close

publicitários

Publicidade

O poder dos publicitários

Seja você um publicitário ou não, este texto é para você. O principal objetivo é trazer um debate essencial para os funcionários de pequenas ou grandes agências de publicidade. Caso conheça alguém que esse conteúdo vá ajudar, peço encarecidamente que compartilhe!

O poder das agências de publicidade em influenciar diretamente e indiretamente a vida das pessoas é muito forte. Mesmo que os clientes tenham ideias em mente e definem em alguns casos uma base para o projeto; o responsável para muitos desses quesitos que irei colocar aqui, é a agência; logo, os publicitários.

Esses projetos são as propagandas que vemos diariamente na TV e em nossas redes sociais.

Por conta dessa capacidade de atingir grandes massas de pessoas, é possível para os publicitários, usar dessa ferramenta para tornar o mundo um lugar melhor.

Um exemplo, o estereótipo é um padrão que a sociedade constrói, seja ele de beleza, gênero, classe social e etc. Afetando os que não se encaixam. Concorda que esse poder da publicidade pode ser usado para quebrar esses padrões?

Para isso acontecer é preciso sair da sua zona de conforto e estudar. Porém, existem pessoas que escolhem caminhar na ignorância.

Escolher caminhar na ignorância é uma decisão sua, mas você como publicitário tem um grande poder de influência em mãos; tente ao menos dar uma oportunidade as pessoas também tomarem essa decisão.

Essa oportunidade só vem através de campanhas sem influências preconceituosas. Já dizia o ditado, com grandes poderes vêm grandes responsabilidades.

Isso não é função do Conselho Nacional de Auto Regulamentação Publicitária (CONAR)?

O CONAR é muito importante para o cenário da publicidade. Podemos ver que existem diversos casos impedidos de veicular, envolvendo responsabilidade social, respeitabilidade e etc.

Pode ser ignorância minha, mas acredito que eles não irão interferir em uma campanha só porque tal campanha possui apenas pessoas brancas com um corpo idealizado aparecendo nos comerciais.

Além do mais, você não acredita que é muito importante para nós seres humanos não carregarmos esses preconceitos conosco? Se desenvolver como pessoa é importante e te auxilia tanto na vida pessoal quanto na profissional.

Se olharmos os comerciais antigos fica claro que eles estavam sendo preconceituosos; com situações racistas, machistas e entre outras.

Isso só fica claro para a maioria das pessoas porquê de alguma maneira a informação chegou, através dos meios e veículos de comunicação

Portanto, a desinformação ainda é algo presente em muitas pessoas.

Abrir a dúvida do “será que estou carregando algum tipo de preconceito em meu job?” é de extrema importância, ainda mais como publicitário.

Para compreender e resolver essa dúvida, precisamos entender sobre:

O preconceito sem intenção

Chamado de preconceito implícito, é algo inconsciente, sem intenção. Ideias preconcebidas que pegamos sem ao menos conhecer tal pessoa.

Todos nós temos algum tipo de preconceito; seja racial, social, econômico, religioso e entre outros que fazem parte dessa grande lista.

Publicitários precisam olhar se estão trazendo esses preconceitos para dentro das campanhas.

Para se destacar é necessário pensar fora da caixa. Indo além de ter uma ideia genial ou um bom planejamento, aborda também essa preocupação com as influências que você está passando ao público.

“Estou influenciando algo infeliz em minha campanha?”

Achar que você não vai cometer tais erros é o primeiro passo para cair nessa armadilha.

Essas mudanças não irão acontecer do dia para a noite, aceitar e observar é o primeiro passo. Uma campanha sem estereótipos não depende unicamente de você.

Como saber se estou carregando algum estereótipo?

Estude! Como eu disse, não é do dia para a noite. O passo mais difícil você já conseguiu; reconhecer verdadeiramente que é falho. Agora é só se policiar dentro do que você sabe sobre preconceitos.

Tire alguns minutinhos do seu dia para pesquisar sobre desigualdade e exclusão social, diversidade cultural e outros conhecimentos de extrema importância a todos.

