close

#vacina

Publicidade

Canção Novo Tempo marca nova campanha do Governo de São Paulo

Peças alertam para período de imunização a todas as faixas etárias adultas até 20 de agosto

O Governo de São Paulo divulgou na última quarta-feira, 14, o filme de conscientização sobre a vacinação antecipada de toda população adulta, contra COVID-19, até o dia 20 de agosto. Criação da Propeg, a peça será compartilhada nas redes sociais oficiais do governo, canais de televisão abertos e rádios estaduais, entre os dias 14 e 20 de julho.

A campanha, que envolve o público com a canção “Novo Tempo” – de Ivan Lins, tem o objetivo de incentivar a população a se vacinar, além de recuperar o espírito de alegria e segurança entre as pessoas. O filme reforça a mensagem de que com o avanço gradual da vacinação no Estado, e a união de todos, São Paulo será capaz de recuperar-se.

Segundo autoridades, até o dia 20 de agosto, toda a população adulta deverá ser vacinada contra a COVID-19 – com ao menos uma dose. Para acompanhar o novo calendário de vacinação, basta acessar: https://vacinaja.sp.gov.br/. Entretanto, as autoridades alertam para a importância de a população continuar seguindo as regras sanitárias, como evitar aglomerações e a utilização da máscara de proteção facial.

Acesse o vídeo.

Leia Mais
Conteúdo

O poder das campanhas de vacinação

A família de Zé Gotinha

Criado em 1986 para ajudar a encorajar crianças a se vacinar contra a Poliomielite, o personagem Zé Gotinha é conhecido em todo o território nacional. Agora em tempos de pandemia da Covid-19, o Ministério da Saúde lançou este mês uma campanha que vem surtindo efeitos positivos para a imunização e prevenção contra o vírus, apresentando a família de Zé Gotinha com a principal pauta: “O cuidado é de cada um. O benefício é para todos”.

A importância das campanhas de vacinação

Ao longo dos anos, as campanhas de vacinação vem mostrando quão importante é o papel da comunicação. Informar e mostrar a importância da vacinação e suas respectivas reações através de ações educativas para a população em geral é de extrema necessidade no país e no mundo.

As Fake News (notícias falsas) infelizmente acabam propagando-se com muito mais facilidade, dando palco para outros problemas sociais. A falta de informação pode fazer com que pessoas compactuem com o movimento anti-vacina, por exemplo, ou compartilhando informações incorretas, colocando em risco não só sua própria saúde, como em alguns casos também disseminando-a para outras pessoas.

O perigo é que, onde há essa incerteza, ela pode ser alimentada por campanhas de desinformação, principalmente em uma era quase totalmente digital e online.

De acordo com o site “bioemfoco”, cerca de 85% das crianças do mundo atualmente recebem vacinas essenciais que salvam vidas. Esse nível de proteção só foi alcançado devido a fortes campanhas globais de conscientização, a fim de aumentar a distribuição das vacinas e torná-las acessíveis.

Campanhas de vacinação como estas são de grande importância para a saúde populacional, portanto é preciso que hajam fontes certas e confiáveis nos principais meios de comunicação, sendo acessíveis para que todos se informem.

Leia Mais