close

socialmedia

Digital

Instagram: 3 dicas para um copy atrativo

Você faz um post lindo para o Instagram, mas na hora de publicar não sabe o que escrever? Eu já tive muita dificuldade em redigir meus copys, e é por isso que trago essas dicas para vocês.

Quando eu comecei a fazer meus textos do Instagram, eu gostava de colocar frases bonitinhas e curtas, mas isso não estava ajudando a manter o foco dos meus seguidores, e muito menos dos seguidores dos meus clientes.

Neste artigo, trago dicas  práticas e simples, mas que farão toda a diferença na hora de você fazer um bom copy.

Capriche nas duas primeiras linhas

Quando você monta a descrição no Instagram, só aparecerão as duas primeiras linhas dela. Para ver o restante, os usuários precisam clicar em “ler mais”. Mas será que os seus leitores se interessam pelo começo do seu texto para lerem o restante?

Tente sempre trazer tópicos relevantes e que completem o texto da arte – caso a postagem tenha texto na sua composição.

Por isso, garanta que as duas primeiras linhas do seu texto sejam atrativas, tanto pela redação, quanto por ícones visuais, como emojis ou escrever em caixa alta. Mas lembre-se: menos é mais. Não use as duas ideias que dei juntas. Ou uma, ou outra. Assim fica natural e de fato atrativo.

Humanize o texto

Você sempre deve pensar que por trás das telas tem pessoas reais consumindo os conteúdos do Instagram. Por isso, não deixe de adequar a sua linguagem para se comunicar de forma assertiva com o seu público.

Além da linguagem, crie uma narrativa, uma história, que conte algo relevante e de forma real. A ideia é se aproximar do usuário, e não simplesmente mostrar vendas ou se mostrar inalcançável.

Quanto mais “de pessoa pra pessoa” for o seu texto, e obviamente alinhado à sua persona, mais cativante será a sua publicação.

Poste aquela foto sua sem maquiagem, com o cabelo bagunçado, na cama mesmo com o seu pet. Ou então aquela foto que até está tremida, mas que está tão espontânea que ninguém vai reparar na falta do foco. Se for um post do seu cliente, coloque fotos de pessoas parecidas com a persona da marca, em momentos descontraídos, mostrando pessoas reais.

Engaje com o seu público

Essa dica nem parece dica, não é mesmo? Afinal, todo mundo quer engajar a audiência. A questão é: como você pode fazer para reter o seu leitor, e por consequência, gerar engajamento?

Lembra das duas primeiras linhas das quais falei no começo desse artigo? Então. É lá mesmo que você vai começar a engajar, afinal, a pessoa não vai querer “ler mais” se o seu texto não for interessante.

Para torná-lo mais criativo e humanizado, aposte em comparações com o seu público, como “Você também não aguenta mais suas plantinhas morrendo?”. Neste exemplo, você mostra que está do mesmo lado que o usuário, com um problema em comum e que pode ser solucionado.

Além disso, você pode colocar chamadas promocionais, como “Últimas unidades da calça flare em promoção”. Porém, tome cuidado: não faça promoção com a dica da caixa alta. Fica extravagante, jabá e acaba gerando o efeito contrário ao que você está buscando.

E, é claro, mantenha a comunicação com o seu público após contar a sua história: pergunte se ele já passou por coisas parecidas, qual das peças ele gostou mais, ou como ele lidaria com determinada situação.

Use sua mente e coração para construir um texto humano e com gostinho de “quero mais”, e com certeza as pessoas  lerão com mais vontade e proximidade o seu post do Instagram.

Eu tenho certeza que com essas dicas você conseguirá atrair mais a atenção dos seus seguidores no Instagram, e até mesmo daqueles usuários que te encontram por hashtags!
Gostou das dicas? Se sim, compartilhe com aquele amigo que tem dificuldade em escrever seus copys.

Leia Mais
Digital

6 Erros comuns dos Social Medias No Instagram

Amigo, Social Media! Cuidar das Mídias Sociais de um cliente não é fácil, sabemos.  Mas podemos ajustar algumas coisas para deixar o trabalho melhor e o cliente mais feliz. Que tal?