Conforme o tempo de estudo esses preconceitos vão se clareando e ficando mais fáceis de identificar.

Por exemplo, talvez você tenha uma preferência automática em pessoas com traços europeus para suas campanhas, voltando ao padrão da sociedade.

A diversidade em propagandas e publicidades traz representatividade; que acaba gerando um aprendizado direto no respeito e empatia. Trazer isso de maneira natural é o melhor jeito!

Você não tem um controle sobre todas as decisões.

Por esse motivo é essencial você pelo menos tentar. Conversar sobre isso com colegas de trabalho mais próximos, podendo ajuda-los a tirar esse preconceito implícito.

Abrir essas discussões na agência, dar ideias em brainstorms e reuniões é outra tentativa para prevenir futuros estereótipos dentro do projeto.

A agência trabalhando para passar por cima desses preconceitos, futuramente pode ter uma maior harmonia entre os departamentos, motivados a entregar um bom trabalho e dar sua contribuição para um mundo melhor.

Te garanto que os benefícios desse desenvolvimento profissional e pessoal são imensos e gratificantes.

Se você chegou até aqui, fico muito agradecido por ter lido meu texto.

Espero que tenha gostado.

Obrigado!

Leia Mais
Publicidade

Silvio Soledade assume a presidência da APP Brasil

A Assembleia Geral Ordinária marcou a posse do novo presidente nesta segunda-feira, 29.

A Associação dos Profissionais de Propaganda (APP), entidade que apoia e estimula as atividades da comunicação e auxilia no aperfeiçoamento do profissional, elegeu Silvio Soledade, consultor de empresas e sócio da PlanoGestão, como presidente para os próximos dois anos de mandato. A assembleia Geral Ordinária registrou, virtualmente, a posse da nova diretoria nesta segunda-feira, 29, com a participação de associados e diretores.

Vice-presidente da entidade desde 2017 e membro do corpo diretivo desde 2009, Soledade sempre esteve à frente do planejamento estratégico e financeiro, alavancando projetos e trazendo movimento com temas que embasam o propósito da APP Brasil. “Em 1989, ainda estudante, me associei à APP e, 20 anos depois, em 2009, a convite do então presidente Paulo Chueiri, comecei a fazer parte da sua diretoria”, destaca Silvio Soledade. “Para mim é uma honra estar à frente da APP e ao mesmo tempo uma enorme responsabilidade”.

Consultor de empresas e sócio da PlanoGestão, Soledade também é membro da Assoc. Brasileira de Mentores de Negócios (ABMEN), mentor da Aliança Empreendedora e Coordenador da cadeira de Gestão Empresarial do Projeto Objetiva Audiovisual realizado pela APRO – Associação dos Produtores de Audiovisual em parceria com o SEBRAE. Atuou nas áreas de gestão de empresas tais como: TV Bandeirantes, TV Globo, Grupo RBS (RS e SC), Canal Rural, LageMagy (Grupo Talent), Agnelo Pacheco e Lautert Associados.

Para compor a diretoria que atuará até 2023, a APP conta com Antonio Toledano (Presidente de Atendimento e Mídia da Patria Comunicação) como 1º vice-presidente e Celso Vergeiro (CEO da Adstream Soluções Tecnológicas) como 2º vice-presidente.

No Conselho Administrativo, Financeiro e Fiscal atuam Antonio Lino, André Poro Alegre e Luiz Arnaldo Casali. Os Suplentes nomeados são Antônio Calil Cury, José Francisco Queiroz e Luiz de Alencar Lara.

