. Sob outro viés, aponta Fernando Penedo, especialista em sustentabilidade urbana, que entre as empresas, a sociedade civil e os governos possuem desalinhamentos no quesito sustentabilidade. “É muito difícil vermos iniciativas de sustentabilidade das empresas sendo criadas junto à sociedade civil. Além disso, geralmente empresas privadas não querem se misturar com assuntos públicos, o que é necessário. coque iphone xs Hoje em dia, quem cuida do pós-consumo no País é apenas o poder público”, ponderou e exemplificou com o caso da cidade de São Paulo, que gasta sozinha mais de R$ 1 bilhão anuais para coletar e transportar o lixo do município. Thaís, da Coca-Cola, ressalta a ótica econômica: “A carga tributária referente a produtos reciclados pode se apresentar pouco viável para algumas empresas. Um produto que já pagou toda a sua cadeia tributária, como uma garrafa PET, quando é reciclado paga o mesmo valor novamente, enquanto o descarte de lixo tem custo menor.

Leia Mais
Marketing

O marketing de grandes marcas e a sustentabilidade na prática

O marketing de grandes marcas e a sustentabilidade na prática – Creativos Br – Marketing

Está cada vez mais crescente as empresas que se posicionam ambientalmente. Algumas apostam em estratégias de logística reversa com embalagens retornáveis, outras investem em criar embalagens através de resíduos. Envolver agentes civis e o poder público no diálogo, assim como desenvolver novos materiais industriais “ecologicamente corretos”, de acordo com texto publicado no Meio & Mensagem por Karina Balan, são ações que possuem potencial para solucionar o problema de desperdício de recursos e descarte indevido de resíduos em escala industrial. Existe um clima de “pressão” sob as marcas para adotarem princípios da economia circular. No último final de semana, a economia circular foi tema em muitos painéis do Festival Path, em São Paulo. Representantes de grandes players como Ambev e Coca-Cola e especialistas em políticas sustentáveis, apresentaram seus desafios para escalar práticas sustentáveis no Brasil e no mundo. Thaís Vojvodic, gerente de sustentabilidade da Coca-Cola, disse durante o Path que inovação não é sempre sobre tecnologia, mas sobre romper barreiras culturais entre empresas. coque iphone 8 A Coca-Cola e a Ambev, por exemplo, há dois anos criaram a iniciativa Reciclar Pelo Brasil para oferecer apoio cooperativas de catadores de materiais recicláveis, e têm como parceiros empresas como Vigor e Nestlé. coque iphone solde Para Thaís, as empresas continuam sendo concorrentes e competindo entre si, porém, quando se trata de reciclagem e sustentabilidade não há motivos para competir. coque iphone xs max Os investimentos em embalagens retornáveis e em logística reversas já voltaram a ser uma prática das empresas. coque iphone 2019 Contudo, para Thaís, o desafio é incentivar o consumidor a adotar um hábito antigo, no caso dos retornáveis. O Fórum Econômico Mundial aconteceu em janeiro, em Davos, na Suíça. coque iphone 2019 Na ocasião, James Quincey, CEO da Coca-Cola, compartilhou que até 2030 a companhia pretende coletar e reciclar 100% das suas embalagens. Neste trajeto da economia circular, a Nestlé também caminha junto com a mesma meta, porém com prazo até 2025. coque iphone 7 O Head de sustentabilidade da Ambev, Richard Lee, afirma que as práticas relacionadas com sustentabilidade devem ser vistas como parte do core business das empresas, deixando de ser apenas branding. “Se não tivermos uma bacia hidrográfica saudável, não conseguimos operar adequadamente”, exemplifica Richard, que afirma também que a empresa investe junto a startups e universidades para incorporar soluções sustentáveis. Sob outro viés, aponta Fernando Penedo, especialista em sustentabilidade urbana, que entre as empresas, a sociedade civil e os governos possuem desalinhamentos no quesito sustentabilidade. “É muito difícil vermos iniciativas de sustentabilidade das empresas sendo criadas junto à sociedade civil. Além disso, geralmente empresas privadas não querem se misturar com assuntos públicos, o que é necessário. Hoje em dia, quem cuida do pós-consumo no País é apenas o poder público”, ponderou e exemplificou com o caso da cidade de São Paulo, que gasta sozinha mais de R$ 1 bilhão anuais para coletar e transportar o lixo do município. Thaís, da Coca-Cola, ressalta a ótica econômica: “A carga tributária referente a produtos reciclados pode se apresentar pouco viável para algumas empresas. Um produto que já pagou toda a sua cadeia tributária, como uma garrafa PET, quando é reciclado paga o mesmo valor novamente, enquanto o descarte de lixo tem custo menor.