Separei uma lista com alguns erros frequentes de profissionais que trabalham com Mídias Sociais.

  1. Conteúdo Institucional e só!: É aquela velha peça gráfica Institucional, e nada além disso.
  2. Stories bom é stories para repostar: Esquece de gravar stories criativos, e apenas compartilha as postagens do feed e o que as pessoas marcam.
  3. Não entrega relatórios com resultados: Essa é a que mais escuto de reclamação dos clientes! O Social Media faz todo trabalho, não manda o relatório ou gera em uma ferramenta automática, e só envia para o e-mail do cliente sem diagnóstico.
  4. Não usar as novas ferramentas: Você, como um bom Social Media, sabe da importância de usar as ferramentas novas que surgem no Instagram. Mas, você está tão acomodado no trabalho Institucional, que acaba deixando de usar e sugerir para clientes.
  5. Postei, e acabou: O trabalho de um Social Media vai além de só criar postagens. É legal pensar e sugerir para os clientes campanhas para movimentar as mídias sociais. Não deixe isso passar batido!
  6. Instagram catálogo: Você só posta, responde quem quer saber do seu produto, e só! Mídias Sociais é Social: é preciso interagir com outras contas.

 

Se identificou com alguns erros? CALMA! Ainda dá tempo de solucionar.

Tem algum erro comum que não está na lista? Comenta aqui!

Leia Mais
Digital

O que acontece na Internet a cada minuto (2020)

Quando a pandemia colocou todo mundo dentro de casa, e a internet se tornou entretenimento, trabalho e a melhor forma de se relacionar, os dados cresciam cada vez mais.

A Domo, empresa especializada em computação na nuvem, lança anualmente seu gráfico ‘ Dados nunca dormem ‘, que fornece o que está acontecendo online nas principais mídias sociais, a cada minuto de cada dia.

Os dados são de surpreender:

  • Os usuários do Facebook carregam 147.000 fotos
  • Twitter ganha 319 novos usuários
  • Usuários do Instagram postam 347.222 stories
  • Os criadores do YouTube enviam 500 horas de vídeo
  • 666.667 mensagens compartilhadas no Whatsapp

Acredite, tudo isso a cada minuto, todos os dias.

Estamos cada vez mais conectados, e gerando cada vez mais dados para os grandes players do mercado.

 

 

Leia Mais
Conteúdo

5 sites que todo Social Media deve acompanhar

As mídias sociais estão em constante mudanças, e a gente que trabalha com a área precisa sempre estar por dentro de tudo.

Separei 5 sites onde você pode encontrar todas as novidades e tirar muitos insights:

Social Media Today: 
Notícias diárias sobre tudo que acontece no mundo das mídias sociais, sejam novidades de ferramentas ou dados atualizados.

Blog Instagram Brasil:
Que tal ficar por dentro dos avisos do Instagram sobre suas novidades?

Blog do Facebook:
Blog traz várias dicas para usar melhor as plataformas, além de cases de marcas.

Smart Insights:
O blog do Smart Insights traz muito conteúdo para quem quer entender de forma mais ampla o mercado digital.

Resultados Digitais:
Você já deve estar cansado de saber que a Resultados Digitais é uma ferramenta incrível para Automação de Marketing. Mas você já conhece o blog deles? Com conteúdos incríveis, você aprende muito e ainda dá pra tirar vários insights.

Além de ficar por dentro do que está acontecendo, você deixará a criatividade ainda mais aflorada para criar conteúdo. Então não perca tempo, e vá logo acessar esses sites.

Me conta, qual seu site preferido para ficar por dentro das novidades?

Leia Mais
Digital

Dicas infalíveis para aumentar suas visualizações nos Stories do Instagram

Cerca de 500 milhões de usuários do Instagram usam Stories todos os dias. coque iphone Esse número representa metade dos usuários da plataforma. coqueiphone (Facebook)

Com conteúdos simples, rápido e dinâmico, as pessoas estão cada vez mais engajadas em usá-lo. Mas como aumentar o alcance dessas postagens? Preparamos algumas dicas para não deixar seus Stories passarem despercebidos!