Completando a chapa denominada APP85, compõe a Diretoria Executiva Adão Casares (Pressing 360 Marketing Digital), Afonso Abelhão (BigBee), Alaor Machado (KM Money), Alexandre Luppi (Compasso Coolab), André Porto Alegre (Law Consulting), Antonio Carlos Franchini (GTec), Antonio Izidoro (Izidoro Marketing Promocional), Bento Andreato (Instituto Elifas Andreato), Claudio Kalim (Tech and Soul), Ênio Vergeiro (Band TV), Fabiana Robertoni (Gambôa Advogados), Filipe Crespo (CreativosBr/FECAP), Gilberto Corazza (Turner), Helenice Moura (A Liga Digital), Jeferson Martins (Leo Burnett Tailor Made), José Mauricio Pires Alves (Atalho), Lina Moreira (The Forest), Lucia Faria (LF & Cia Comunicação Integrada), Luiz Carlos Corrêa (Albieri & Corrêa), Marcio Arruda (Neo Negocios Soluções e Representações Ltda.) Marcos Braga (Amigos do Mercado), Maria Teresa Arbulu (Consultora de Comunicação), Marta Gucciardi (Strato Cultura Organizacional), Paulo Gomes de Oliveira Filho (Paulo Gomes Advogados Associados), Paulo Zoega (Zoegas), Ramon Oliveira (MestreGP), Raul Nogueira (Grandes Nomes da Propaganda), Reginaldo Andrade (Founder), Renata Alcalde (ESPM), Toni Valente (AnimaFilm), Wagner Minor Yoshihara (Consultor de Mídia) e Wezilyana Farias (The Content House),

Reposicionando as atitudes de dentro para fora, Silvio Soledade inicia a gestão implementando a Diretoria de Diversidade e Inclusão, composta por Bento Andreato (Instituto Elifas Andreato), Helenice Moura (A Liga Digital), Jeferson Martins (Leo Burnett Tailor Made), Lina Moreira (The Forest) e Marta Gucciardi (Strato Cultura Organizacional), o objetivo é criar ações e discussões importantes sobre representatividade em diferentes núcleos e vivências sociais.

“A APP é uma entidade, de 83 anos, e sempre foi presidida por profissionais que mantiveram a sua importância e relevância”, pontua Silvio Soledade. “Chegar aonde ela chegou foi fruto da competência e engajamento destes profissionais. Sinto-me confortável em assumir esta posição, pois temos no corpo diretivo da APP profissionais, amigos, que generosamente doam parte do seu tempo para contribuir e devolver ao mercado sua experiência e seu conhecimento. Este é o maior valor da APP.

O LEGADO DE ÊNIO VERGEIRO

Conduzir a APP ao seu propósito e colocar a entidade à frente de causas do mercado foram marcos na carreira de Ênio Vergeiro ao longo de uma década de mandato exercido voluntariamente. À frente da presidência da APP desde 2011, desenvolveu trabalhos contínuos na representatividade da associação junto ao mercado publicitário, instituições de ensino e demais entidades parceiras.

Ênio Vergeiro instituiu na APP serviços como a Câmara Nacional de Arbitragem e Mediação na Comunicação (CNA), que tem o objetivo de solucionar, extrajudicialmente, controvérsias e litígios através de mediação, conciliação e arbitragem e Entidade Depositária, que proporciona às agências e profissionais de comunicação a proteção de suas campanhas, garantindo total segurança e sigilo das peças, conceitos ou ideias.

Lançou a primeira revisão do Código de Ética dos Profissionais de Propaganda desde quando ele foi aprovado pelo congresso da categoria, em 1957. Além de ter movido novas frentes para eventos tradicionais como Jogos Publicitários, Fest’UP, Encontro de Capítulos e o Prêmio Contribuição Profissional.

“Estar na APP nestes 10 anos foi uma experiência totalmente gratificante, durante este período pude compartilhar experiências com grandes profissionais do mercado, que me acompanharam e apoiaram para fortificar este legado que a APP traz há 83 anos, deixo a presidência com a sensação de dever muito bem cumprido”, destaca Ênio Vergeiro. “Seguirei representando a entidade nas ações institucionais e no Conselho de Administração, sempre lutando para que a APP preserve seu propósito iniciado lá em 1937, a atualização do conhecimento, a valorização e o respeito com os profissionais”.

Sobre a APP

A APP foi fundada em 29 de setembro de 1937 como Associação Paulista de Propaganda e em 1989 foi rebatizada como Associação dos Profissionais de Propaganda. Em sua longa existência, a APP ajuda a fazer da propaganda uma das atividades profissionais de maior expressividade em nosso país, oferecendo preciosas colaborações técnicas, profissionalizantes e de desenvolvimento ético da profissão.