Leia Mais
Marketing

Conteúdo: 7 dicas para criar um texto eficiente

7 dicas para texto eficiente-Marketing-Creativosbr

Escrever é uma tarefa gostosa, mas nem sempre fácil. Criar um texto com estrutura (começo, meio e fim) e prazeroso de ler é um desafio que muitas pessoas que não são do ramo costumam ter. Por esses motivos, é fundamental ter ciência de algumas informações que ajudarão você na hora de escrever um texto bacanudo e eficiente para seu negócio. Vamos a elas? Tom de voz Primeiramente é importante saber o tom de voz da sua marca. coque iphone 8 Qual seu público? Qual a mensagem que quer passar com seus textos. Acerte o tom de voz e tenha sucesso com seus artigos. Textos curtos e diretos Ninguém mais quer ficar lendo textos gigantescos cheios de blá blá blá. Aposte em textos curtos, com parágrafos pequenos e vá direto ao assunto, sem enrolação. Uso de listas O uso de listas gera dinamismo e clareza nas informações. Abuse desse artifício e facilite o entendimento para o seu leitor. Utilizar “5 maneiras de…”, “12 passos para…”, “10 livros que…”gera curiosidade e transparência com quem está lendo seu texto. Dados e informações Enriquecer o texto gera credibilidade e assertividade nas informações. coque iphone 8 Sempre que possível, informe dados, números, porcentagem do que está falando e faça seu leitor ter informações mais importantes sobre o assunto e o cenário que está abordando. coque iphone Dinamismo (uso de vídeos, infográficos) As pessoas não querem mais conteúdo apenas escrito. Vídeos prendem a atenção do leitor em uma era onde o consumo de vídeo cresceu 90% em três anos, e já é preferido por mais de 70% dos internautas brasileiros. Infográficos também são muito bem aceitos por todos os tipos de público e dão dinamismo ao seu texto. Uso de SEO O uso de palavras-chave corretas em seu texto aumenta a eficiência de busca no Google e gera maior visibilidade em seu artigo. coque iphone 8 Aprenda a usar a ferramenta e atraia um público muito maior para o seu negócio. coque iphone pas cher Call to action Todo texto tem um propósito. Chame o público para o seu negócio com o uso de imperativos sempre linkando com o restante do texto. O uso de links para outra página, para o envio de um e-mail ou até mesmo uma forma de garantir o e-mail e outros dados do leitor são boas formas de encerrar seu artigo com sucesso. Pois bem, agora que você já sabe como criar um texto eficiente, ‘bóra’ botar a mão na massa. Pesquise, rabisque, escreva, revise, revise de novo (pleonasmo aceito). coque iphone E só depois que estiver tudo ok, publique.

Leia Mais
Marketing

McDonald’s substitui o plástico dos seus canudos por alternativas biodegradáveis

McDonald’s-substitui-o-plástico-dos-seus-canudos-por-alternativas-biodegradáveis-Creativosbr-marketing-blogdocrespo

Na Índia, o McDonald’s vem trabalhando ao longo dos últimos meses com os seus fornecedores para implementar uma ação sustentável em seus restaurantes. soldes coque iphone A principal filial do McDonald’s no oeste e sul da Índia informou que fez essa transição do plástico para alternativas ecológicas e biodegradáveis para os itens usados nas embalagens. coque iphone 2019 A empresa já se afastou do plástico em Maharashtra e das principais cidades de Karnataka. coque iphone O McDonald’s vem trabalhando para uma mudança a nível internacional. coque iphone x E na Índia, a previsão é que nos próximos meses essa solução sustentável já esteja sendo aplicada em todo o mercado. coque iphone pas cher De acordo com o McDonald’s, os restaurantes agora oferecem aos clientes talheres de madeira em vez de plásticos. coque iphone 6 Vale ressaltar que esta prática de trabalhar com fornecedores a fim de utilizar materiais sustentáveis é realizada nos Estados Unidos, mas não somente pela franquia, bares e restaurantes já adotaram a postura em diversos lugares do País.

Leia Mais
1 2 3 29
Página 1de 29