1) Gravou um vídeo? Escreva uma legenda para ele:

Gravou um vídeo falando sobre algum assunto nos Stories? Escreva algo que descreva rapidamente o que está falando ou chame atenção para as pessoas te ouvirem.

2) Use e abuse das Hashtags:

As hashtags também fazem total efeito nos Stories, claro que por apenas 24hrs, mas se direcionadas da forma correta e segmentada pode alcançar seu público que procura por determinado assunto.

3) Sua localização também é válida:

E super válida! Ela não serve apenas para as pessoas saberem onde você está, mas quem procurar informações sobre aquela localidade pode encontrar seus Stories lá.

4) Atraia pessoas:

Postou algo muito bom nos Stories? Faz uma postagem no feed chamando as pessoas para visualizarem. coque iphone xs max Ou postou algo muito bom no feed? Chame o público dos seus Stories para verem, talvez a postagem não tenha chegado para todos.

5) Interação é bom e todo mundo gosto:

Os Stories tem uma característica de aproximação com o público, utiliza disso para conhecer mais seu público e conversar com ele. coque iphone xs max Enquete, Perguntas ou Lives, traga seu público para dentro da história.

6) Quer compartilhamento? Faça uma marcação! Gravou um Stories com alguém ou em algum estabelecimento? Marque o Instagram da pessoa/estabelecimento, eles podem compartilhar seus Stories e ter a chance de mais pessoas conhecerem seu perfil. coque iphone soldes

7) Conteúdo é sempre rei!

E não esqueça, o conteúdo é rei sempre! Ele quem vai atrair, fidelizar e engajar as pessoas. Conte histórias interessantes que possam motivar as pessoas.

Leia Mais
Opinião

Social Media de que?

Já está bem claro para todo mundo a importância das mídias sociais. Um terço da população mundial está presente nelas. coque iphone x Na fila do banco, no ônibus, no trânsito, nos shoppings, as pessoas estão sempre conectadas. E as empresas, por sua vez, precisam estar onde os clientes estão. Não é o Marketing que muda, é a sociedade. Com a demanda crescente de empresas querendo se destacar, não demorou muito para Social Media ser uma das profissões mais comentadas do século 21, colocada como uma das carreiras mais promissoras hoje e para a próxima década no Brasil e no mundo, segundo dados do relatório O Futuro do Trabalho, do Fórum Econômico Mundial. coque iphone 2019 Trabalho há 4 anos na área, e no primeiro ano a demanda de profissionais ainda não era tão intensa. outlet coque iphone Atualmente tenho até amigos Engenheiros que se especializaram no mundo das Mídias Sociais e estão trabalhando com isso. Acreditem! Todo mundo deseja fazer o novo, o diferente. coque iphone xr Muito conhecimento, ferramentas, artes bem elaboradas, mas o principal em falta, a estratégia. coque iphone 8 Resultado? Clientes impacientes por resultados e profissionais sem saber o que fazer. Criar conteúdo com layouts atraentes é o de menos, a ideia é fazer isso se converter no foco principal do seu cliente. soldes coque iphone E pasmem, não é número de curtidas ou seguidores, isso são apenas métricas de ego. Ou você entra de cabeça na empresa do seu cliente e explora dados que precisam fazer uma interconexão com o processo de vendas, ou você expira. coque iphone xr Mas não se preocupe, isso não é nada complexo, é apenas desligar o modo “máquina” da criação desenfreada sem nexo, e ligar o modo “profissional criativo e inteirado”. Mais do que entender bem das mídias sociais, você precisa entender de pessoas e fazer comunicação real com elas.

Leia Mais
Digital

Perfil do social media no Brasil

Na sétima edição do estudo “O profissional de inteligência de mídias sociais no Brasil”, a pesquisadora Claudia Zandavalle propôs um questionário que foi respondido por mais de 400 profissionais da área, dispersos por todo Brasil, que reuniram respostas para os mais diversos tipos de perguntas, entre elas: como está configurada a profissão de social media? Qual o perfil desses profissionais? E quais as plataformas mais usadas?

