close

rede social

Digital

Como usar hashtags nos seus posts do Instagram

Sabemos que para seus posts terem sucesso é preciso utilizar todas as ferramentas que estão disponíveis. E uma delas são as famosas hashtags. Você sabe a maneira correta de usá-las?

 

A maioria das pessoas possui um certo tipo de preconceito em relação ao uso das hashtags. Mas, com a utilização correta delas, suas publicações são mais facilmente encontradas pelas pessoas que não te seguem, tendo seu post sendo mostrado nos resultados de pesquisa e no seu explorar. Existem algumas estratégias para ter mais alcance, ganhar mais seguidores e obter interações nos seus posts, e é isso que vamos te mostrar agora!

 

  1. Frases curtas

Se for colocar frases, escreva frases curtas e #NãoMuitoLongasComoEssa. Brincadeiras à parte, tente separar as palavras, e se for preciso, use frases menores. Caso contrário acaba se tornando algo muito difícil e específico de se pesquisar.

  1. Quantidade de Hashtags

Vale ressaltar que o Instagram permite adicionar até 30 hashtags, mas há algumas pessoas que burlam isso colocando mais nas legendas. A pergunta é: há uma quantidade ideal de hashtags? Bom, depende. Há quem coloca em cerca de 5 ou 10, e tem gente que costuma colocar 30. A resposta estará nos seus insights.  Então vá testando e comparando resultados para perceber o que funciona nos seus posts.

  1. Ter relação com o conteúdo postado

Não adianta também querer adicionar todas as hashtags existentes do mundo, né? É preciso apenas colocar tags que tenham a ver com seu post ou com o que quer passar com ele. Caso contrário, o público-alvo se dispersa e, consequentemente, você não terá tanto engajamento quanto gostaria.

  1. Termos em inglês

Em alguns casos, você também pode inserir palavras em inglês para expandir o seu alcance.  Pessoas também pesquisam termos específicos ou técnicos, então vale a pena dar uma pesquisada e comparar outros posts parecidos com os seus.

  1. Perguntas para facilitar

Para facilitar responda essas perguntas com as hashtags:

Vamos imaginar que a publicação é sobre um petshop, que postou um cachorro tomando banho.

– Quem é você

#Petshop

– Quem são os seguidores

#Pets #Animais #Cachorro #Gato

– O que eles estão procurando

#Banho #Tosa #Coleira #PetCare

– Sobre o que é o post

#Banho #Cachorro #BanhoEmPet

 

Lembrando que não importa onde as hashtags estarão: na legenda (no meio do texto, ou no final de tudo) ou nos próprios comentários, funciona do mesmo jeito.

 

  1. Ferramentas

Existem também algumas ferramentas para facilitar seu trabalho e poupar tempo, achando as melhores hashtags você usar. Fizemos uma lista de alguns sites e aplicativos para te ajudar.

  • Flick Tech
  • Hashtag Generator
  • Postcron
  • Leetags
  • Display Purposes
  • Tags Finder

 

Prontinho! Agora você sabe a maneira correta de usar as hashtags. Lembre-se sempre de testar e analisar os resultados quando postar algo para ver a compatibilidade do seu público. Esses métodos também funcionam nos Stories, então não perca tempo!#FicaADica.

 

 

Leia Mais
Opinião

O LinkedIn como seu aliado

Há alguns anos o LinkedIn deu o ar da graça na internet com a promessa de estreitar o relacionamento entre candidatos à vagas e empregadores. A ferramenta cumpriu e continua cumprindo o seu papel com eficiência, embora nem todos saibam aproveitar a rede social da maneira correta. A assinatura do Premium, que dá direito a contatar 5 pessoas via mensagem privada e ficar em destaque na visibilidade da procura de headhunters, custa aproximadamente R$ 50 por mês e tem seus benefícios, desde que você os aproveite, claro.

Eu, particularmente, já fui assinante do Premium por alguns meses e desfrutei bem dos benefícios. Como plataforma de vagas eu acredito que a ferramenta tenha suas deficiências, até porque, na maioria dos casos, as vagas são direcionadas para sites terceiros, muitas vezes pagos, o que dificulta a inscrição na vaga. Todavia, sempre usei o LinkedIn como um complemento na busca de empregos. Por exemplo: eu encontrava uma vaga na empresa X em anúncio no Facebook, procurava o responsável da área ou do RH no LinkedIn e entrava em contato com ele falando a respeito da vaga. Dessa forma, eu usava um dos meus créditos, e ficava mais visível na hora de participar do processo seletivo. Se você receber uma resposta do responsável, o crédito é devolvido a você.

Vale lembrar que o LinkedIn é uma ferramenta profissional, não cabendo às pessoas usar a rede social para fazer amizades e postar conteúdo inútil. Tudo o que você faz ali pode ser visto por inúmeras pessoas que atuam na sua área de interesse. Logo, evite colocar como imagem de perfil uma foto na balada, com uma bebida na mão, sem camisa, de óculos escuros entre outros acessórios inapropriados. Lembre-se que a ferramenta tem cunho totalmente profissional e você pode estar sendo visto por alguém que trabalha naquela empresa que você sempre sonhou.

O LinkedIn, novamente frisando, é uma excelente ferramenta para colocar você próximo aos empregadores. Diariamente, inúmeras pessoas são contratadas pelo LinkedIn, e ter um perfil completo e bem elaborado o coloca um passo a frente dos outros. Se você ainda não tem um perfil, já passou da hora de fazê-lo. Se ainda não assinou o Premium, vale experimentar (eles oferecem um plano free de um mês), desde que você utilize a ferramenta da maneira correta.

Boa sorte na busca por uma nova oportunidade.

Leia Mais
Digital

Usuários do Twitter agora podem pedir Budweiser pela rede social

A cervejaria Budweiser fechou uma parceria com o Twitter para que os usuários possam pedir suas cervejas pela Mensagem Direta da rede social. A ação – que faz parte do projeto Twitter Business Solutions (TBS), plataforma desenvolvida pelo Twitter para facilitar a comunicação entre marcas e consumidores – visa facilitar e interagir com o público de maneira original e criativa e promete entregar as cervejas solicitadas em até 5 dias.

É a primeira vez que uma marca de cerveja oferece esse tipo de experiência para o consumidor utilizando essa plataforma.

Leia Mais
Digital

E quando o Facebook já não for tão legal?

“Quando comecei, todos nos comparavam com o MySpace. A grande diferença que observamos entre nós e o MySpace é que as pessoas usavam o MySpace porque era legal e divertido. As pessoas nos fazem a seguinte pergunta o tempo todo: ‘O que vai acontecer quando o Facebook já não for mais tão legal’? Minha resposta para essa pergunta é que nossa meta é nunca ser algo legal; é criar algo útil. Uma coisa que é legal não vai durar muito tempo. Algo útil provavelmente durará muito tempo, enquanto continuar sendo útil”.

Mark Zuckerberg

Leia Mais
Entretenimento

A criatividade de Tonico Pipoqueiro!

Me deparei com essa foto no Facebook, hoje durante o dia.

Foi a criativa forma que Tonico Pipoqueiro arranjou de fazer publicidade do seu negócio.

Não precisou gastar um único real. Bastou jogar na rede e seu “anúncio” viralizou.

Parabéns ao Tonico Pipoqueiro!

Leia Mais
creativosbr TV

crespocast #03

Terceira edição do crespocast já está no ar!

O tema desta semana é: "Comportamento das marcas no Facebook".

Ouçam e depois nos contem o que acharam!

Um grande abraço!

 

Leia Mais
1 2 3
Page 1 of 3