Leia Mais
Digital

Live do Amigos recebe, na próxima semana, Carlo Paschoal, Danilo Fuin, Edson Pintan, Isabel Borba e Hiram Baroli

Com o objetivo de unir os profissionais do mercado publicitário para um bate-papo semanal e virtual, o Amigos do Mercado vem realizando uma série de lives que debatem, entre outras coisas, o que aprendemos nas últimas semanas.

Nesta semana a Live acontecerá dia 16 de junho, a partir das 18h30.

Na próxima terça-feira, dia 16 de junho, participarão do bate-papo Carlo Paschoal, Diretor de Novos Negócios da Carrega+; Danilo Fuin, diretor comercial da NovaBrasil FM / Estúdio Ene; Edson Pintan, diretor comercial da Mix Media; Isabel Borba, Head de aeroportos da JCDecaux e Hiram Baroli, diretor comercial de operações da Folha de S.Paulo. Eles irão contar suas experiências pessoais e sua visão geral de como o mercado e as empresas nas quais trabalham estão lidando com o momento atual.

A transmissão será pelo YouTube do Amigos do Mercado.

Amigos do Mercado é uma rede que conecta profissionais de publicidade nas redes sociais e eventos.

Leia Mais
Marketing

PUBLICITÁRIOS USAM GRUPO NO FACEBOOK PARA DIVULGAR VAGAS E PROMOVER ENCONTROS

Se você não conhece o grupo AMIGOS DO MERCADO, é bem provável que algum amigo já conheça. Aliás, muitos já devem estar por lá. coque iphone x Funciona como um megafone do mercado publicitário, pois são quase 20 mil membros no Facebook e por lá rolam mais de 1000 publicações por mês. coque iphone 8 Tudo começou pela iniciativa de três publicitários: Marcos Braga, Delen Bueno e Murilo Oliveira. A ideia de criar o grupo no Facebook nasceu em um grupo de Whatsapp e até evento próprio eles já promoveram, como o Prêmio Amigos do Mercado, que aconteceu no final do ano passado. A festa de premiação teve o patrocínio do CreativosBr. coque iphone 7 O principal ponto de contato é um grupo fechado no Facebook. coque iphone 6 Os organizadores contam que o propósito deles é tornar o mercado publicitário mais amigável, criando um espaço democrático de convivência (virtual e real), com profissionais de veículos, agências de publicidade, anunciantes e estudantes. coque iphone 2019 Por lá rolam vagas de empregos, notícias, troca de contatos e discussões sobre assuntos ligados à publicidade. soldes coque iphone Sem falar que é tudo de graça, vale a pena conhecer! Agora mais dois profissionais juntam-se ao time que busca organizar, nas horas vagas, as ações do grupo. coque iphone xr Filipe Crespo, diretor de mídia e professor, será o responsável pela integração e maior envolvimento com o meio acadêmico; e Luciano Ottaviani, consultor de marketing, será o responsável pela relação com empresas que buscam parcerias ou patrocínios. Com a contribuição dos mais novos profissionais responsáveis no grupo, é esperado que se propague cada vez mais vagas, que seja promovida mais ações de marketing e troca de informações, cumprindo o papel proposto do grupo e fazendo cada vez mais verdadeiros amigos de mercado.

Leia Mais
Marketing

Projeto traz a conscientização ambiental em forma de intervenção urbana

Saindo às ruas todas as semanas, os publicitários Fábio Eugenio, Hugo Hespanhol, Rodolfo Bento, Hugo Cacique e Caroline Lazarini criaram o #freeO2zone, um projeto que visa conscientizar as pessoas em quais locais o ar é puro. As placas são feitas com papel reciclável e também são entregues às pessoas que se interessam pela ação. No verso da cada uma, encontra-se a apresentação do projeto e um pedido para que cada um fixe o sinal em uma árvore.

Leia Mais