Segundo o levantamento, houve o crescimento de 2% de participação da região Nordeste, seguido pela região Centro-Oeste com 1%. A região com menor participação no geral é a Norte, com apenas 5%. Na demografia de gênero, as mulheres são maioria com a parcela de 53%, menos na região Norte, onde a participação masculina é superior. Quanto à faixa etária, a maioria tem em média 29 anos. Na pesquisa anterior a média era de 28 anos.

A formação desse profissional e os estudos são bem amplos. A maioria não se dedica exclusivamente a ser social media, 26% trabalham metade do tempo focados na área e 21% trabalham a menor parte do tempo focados na área. Ou seja, 47% fazem outra atividade. A maioria desses profissionais, 46%, é formada em Publicidade ou Jornalismo. Sobre mudanças de empresa, 33% dos trabalhadores trocaram de local de trabalho uma vez nos últimos três anos, sendo os principais motivos: salário e aprendizado. Sendo a média salarial almejada 55% superior ao salário atual.

O planejamento e a execução são as atividades que tomam mais tempo para 48% desses profissionais. Um fato curioso é a atividade de análise tomar menos tempo, já que 42% são analistas. Algumas hipóteses são levantadas diante deste resultado: a atividade de análise está automatizada, a execução toma o tempo da análise, ou a análise é feita ao longo da execução.

Também foi identificado que a maioria dos profissionais (54%) busca outros cursos de formação para complementar seus conhecimentos. Foram citados o total de 119 cursos, sendo a maior parte voltada às atividades de monitoramento e métricas, seguidas por etnografia e análise de redes. No mapeamento sobre as ferramentas mais utilizadas aparecem a plataforma brasileira Stilingue em primeiro lugar, seguidos pelo: Google Analytics, Scup, Facebook Insights e SocialBakers.

A pesquisa completa com todos os dados e gráficos você confere abaixo:

Leia Mais
Opinião

Os 4 erros comuns no atendimento das Mídias Sociais

Em tempo de Mídias Sociais, conteúdo é rei! E as empresas estão começando a entender isso, buscando mais técnicas para melhorar o que têm a oferecer e trazer coisas diferentes para o seu cliente.  Mas o foco no conteúdo é tão certeiro que acabam esquecendo do que é essencial: o atendimento. É ele quem dá todo sentido a você estar nas mídias sociais, afinal, ela é social, o que sugere que você tenha uma relação para com o seu público, não apenas utilizar esses meios apenas como um álbum de fotografia, onde você posta e deixa lá para os outros verem.

Um bom atendimento sempre foi um ponto forte na hora da decisão de compra no mundo off-line, e se tornou uma chave para o atendimento digital, que propõe que você faça isso com mais facilidade e agilidade, melhorando a experiência do seu cliente com sua marca.

Alguns erros são mais comuns do que se imagina quando se trata de atendimento nas mídias sociais, então fique de olho nos 4 erros mais comuns:

  • Não responder feedbacks negativos: é de extrema importância também responder as críticas, afinal, elas não estão lá por acaso; e uma boa resposta pode acabar mudando a opinião desse cliente que teve uma experiência ruim com sua empresa.
  • Perder oportunidade de responder com atenção feedbacks positivos: se alguém está falando bem da sua empresa, agradecer é o mínimo. Lembre-se que ela dedicou um tempo para fazer isso, então é importante conservar esse cliente.
  • Oferecer respostas automatizadas: aquelas velhas respostas-padrão, que facilitam o atendimento, mas não respondem o cliente totalmente e muitas vezes não resolvem o problema dele.
  • Não treinar a equipe de atendimento adequadamente: e por último e não menos importante, sua equipe precisa estar treinada para responder adequadamente. Se você tem uma sede fixa e faz divulgação on-line, é bom que ambas tenham a mesma linguagem; não adianta o cliente ser tratado bem nas mídias sociais e pessoalmente ter um péssimo atendimento.

Percebeu como alguns detalhes são importantes? Então não deixe eles passarem em branco, fique mais atento ao atendimento e tenha bons resultados nas suas Mídias Sociais.

Leia Mais